SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
MAPA - IFPC - CRIMINOLOGIA - 53/2023
Assessoria nos seus TRABALHOS entre em contato com a DL ASSESSORIA
E-mail: assessoriaacademicadl@gmail.com
(15) 99143-3322
QUESTÃO 1
Olá, estudante!
O objetivo desta atividade é que você reflita sobre criminologia e vitimologia.
Etapa 1: CONTEXTUALIZANDO
"Quando uma pessoa passa por uma situação extremamente crítica em que sua existência fica
completamente à mercê de outra, que detém o poder de vida ou de morte sobre ela, pode-se
estabelecer um tipo de relação dependente em que a vítima adere psicologicamente ao
agressor. Nesses casos, pode-se estabelecer uma espécie de amor ou paixão que decorre de
um processo inconsciente de preservaçãoo cujo mecanismo mais evidente se expressa pela
idealização e pela identificação, notadamente pela identificação projetiva, através da qual
características da vítima são projetadas no agressor, com o fim de manter o controle do outro,
defender- se dele e proteger-se de um mal grave e inesperado que ele pode causar."
Fonte: TRINDADE, J. Manual de psicologia jurídica para operadores do direito. 4. ed.
Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2010. p. 213.
A partir da breve explanação sobre a gênese da criminologia e da vitimologia, seguiremos a
atividade. Imagine a seguinte situação hipotética:
Em mais um dia normal de uma butique de joias, os funcionários João e Marcos, juntamente
com Maria, proprietária da loja, após atenderem ao último cliente do dia, quando o
expediente estava para se encerrar, dois indivíduos encapuzados adentram e anunciaram o
assalto. Armados com rifles, fizeram todos de reféns e exigiram um carro forte para fuga,
dinheiro em espécie e as joias que ali se encontravam. Um senhor que transitava pela rua
avistou uma movimentação estranha e chamou a polícia. Quando os agentes chegaram,
fecharam o perímetro e diligenciaram no sentido de liberarem os reféns e dar a oportunidade
aos criminosos de se entregarem.
No primeiro dia não houve acordo. No segundo dia, em conversa com os bandidos, foi
disponibilizado o carro forte requerido. No terceiro dia, liberaram João, intacto. No dia
seguinte, liberaram Marcos, também ileso. No quinto dia, no período da noite, Maria saiu
pela entrada principal e pediu para que os agentes se afastassem. Ao se afastarem, para a
surpresa de todos, os dois bandidos saíram, porém, abraçados pela dona da loja, protegendo-
os, sendo impossível que os agentes fizessem qualquer coisa sem que pudesse atingir Maria.
Foi empreendido fuga e, em diligências, obtiveram êxito em encontrar os bandidos. Em sede
de depoimento, João e Marcos foram ouvidos, porém Maria se recusou a depor e informou
que se recusaria a testemunhar contra os assaltantes e que, inclusive, patrocinaria as despesas
relacionadas aos advogados dos criminosos, se posicionando claramente a favor deles.
Etapa 2: CONCEITUANDO
Em se tratando dos processos de vitimização, deve-se iniciar a discussão considerando que
não é raro encontrarmos situações as quais as vítimas se deparam com inúmeras barreiras
para exercerem seus direitos, sendo expostas a situações vexatórias, de ridicularização ou de
exposição desmedida. Existe a vitimização primária, secundária e terciária.
Derivado do estudo da vitimologia, há outra ciência autônoma, a vitimodogmática, que
procura compreender a relação que a vítima possui com o caso concreto, objetivando maior
eficiência do sistema penal.
Etapa 3: PROBLEMATIZANDO
Diante da leitura dos textos da parte “Contextualizando”, e com base nos conhecimentos
adquiridos nessa disciplina analisando o caso concreto e com base no livro de apoio,
responda:
1) Qual seria a explicação criminológica desta atitude de Maria ao final deste fato? Discorra
sobre (mínimo 10 e máximo 30 linhas).
2) Com relação a Maria, em qual espécie de vitimização ela se encaixa? Por quê?
3) Como deve ser a ação dos responsáveis ao colher o depoimento de Maria? Quais
consequências poderiam advir de uma atitude invasiva destes agentes?
4) Em sede de colheita de depoimentos e a revitimização da vítima, cite um exemplo previsto
na legislação brasileira (Código Penal, Código de Processo Penal, Legislações Especiais) que
é aplicado atualmente em situações de vulnerabilidade.
MAPA - IFPC - CRIMINOLOGIA - Vitimização e revitimização na colheita de depoimentos

Mais conteúdo relacionado

Destaque

AI Trends in Creative Operations 2024 by Artwork Flow.pdf
AI Trends in Creative Operations 2024 by Artwork Flow.pdfAI Trends in Creative Operations 2024 by Artwork Flow.pdf
AI Trends in Creative Operations 2024 by Artwork Flow.pdfmarketingartwork
 
PEPSICO Presentation to CAGNY Conference Feb 2024
PEPSICO Presentation to CAGNY Conference Feb 2024PEPSICO Presentation to CAGNY Conference Feb 2024
PEPSICO Presentation to CAGNY Conference Feb 2024Neil Kimberley
 
Content Methodology: A Best Practices Report (Webinar)
Content Methodology: A Best Practices Report (Webinar)Content Methodology: A Best Practices Report (Webinar)
Content Methodology: A Best Practices Report (Webinar)contently
 
How to Prepare For a Successful Job Search for 2024
How to Prepare For a Successful Job Search for 2024How to Prepare For a Successful Job Search for 2024
How to Prepare For a Successful Job Search for 2024Albert Qian
 
Social Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie Insights
Social Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie InsightsSocial Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie Insights
Social Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie InsightsKurio // The Social Media Age(ncy)
 
Trends In Paid Search: Navigating The Digital Landscape In 2024
Trends In Paid Search: Navigating The Digital Landscape In 2024Trends In Paid Search: Navigating The Digital Landscape In 2024
Trends In Paid Search: Navigating The Digital Landscape In 2024Search Engine Journal
 
5 Public speaking tips from TED - Visualized summary
5 Public speaking tips from TED - Visualized summary5 Public speaking tips from TED - Visualized summary
5 Public speaking tips from TED - Visualized summarySpeakerHub
 
ChatGPT and the Future of Work - Clark Boyd
ChatGPT and the Future of Work - Clark Boyd ChatGPT and the Future of Work - Clark Boyd
ChatGPT and the Future of Work - Clark Boyd Clark Boyd
 
Getting into the tech field. what next
Getting into the tech field. what next Getting into the tech field. what next
Getting into the tech field. what next Tessa Mero
 
Google's Just Not That Into You: Understanding Core Updates & Search Intent
Google's Just Not That Into You: Understanding Core Updates & Search IntentGoogle's Just Not That Into You: Understanding Core Updates & Search Intent
Google's Just Not That Into You: Understanding Core Updates & Search IntentLily Ray
 
Time Management & Productivity - Best Practices
Time Management & Productivity -  Best PracticesTime Management & Productivity -  Best Practices
Time Management & Productivity - Best PracticesVit Horky
 
The six step guide to practical project management
The six step guide to practical project managementThe six step guide to practical project management
The six step guide to practical project managementMindGenius
 
Beginners Guide to TikTok for Search - Rachel Pearson - We are Tilt __ Bright...
Beginners Guide to TikTok for Search - Rachel Pearson - We are Tilt __ Bright...Beginners Guide to TikTok for Search - Rachel Pearson - We are Tilt __ Bright...
Beginners Guide to TikTok for Search - Rachel Pearson - We are Tilt __ Bright...RachelPearson36
 
Unlocking the Power of ChatGPT and AI in Testing - A Real-World Look, present...
Unlocking the Power of ChatGPT and AI in Testing - A Real-World Look, present...Unlocking the Power of ChatGPT and AI in Testing - A Real-World Look, present...
Unlocking the Power of ChatGPT and AI in Testing - A Real-World Look, present...Applitools
 
12 Ways to Increase Your Influence at Work
12 Ways to Increase Your Influence at Work12 Ways to Increase Your Influence at Work
12 Ways to Increase Your Influence at WorkGetSmarter
 

Destaque (20)

AI Trends in Creative Operations 2024 by Artwork Flow.pdf
AI Trends in Creative Operations 2024 by Artwork Flow.pdfAI Trends in Creative Operations 2024 by Artwork Flow.pdf
AI Trends in Creative Operations 2024 by Artwork Flow.pdf
 
Skeleton Culture Code
Skeleton Culture CodeSkeleton Culture Code
Skeleton Culture Code
 
PEPSICO Presentation to CAGNY Conference Feb 2024
PEPSICO Presentation to CAGNY Conference Feb 2024PEPSICO Presentation to CAGNY Conference Feb 2024
PEPSICO Presentation to CAGNY Conference Feb 2024
 
Content Methodology: A Best Practices Report (Webinar)
Content Methodology: A Best Practices Report (Webinar)Content Methodology: A Best Practices Report (Webinar)
Content Methodology: A Best Practices Report (Webinar)
 
How to Prepare For a Successful Job Search for 2024
How to Prepare For a Successful Job Search for 2024How to Prepare For a Successful Job Search for 2024
How to Prepare For a Successful Job Search for 2024
 
Social Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie Insights
Social Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie InsightsSocial Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie Insights
Social Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie Insights
 
Trends In Paid Search: Navigating The Digital Landscape In 2024
Trends In Paid Search: Navigating The Digital Landscape In 2024Trends In Paid Search: Navigating The Digital Landscape In 2024
Trends In Paid Search: Navigating The Digital Landscape In 2024
 
5 Public speaking tips from TED - Visualized summary
5 Public speaking tips from TED - Visualized summary5 Public speaking tips from TED - Visualized summary
5 Public speaking tips from TED - Visualized summary
 
ChatGPT and the Future of Work - Clark Boyd
ChatGPT and the Future of Work - Clark Boyd ChatGPT and the Future of Work - Clark Boyd
ChatGPT and the Future of Work - Clark Boyd
 
Getting into the tech field. what next
Getting into the tech field. what next Getting into the tech field. what next
Getting into the tech field. what next
 
Google's Just Not That Into You: Understanding Core Updates & Search Intent
Google's Just Not That Into You: Understanding Core Updates & Search IntentGoogle's Just Not That Into You: Understanding Core Updates & Search Intent
Google's Just Not That Into You: Understanding Core Updates & Search Intent
 
How to have difficult conversations
How to have difficult conversations How to have difficult conversations
How to have difficult conversations
 
Introduction to Data Science
Introduction to Data ScienceIntroduction to Data Science
Introduction to Data Science
 
Time Management & Productivity - Best Practices
Time Management & Productivity -  Best PracticesTime Management & Productivity -  Best Practices
Time Management & Productivity - Best Practices
 
The six step guide to practical project management
The six step guide to practical project managementThe six step guide to practical project management
The six step guide to practical project management
 
Beginners Guide to TikTok for Search - Rachel Pearson - We are Tilt __ Bright...
Beginners Guide to TikTok for Search - Rachel Pearson - We are Tilt __ Bright...Beginners Guide to TikTok for Search - Rachel Pearson - We are Tilt __ Bright...
Beginners Guide to TikTok for Search - Rachel Pearson - We are Tilt __ Bright...
 
Unlocking the Power of ChatGPT and AI in Testing - A Real-World Look, present...
Unlocking the Power of ChatGPT and AI in Testing - A Real-World Look, present...Unlocking the Power of ChatGPT and AI in Testing - A Real-World Look, present...
Unlocking the Power of ChatGPT and AI in Testing - A Real-World Look, present...
 
12 Ways to Increase Your Influence at Work
12 Ways to Increase Your Influence at Work12 Ways to Increase Your Influence at Work
12 Ways to Increase Your Influence at Work
 
ChatGPT webinar slides
ChatGPT webinar slidesChatGPT webinar slides
ChatGPT webinar slides
 
More than Just Lines on a Map: Best Practices for U.S Bike Routes
More than Just Lines on a Map: Best Practices for U.S Bike RoutesMore than Just Lines on a Map: Best Practices for U.S Bike Routes
More than Just Lines on a Map: Best Practices for U.S Bike Routes
 

MAPA - IFPC - CRIMINOLOGIA - Vitimização e revitimização na colheita de depoimentos

  • 1. MAPA - IFPC - CRIMINOLOGIA - 53/2023 Assessoria nos seus TRABALHOS entre em contato com a DL ASSESSORIA E-mail: assessoriaacademicadl@gmail.com (15) 99143-3322 QUESTÃO 1 Olá, estudante! O objetivo desta atividade é que você reflita sobre criminologia e vitimologia. Etapa 1: CONTEXTUALIZANDO "Quando uma pessoa passa por uma situação extremamente crítica em que sua existência fica completamente à mercê de outra, que detém o poder de vida ou de morte sobre ela, pode-se estabelecer um tipo de relação dependente em que a vítima adere psicologicamente ao agressor. Nesses casos, pode-se estabelecer uma espécie de amor ou paixão que decorre de um processo inconsciente de preservaçãoo cujo mecanismo mais evidente se expressa pela idealização e pela identificação, notadamente pela identificação projetiva, através da qual características da vítima são projetadas no agressor, com o fim de manter o controle do outro, defender- se dele e proteger-se de um mal grave e inesperado que ele pode causar." Fonte: TRINDADE, J. Manual de psicologia jurídica para operadores do direito. 4. ed. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2010. p. 213. A partir da breve explanação sobre a gênese da criminologia e da vitimologia, seguiremos a atividade. Imagine a seguinte situação hipotética: Em mais um dia normal de uma butique de joias, os funcionários João e Marcos, juntamente com Maria, proprietária da loja, após atenderem ao último cliente do dia, quando o expediente estava para se encerrar, dois indivíduos encapuzados adentram e anunciaram o assalto. Armados com rifles, fizeram todos de reféns e exigiram um carro forte para fuga, dinheiro em espécie e as joias que ali se encontravam. Um senhor que transitava pela rua
  • 2. avistou uma movimentação estranha e chamou a polícia. Quando os agentes chegaram, fecharam o perímetro e diligenciaram no sentido de liberarem os reféns e dar a oportunidade aos criminosos de se entregarem. No primeiro dia não houve acordo. No segundo dia, em conversa com os bandidos, foi disponibilizado o carro forte requerido. No terceiro dia, liberaram João, intacto. No dia seguinte, liberaram Marcos, também ileso. No quinto dia, no período da noite, Maria saiu pela entrada principal e pediu para que os agentes se afastassem. Ao se afastarem, para a surpresa de todos, os dois bandidos saíram, porém, abraçados pela dona da loja, protegendo- os, sendo impossível que os agentes fizessem qualquer coisa sem que pudesse atingir Maria. Foi empreendido fuga e, em diligências, obtiveram êxito em encontrar os bandidos. Em sede de depoimento, João e Marcos foram ouvidos, porém Maria se recusou a depor e informou que se recusaria a testemunhar contra os assaltantes e que, inclusive, patrocinaria as despesas relacionadas aos advogados dos criminosos, se posicionando claramente a favor deles. Etapa 2: CONCEITUANDO Em se tratando dos processos de vitimização, deve-se iniciar a discussão considerando que não é raro encontrarmos situações as quais as vítimas se deparam com inúmeras barreiras para exercerem seus direitos, sendo expostas a situações vexatórias, de ridicularização ou de exposição desmedida. Existe a vitimização primária, secundária e terciária. Derivado do estudo da vitimologia, há outra ciência autônoma, a vitimodogmática, que procura compreender a relação que a vítima possui com o caso concreto, objetivando maior eficiência do sistema penal. Etapa 3: PROBLEMATIZANDO Diante da leitura dos textos da parte “Contextualizando”, e com base nos conhecimentos adquiridos nessa disciplina analisando o caso concreto e com base no livro de apoio, responda: 1) Qual seria a explicação criminológica desta atitude de Maria ao final deste fato? Discorra sobre (mínimo 10 e máximo 30 linhas). 2) Com relação a Maria, em qual espécie de vitimização ela se encaixa? Por quê? 3) Como deve ser a ação dos responsáveis ao colher o depoimento de Maria? Quais consequências poderiam advir de uma atitude invasiva destes agentes? 4) Em sede de colheita de depoimentos e a revitimização da vítima, cite um exemplo previsto na legislação brasileira (Código Penal, Código de Processo Penal, Legislações Especiais) que é aplicado atualmente em situações de vulnerabilidade.