As Vantagens e Desvantagens
dessa prática colonial
Introdução
Há muito se tem ouvido falar sobre a
prática do desmatamento, sobre o quão
ruim é desmatar, sobre todos os dan...
 O que será que realmente está
acontecendo?
 É certo ou é errado arrancar árvores em
larga escala como vemos nos noticiá...
Perda e destruição da
biodiversidade
 Com a retirada das florestas ocorrendo de
modo desordenado e devastador, muitas
esp...
Erosão e empobrecimento do solo
 As árvores de uma floresta têm a função de
proteger o solo.
 Diminuem a velocidade do e...
Enchente e assoreamento de rios e
lagos
 Como resultado da elevação da
sedimentação, pela erosão, ocorrem
desequilíbrios ...
Diminuição dos índices
pluviométricos
 Extinção de nascentes
 O rebaixamento do lençol freático, resultante da
menor inf...
Rios Voadores
Elevação das temperaturas
 Elevação das temperaturas locais e regionais,
como conseqüência da maior irradiação de calor
p...
Desertificação
O agravamento dos processos de
desertificação, ocorrem devido à combinação
de todos os fenômenos até agora ...
Proliferação de pragas e
doenças
 Resultado de desequilíbrios nas cadeias
alimentares
 Algumas espécies, geralmente inse...
Genocídio das populações
indígenas
 O povo indígena também está sofrendo um
processo que tem levado à perda de seu
patrim...
Quem ganha com isso?
 Não sou eu
 Não é você
 Não são os animais e povos indígenas da
região
Quem ganha é apenas aquele
“grupo seleto” de:
 Madeireiros
 Traficantes de animais silvestres
 Fazendeiros, latifundiár...
Isso é o que o “Resto” do
Brasil Ganha
 Infelizmente, isso é apenas o que
acontece na Mata Atlântica
 Tem muito mais sendo desmatado pelo
Brasil afora.
 Temos...
Algo que um dia já foi assim...
Jd. Alvorada Jaú – SP (Foto: Mauricio Murgel)
Jd. Maria Luiza Jaú – SP (foto Heverton
Teixeira)
Jd Itamaraty Jaú – SP 2010 (Foto Mauricio
Murgel)
Córrego Santo Antonio- Jaú –SP 2010- (Foto
Maurico Murgel)
Fica assim...
Jd. Das Paineiras Jaú – SP 2010 (foto Heverton
Teixeira)
Assis: Onça parda atingida pela queimada da
cana
Jaú,Avenida Marginal: Arvore envenenada
pela população (Foto- Heverton Teixeira
Temos que proteger o que é
nosso!
Para evitar que o município e o país
percam o sentido de usar o verde na
bandeira.
Obrigado!
Daniel Henrique de Oliveira Peliçari
Breyla Baricelli Sampaio
Secretaria de Meio Ambiente – Jaú-SP
(14) 3621 698...
Desmatamento
Desmatamento
Desmatamento
Desmatamento
Desmatamento
Desmatamento
Desmatamento
Desmatamento
Desmatamento
Desmatamento
Desmatamento
Desmatamento
Desmatamento
Desmatamento
Desmatamento
Desmatamento
Desmatamento
Desmatamento
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Desmatamento

2.039 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.039
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
164
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Desmatamento

  1. 1. As Vantagens e Desvantagens dessa prática colonial
  2. 2. Introdução Há muito se tem ouvido falar sobre a prática do desmatamento, sobre o quão ruim é desmatar, sobre todos os danos e malefícios causados por este. Ainda assim, a cada dia que passa tem-se desmatado mais e mais, como se fosse a coisa mais normal do mundo.
  3. 3.  O que será que realmente está acontecendo?  É certo ou é errado arrancar árvores em larga escala como vemos nos noticiários?  Alguém ganha com a destruição desses biomas?
  4. 4. Perda e destruição da biodiversidade  Com a retirada das florestas ocorrendo de modo desordenado e devastador, muitas espécies de animais estão sendo extintas a cada dia, sendo que muitas nós ainda nem conhecemos.
  5. 5. Erosão e empobrecimento do solo  As árvores de uma floresta têm a função de proteger o solo.  Diminuem a velocidade do escoamento superficial e evitam o impacto direto das gotas de chuva, evitando a sua desagregação.  Ainda com a retirada da floresta o solo ficará “pobre” podendo dificultar a prática agrícola.
  6. 6. Enchente e assoreamento de rios e lagos  Como resultado da elevação da sedimentação, pela erosão, ocorrem desequilíbrios nos ecossistemas aquáticos  Podendo causar enchentes  Dificuldades para a navegação , etc.
  7. 7. Diminuição dos índices pluviométricos  Extinção de nascentes  O rebaixamento do lençol freático, resultante da menor infiltração da água das chuvas no subsolo  Fim da evapotranspiração, responsável por cerca de 50% das chuvas caídas sobre as florestas
  8. 8. Rios Voadores
  9. 9. Elevação das temperaturas  Elevação das temperaturas locais e regionais, como conseqüência da maior irradiação de calor para a atmosfera a partir do solo exposto  A retirada da floresta para a criação de pastos para gados, é um dos principais responsáveis pelo agravamento no efeito estufa
  10. 10. Desertificação O agravamento dos processos de desertificação, ocorrem devido à combinação de todos os fenômenos até agora descritos  Diminuição das chuvas  Elevação das temperaturas  Empobrecimento dos solos  E a acentuada diminuição da biodiversidade
  11. 11. Proliferação de pragas e doenças  Resultado de desequilíbrios nas cadeias alimentares  Algumas espécies, geralmente insetos, antes sem nenhuma nocividade, passam a proliferar exponencialmente com a eliminação de seus predadores, causando graves prejuízos, principalmente para a agricultura.
  12. 12. Genocídio das populações indígenas  O povo indígena também está sofrendo um processo que tem levado à perda de seu patrimônio cultural  A perda de suas comunidades  A perda de seu modo de viver
  13. 13. Quem ganha com isso?  Não sou eu  Não é você  Não são os animais e povos indígenas da região
  14. 14. Quem ganha é apenas aquele “grupo seleto” de:  Madeireiros  Traficantes de animais silvestres  Fazendeiros, latifundiários
  15. 15. Isso é o que o “Resto” do Brasil Ganha
  16. 16.  Infelizmente, isso é apenas o que acontece na Mata Atlântica  Tem muito mais sendo desmatado pelo Brasil afora.  Temos exemplos dentro do nosso próprio município…
  17. 17. Algo que um dia já foi assim... Jd. Alvorada Jaú – SP (Foto: Mauricio Murgel)
  18. 18. Jd. Maria Luiza Jaú – SP (foto Heverton Teixeira)
  19. 19. Jd Itamaraty Jaú – SP 2010 (Foto Mauricio Murgel)
  20. 20. Córrego Santo Antonio- Jaú –SP 2010- (Foto Maurico Murgel)
  21. 21. Fica assim... Jd. Das Paineiras Jaú – SP 2010 (foto Heverton Teixeira)
  22. 22. Assis: Onça parda atingida pela queimada da cana
  23. 23. Jaú,Avenida Marginal: Arvore envenenada pela população (Foto- Heverton Teixeira
  24. 24. Temos que proteger o que é nosso! Para evitar que o município e o país percam o sentido de usar o verde na bandeira.
  25. 25. Obrigado! Daniel Henrique de Oliveira Peliçari Breyla Baricelli Sampaio Secretaria de Meio Ambiente – Jaú-SP (14) 3621 6989 semeiajahu@gmail.com http://www.semeiajahu.blogspot.com

×