SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
ATENÇÃO:QUARTA: Culto da Vitoria as 15hs e 20hs, QUINTA; Sec SEXTA; Culto avivamento e
Escola de Lideres as 20hs SABADO;Rede Juvenil DOMINGO; 08hs Escola Biblica, Escola de Lideres e
Sec e as 9;30hs 1º culto da família e participais e os 02 culto a noite; VEM AI; dia 17/08 ( sexta)
Formatura do Forma as 20hs, dias 22,23,24,25 e 26 de agosto aniversario da igreja e dia 26 ( domingo
marcha pela paz as 09hs, dia 02/09 assembleia e Batismo e dia 07/09 Congresso de mulheres ( valor
R$10,00 ) INSCRIÇOES ABERTAS P/ ENCONTRO DE HOMENS DIAS 21,22 E 23 DE
SETEMBRO
              UMA ESCOLHA ACERTADA ( Texto: Josué 24.15 )

Introdução: Duas gerações haviam se passado desde que Deus tirara os filhos de Israel dos grilhões do
Egito. Nenhum dos que testemunharam dos grandes feitos do Senhor na libertação do povo, do Egito, com
exceção de Josué e Calebe, estava vivo. A nova geração vivia um misto de esquecimento de Deus e de
expectativas quanto ao que o futuro lhes reservava. É aí, que Josué, tomado de zelo do Senhor, desafia o
povo a uma tomada de posição.
I – Por que escolher? - “...escolhei...”.1 – fomos criados por Deus com a capacidade de fazer escolhas e
tomar decisões.2 – Escolhas espirituais são individuais. Ninguém pode fazê-las por você, mesmo, que seja
o seu líder de célula ou pastor da igreja.3 – Deus condena a duplicidade de conduta espiritual – I Reis
18.21 “E Elias se achegou ao povo, e disse: até quando coxeareis entre dois pensamentos: se o Senhor é
Deus, segui-o; mas se é Baal, segui-o. O povo, porém, não lhe respondeu nada”.4 – A escolha certa ou
errada implica em conseqüências espirituais imprevisíveis – Dt 30.19-20 - “O céu e a terra tomo hoje por
testemunha contra ti, de que te pus diante de ti a vida e a morte, a benção e a maldição; escolhe, pois, a
vida, para que vivas, tu e a tua descendência, amando ao Senhor teu Deus, obedecendo a sua voz, e te
apegando a Ele; pois Ele é a tua vida, e o prolongamento dos teus dias...”.
II – Quando escolher? - “...escolhei hoje...”. 1 – A escolha tem que ser feita com urgência - “...hoje...”.
Porque assim o Espírito Santo ordena: “Hoje se ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações” Hb
4.7b.2 – A escolha tem que ser feita hoje, porque o amanhã poderá ser tarde demais.
III – Há um propósito na escolha - “...a quem deveis servir...”.1 – A quem nos submetemos a servir, a
esse obedecemos.Rm 6.16 - “não sabeis que daquele a quem vos apresenteis como servos para lhe
obedecer sois servos desse mesmo a quem obedeceis, seja do pecado para a morte, ou da obediência para a
justiça”.2 – Assim como é impossível seguir em duas direções opostas ao mesmo tempo, de igual modo é
impossível servir a Deus e ao sistema controlado pelo diabo – Mt 6.24 - “Ninguém pode servir a dois
senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis
servir a Deus e as riquezas (mamon)”.3 – A juventude de nossa igreja é despertada pelo Espírito Santo a
lembrar-se do Senhor nos dias de sua mocidade – Ec 12.1 - “Lembra-te também do teu criador nos dias da
tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos em que dirás: não tenho prazer neles”.
● Lembra-te com alegria, ● Lembra-te com temor, ● Lembra-te com esperança
IV – Uma escolha acertada. 1 – Josué fez escolha acertada, quando, após instar com uma congregação
contaminada pelo mundanismo e indecisa, escolheu servir ao Senhor – Js 24.25 - “...eu e minha casa
serviremos ao Senhor”. 2 – José fez a escolha acertada quando escolheu manter-se sexualmente puro em
lugar de ceder à sedução da mulher de Potifar – Gn 39.9-10 - “Como, pois, posso eu cometer este grande
mal, e pecar contra Deus? Entretanto, ela instava com José dia após dia; ele, porém, não lhe dava ouvidos,
para se deitar com ela, ou estar com ela”. 3 – Moisés fez a escolha acertada quando já adulto decidiu mudar
a sua história – Hb 11.24-26 - “Pela fé Moisés, sendo já homem, recusou ser chamado filho da filha de
faraó, escolhendo antes ser maltratado com o povo de Deus do que por algum tempo possuir gozo do
pecado, tendo por maiores riquezas o opróbrio de Cristo do que os tesouros do Egito; porque tinha em vista
a recompensa”. 4 – Daniel fez a escolha acertada quando optou ser um “marginal” dentro do império de
Babilônia. Dn 1.8 - “Daniel, porém, propôs no seu coração não se contaminar com a porção das iguarias do
rei, nem com o vinho que ele bebia”. 5 – A escolha será acertada, quando nos tornamos:
“Irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus imaculados no meio de uma geração corrupta e perversa, entre a
qual resplandeceis como luminares no mundo, retendo a palavra da vida...” Fl 2.15-16.
Conclusão: Hoje é o dia em que o nosso Deus preparou para você. Escolha fazer uma aliança com Jesus e
receba gratuitamente a salvação e a vida eterna. “Assim que o líder espiritual estiver seguro quanto à
vontade de Deus, ele partirá para a ação imediata, não importando as conseqüências. Ao perseguir os seus
ideais, ele terá coragem suficiente para queimar as pontes atrás de si” J. Oswald Sanders
03 08 celula

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS - LIÇÃO 6 - 3°TRI.2014
A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS - LIÇÃO 6 - 3°TRI.2014A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS - LIÇÃO 6 - 3°TRI.2014
A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS - LIÇÃO 6 - 3°TRI.2014
Pr. Andre Luiz
 
15907327 -aprenda-como-evangelizar
15907327 -aprenda-como-evangelizar15907327 -aprenda-como-evangelizar
15907327 -aprenda-como-evangelizar
Antonio Ferreira
 

Mais procurados (20)

A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS - LIÇÃO 6 - 3°TRI.2014
A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS - LIÇÃO 6 - 3°TRI.2014A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS - LIÇÃO 6 - 3°TRI.2014
A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS - LIÇÃO 6 - 3°TRI.2014
 
Lição 02
Lição 02Lição 02
Lição 02
 
15907327 -aprenda-como-evangelizar
15907327 -aprenda-como-evangelizar15907327 -aprenda-como-evangelizar
15907327 -aprenda-como-evangelizar
 
A verdadeira fé não faz acepção de pessoas
A verdadeira fé não faz acepção de pessoasA verdadeira fé não faz acepção de pessoas
A verdadeira fé não faz acepção de pessoas
 
Aula 11 - Seminário Sobre a Igreja (Segunda Temporada)
Aula 11 - Seminário Sobre a Igreja (Segunda Temporada)Aula 11 - Seminário Sobre a Igreja (Segunda Temporada)
Aula 11 - Seminário Sobre a Igreja (Segunda Temporada)
 
A voz de Deus
A voz de DeusA voz de Deus
A voz de Deus
 
A escravidão financeira e
A escravidão financeira eA escravidão financeira e
A escravidão financeira e
 
Racismo, Preconceitos e Discriminações
Racismo, Preconceitos e Discriminações Racismo, Preconceitos e Discriminações
Racismo, Preconceitos e Discriminações
 
A cruz, o sacerdócio de jesus e
A cruz, o sacerdócio de jesus eA cruz, o sacerdócio de jesus e
A cruz, o sacerdócio de jesus e
 
Roteiro homilético do 22.º domingo do tempo comum – ano c – 01092013
Roteiro homilético do 22.º domingo do tempo comum – ano c – 01092013Roteiro homilético do 22.º domingo do tempo comum – ano c – 01092013
Roteiro homilético do 22.º domingo do tempo comum – ano c – 01092013
 
Qual o segredo para...
Qual o segredo para...Qual o segredo para...
Qual o segredo para...
 
Lição 5 - A maravilhosa graça
Lição 5 - A maravilhosa graçaLição 5 - A maravilhosa graça
Lição 5 - A maravilhosa graça
 
O Testemunho Cristão
O Testemunho CristãoO Testemunho Cristão
O Testemunho Cristão
 
ROTEIRO HOMILÉTICO DO 5.º DOMINGO DA PÁSCOA - ANO C
ROTEIRO HOMILÉTICO DO 5.º DOMINGO DA PÁSCOA - ANO CROTEIRO HOMILÉTICO DO 5.º DOMINGO DA PÁSCOA - ANO C
ROTEIRO HOMILÉTICO DO 5.º DOMINGO DA PÁSCOA - ANO C
 
Ide e pregai
Ide e pregaiIde e pregai
Ide e pregai
 
Fazendo sua família prosperar
Fazendo sua família prosperarFazendo sua família prosperar
Fazendo sua família prosperar
 
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
 
Disciplina: a terceira marca da igreja
Disciplina: a terceira marca da igrejaDisciplina: a terceira marca da igreja
Disciplina: a terceira marca da igreja
 
A TRIBO DE DÃ
A TRIBO DE DÃA TRIBO DE DÃ
A TRIBO DE DÃ
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
 

Destaque

Mariana ramos e victor
Mariana  ramos  e   victorMariana  ramos  e   victor
Mariana ramos e victor
roseconrado
 
Objectivos para a 2 ficha de avaliação de ciências naturais
Objectivos para a 2 ficha de avaliação de ciências naturaisObjectivos para a 2 ficha de avaliação de ciências naturais
Objectivos para a 2 ficha de avaliação de ciências naturais
professoraIsabel
 
Prova.pb.ciencias.2ano.tarde.2bim (1) (4)
Prova.pb.ciencias.2ano.tarde.2bim (1) (4)Prova.pb.ciencias.2ano.tarde.2bim (1) (4)
Prova.pb.ciencias.2ano.tarde.2bim (1) (4)
Andrea Rosa
 
Prova.pb.ciencias.4ano.manha.1bim
Prova.pb.ciencias.4ano.manha.1bimProva.pb.ciencias.4ano.manha.1bim
Prova.pb.ciencias.4ano.manha.1bim
Cláudia Cacal
 
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
bibdjosei
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE PORTUGUÊS SEGUNDO ANO
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE PORTUGUÊS SEGUNDO ANOAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE PORTUGUÊS SEGUNDO ANO
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE PORTUGUÊS SEGUNDO ANO
Tonia Souza
 
Avaliação de geografia 4ºbimestre
Avaliação de geografia 4ºbimestreAvaliação de geografia 4ºbimestre
Avaliação de geografia 4ºbimestre
Dayenne Sousa Alencar
 
Trabalho animais 1
Trabalho animais 1Trabalho animais 1
Trabalho animais 1
tejinha
 
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
André Moraes
 
Avaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena AndradeAvaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena Andrade
Angela Maria
 
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
André Moraes
 
Provinhas para 2º ano
Provinhas para 2º anoProvinhas para 2º ano
Provinhas para 2º ano
Sherly Martins
 

Destaque (20)

Mariana ramos e victor
Mariana  ramos  e   victorMariana  ramos  e   victor
Mariana ramos e victor
 
Objectivos para a 2 ficha de avaliação de ciências naturais
Objectivos para a 2 ficha de avaliação de ciências naturaisObjectivos para a 2 ficha de avaliação de ciências naturais
Objectivos para a 2 ficha de avaliação de ciências naturais
 
Av sum mat_dez
Av sum mat_dezAv sum mat_dez
Av sum mat_dez
 
Av for mat_fev
Av for mat_fevAv for mat_fev
Av for mat_fev
 
1º atividade avaliativa matemática 8,00 iii unid.
1º atividade avaliativa matemática 8,00 iii unid.1º atividade avaliativa matemática 8,00 iii unid.
1º atividade avaliativa matemática 8,00 iii unid.
 
Avaliação Ciencias 4º Ano - 1º Bimestre
Avaliação Ciencias 4º Ano -    1º BimestreAvaliação Ciencias 4º Ano -    1º Bimestre
Avaliação Ciencias 4º Ano - 1º Bimestre
 
Prova.pb.ciencias.2ano.tarde.2bim (1) (4)
Prova.pb.ciencias.2ano.tarde.2bim (1) (4)Prova.pb.ciencias.2ano.tarde.2bim (1) (4)
Prova.pb.ciencias.2ano.tarde.2bim (1) (4)
 
Prova.pb.ciencias.4ano.manha.1bim
Prova.pb.ciencias.4ano.manha.1bimProva.pb.ciencias.4ano.manha.1bim
Prova.pb.ciencias.4ano.manha.1bim
 
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
 
Avaliação de ciências
Avaliação de ciênciasAvaliação de ciências
Avaliação de ciências
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE PORTUGUÊS SEGUNDO ANO
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE PORTUGUÊS SEGUNDO ANOAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE PORTUGUÊS SEGUNDO ANO
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE PORTUGUÊS SEGUNDO ANO
 
Prova geo
Prova geoProva geo
Prova geo
 
Avaliação de geografia 4ºbimestre
Avaliação de geografia 4ºbimestreAvaliação de geografia 4ºbimestre
Avaliação de geografia 4ºbimestre
 
Trabalho animais 1
Trabalho animais 1Trabalho animais 1
Trabalho animais 1
 
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
 
Avaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena AndradeAvaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena Andrade
 
Avaliação bimestral de historia
Avaliação bimestral de historiaAvaliação bimestral de historia
Avaliação bimestral de historia
 
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
 
Provinhas para 2º ano
Provinhas para 2º anoProvinhas para 2º ano
Provinhas para 2º ano
 
Diagnostico matematica 3 ano 2015
Diagnostico matematica 3 ano 2015Diagnostico matematica 3 ano 2015
Diagnostico matematica 3 ano 2015
 

Semelhante a 03 08 celula

Eu e minha casa serviremos ao senhor
Eu e minha casa serviremos ao senhorEu e minha casa serviremos ao senhor
Eu e minha casa serviremos ao senhor
Moisés Sampaio
 
As fundações do_cristianismo[1]
As fundações do_cristianismo[1]As fundações do_cristianismo[1]
As fundações do_cristianismo[1]
ayrtonslides
 

Semelhante a 03 08 celula (20)

Livro o ultimo_dia_-_com_fotos
Livro o ultimo_dia_-_com_fotosLivro o ultimo_dia_-_com_fotos
Livro o ultimo_dia_-_com_fotos
 
BP 826 setembro 2023_27p_final.pdf
BP 826 setembro 2023_27p_final.pdfBP 826 setembro 2023_27p_final.pdf
BP 826 setembro 2023_27p_final.pdf
 
31 10 10 colorido
31 10 10 colorido31 10 10 colorido
31 10 10 colorido
 
O Grande Julgamento
O Grande JulgamentoO Grande Julgamento
O Grande Julgamento
 
Quinto relatorio de missoes o missionario bruno da motanha.
Quinto relatorio de missoes o missionario bruno da motanha.Quinto relatorio de missoes o missionario bruno da motanha.
Quinto relatorio de missoes o missionario bruno da motanha.
 
Eu e minha casa serviremos ao senhor
Eu e minha casa serviremos ao senhorEu e minha casa serviremos ao senhor
Eu e minha casa serviremos ao senhor
 
23 01 2011
23 01 201123 01 2011
23 01 2011
 
As fundações do_cristianismo[1]
As fundações do_cristianismo[1]As fundações do_cristianismo[1]
As fundações do_cristianismo[1]
 
Budismo
BudismoBudismo
Budismo
 
Budismo
BudismoBudismo
Budismo
 
Livro de Daniel
Livro de Daniel Livro de Daniel
Livro de Daniel
 
Livro de Daniel introdução e parte 01
Livro de Daniel   introdução e parte 01Livro de Daniel   introdução e parte 01
Livro de Daniel introdução e parte 01
 
LIÇÃO 1 - A SOBREVIVÊNCIA EM TEMPOS DE CRISE
LIÇÃO 1 - A SOBREVIVÊNCIA EM TEMPOS DE CRISELIÇÃO 1 - A SOBREVIVÊNCIA EM TEMPOS DE CRISE
LIÇÃO 1 - A SOBREVIVÊNCIA EM TEMPOS DE CRISE
 
Pvbs201601
Pvbs201601Pvbs201601
Pvbs201601
 
Lição_original com textos_Com os ricos e famosos_812014
Lição_original com textos_Com os ricos e famosos_812014Lição_original com textos_Com os ricos e famosos_812014
Lição_original com textos_Com os ricos e famosos_812014
 
A SATÂNICA BABILÔNIA MODERNA AVANÇA - Parte I.docx.pdf
A SATÂNICA BABILÔNIA MODERNA AVANÇA - Parte I.docx.pdfA SATÂNICA BABILÔNIA MODERNA AVANÇA - Parte I.docx.pdf
A SATÂNICA BABILÔNIA MODERNA AVANÇA - Parte I.docx.pdf
 
(REVISTA E CORRIGIDA) Jesus, o mestre por excelência_Lição_original com texto...
(REVISTA E CORRIGIDA) Jesus, o mestre por excelência_Lição_original com texto...(REVISTA E CORRIGIDA) Jesus, o mestre por excelência_Lição_original com texto...
(REVISTA E CORRIGIDA) Jesus, o mestre por excelência_Lição_original com texto...
 
Jesus, o mestre por excelência_Lição_original com textos_922015
Jesus, o mestre por excelência_Lição_original com textos_922015Jesus, o mestre por excelência_Lição_original com textos_922015
Jesus, o mestre por excelência_Lição_original com textos_922015
 
O Cristão e o Mundo Pós-Moderno
O Cristão e o Mundo Pós-ModernoO Cristão e o Mundo Pós-Moderno
O Cristão e o Mundo Pós-Moderno
 
O mundo e seus engodos.pdf
O mundo e seus engodos.pdfO mundo e seus engodos.pdf
O mundo e seus engodos.pdf
 

03 08 celula

  • 1. ATENÇÃO:QUARTA: Culto da Vitoria as 15hs e 20hs, QUINTA; Sec SEXTA; Culto avivamento e Escola de Lideres as 20hs SABADO;Rede Juvenil DOMINGO; 08hs Escola Biblica, Escola de Lideres e Sec e as 9;30hs 1º culto da família e participais e os 02 culto a noite; VEM AI; dia 17/08 ( sexta) Formatura do Forma as 20hs, dias 22,23,24,25 e 26 de agosto aniversario da igreja e dia 26 ( domingo marcha pela paz as 09hs, dia 02/09 assembleia e Batismo e dia 07/09 Congresso de mulheres ( valor R$10,00 ) INSCRIÇOES ABERTAS P/ ENCONTRO DE HOMENS DIAS 21,22 E 23 DE SETEMBRO UMA ESCOLHA ACERTADA ( Texto: Josué 24.15 ) Introdução: Duas gerações haviam se passado desde que Deus tirara os filhos de Israel dos grilhões do Egito. Nenhum dos que testemunharam dos grandes feitos do Senhor na libertação do povo, do Egito, com exceção de Josué e Calebe, estava vivo. A nova geração vivia um misto de esquecimento de Deus e de expectativas quanto ao que o futuro lhes reservava. É aí, que Josué, tomado de zelo do Senhor, desafia o povo a uma tomada de posição. I – Por que escolher? - “...escolhei...”.1 – fomos criados por Deus com a capacidade de fazer escolhas e tomar decisões.2 – Escolhas espirituais são individuais. Ninguém pode fazê-las por você, mesmo, que seja o seu líder de célula ou pastor da igreja.3 – Deus condena a duplicidade de conduta espiritual – I Reis 18.21 “E Elias se achegou ao povo, e disse: até quando coxeareis entre dois pensamentos: se o Senhor é Deus, segui-o; mas se é Baal, segui-o. O povo, porém, não lhe respondeu nada”.4 – A escolha certa ou errada implica em conseqüências espirituais imprevisíveis – Dt 30.19-20 - “O céu e a terra tomo hoje por testemunha contra ti, de que te pus diante de ti a vida e a morte, a benção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência, amando ao Senhor teu Deus, obedecendo a sua voz, e te apegando a Ele; pois Ele é a tua vida, e o prolongamento dos teus dias...”. II – Quando escolher? - “...escolhei hoje...”. 1 – A escolha tem que ser feita com urgência - “...hoje...”. Porque assim o Espírito Santo ordena: “Hoje se ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações” Hb 4.7b.2 – A escolha tem que ser feita hoje, porque o amanhã poderá ser tarde demais. III – Há um propósito na escolha - “...a quem deveis servir...”.1 – A quem nos submetemos a servir, a esse obedecemos.Rm 6.16 - “não sabeis que daquele a quem vos apresenteis como servos para lhe obedecer sois servos desse mesmo a quem obedeceis, seja do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça”.2 – Assim como é impossível seguir em duas direções opostas ao mesmo tempo, de igual modo é impossível servir a Deus e ao sistema controlado pelo diabo – Mt 6.24 - “Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e as riquezas (mamon)”.3 – A juventude de nossa igreja é despertada pelo Espírito Santo a lembrar-se do Senhor nos dias de sua mocidade – Ec 12.1 - “Lembra-te também do teu criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos em que dirás: não tenho prazer neles”. ● Lembra-te com alegria, ● Lembra-te com temor, ● Lembra-te com esperança IV – Uma escolha acertada. 1 – Josué fez escolha acertada, quando, após instar com uma congregação contaminada pelo mundanismo e indecisa, escolheu servir ao Senhor – Js 24.25 - “...eu e minha casa serviremos ao Senhor”. 2 – José fez a escolha acertada quando escolheu manter-se sexualmente puro em lugar de ceder à sedução da mulher de Potifar – Gn 39.9-10 - “Como, pois, posso eu cometer este grande mal, e pecar contra Deus? Entretanto, ela instava com José dia após dia; ele, porém, não lhe dava ouvidos, para se deitar com ela, ou estar com ela”. 3 – Moisés fez a escolha acertada quando já adulto decidiu mudar a sua história – Hb 11.24-26 - “Pela fé Moisés, sendo já homem, recusou ser chamado filho da filha de faraó, escolhendo antes ser maltratado com o povo de Deus do que por algum tempo possuir gozo do pecado, tendo por maiores riquezas o opróbrio de Cristo do que os tesouros do Egito; porque tinha em vista a recompensa”. 4 – Daniel fez a escolha acertada quando optou ser um “marginal” dentro do império de Babilônia. Dn 1.8 - “Daniel, porém, propôs no seu coração não se contaminar com a porção das iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia”. 5 – A escolha será acertada, quando nos tornamos: “Irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus imaculados no meio de uma geração corrupta e perversa, entre a qual resplandeceis como luminares no mundo, retendo a palavra da vida...” Fl 2.15-16. Conclusão: Hoje é o dia em que o nosso Deus preparou para você. Escolha fazer uma aliança com Jesus e receba gratuitamente a salvação e a vida eterna. “Assim que o líder espiritual estiver seguro quanto à vontade de Deus, ele partirá para a ação imediata, não importando as conseqüências. Ao perseguir os seus ideais, ele terá coragem suficiente para queimar as pontes atrás de si” J. Oswald Sanders