Japão

950 visualizações

Publicada em

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
950
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
39
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Japão

  1. 1. JAPÃO O PAÍS MAISINDUSTRIALIZADO DA ÁSIA
  2. 2. • Localizado no continente asiático e com extensão territorial de 377.801 quilômetros quadrados, o Japão é formado por cerca de 4 mil ilhas, sendo que 4 delas (Hokkaido, Honshu, Shikoku e Kiushu) correspondem a 97% da área total do país, onde residem 127,1 milhões de pessoas.
  3. 3. • O Japão se destaca no cenário internacional por apresentar elevadas médias nos indicadores socioeconômicos. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) japonês, com média de 0,884, é o décimo primeiro maior do planeta. O país apresenta grande desenvolvimento industrial, sendo, atualmente, a segunda nação mais industrializada do mundo. Mesmo com todos esses indicadores econômicos positivos, ele possui um problema quanto a um setor da economia: a agricultura.
  4. 4. • A maior parte do território é formada por grandes conjuntos montanhosos (apenas 16% do território nacional é composto por planícies), fato que dificulta o desenvolvimento da agricultura, pois reduzidas áreas se tornam disponíveis para a sua realização. Nesse sentido, houve a necessidade da utilização de tecnologia na produção agrícola a fim de maximizar a produção alimentícia.
  5. 5. • Mesmo com a aplicação de técnicas avançadas nas atividades rurais, a produção de alimentos no Japão é insuficiente para abastecer o mercado nacional, havendo necessidade de importar a maioria dos alimentos consumidos pelos japoneses. O arroz, porém, é o único produto agrícola que supre a demanda interna.
  6. 6. • Além da rizicultura, no Japão também há o cultivo de beterraba açucareira, hortaliças, legumes e frutas, no entanto, a produção desses gêneros alimentícios é insuficiente para abastecer o mercado interno.• Todo esse processo faz com que os preços dos alimentos no Japão fiquem elevados. Para se ter uma ideia, até mesmo o arroz, que é produzido no país e recebe benefícios governamentais para o seu cultivo, possui valores bem superiores ao do mercado internacional. Essa regra também é aplicada para os outros alimentos importados pelo país.

×