SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
Baixar para ler offline
Planejamento de
comunicação
interna
Como melhorar o diálogo na empresa
com ajuda de tecnologia
ÍNDICE
1. Apresentação
2. Comunicação Interna
3. Como avaliar se minha empresa está preparada?
4. Processo de Adoção
5. Conclusão
1 - Apresentação
Empresas brasileiras buscam cada vez mais ferramentas para melhorar o diálogo interno. Afinal, a comunicação
interna gera motivação empresarial e melhorar o clima organizacional interno. Entre as ferramentas que crescem no
Brasil, destaca-se a rede social corporativa, que já conta com resultados comprovados. O sistema pode aumentar a
produtividade dos colaboradores entre 20 e 25%, segundo um estudo do instituto de pesquisa McKinsey Global
Institute (MGI).
Nossa experiência neste mercado mostra que as redes sociais corporativas são capazes de trazer muitos benefícios
em empresas que possuem forte cultura de comunicação. Quanto mais integrada for a companhia, melhor serão
os resultados. Porém, como saber em qual estágio minha organização está? E como posso fazer para melhorá-la?
Ajudaremos você a tirar essas dúvidas no nosso novo e-book.
No nosso e-book Planejamento de comunicação interna, fizemos um guia completo para que você possa
melhorar os fluxos de comunicação dentro da organização. Dessa forma, uma ferramenta de comunicação
interna será capaz de gerar os melhores resultados em produtividade, inovação e colaboração.
Dividimos este e-book em três etapas, montando um passo a passo para ajudá-lo a avaliar (e melhorar) a
situação do diálogo interno na sua empresa. Na introdução, apresentaremos os principais conceitos de comunicação
interna, quais vantagens ela pode trazer e quais são as principais ferramentas que podem dar suporte a ela – como
as redes sociais corporativas. No capítulo 2, mostraremos como avaliar se a sua organização está preparada,
incluindo um checklist de implantação para que você não perca nenhum ponto. Por fim, na parte 3, daremos detalhes
sobre o processo de adoção (e quais desafios você pode encontrar).
A ideia desse e-book começou em 2012, quando lançamos o material educativo Sua empresa está preparada para
ter uma rede social corporativa? para ajudar empresários na avaliação das demandas e necessidades de
comunicação interna. Desde então, percebemos que, com a ajuda de algumas práticas de gestão interna e de

Planejamento de comunicação interna

eBook

2013

Guias completos e gratuitos

w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r

3
endomarketing, é possível melhorar muito os resultados trazidos com as redes sociais corporativas. Por isso,
lançamos esse novo conteúdo rico, que aprofunda alguns conceitos do texto de 2012 e acrescenta a ele um passo
a passo para a estruturação de uma política consistente de diálogo interno.
Esperamos que esse e-book possa contribuir na implantação de uma estrutura consistente de comunicação interna.
Boa leitura!

Planejamento de comunicação interna

eBook

2013

Guias completos e gratuitos

w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r

4
2 - Comunicação Interna
Empresas que possuem grandes barreiras na circulação de ideias costumam sofrer com focos de desinformação:
comentários negativos e “fofocas” sem base que podem influenciar o corpo funcional. Sem uma política oficial de
comunicação, os boatos ficam mais fortes e a equipe perde integração.
Como resolver esse problema na sua empresa? Basta planejar bem a comunicação interna. Em suma, ela é
responsável pela troca de informações e incentivo à troca de ideias entre membros de uma corporação dentro de
uma política estruturada e que contemple todos os setores. Quando o processo de comunicação é bem
estabelecido, as melhorias são visíveis no clima organizacional e na troca de informações internas.
Quando falamos em “estruturar a comunicação interna”, alguns gestores se assustam e questionam se esse não é
um processo complexo. Acredite: não é. Basta você planejar bem e seguir alguns pré-requisitos. Além disso,
algumas tecnologias podem ajudá-lo nesta tarefa de integrar a equipe e fazê-la conversar mais.
Não é preciso ter receio para adotar esse tipo de sistema. Algumas soluções disponíveis no mercado, como as
redes sociais corporativas, contam com implantação e uso prático.

Planejamento de comunicação interna

eBook

2013

Guias completos e gratuitos

w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r

5
Comunicação interna funciona bem em empresas de todos os portes
Uma boa política de comunicação interna é capaz de

informações relevantes, o sistema foi fundamental para

melhorar resultados de companhias de todos os portes.

melhorar a divulgação interna por suas características

No caso da Acorda, especializada em terapias para

similares a de um site de relacionamentos. Cada

pacientes com doenças neurológicas, foi possível

colaborador tem um perfil para publicar fotos, vídeos e

estruturar uma estratégia em uma empresa com 350

mensagens ou outros conteúdos que desejar

pessoas e sem uma equipe especializada em

compartilhar com a equipe.

endomarketing. O resultado? A plataforma usada
conquistou o primeiro lugar no prêmio da Nielsen

Uma das primeiras consequências observadas pelos

Norman Group (NNG) para a melhor rede interna em

gestores da Acorda após a implantação do Synapse é

uma corporação.

a redução no número de e-mails enviados e
recebidos. Os colaboradores buscam cada vez mais

Sem departamento de TI, a Acorda fez um projeto para

usar a nova ferramenta para compartilhar conteúdos e

montar uma estrutura de comunicação interna que

agilizar a divulgação interna.

agradasse a todos os colaboradores. Em conversas
com uma agência de design, os executivos da

Se você quer mais detalhes sobre este case, leia o texto

companhia decidiram investir em tecnologia. Fizeram

completo: Tecnologia ajuda média empresa a melhorar

um planejamento consistente e, em dezembro de 2011,

divulgação interna.

lançaram o Synapse. Desenvolvido com base nas
clássicas intranets, trata-se de uma rede social
corporativa.

Além

de

servir

Planejamento de comunicação interna

para

armazenar

eBook

2013

Guias completos e gratuitos

w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r

6
2.1 - Métricas importantes
O investimento em uma boa política de comunicação interna é capaz de trazer vários benefícios para a sua empresa.
Separamos abaixo as vantagens que observamos com mais frequência nas organizações que apostam nessa área.
Os benefícios são:

I) Integração entre os colaboradores
uma das maiores contribuições da comunicação

Por meio dessa interação, é possível resolver

interna (e das tecnologias de suporte) dentro de uma

problemas, criar novas soluções, descobrir novas

empresa é o incentivo ao colaborativismo. Mas, o que

formas, mais rápidas e eficientes, de desenvolver um

isso quer dizer? Resumidamente, colaborativismo

processo. É uma maneira de ajudar a empresa a atingir

significa: pessoas trabalhando juntas para resolver

seus objetivos, seja pelo compartilhamento de

um problema comum. Colaborativismo também

informações, pela rapidez na comunicação e pelo

implica

acesso comum ao conteúdo.

em

pessoas

dividindo

experiências,

conhecimento e conteúdo. Essas ações podem
acontecer pessoalmente, em tempo real, ou a distância.
O foco está na interação entre as pessoas.

Planejamento de comunicação interna

eBook

2013

Guias completos e gratuitos

w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r

7
II) Inovação
conseqüência da integração entre os funcionários, está

daí alguma sugestão inovadora para produtos, serviços

presente em ambientes com altos níveis de

ou processos corporativos. Quanto mais aberto ao

colaboração interna. Afinal, se várias pessoas refletem

diálogo for o ambiente, mais inovação tende a surgir.

sobre uma questão da empresa, é possível que surja

III) Produtividade
alguns gestores nos questionam a respeito da

O segundo motivo é a criação de um canal oficial de

influência da comunicação interna na produtividade.

informação. Com uma política bem consolidada,

Uma estrutura bem consolidada é capaz de deixar o

criam-se meios oficiais para distribuir novidades e

ambiente corporativo mais propício ao trabalho,

comunicados dentro de uma organização. Dessa

deixando seu corpo funcional mais produtivo. Isso se dá

forma,

por dois motivos. O primeiro deles, como citamos

desinformação e comentários negativos – logo, o

acima, é a criação de um espaço p ara a reflexão

colaborador não perde tempo com dados falsos e tem

sobre os problemas da empresa, o que acaba

um trabalho mais assertivo.

é

possível

esgotar

os

focos

de

gerando mais produtividade.

IV) Armazenamento de conhecimento
uma estrutura consolidada de comunicação interna

pode ser consultado pelo corpo funcional. É possível,

contribui para que informações de interesse da

por exemplo, usar um grupo em uma rede social

empresa sejam armazenadas da forma adequada.

corporativa para publicar links e textos relevantes para a

Ou seja: você cria um banco de dados relevante e que

equipe

Planejamento de comunicação interna

eBook

2013

Guias completos e gratuitos

w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r

8
Comunicação interna gera aproximação entre parceiros e fornecedores
A comunicação interna permite criar um ambiente

aumento de produtividade.

restrito aos funcionários de uma empresa ou então

Empresas mais abertas tendem a ter um

aberto também à parceiros e fornecedores. Tudo

relacionamento mais próximo, envolvendo parceiros

depende da intenção ao se implantar tal ferramenta.

e fornecedores em diferentes estágios do produto ou

É preciso identificar o quanto a empresa está

serviço. Os processos formais são apenas parte de

disposta a estender seus investimentos em

todas as formas de interações possíveis. Além disso, o

colaboração para incluir parceiros e fornecedores.

crescimento no valor desses parceiros e fornecedores

Existem cadeias onde algumas empresas centralizam

faz parte da estratégia de negócios da empresa.

fortemente o poder de geração de valor, e nesse caso a

Portanto, a aceitação e incentivo à adoção de uma

opinião dos parceiros e fornecedores não teria tanta

estratégia (e ferrramenta) de comunicação interna

relevância e seriam pouco requisitadas para as

poderá envolver esses outros braços da empresa, caso

decisões do dia a dia. Porém, mesmo nesse cenário, o

assim ela deseje, mas isso ocorrerá em diferentes

engajamento externo no desenvolvimento de produtos

intensidades, de acordo com o relacionamento entre as

ou suporte para demais atividades traz benefícios

partes.

concretos, principalmente na redução de custos e

Planejamento de comunicação interna

eBook

2013

Guias completos e gratuitos

w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r

9
2.2 - Ferramentas de comunicação interna
O investimento em uma boa política de comunicação interna é capaz de trazer vários benefícios para a sua empresa.
Separamos abaixo as vantagens que observamos com mais frequência nas organizações que apostam nessa área.
Os benefícios são:

I) House organ
“O jornal da empresa”, como é conhecido, é uma

funcionários – e tem abrangência equivalente à

publicação periódica produzida com conteúdo de teor

circulação: quanto mais cópias, mais impacto terá.

jornalístico em formato de jornal, jornal-mural ou revista.

Porém, o alto custo para manter uma mídia do tipo e as

Ele também é um meio de um fluxo – já que a equipe

recentes políticas institucionais de economia de papel

de comunicação expõe informações para o corpo de

podem ser impeditivos para implementar essa solução

II) TVs e rádios institucionais
Algumas empresas mantém, por meio de circuitos

receptores (os funcionários). Por utilizarem suportes

internos, suas próprias TVs e rádios com conteúdos de

distintos, costumam chamar mais a atenção. Porém,

interesse dos colaboradores. Assim como o house

exigem mais infraestrutura técnica na implantação e

organ, é um meio de um fluxo só, com emissores (os

utilização.

responsáveis da comunicação) interagindo com

Planejamento de comunicação interna

eBook

2013

Guias completos e gratuitos

w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r

10
III) Newsletter
Usa o mesmo princípio do house organ, só que

sendo um meio de um fluxo só, que pode não ser visto

disponível na internet. Divulgado por e-mail ou outra

caso o funcionário não abra seu correio eletrônico. É

forma de comunicação online, contém mensagens de

um

interesse dos colaboradores. Não contém as restrições

massivas.

interessante

instrumento

para

mensagens

de custos geradas pelo house organ, mas continua

IV) Intranets
Conceito derivado da internet, é uma rede privada

selecionada. Exige infraestrutura tecnológica dentro da

acessível somente para o corpo funcional. Nela, é

empresa para suportá-la. Se não for bem administrada,

possível armazenar arquivos e divulgar mensagens

pode tornar-se apenas um depósito de informações,

para a equipe. Permite um pouco mais de interatividade

sem propósito de comunicação.

entre os membros, dependendo da ferramenta

Planejamento de comunicação interna

eBook

2013

Guias completos e gratuitos

w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r

11
V) Redes sociais corporativas
sistemas que usam a mesma dinâmica de portais

capazes de enviar comunicados massivos para todo o

sociais abertos, como Facebook e Twitter, dentro da

grupo. Se a solução adotada for um software instalado,

organização. Permitem a troca de informações entre a

pode exigir infraestrutura de TI – porém, existem

equipe de comunicação e todo o corpo funcional, que

alternativas disponíveis na nuvem, que requerem

pode se organizar em grupos e iniciar debates e

apenas o acesso à internet.

conversações sobre a empresa. É uma boa opção, por

Nossa experiência neste segmento mostram que as

exemplo, para dar aos usuários um meio de tirar

redes sociais corporativas são ferramentas

dúvidas e compartilhar conhecimento.

completas, dinâmicas e que propiciam a criação de

Boa parte dessas ferramentas disponíveis no mercado

um ambiente colaborativo nas empresas. Por isso,

contam com mensageiros instantâneos para a troca de

focaremos os próximos capítulos em uma estratégia de

mensagens

comunicação interna que conte com uma solução do

privadas.

Algumas

delas

também

permitem a criação de lembretes de eventos e são

Planejamento de comunicação interna

eBook

2013

gênero.

Guias completos e gratuitos

w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r

12
3 - Como avaliar se minha empresa
está preparada?
Acima, mostramos os benefícios da implantação de uma boa ferramenta para a comunicação interna. Porém, para
que o processo traga bons resultados, é preciso contar com um bom planejamento e diagnóstico. A sua empresa
conta com uma cultura propícia para a troca de ideias? Acredite: se você começar a mudar esse paradigma, você
terá resultados muito melhores. Neste capítulo, vamos ajudá-lo nesta avaliação.

Planejamento de comunicação interna

eBook

2013

Guias completos e gratuitos

w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r

13
3.1 - Necessidade e objetivos da empresa
Antes de mais nada, sua empresa precisa estar consciente sobre os problemas de comunicação que
atrapalham os trabalhos atualmente. Alguns exemplos:
– Vocês têm e-mails em excesso?
– Perdem muito tempo buscando e recuperando conhecimento?
– Os usuários interagem pouco entre si?
– Há pouca inovação gerada internamente?
– Há grandes problemas com desinformação e comentários maliciosos?
As respostas para essas questões podem ajudá-lo a ver se sua empresa precisa logo de uma estrutura consistente
de comunicação interna e que pode contar com o suporte de uma rede social corporativa.
Em segundo lugar, é importante definir necessidades e objetivos pelas áreas que podem ser impactadas pelo uso
de uma rede social corporativa, principalmente por parte dos seus diretores e gestores. Algumas perguntas que
podem ser respondidas:
– O que se espera da ferramenta?
– Como ela pode contribuir para gestores e colaboradores? – Ela será um canal de comunicação único ou complementar?
É igualmente importante deixar claros os impactos da adoção e uso da rede, evitando ambigüidades. Além disso,
definir um processo mensurável e passível de acompanhamento é necessário. Nesse processo, a comparação com
ferramentas existentes e em uso também é válida, para mostrar as diferenças e vantagens.

Planejamento de comunicação interna

eBook

2013

Guias completos e gratuitos

w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r

14
Como uma rede social corporativa pode resolver problemas internos
Em muitos casos, o uso efetivo de uma rede social

No lugar de contratar uma agência de publicidade para

corporativa pode resolver problemas estratégicos na

resolver a parte tecnológica, os profissionais criaram

sua empresa. Quer um exemplo? Em 2009, a Ford,

tópicos dentro da rede social corporativa para debater

uma das grandes empresas automobilísticas de porte

como viabilizar o projeto. Em horas, profissionais do

multinacional, precisava planejara a campanha de

setor de TI começaram a fazer sugestões e trouxeram

lançamento de um novo veículo. A equipe responsável

alternativas. O planejamento, previsto para durar

pretendia fazer uma série de eventos de apresentação

quatro meses, levou só duas semanas.

do veículo em várias cidades norte-americanas e um

Quer saber mais sobre esse caso de bom uso das

mapa online para que os consumidores pudessem

redes sociais corporativas? Leia o texto completo:

acompanhar o tour.

Empresa cria campanha de marketing com ajuda de
software de colaboração.

Planejamento de comunicação interna

eBook

2013

Guias completos e gratuitos

w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r

15
3.2 - Checklist de implantação
Para ajudá-lo a saber se sua empresa está pronta para uma rede social corporativa, criamos uma checklist com os
quatro tópicos necessários para você acompanhar. Se você cumprir devidamente esses pontos, há grandes
chances de a rede social corporativa ter grande aderência na sua organização.
Os quatro pontos que você deve levar em conta antes de adotar uma rede social corporativa são:

I) Conexão adequada com a web
um dos pré-requisitos para garantir sucesso na política

você libere a navegação nas redes sociais

de comunicação interna é o acesso à web bem

corporativas, até para migrar os debates feitos em

distribuído por toda a empresa. Independente da

sites de relacionamentos para a nova ferramenta.

política de bloqueio de sites externos, sugerimos que

II) Grupo de trabalho para comunicação interna
independente do tamanho da sua empresa, é preciso

Geralmente, essas equipes costumam ter funcionários

ter um ou mais profissionais para cuidar da implantação

com mais aptidão em marketing e tecnologia. Eles

da política e da ferramenta de comunicação interna.

serão essenciais para garantir o sucesso do processo.

Planejamento de comunicação interna

eBook

2013

Guias completos e gratuitos

w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r

16
III) Equipe de teste
se você adotar uma rede social corporativa, vale a pena

você poderá ver as adaptações necessárias para fazer

escolher um departamento específico para testar a

no sistema.

ferramenta antes de divulgá-la para todo o grupo. Ali,

IV) Consolidação da política de comunicação interna
o plano de comunicação é um norte para todas as

parceiros etc.) e que tipo de mensagem será distribuída

decisões tomadas pela empresa em relação ao

(comunicados, recados informais etc.).

assunto; uma referência para ser seguido. E ele não é

Se você cumprir devidamente todos esses passos, há

difícil de redigir – basta apenas levar em conta alguns

grandes chances de ter sucesso. E, se você precisar de

aspectos fundamentais e complementá-los de acordo

auxílio para cumprir alguma dessas etapas, vale a pena

com os interesses da instituição. Ele precisa conter:

considerar a contratação de uma consultoria externa.

para quem você quer comunicar (funcionários,

Planejamento de comunicação interna

eBook

2013

Guias completos e gratuitos

w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r

17
4 - Processo de Adoção
4.1 - É preciso incentivar
Bons resultados na implantação de programas que envolvem esse tipo de tecnologia dependem, primordialmente
do estágio de maturidade digital da empresa, mas também de planejamento e educação. O ideal é que, durante o
processo, você identifique os funcionários que são relevantes para todo o grupo, pessoas que incentivam as redes
de relacionamento, seja no meio virtual ou não. Uma política de incentivo de participação também é essencial. Para
tanto, é possível organizar campanhas offline que mostrem os benefícios da rede e como é fácil adotar a ferramenta.
Por fim, deixe um canal aberto para suporte técnico, já que alguns colaboradores podem demandar ajuda ou
precisar de alguém para tirar dúvidas.
Pelo o que observamos no mercado, um ambiente com restrições às interações online não é propicio para a difusão
de uma rede social corporativa. O planejamento da implantação deve oferecer um ambiente livre para as interações,
propor objetivos, metas e códigos de conduta, que funcionem como fatores motivacionais para seus participantes.

Planejamento de comunicação interna

eBook

2013

Guias completos e gratuitos

w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r

18
4.2 - Quem precisa estar envolvido?
O apoio e incentivo a uma iniciativa, como a implantação de uma rede social corporativa, deve partir tanto de cima,
como de baixo, na hierarquia organizacional. Ou seja, diretores e gestores, assim como os colaboradores precisam
adotar e tornar isso algo viral. A promoção boca a boca ainda se mostra muito eficiente.
Durante o processo, o setor de TI precisa estar envolvido, principalmente quando se trata de suporte, segurança e
integração com outros sistemas. A TI deve estar alinhada com as estratégias de negócio da empresa, pois é um
importante influenciador, assim como os setores de Marketing e de Comunicação.
Por estar estritamente ligada ao relacionamento entre pessoas, a aplicação das redes sociais corporativas também
precisa de participação ativa do setor de Recursos Humanos. É possível afirmar, que em muitos casos, essa área é
responsável pela decisão da compra, levando em conta o histórico da empresa e seus colaboradores.

Planejamento de comunicação interna

eBook

2013

Guias completos e gratuitos

w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r

19
4.3 - Políticas de uso
As políticas de uso das redes sociais devem se preocupar em orientar e tratar dos riscos relativos ao uso da
tecnologia da informação, como limitações referentes à segurança de dados e à reputação da empresa. Algumas
situações podem ser minimizadas pela adoção de um regulamento, que pode estar no próprio regulamento interno
da empresa ou em documento separado. Esse passo pode ser feito em um segundo momento, mas é importante
que a sua organização decida criar uma política de uso documentada.
A definição de uma política interna precisa tratar algumas questões fundamentais:

I) Base de clientes
o que acontece quando o funcionário deixa a empresa?
Seus contatos pertencerão à empresa ou ao
funcionário?

II) Segurança da informação
o envio de dados pelas redes é facilitado e,
dependendo da segurança em TI adotada, pode ser
fácil vazar informações sigilosas da empresa.

III) Divulgação indevida de marca, nome e imagem
a vinculação da marca, nome ou imagem da empresa a

para rescisão do contrato de trabalho e os funcionários

situações constrangedoras na rede pode ser causa

precisam estar cientes disso.

Planejamento de comunicação interna

eBook

2013

Guias completos e gratuitos

w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r

20
IV) Amizade com colegas de trabalho
como sua empresa vê isso nas redes sociais? Deseja

estar alinhados com os direitos fundamentais dos

vedar ou orientar? Os valores da corporação devem

funcionários.

V) Postagens sobre clientes, comentários políticos ou sobre
os negócios da empresa
sem orientação, esse tipo de ação pode gerar
problemas tanto para a empresa, como para o
funcionário.

VI) Monitoramento e privacidade
se sua empresa irá monitorar os funcionários no

embora publicações sem restrições de privacidade são,

ambiente de trabalho, é preciso deixar isso claro,

pela essência, de acesso público.

VII) Uso da imagem dos colaboradores
a empresa não pode utilizar a imagem de seus

pode ser colhido já na adesão à política da empresa

funcionários sem sua autorização. Esse consentimento

pelo trabalhador.

Ainda assim, é importante destacar alguns aspectos básicos para o relacionamento das redes sociais: evitar entrar
em polêmicas, repassar fofocas e boatos, falar mal de colegas ou do chefe ou ainda postar fotos ou opiniões que
possam prejudicar a imagem do colaborador e seu futuro dentro da empresa.
Planejamento de comunicação interna

eBook

2013

Guias completos e gratuitos

w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r

21
5 - Conclusão
Frente aos benefícios já apresentados relativos a implantação das redes sociais corporativas, conclui- se que proibir
seu uso é ir contra as tendências modernas de networking empresarial. Além disso, não considerar sua implantação
resulta no aumento no risco da gerar falta de engajamento dos colaboradores e redução de competitividade da
empresa.
O envolvimento das pessoas é fundamental, por isso, é preciso identificar lideranças nos setores diretamente
impactados pela implantação da ferramenta de modo que analisem o uso da rede e incentivem sem uso. Além de
gestores, a TI e o RH são as principais áreas, que precisam acompanhar os processos de decisão e implantação.
Resumidamente, podemos afirmar que, antes de implantar uma rede social corporativa é preciso analisar os hábitos
dos funcionários e preparar tanto a empresa quanto os colaboradores. No entanto, para alcançar uma boa eficácia,
a empresa precisa definir seus objetivos, conscientizar os colaboradores e estabelecer regras claras, para que se
faça o melhor uso do sistema. O aprimorando na comunicação será perceptível, assim como o aumento do
colaborativismo e a melhora na produtividade.
Esperamos que esse texto ajude-o a ver os benefícios que esse sistema pode trazer e como sua empresa pode
usufruir dos melhores resultados com ele.
Se você quiser mais informações sobre o processo de implantação e os benefícios das redes sociais corporativas
para as empresas, sugerimos a leitura dos nossos outros materiais educativos sobre comunicação interna. Todos
são gratuitos. Além disso, publicamos semanalmente no nosso blog artigos sobre inovação e boas práticas nessa
área. Você pode lê-los em http://blog.socialbase.com.br.
Por fim, se você optar por uma rede social corporativa, gostaríamos de convidá-lo a experimentar nossa solução, a
SocialBase. Ela contém recursos avançados para melhorar a comunicação interna da sua empresa. Além disso,
oferecemos pacotes de consultoria para que o processo de implantação seja o mais bem sucedido possível. Entre
em contato conosco: http://www.socialbase.com.br/fale-conosco/
Planejamento de comunicação interna

eBook

2013

Guias completos e gratuitos

w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r

22
Rede Social Corporativa
e-Books completos e gratuitos

Dúvidas ou sugestões:
contato@socialbase.com.br
facebook.com/socialbase
Twitter: @SocialBaseBR

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Instrumentos de Comunicação Externa
Instrumentos de Comunicação ExternaInstrumentos de Comunicação Externa
Instrumentos de Comunicação Externa
Germana Eiriz
 
instrumentos de comunicação interna
instrumentos de comunicação internainstrumentos de comunicação interna
instrumentos de comunicação interna
Lorredana Pereira
 
Comunicação Interna
Comunicação InternaComunicação Interna
Comunicação Interna
Claudio Toldo
 
Cases comunicação interna
Cases comunicação internaCases comunicação interna
Cases comunicação interna
Daniela Ribeiro
 

Mais procurados (20)

Instrumentos de Comunicação Externa
Instrumentos de Comunicação ExternaInstrumentos de Comunicação Externa
Instrumentos de Comunicação Externa
 
instrumentos de comunicação interna
instrumentos de comunicação internainstrumentos de comunicação interna
instrumentos de comunicação interna
 
A COMUNICAÇÃO INTERNA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO ENTRE UNIDADES: O Caso Locarx
A COMUNICAÇÃO INTERNA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO ENTRE UNIDADES: O Caso LocarxA COMUNICAÇÃO INTERNA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO ENTRE UNIDADES: O Caso Locarx
A COMUNICAÇÃO INTERNA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO ENTRE UNIDADES: O Caso Locarx
 
Comunicação Interna - 7 erros que as empresas insistem em cometer
Comunicação Interna - 7 erros que as empresas insistem em cometerComunicação Interna - 7 erros que as empresas insistem em cometer
Comunicação Interna - 7 erros que as empresas insistem em cometer
 
Palestra: Os Novos Paradigmas de Comunicação Interna na era da hiperconectivi...
Palestra: Os Novos Paradigmas de Comunicação Interna na era da hiperconectivi...Palestra: Os Novos Paradigmas de Comunicação Interna na era da hiperconectivi...
Palestra: Os Novos Paradigmas de Comunicação Interna na era da hiperconectivi...
 
Comunicação interna
Comunicação internaComunicação interna
Comunicação interna
 
Comunicação nas empresas
Comunicação nas empresasComunicação nas empresas
Comunicação nas empresas
 
Planejamento Estratégico em Assessoria de Comunicação
Planejamento Estratégico em Assessoria de ComunicaçãoPlanejamento Estratégico em Assessoria de Comunicação
Planejamento Estratégico em Assessoria de Comunicação
 
PDF Agenda de Marketing e Redes Sociais
PDF Agenda de Marketing e Redes SociaisPDF Agenda de Marketing e Redes Sociais
PDF Agenda de Marketing e Redes Sociais
 
Comunicação Interna
Comunicação InternaComunicação Interna
Comunicação Interna
 
Comunicação Empresarial - Definição clássica
Comunicação Empresarial -  Definição clássicaComunicação Empresarial -  Definição clássica
Comunicação Empresarial - Definição clássica
 
Comunicação Interna Empresarial
Comunicação Interna EmpresarialComunicação Interna Empresarial
Comunicação Interna Empresarial
 
ComunicaçãO Interna & Endomarketing
ComunicaçãO Interna & EndomarketingComunicaçãO Interna & Endomarketing
ComunicaçãO Interna & Endomarketing
 
Cases comunicação interna
Cases comunicação internaCases comunicação interna
Cases comunicação interna
 
aula comunicacao_interna
aula comunicacao_internaaula comunicacao_interna
aula comunicacao_interna
 
TCC A Comunicação Interna de uma empresa de médio porte
TCC A Comunicação Interna de uma empresa de médio porteTCC A Comunicação Interna de uma empresa de médio porte
TCC A Comunicação Interna de uma empresa de médio porte
 
Comunicação interna apresentação
Comunicação interna   apresentaçãoComunicação interna   apresentação
Comunicação interna apresentação
 
Comunicação interna: Ferramenta de Gestão
Comunicação interna: Ferramenta de GestãoComunicação interna: Ferramenta de Gestão
Comunicação interna: Ferramenta de Gestão
 
Comunicação Empresarial CE Básico
Comunicação Empresarial CE BásicoComunicação Empresarial CE Básico
Comunicação Empresarial CE Básico
 
Comunicação interna
Comunicação internaComunicação interna
Comunicação interna
 

Destaque

ESPM - Planejamento da Comunicação - Aula #1
ESPM - Planejamento da Comunicação - Aula #1ESPM - Planejamento da Comunicação - Aula #1
ESPM - Planejamento da Comunicação - Aula #1
Raul Santahelena
 
ESPM | Aula de Planejamento da Comunicação #8
ESPM | Aula de Planejamento da Comunicação #8ESPM | Aula de Planejamento da Comunicação #8
ESPM | Aula de Planejamento da Comunicação #8
Raul Santahelena
 
ESPM | Aula de Planejamento da Comunicação #3
ESPM | Aula de Planejamento da Comunicação #3ESPM | Aula de Planejamento da Comunicação #3
ESPM | Aula de Planejamento da Comunicação #3
Raul Santahelena
 
Comunicação interna
Comunicação internaComunicação interna
Comunicação interna
JTMctitus
 

Destaque (20)

ESPM - Planejamento da Comunicação - Aula #1
ESPM - Planejamento da Comunicação - Aula #1ESPM - Planejamento da Comunicação - Aula #1
ESPM - Planejamento da Comunicação - Aula #1
 
Comunicação Empresarial - Planejamento
Comunicação Empresarial - PlanejamentoComunicação Empresarial - Planejamento
Comunicação Empresarial - Planejamento
 
Planejamento de Comunicação
Planejamento de ComunicaçãoPlanejamento de Comunicação
Planejamento de Comunicação
 
Planejamento em Comunicação - Uma visão resumida
Planejamento em Comunicação - Uma visão resumidaPlanejamento em Comunicação - Uma visão resumida
Planejamento em Comunicação - Uma visão resumida
 
Canvas do planejamento de comunicação
Canvas do planejamento de comunicaçãoCanvas do planejamento de comunicação
Canvas do planejamento de comunicação
 
Planejamento de comunicacao
Planejamento de comunicacaoPlanejamento de comunicacao
Planejamento de comunicacao
 
ESPM | Aula de Planejamento da Comunicação #8
ESPM | Aula de Planejamento da Comunicação #8ESPM | Aula de Planejamento da Comunicação #8
ESPM | Aula de Planejamento da Comunicação #8
 
[ESPM] Planejamento de Mídia Online no Planejamento de Comunicação Integrada
[ESPM] Planejamento de Mídia Online no Planejamento de Comunicação Integrada [ESPM] Planejamento de Mídia Online no Planejamento de Comunicação Integrada
[ESPM] Planejamento de Mídia Online no Planejamento de Comunicação Integrada
 
ESPM | Aula de Planejamento da Comunicação #3
ESPM | Aula de Planejamento da Comunicação #3ESPM | Aula de Planejamento da Comunicação #3
ESPM | Aula de Planejamento da Comunicação #3
 
Planejamento de Comunicacao II: Aula 2 - Da onde eu sou fui e vim
Planejamento de Comunicacao II: Aula 2 - Da onde eu sou fui e vimPlanejamento de Comunicacao II: Aula 2 - Da onde eu sou fui e vim
Planejamento de Comunicacao II: Aula 2 - Da onde eu sou fui e vim
 
Comunicação Empresarial
Comunicação EmpresarialComunicação Empresarial
Comunicação Empresarial
 
COMO É QUE SE FAZ UM PLANO DE COMUNICAÇÃO?
COMO É QUE SE FAZ UM PLANO DE COMUNICAÇÃO? COMO É QUE SE FAZ UM PLANO DE COMUNICAÇÃO?
COMO É QUE SE FAZ UM PLANO DE COMUNICAÇÃO?
 
FSB - Mapa de comunicação
FSB - Mapa de comunicaçãoFSB - Mapa de comunicação
FSB - Mapa de comunicação
 
Manual de Uso - NewsMonitor
Manual de Uso - NewsMonitorManual de Uso - NewsMonitor
Manual de Uso - NewsMonitor
 
Endomarketing
EndomarketingEndomarketing
Endomarketing
 
Mapa do fluxo do comunicação
Mapa do fluxo do comunicaçãoMapa do fluxo do comunicação
Mapa do fluxo do comunicação
 
Comunicação interna
Comunicação internaComunicação interna
Comunicação interna
 
Planejamento de marketing #3
Planejamento de marketing #3Planejamento de marketing #3
Planejamento de marketing #3
 
Plano de comunicação
Plano de comunicaçãoPlano de comunicação
Plano de comunicação
 
Fig 11-5-simbologia-rev-1
Fig 11-5-simbologia-rev-1Fig 11-5-simbologia-rev-1
Fig 11-5-simbologia-rev-1
 

Semelhante a Ebook10 planejamento comunicacao_interna

Tendência das redes sociais corporativas
Tendência das redes sociais corporativasTendência das redes sociais corporativas
Tendência das redes sociais corporativas
Milton Jeronimides
 
Tendência das redes sociais corporativas
Tendência das redes sociais corporativasTendência das redes sociais corporativas
Tendência das redes sociais corporativas
Milton Jeronimides
 
Cco final
Cco finalCco final
Cco final
fe-fgm
 
comunicação empresarial dentro do ambiente organizacioal
comunicação empresarial dentro do ambiente organizacioalcomunicação empresarial dentro do ambiente organizacioal
comunicação empresarial dentro do ambiente organizacioal
VinciusGaldino2
 
A INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNA
A INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNAA INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNA
A INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNA
Águida Pedrosa
 
O Guia para Canais Cisco de mídias sociais
O Guia para Canais Cisco de mídias sociais  O Guia para Canais Cisco de mídias sociais
O Guia para Canais Cisco de mídias sociais
Poliana Lopes
 
Como usar as mídias sociais
Como usar as mídias sociaisComo usar as mídias sociais
Como usar as mídias sociais
Cisco do Brasil
 

Semelhante a Ebook10 planejamento comunicacao_interna (18)

Checklist para times colaborativos
Checklist para times colaborativosChecklist para times colaborativos
Checklist para times colaborativos
 
Ebook alinhe sua comunicacao interna 1
Ebook alinhe sua comunicacao interna 1Ebook alinhe sua comunicacao interna 1
Ebook alinhe sua comunicacao interna 1
 
Endomarketing - Planejamento - Aula 6
Endomarketing - Planejamento - Aula 6Endomarketing - Planejamento - Aula 6
Endomarketing - Planejamento - Aula 6
 
Tendência das redes sociais corporativas
Tendência das redes sociais corporativasTendência das redes sociais corporativas
Tendência das redes sociais corporativas
 
Tendência das redes sociais corporativas
Tendência das redes sociais corporativasTendência das redes sociais corporativas
Tendência das redes sociais corporativas
 
Artigo: Inteligência Competitiva e a integração com Marketing e Redes Sociais...
Artigo: Inteligência Competitiva e a integração com Marketing e Redes Sociais...Artigo: Inteligência Competitiva e a integração com Marketing e Redes Sociais...
Artigo: Inteligência Competitiva e a integração com Marketing e Redes Sociais...
 
Webinar: Aprenda a medir o grau de maturidade da comunicação interna na sua e...
Webinar: Aprenda a medir o grau de maturidade da comunicação interna na sua e...Webinar: Aprenda a medir o grau de maturidade da comunicação interna na sua e...
Webinar: Aprenda a medir o grau de maturidade da comunicação interna na sua e...
 
Intranets e Redes Sociais Corporativas - Guia para Implantação
Intranets e Redes Sociais Corporativas - Guia para ImplantaçãoIntranets e Redes Sociais Corporativas - Guia para Implantação
Intranets e Redes Sociais Corporativas - Guia para Implantação
 
Cco final
Cco finalCco final
Cco final
 
comunicação empresarial dentro do ambiente organizacioal
comunicação empresarial dentro do ambiente organizacioalcomunicação empresarial dentro do ambiente organizacioal
comunicação empresarial dentro do ambiente organizacioal
 
Endomarketing colaborativo
Endomarketing colaborativoEndomarketing colaborativo
Endomarketing colaborativo
 
POLITICAS E COMUNICAÇÃO INTERNA.pdf
POLITICAS E COMUNICAÇÃO INTERNA.pdfPOLITICAS E COMUNICAÇÃO INTERNA.pdf
POLITICAS E COMUNICAÇÃO INTERNA.pdf
 
Luciana de paula andrade
Luciana de paula andradeLuciana de paula andrade
Luciana de paula andrade
 
Meio Byte 005 - Artigo Jorge Lascas - Marketing de Conteúdos
Meio Byte 005 - Artigo Jorge Lascas - Marketing de ConteúdosMeio Byte 005 - Artigo Jorge Lascas - Marketing de Conteúdos
Meio Byte 005 - Artigo Jorge Lascas - Marketing de Conteúdos
 
A INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNA
A INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNAA INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNA
A INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNA
 
Consultoria Gamma.pdf
Consultoria Gamma.pdfConsultoria Gamma.pdf
Consultoria Gamma.pdf
 
O Guia para Canais Cisco de mídias sociais
O Guia para Canais Cisco de mídias sociais  O Guia para Canais Cisco de mídias sociais
O Guia para Canais Cisco de mídias sociais
 
Como usar as mídias sociais
Como usar as mídias sociaisComo usar as mídias sociais
Como usar as mídias sociais
 

Mais de Davi Montenegro

Mais de Davi Montenegro (16)

Treine o Raciocínio para Passar em Concursos
Treine o Raciocínio para Passar em ConcursosTreine o Raciocínio para Passar em Concursos
Treine o Raciocínio para Passar em Concursos
 
Sociedade sem pecado
Sociedade sem pecadoSociedade sem pecado
Sociedade sem pecado
 
Senacmktdigitalparte4
Senacmktdigitalparte4Senacmktdigitalparte4
Senacmktdigitalparte4
 
Senacmktdigitalparte3
Senacmktdigitalparte3Senacmktdigitalparte3
Senacmktdigitalparte3
 
Senacmktdigitalparte2
Senacmktdigitalparte2Senacmktdigitalparte2
Senacmktdigitalparte2
 
Senacmktdigitalparte1
Senacmktdigitalparte1Senacmktdigitalparte1
Senacmktdigitalparte1
 
Oração jabez
Oração jabezOração jabez
Oração jabez
 
O pequeno livro de social media marketing
O pequeno livro de social media marketingO pequeno livro de social media marketing
O pequeno livro de social media marketing
 
Marketing nas mídias sociais
Marketing nas mídias sociaisMarketing nas mídias sociais
Marketing nas mídias sociais
 
Livro grandes-marcas-grandes-negocios
Livro grandes-marcas-grandes-negociosLivro grandes-marcas-grandes-negocios
Livro grandes-marcas-grandes-negocios
 
Liderando em uma_economia_conectada
Liderando em uma_economia_conectadaLiderando em uma_economia_conectada
Liderando em uma_economia_conectada
 
Depois de-amanha-2.0.1
Depois de-amanha-2.0.1Depois de-amanha-2.0.1
Depois de-amanha-2.0.1
 
C s-lewis-cristianismo-puro-e-simples-completo
C s-lewis-cristianismo-puro-e-simples-completoC s-lewis-cristianismo-puro-e-simples-completo
C s-lewis-cristianismo-puro-e-simples-completo
 
Casamento familia
Casamento familiaCasamento familia
Casamento familia
 
A meninado vale-belpesce
A meninado vale-belpesceA meninado vale-belpesce
A meninado vale-belpesce
 
15 ferramentas para Mídias Sociais
15 ferramentas para Mídias Sociais15 ferramentas para Mídias Sociais
15 ferramentas para Mídias Sociais
 

Ebook10 planejamento comunicacao_interna

  • 1. Planejamento de comunicação interna Como melhorar o diálogo na empresa com ajuda de tecnologia
  • 2. ÍNDICE 1. Apresentação 2. Comunicação Interna 3. Como avaliar se minha empresa está preparada? 4. Processo de Adoção 5. Conclusão
  • 3. 1 - Apresentação Empresas brasileiras buscam cada vez mais ferramentas para melhorar o diálogo interno. Afinal, a comunicação interna gera motivação empresarial e melhorar o clima organizacional interno. Entre as ferramentas que crescem no Brasil, destaca-se a rede social corporativa, que já conta com resultados comprovados. O sistema pode aumentar a produtividade dos colaboradores entre 20 e 25%, segundo um estudo do instituto de pesquisa McKinsey Global Institute (MGI). Nossa experiência neste mercado mostra que as redes sociais corporativas são capazes de trazer muitos benefícios em empresas que possuem forte cultura de comunicação. Quanto mais integrada for a companhia, melhor serão os resultados. Porém, como saber em qual estágio minha organização está? E como posso fazer para melhorá-la? Ajudaremos você a tirar essas dúvidas no nosso novo e-book. No nosso e-book Planejamento de comunicação interna, fizemos um guia completo para que você possa melhorar os fluxos de comunicação dentro da organização. Dessa forma, uma ferramenta de comunicação interna será capaz de gerar os melhores resultados em produtividade, inovação e colaboração. Dividimos este e-book em três etapas, montando um passo a passo para ajudá-lo a avaliar (e melhorar) a situação do diálogo interno na sua empresa. Na introdução, apresentaremos os principais conceitos de comunicação interna, quais vantagens ela pode trazer e quais são as principais ferramentas que podem dar suporte a ela – como as redes sociais corporativas. No capítulo 2, mostraremos como avaliar se a sua organização está preparada, incluindo um checklist de implantação para que você não perca nenhum ponto. Por fim, na parte 3, daremos detalhes sobre o processo de adoção (e quais desafios você pode encontrar). A ideia desse e-book começou em 2012, quando lançamos o material educativo Sua empresa está preparada para ter uma rede social corporativa? para ajudar empresários na avaliação das demandas e necessidades de comunicação interna. Desde então, percebemos que, com a ajuda de algumas práticas de gestão interna e de Planejamento de comunicação interna eBook 2013 Guias completos e gratuitos w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r 3
  • 4. endomarketing, é possível melhorar muito os resultados trazidos com as redes sociais corporativas. Por isso, lançamos esse novo conteúdo rico, que aprofunda alguns conceitos do texto de 2012 e acrescenta a ele um passo a passo para a estruturação de uma política consistente de diálogo interno. Esperamos que esse e-book possa contribuir na implantação de uma estrutura consistente de comunicação interna. Boa leitura! Planejamento de comunicação interna eBook 2013 Guias completos e gratuitos w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r 4
  • 5. 2 - Comunicação Interna Empresas que possuem grandes barreiras na circulação de ideias costumam sofrer com focos de desinformação: comentários negativos e “fofocas” sem base que podem influenciar o corpo funcional. Sem uma política oficial de comunicação, os boatos ficam mais fortes e a equipe perde integração. Como resolver esse problema na sua empresa? Basta planejar bem a comunicação interna. Em suma, ela é responsável pela troca de informações e incentivo à troca de ideias entre membros de uma corporação dentro de uma política estruturada e que contemple todos os setores. Quando o processo de comunicação é bem estabelecido, as melhorias são visíveis no clima organizacional e na troca de informações internas. Quando falamos em “estruturar a comunicação interna”, alguns gestores se assustam e questionam se esse não é um processo complexo. Acredite: não é. Basta você planejar bem e seguir alguns pré-requisitos. Além disso, algumas tecnologias podem ajudá-lo nesta tarefa de integrar a equipe e fazê-la conversar mais. Não é preciso ter receio para adotar esse tipo de sistema. Algumas soluções disponíveis no mercado, como as redes sociais corporativas, contam com implantação e uso prático. Planejamento de comunicação interna eBook 2013 Guias completos e gratuitos w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r 5
  • 6. Comunicação interna funciona bem em empresas de todos os portes Uma boa política de comunicação interna é capaz de informações relevantes, o sistema foi fundamental para melhorar resultados de companhias de todos os portes. melhorar a divulgação interna por suas características No caso da Acorda, especializada em terapias para similares a de um site de relacionamentos. Cada pacientes com doenças neurológicas, foi possível colaborador tem um perfil para publicar fotos, vídeos e estruturar uma estratégia em uma empresa com 350 mensagens ou outros conteúdos que desejar pessoas e sem uma equipe especializada em compartilhar com a equipe. endomarketing. O resultado? A plataforma usada conquistou o primeiro lugar no prêmio da Nielsen Uma das primeiras consequências observadas pelos Norman Group (NNG) para a melhor rede interna em gestores da Acorda após a implantação do Synapse é uma corporação. a redução no número de e-mails enviados e recebidos. Os colaboradores buscam cada vez mais Sem departamento de TI, a Acorda fez um projeto para usar a nova ferramenta para compartilhar conteúdos e montar uma estrutura de comunicação interna que agilizar a divulgação interna. agradasse a todos os colaboradores. Em conversas com uma agência de design, os executivos da Se você quer mais detalhes sobre este case, leia o texto companhia decidiram investir em tecnologia. Fizeram completo: Tecnologia ajuda média empresa a melhorar um planejamento consistente e, em dezembro de 2011, divulgação interna. lançaram o Synapse. Desenvolvido com base nas clássicas intranets, trata-se de uma rede social corporativa. Além de servir Planejamento de comunicação interna para armazenar eBook 2013 Guias completos e gratuitos w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r 6
  • 7. 2.1 - Métricas importantes O investimento em uma boa política de comunicação interna é capaz de trazer vários benefícios para a sua empresa. Separamos abaixo as vantagens que observamos com mais frequência nas organizações que apostam nessa área. Os benefícios são: I) Integração entre os colaboradores uma das maiores contribuições da comunicação Por meio dessa interação, é possível resolver interna (e das tecnologias de suporte) dentro de uma problemas, criar novas soluções, descobrir novas empresa é o incentivo ao colaborativismo. Mas, o que formas, mais rápidas e eficientes, de desenvolver um isso quer dizer? Resumidamente, colaborativismo processo. É uma maneira de ajudar a empresa a atingir significa: pessoas trabalhando juntas para resolver seus objetivos, seja pelo compartilhamento de um problema comum. Colaborativismo também informações, pela rapidez na comunicação e pelo implica acesso comum ao conteúdo. em pessoas dividindo experiências, conhecimento e conteúdo. Essas ações podem acontecer pessoalmente, em tempo real, ou a distância. O foco está na interação entre as pessoas. Planejamento de comunicação interna eBook 2013 Guias completos e gratuitos w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r 7
  • 8. II) Inovação conseqüência da integração entre os funcionários, está daí alguma sugestão inovadora para produtos, serviços presente em ambientes com altos níveis de ou processos corporativos. Quanto mais aberto ao colaboração interna. Afinal, se várias pessoas refletem diálogo for o ambiente, mais inovação tende a surgir. sobre uma questão da empresa, é possível que surja III) Produtividade alguns gestores nos questionam a respeito da O segundo motivo é a criação de um canal oficial de influência da comunicação interna na produtividade. informação. Com uma política bem consolidada, Uma estrutura bem consolidada é capaz de deixar o criam-se meios oficiais para distribuir novidades e ambiente corporativo mais propício ao trabalho, comunicados dentro de uma organização. Dessa deixando seu corpo funcional mais produtivo. Isso se dá forma, por dois motivos. O primeiro deles, como citamos desinformação e comentários negativos – logo, o acima, é a criação de um espaço p ara a reflexão colaborador não perde tempo com dados falsos e tem sobre os problemas da empresa, o que acaba um trabalho mais assertivo. é possível esgotar os focos de gerando mais produtividade. IV) Armazenamento de conhecimento uma estrutura consolidada de comunicação interna pode ser consultado pelo corpo funcional. É possível, contribui para que informações de interesse da por exemplo, usar um grupo em uma rede social empresa sejam armazenadas da forma adequada. corporativa para publicar links e textos relevantes para a Ou seja: você cria um banco de dados relevante e que equipe Planejamento de comunicação interna eBook 2013 Guias completos e gratuitos w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r 8
  • 9. Comunicação interna gera aproximação entre parceiros e fornecedores A comunicação interna permite criar um ambiente aumento de produtividade. restrito aos funcionários de uma empresa ou então Empresas mais abertas tendem a ter um aberto também à parceiros e fornecedores. Tudo relacionamento mais próximo, envolvendo parceiros depende da intenção ao se implantar tal ferramenta. e fornecedores em diferentes estágios do produto ou É preciso identificar o quanto a empresa está serviço. Os processos formais são apenas parte de disposta a estender seus investimentos em todas as formas de interações possíveis. Além disso, o colaboração para incluir parceiros e fornecedores. crescimento no valor desses parceiros e fornecedores Existem cadeias onde algumas empresas centralizam faz parte da estratégia de negócios da empresa. fortemente o poder de geração de valor, e nesse caso a Portanto, a aceitação e incentivo à adoção de uma opinião dos parceiros e fornecedores não teria tanta estratégia (e ferrramenta) de comunicação interna relevância e seriam pouco requisitadas para as poderá envolver esses outros braços da empresa, caso decisões do dia a dia. Porém, mesmo nesse cenário, o assim ela deseje, mas isso ocorrerá em diferentes engajamento externo no desenvolvimento de produtos intensidades, de acordo com o relacionamento entre as ou suporte para demais atividades traz benefícios partes. concretos, principalmente na redução de custos e Planejamento de comunicação interna eBook 2013 Guias completos e gratuitos w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r 9
  • 10. 2.2 - Ferramentas de comunicação interna O investimento em uma boa política de comunicação interna é capaz de trazer vários benefícios para a sua empresa. Separamos abaixo as vantagens que observamos com mais frequência nas organizações que apostam nessa área. Os benefícios são: I) House organ “O jornal da empresa”, como é conhecido, é uma funcionários – e tem abrangência equivalente à publicação periódica produzida com conteúdo de teor circulação: quanto mais cópias, mais impacto terá. jornalístico em formato de jornal, jornal-mural ou revista. Porém, o alto custo para manter uma mídia do tipo e as Ele também é um meio de um fluxo – já que a equipe recentes políticas institucionais de economia de papel de comunicação expõe informações para o corpo de podem ser impeditivos para implementar essa solução II) TVs e rádios institucionais Algumas empresas mantém, por meio de circuitos receptores (os funcionários). Por utilizarem suportes internos, suas próprias TVs e rádios com conteúdos de distintos, costumam chamar mais a atenção. Porém, interesse dos colaboradores. Assim como o house exigem mais infraestrutura técnica na implantação e organ, é um meio de um fluxo só, com emissores (os utilização. responsáveis da comunicação) interagindo com Planejamento de comunicação interna eBook 2013 Guias completos e gratuitos w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r 10
  • 11. III) Newsletter Usa o mesmo princípio do house organ, só que sendo um meio de um fluxo só, que pode não ser visto disponível na internet. Divulgado por e-mail ou outra caso o funcionário não abra seu correio eletrônico. É forma de comunicação online, contém mensagens de um interesse dos colaboradores. Não contém as restrições massivas. interessante instrumento para mensagens de custos geradas pelo house organ, mas continua IV) Intranets Conceito derivado da internet, é uma rede privada selecionada. Exige infraestrutura tecnológica dentro da acessível somente para o corpo funcional. Nela, é empresa para suportá-la. Se não for bem administrada, possível armazenar arquivos e divulgar mensagens pode tornar-se apenas um depósito de informações, para a equipe. Permite um pouco mais de interatividade sem propósito de comunicação. entre os membros, dependendo da ferramenta Planejamento de comunicação interna eBook 2013 Guias completos e gratuitos w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r 11
  • 12. V) Redes sociais corporativas sistemas que usam a mesma dinâmica de portais capazes de enviar comunicados massivos para todo o sociais abertos, como Facebook e Twitter, dentro da grupo. Se a solução adotada for um software instalado, organização. Permitem a troca de informações entre a pode exigir infraestrutura de TI – porém, existem equipe de comunicação e todo o corpo funcional, que alternativas disponíveis na nuvem, que requerem pode se organizar em grupos e iniciar debates e apenas o acesso à internet. conversações sobre a empresa. É uma boa opção, por Nossa experiência neste segmento mostram que as exemplo, para dar aos usuários um meio de tirar redes sociais corporativas são ferramentas dúvidas e compartilhar conhecimento. completas, dinâmicas e que propiciam a criação de Boa parte dessas ferramentas disponíveis no mercado um ambiente colaborativo nas empresas. Por isso, contam com mensageiros instantâneos para a troca de focaremos os próximos capítulos em uma estratégia de mensagens comunicação interna que conte com uma solução do privadas. Algumas delas também permitem a criação de lembretes de eventos e são Planejamento de comunicação interna eBook 2013 gênero. Guias completos e gratuitos w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r 12
  • 13. 3 - Como avaliar se minha empresa está preparada? Acima, mostramos os benefícios da implantação de uma boa ferramenta para a comunicação interna. Porém, para que o processo traga bons resultados, é preciso contar com um bom planejamento e diagnóstico. A sua empresa conta com uma cultura propícia para a troca de ideias? Acredite: se você começar a mudar esse paradigma, você terá resultados muito melhores. Neste capítulo, vamos ajudá-lo nesta avaliação. Planejamento de comunicação interna eBook 2013 Guias completos e gratuitos w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r 13
  • 14. 3.1 - Necessidade e objetivos da empresa Antes de mais nada, sua empresa precisa estar consciente sobre os problemas de comunicação que atrapalham os trabalhos atualmente. Alguns exemplos: – Vocês têm e-mails em excesso? – Perdem muito tempo buscando e recuperando conhecimento? – Os usuários interagem pouco entre si? – Há pouca inovação gerada internamente? – Há grandes problemas com desinformação e comentários maliciosos? As respostas para essas questões podem ajudá-lo a ver se sua empresa precisa logo de uma estrutura consistente de comunicação interna e que pode contar com o suporte de uma rede social corporativa. Em segundo lugar, é importante definir necessidades e objetivos pelas áreas que podem ser impactadas pelo uso de uma rede social corporativa, principalmente por parte dos seus diretores e gestores. Algumas perguntas que podem ser respondidas: – O que se espera da ferramenta? – Como ela pode contribuir para gestores e colaboradores? – Ela será um canal de comunicação único ou complementar? É igualmente importante deixar claros os impactos da adoção e uso da rede, evitando ambigüidades. Além disso, definir um processo mensurável e passível de acompanhamento é necessário. Nesse processo, a comparação com ferramentas existentes e em uso também é válida, para mostrar as diferenças e vantagens. Planejamento de comunicação interna eBook 2013 Guias completos e gratuitos w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r 14
  • 15. Como uma rede social corporativa pode resolver problemas internos Em muitos casos, o uso efetivo de uma rede social No lugar de contratar uma agência de publicidade para corporativa pode resolver problemas estratégicos na resolver a parte tecnológica, os profissionais criaram sua empresa. Quer um exemplo? Em 2009, a Ford, tópicos dentro da rede social corporativa para debater uma das grandes empresas automobilísticas de porte como viabilizar o projeto. Em horas, profissionais do multinacional, precisava planejara a campanha de setor de TI começaram a fazer sugestões e trouxeram lançamento de um novo veículo. A equipe responsável alternativas. O planejamento, previsto para durar pretendia fazer uma série de eventos de apresentação quatro meses, levou só duas semanas. do veículo em várias cidades norte-americanas e um Quer saber mais sobre esse caso de bom uso das mapa online para que os consumidores pudessem redes sociais corporativas? Leia o texto completo: acompanhar o tour. Empresa cria campanha de marketing com ajuda de software de colaboração. Planejamento de comunicação interna eBook 2013 Guias completos e gratuitos w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r 15
  • 16. 3.2 - Checklist de implantação Para ajudá-lo a saber se sua empresa está pronta para uma rede social corporativa, criamos uma checklist com os quatro tópicos necessários para você acompanhar. Se você cumprir devidamente esses pontos, há grandes chances de a rede social corporativa ter grande aderência na sua organização. Os quatro pontos que você deve levar em conta antes de adotar uma rede social corporativa são: I) Conexão adequada com a web um dos pré-requisitos para garantir sucesso na política você libere a navegação nas redes sociais de comunicação interna é o acesso à web bem corporativas, até para migrar os debates feitos em distribuído por toda a empresa. Independente da sites de relacionamentos para a nova ferramenta. política de bloqueio de sites externos, sugerimos que II) Grupo de trabalho para comunicação interna independente do tamanho da sua empresa, é preciso Geralmente, essas equipes costumam ter funcionários ter um ou mais profissionais para cuidar da implantação com mais aptidão em marketing e tecnologia. Eles da política e da ferramenta de comunicação interna. serão essenciais para garantir o sucesso do processo. Planejamento de comunicação interna eBook 2013 Guias completos e gratuitos w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r 16
  • 17. III) Equipe de teste se você adotar uma rede social corporativa, vale a pena você poderá ver as adaptações necessárias para fazer escolher um departamento específico para testar a no sistema. ferramenta antes de divulgá-la para todo o grupo. Ali, IV) Consolidação da política de comunicação interna o plano de comunicação é um norte para todas as parceiros etc.) e que tipo de mensagem será distribuída decisões tomadas pela empresa em relação ao (comunicados, recados informais etc.). assunto; uma referência para ser seguido. E ele não é Se você cumprir devidamente todos esses passos, há difícil de redigir – basta apenas levar em conta alguns grandes chances de ter sucesso. E, se você precisar de aspectos fundamentais e complementá-los de acordo auxílio para cumprir alguma dessas etapas, vale a pena com os interesses da instituição. Ele precisa conter: considerar a contratação de uma consultoria externa. para quem você quer comunicar (funcionários, Planejamento de comunicação interna eBook 2013 Guias completos e gratuitos w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r 17
  • 18. 4 - Processo de Adoção 4.1 - É preciso incentivar Bons resultados na implantação de programas que envolvem esse tipo de tecnologia dependem, primordialmente do estágio de maturidade digital da empresa, mas também de planejamento e educação. O ideal é que, durante o processo, você identifique os funcionários que são relevantes para todo o grupo, pessoas que incentivam as redes de relacionamento, seja no meio virtual ou não. Uma política de incentivo de participação também é essencial. Para tanto, é possível organizar campanhas offline que mostrem os benefícios da rede e como é fácil adotar a ferramenta. Por fim, deixe um canal aberto para suporte técnico, já que alguns colaboradores podem demandar ajuda ou precisar de alguém para tirar dúvidas. Pelo o que observamos no mercado, um ambiente com restrições às interações online não é propicio para a difusão de uma rede social corporativa. O planejamento da implantação deve oferecer um ambiente livre para as interações, propor objetivos, metas e códigos de conduta, que funcionem como fatores motivacionais para seus participantes. Planejamento de comunicação interna eBook 2013 Guias completos e gratuitos w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r 18
  • 19. 4.2 - Quem precisa estar envolvido? O apoio e incentivo a uma iniciativa, como a implantação de uma rede social corporativa, deve partir tanto de cima, como de baixo, na hierarquia organizacional. Ou seja, diretores e gestores, assim como os colaboradores precisam adotar e tornar isso algo viral. A promoção boca a boca ainda se mostra muito eficiente. Durante o processo, o setor de TI precisa estar envolvido, principalmente quando se trata de suporte, segurança e integração com outros sistemas. A TI deve estar alinhada com as estratégias de negócio da empresa, pois é um importante influenciador, assim como os setores de Marketing e de Comunicação. Por estar estritamente ligada ao relacionamento entre pessoas, a aplicação das redes sociais corporativas também precisa de participação ativa do setor de Recursos Humanos. É possível afirmar, que em muitos casos, essa área é responsável pela decisão da compra, levando em conta o histórico da empresa e seus colaboradores. Planejamento de comunicação interna eBook 2013 Guias completos e gratuitos w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r 19
  • 20. 4.3 - Políticas de uso As políticas de uso das redes sociais devem se preocupar em orientar e tratar dos riscos relativos ao uso da tecnologia da informação, como limitações referentes à segurança de dados e à reputação da empresa. Algumas situações podem ser minimizadas pela adoção de um regulamento, que pode estar no próprio regulamento interno da empresa ou em documento separado. Esse passo pode ser feito em um segundo momento, mas é importante que a sua organização decida criar uma política de uso documentada. A definição de uma política interna precisa tratar algumas questões fundamentais: I) Base de clientes o que acontece quando o funcionário deixa a empresa? Seus contatos pertencerão à empresa ou ao funcionário? II) Segurança da informação o envio de dados pelas redes é facilitado e, dependendo da segurança em TI adotada, pode ser fácil vazar informações sigilosas da empresa. III) Divulgação indevida de marca, nome e imagem a vinculação da marca, nome ou imagem da empresa a para rescisão do contrato de trabalho e os funcionários situações constrangedoras na rede pode ser causa precisam estar cientes disso. Planejamento de comunicação interna eBook 2013 Guias completos e gratuitos w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r 20
  • 21. IV) Amizade com colegas de trabalho como sua empresa vê isso nas redes sociais? Deseja estar alinhados com os direitos fundamentais dos vedar ou orientar? Os valores da corporação devem funcionários. V) Postagens sobre clientes, comentários políticos ou sobre os negócios da empresa sem orientação, esse tipo de ação pode gerar problemas tanto para a empresa, como para o funcionário. VI) Monitoramento e privacidade se sua empresa irá monitorar os funcionários no embora publicações sem restrições de privacidade são, ambiente de trabalho, é preciso deixar isso claro, pela essência, de acesso público. VII) Uso da imagem dos colaboradores a empresa não pode utilizar a imagem de seus pode ser colhido já na adesão à política da empresa funcionários sem sua autorização. Esse consentimento pelo trabalhador. Ainda assim, é importante destacar alguns aspectos básicos para o relacionamento das redes sociais: evitar entrar em polêmicas, repassar fofocas e boatos, falar mal de colegas ou do chefe ou ainda postar fotos ou opiniões que possam prejudicar a imagem do colaborador e seu futuro dentro da empresa. Planejamento de comunicação interna eBook 2013 Guias completos e gratuitos w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r 21
  • 22. 5 - Conclusão Frente aos benefícios já apresentados relativos a implantação das redes sociais corporativas, conclui- se que proibir seu uso é ir contra as tendências modernas de networking empresarial. Além disso, não considerar sua implantação resulta no aumento no risco da gerar falta de engajamento dos colaboradores e redução de competitividade da empresa. O envolvimento das pessoas é fundamental, por isso, é preciso identificar lideranças nos setores diretamente impactados pela implantação da ferramenta de modo que analisem o uso da rede e incentivem sem uso. Além de gestores, a TI e o RH são as principais áreas, que precisam acompanhar os processos de decisão e implantação. Resumidamente, podemos afirmar que, antes de implantar uma rede social corporativa é preciso analisar os hábitos dos funcionários e preparar tanto a empresa quanto os colaboradores. No entanto, para alcançar uma boa eficácia, a empresa precisa definir seus objetivos, conscientizar os colaboradores e estabelecer regras claras, para que se faça o melhor uso do sistema. O aprimorando na comunicação será perceptível, assim como o aumento do colaborativismo e a melhora na produtividade. Esperamos que esse texto ajude-o a ver os benefícios que esse sistema pode trazer e como sua empresa pode usufruir dos melhores resultados com ele. Se você quiser mais informações sobre o processo de implantação e os benefícios das redes sociais corporativas para as empresas, sugerimos a leitura dos nossos outros materiais educativos sobre comunicação interna. Todos são gratuitos. Além disso, publicamos semanalmente no nosso blog artigos sobre inovação e boas práticas nessa área. Você pode lê-los em http://blog.socialbase.com.br. Por fim, se você optar por uma rede social corporativa, gostaríamos de convidá-lo a experimentar nossa solução, a SocialBase. Ela contém recursos avançados para melhorar a comunicação interna da sua empresa. Além disso, oferecemos pacotes de consultoria para que o processo de implantação seja o mais bem sucedido possível. Entre em contato conosco: http://www.socialbase.com.br/fale-conosco/ Planejamento de comunicação interna eBook 2013 Guias completos e gratuitos w w w. s o c i a l b a s e. c o m . b r 22
  • 23. Rede Social Corporativa e-Books completos e gratuitos Dúvidas ou sugestões: contato@socialbase.com.br facebook.com/socialbase Twitter: @SocialBaseBR