Método de Completar Quadrados
   Transforma o primeiro monômio                           (que acompanha o termo “x²”) e já      x    +5                ...
   Perceba que o lado do quadrado ficou (x + 5). Se quisermos    achar a área desse quadrado é só fazer: lado lado, que n...
   Como x² + 10x + 25 = (x + 5)², podemos dizer que:                        (x + 5)² – 25 = –9                       (x +...
   Transforma o primeiro monômio                            (que acompanha o termo “x²”) e já         x     -7,5         ...
   Perceba que o lado do quadrado ficou (x – 7,5). Se quisermos    achar a área desse quadrado é só fazer: lado lado, que...
   Como x² – 15x + 56,25 = (x – 7,5)², podemos dizer que:                     (x – 7,5)² – 56,25 = –54                   ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Equação do 2º grau

2.484 visualizações

Publicada em

Uma forma diferente de resolver uma equação do 2º grau sem precisar da fórmula de bhaskara.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.484
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
228
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
71
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Equação do 2º grau

  1. 1. Método de Completar Quadrados
  2. 2.  Transforma o primeiro monômio (que acompanha o termo “x²”) e já x +5 apresenta a área de um quadrado (lado lado).x x² +5x  Divide o segundo monômio (que acompanha “x”) por 2, formando assim+5 +5x +25 o lado que representa a largura de um retângulo. Teremos aí dois retângulos. Em seguida, define a área de cada retângulo.  Por fim, para completar o quadrado maior, põe um pequeno quadrado que preenche o espaço vazio e calcula sua área.
  3. 3.  Perceba que o lado do quadrado ficou (x + 5). Se quisermos achar a área desse quadrado é só fazer: lado lado, que no nosso caso é o que está dentro do quadrado. Note que a área dos dois retângulos tem termos semelhantes (x). Por isso, devem ser somados: +5x + (+5x) = +10x. Assim, a área do quadrado é x² + 10x + 25. Retomamos então a primeira equação e pomos o termo que não possui incógnita para o 2º membro (depois do igual) lembrando de mudar a operação (+ para –): x² +10x = –25
  4. 4.  Como x² + 10x + 25 = (x + 5)², podemos dizer que: (x + 5)² – 25 = –9 (x + 5)² = –9 + 25 (x + 5)² = 16 Assim... S = {–9, –1}
  5. 5.  Transforma o primeiro monômio (que acompanha o termo “x²”) e já x -7,5 apresenta a área de um quadrado (lado lado). x x² -7,5x  Divide o segundo monômio (que acompanha “x”) por 2, formando assim-7,5 -7,5x 56,25 o lado que representa a largura de um retângulo. Teremos aí dois retângulos. Em seguida, define a área de cada retângulo.  Por fim, para completar o quadrado maior, põe um pequeno quadrado que preenche o espaço vazio e calcula sua área.
  6. 6.  Perceba que o lado do quadrado ficou (x – 7,5). Se quisermos achar a área desse quadrado é só fazer: lado lado, que no nosso caso é o que está dentro do quadrado. Note que a área dos dois retângulos tem termos semelhantes (x). Por isso, devem ser somados: –7,5x + (–7,5x) = –15x. Assim, a área do quadrado é x² – 15x + 56,25. Retomamos então a primeira equação e pomos o termo que não possui incógnita para o 2º membro (depois do igual) lembrando de mudar a operação (+ para –): x² – 15x = –54
  7. 7.  Como x² – 15x + 56,25 = (x – 7,5)², podemos dizer que: (x – 7,5)² – 56,25 = –54 (x – 7,5)² = –54 + 56,25 (x – 7,5)² = 2,25 Assim... S = { 6, 9}

×