SlideShare uma empresa Scribd logo
Isadora e outros amores
Daniel Brandão
1ª Edição
Parintins-AM/2015
Todos os direitos reservados.
Nenhuma parte deste livro poder ser reproduzida sob
quaisquer meios existentes sem a prévia autorização
por escrito do detentor dos direitos autorais ou do
próprio autor.
Agradecimentos
Agradeço primeiramente a Deus, pois a ele é a primazia de toda
obra, seja ela poética ou científica, coube a ele dar-me saúde e
sabedoria para compor cada crônicae poesia queestá presente neste
livro.
Agradeçoa Iassodhara Ramos, que por muitas vezes foi a minha
inspiração e mesmo muitas vezes não estando presente. Agradeço
por escrever comigo, por ler minuciosamente cada poesia e cada
crônica, por imaginar as histórias que eu conto, e principalmente por
sonhar por mim quando eu perco a fé.
Agradeço a Raissa Machado, meu pequeno anjo, que além de
dar apoio que eu precisava, deu também a segurança que eu
necessitava, escreveu comigo, brincou comigo, riu comigo e sonhou
comigo.
Agradeço aos meus vários amigos espalhados por aí, amigos
que me emprestaram suas histórias, que partilharam comigo seus
sentimentos mais felizes e seus sentimentos mais tristes. Cada
história e cada sentimento estão reunidos neste livro. Eu admito que
não seria capaz de imaginar tantas histórias e criar tantos
sentimentos, mas com vocês eu consegui. Vocês meus amigos deram
asas a minha imaginação.
Meu blog versificacao.blogspot.com.br, meu refúgio e meu
diário de bordo, agradeço a todos que visitam e leem cada
composição minha.
Obrigado.
Apresentação
Este é o meu segundo trabalho como escritor. Mesmo sendo
minha segunda obra, ainda estou ciente do que possa vir a acontecer;
as críticas, as indagações e até mesmo repúdio de muitos.
O livro Isadora e outros amores conta a história de muitos
amores e muitos desafetos vividos por uma personagem fictícia. A
personagem retrata suas histórias sobre o amor, a paixão, o medo, a
infidelidade, a saudade e a vida. Quaisquer semelhanças com as
crônicas e poesias aqui presentes, são apenas semelhanças.
A partir de agora, deleitem-se e divirtam no mundo de Isadora e
outros amores.
Idas e vindas
E mais uma vez você diz que vai embora, que irá me deixar e
que nunca mais vai voltar. O engraçado é que você sempre faz isso
após uma briga.
Diz que não me quer. Que eu sou o cara errado e que não
presto. Você joga todas as suas meias verdades em minha cara como
se não me importasse com isso, como se não doesse em mim. Eu me
importo, mas você sabe como é que é, tenho que me manter firme
para que quando você voltar toda dengosa, possa te receber
sorrindo. Mesmo assim você não busca entender, não quer ouvir, só
falar, falar, falar, falar. Se pelo menos você parasse de falar e me
ouvisse, pouparíamos as mágoas, o choro e a dor. Isso dói muito.
Tanto em você quanto em mim.
Só espero que não chegue o momento em que eu me canse
dessa situação. Pois no dia em que eu cansar, quem vai embora serei
eu. E se eu for, não voltarei.
Maria
Garota de sorriso fácil
Da pele branquinha
Que brinca de amar
Esta é Maria
Menina que estuda
Que se prepara para vida
Mas não deixa de viver
Esta é Maria
Mulher de nome simples
Que da simplicidade
Faz sua vida de menina-mulher
Esta é Maria.
A garota que eu amo II
Ela foi a primeira garota que amei. Que amo. Que me amou de
verdade. Sem aparências, sem limites, sem dúvidas e com excessos.
Ela é diferente de todas as garotas que já houveram antes. Agora não
haverá nenhuma outra. Só ela.
Toda sorridente, alegre e feliz. Calma como uma tempestade
em um copo d’água. Furiosa com uma brisa de fim de tarde. Decidida
como ninguém, faz seus sonhos se tornarem possíveis – nunca
deixou de sonhar –, ela é sonhadora.
Ela tem a mania de morder os lábios quando está no mundo do
nada. Ela tem o vício de morder a tampa da caneta quando estuda e
fantasia cenas de livros como se estivesse vendo a cena em um filme.
Ela me liga de madrugada para me desejar boa noite e fica
acordada a noite toda enquanto conversa comigo. Horas depois,
desliga, pois, o sono a embebedou. Nas primeiras horas da manhã,
me acorda com uma SMS desejando bom dia.
A garota que eu amo é perfeita do seu modo imperfeito de ser.
Amo nas suas TPMs, nos dias de estresse e nos dias corridos. A garota
que eu amo tem o sorriso faceiro, olhos marcantes e a voz aguda.
A garota que eu amo, me amou sem precisão médica, sem
dosagem nem contraindicações. Apenas me amou como eu sou.
Flor morena
Minha pequena flor morena
Quero que saibas:
Ser feliz e não saber o motivo
É a mais absoluta felicidade
Minha pequena flor morena
Tão linda e tão pura
Tão nobre e reluzente
Quero que sejas para sempre minha
Do meu jardim tu és a mais bela
Entre as flores tu és rainha
Sem nenhuma falsa modéstia
És minha pequena flor morena.
Minha menina II
Esqueceu? Namoro não é só beijo na boca e carinho, namoro é
estar ao lado de quem se ama mesmo quando ela não está bem.
Por isso eu só queria eu só queria que você deitasse sua cabeça
em meu colo quando não estiver se sentindo bem. Dessa forma eu
me sentiria aliviado por estar lhe consolando quando estiveres
desabando em lágrimas. E todas as lágrimas, eu as apararia.
Guardaria em uma caixa de lembranças e com amor eu cuidaria de ti.
Minha menina, só quero que saibas que me parte o coração lhe
ver chorar, mas aquilo que causas mais dor é quando me privas de
ouvir suas aflições. Tantas coisas que poderia te dizer nesses
momentos, mas guardo para mim e para você. Eu amo você e me
importo com você, em como você está e em como você se sente. E
quando você não está bem, eu não estou bem, nada fica bem, nada
vai bem.
Minha menina, senta aqui do meu lado, deita tua cabeça em
meu colo e deixe que seus olhos falem por ti. Não quero que sofras
calada, nem que guarde suas dores de mim, mas que comigo tu
compartilhes, pois de ti eu quero cuidar. Quero amar. Quero ser teu
ombro amigo quando o mundo desabar. Acima de tudo sou teu
namorado, amigo e teu refúgio.
Minha menina, se você não está bem, eu não estou bem. Nada
vai bem. É assim que funciona.
Fotos
Mais uma vez ela vai
Outra vez estou aqui no escuro
Olhando nada mais nada menos
Que as nossas fotos
Fotos que hoje são só fotos
Antes disso, eram nossas lembranças
Fotos que hoje estão borradas
Por lágrimas de um coração partido
Nossas fotos foi o que restaram
De outra vez você que vai
Me deixando na esperança
Se volta ou não.
A falta que você me faz
“Estou te escrevendo para te dizer que sinto a sua falta. Não
apenas isso, mas também queria dizer que eu te amo. Amo de uma
forma que nunca havia amado antes. Pra falar a verdade, nem sei se
posso chamar de amor o que já senti por garotas que vieram antes de
você. Simplesmente depois de ter lhe conhecido, não quero que você
se torne mais uma em minha vida, quero que sejas a única a existir
nela – sejas minha vida.
Sabe, eu sinto muito a sua falta. Do jeito de como você sorria, a
forma com que você mordia a ponta do lápis quando estava a
estudar, das horas que você ficava na frente do espelho se admirando
e repetindo inúmeras vezes o quanto você estava linda, o jeito com
que você corava quando a elogiava. Sinto falta de você, dos seus
vícios e das suas manias.
Sinto falta de lhe contar minhas histórias enquanto você
imaginava tudo como um filme passando em sua cabeça. Sinto falta
de receber sua ligação de madrugada para me desejar boa noite, pois
sabe que não durmo sem ouvir sua voz.
Essa é a falta que você faz em minha vida.”
Mas uma vez ele escreve o que sente por ela, lê tudo, é tomado
por uma imensa tristeza, chora lembrando dos momentos que
passaram juntos, amassa o papel e o joga no lixo que está cheio de
outros papéis que escrevera a ela – nenhum enviou.
É você
É você e ninguém mais
Quem dá asas aos meus pensamentos
Que alivia meu alento
Que me dá sustento
É você e ninguém mais
Quem tira o meu sossego
Que logo de manhã, cedo
Traz a minha paz
Sim, é você, só você
Que em minha vida eu preciso
Sem você é um castigo
E a minha vida te sirvo.
Quando o amor acabou
Pegue as suas coisas e vai embora. Não tem mais desculpas e
nem há mais volta. Essa foi a gota d’água. O ponto final da nossa
história.
Quando o nosso amor acabou, tudo acabou, nosso
relacionamento mais ainda. Afinal, não dá pra continuar só por
continuar, só por mais uma noite ao seu lado. Não dava mais pra
aguentar tudo isso, ver você sair à noite com seus amigos e me deixar
aqui sozinha como se a tua falta eu não sentisse ou então quando
você me procurava a noite só pra fazer sexo enquanto eu queria uma
noite de amor. Foram de vezes que chorei de madrugada enquanto
você estava se divertindo. E a cada vez que vocêsaía sem se despedir,
mais o amor ia acabando. Foi por não me valorizar, foi por me ter sem
me querer, foi pela falta de atenção, foi pela falta de amor, foi na tua
falta que o amor que sentia por ti acabou.
Agora você está aí, sozinho e implorando para que volte com
você. Mas agora já é tarde para você. Não há mais volta. Hoje sou eu
quem saio com minhas amigas e você quem fica em casa chorando
ao perceber o que perdeu.
O bêbado
Naquela noite
Ele embebedou-se com o mais caro vinho
Cambaleou até a sacada
E começou a gritar por ela
Não estava apenas bêbado
Mas também apaixonado
Muito alcoolizado,
Declarou seu amor desvairado
Sóbrio e sem coragem
Seu amor não declarou
Louco e bêbado
Na sacada gritou:
“Eu te amo menina dos olhos azuis”.
Isadora II
Primeiramente te peço perdão. Perdão por tudo o que te
causei, todas as mágoas, todo sofrimento, toda dor e toda angústia.
É estranho começar falando sobre toda a dor que eu te causei e sobre
como isso ainda dói. Eu sei. Mas se não começasse por isso, não lhe
mostraria que estou verdadeiramente arrependido. É difícil acreditar
que estou realmente arrependido. Pode até parecer mentira, que só
quero me divertir as suas custas e que eu não te amo – o que é pior –
mas, sempre que olhava em seus olhos e dizia que eu te amava, era
verdade. Ainda é. A verdade é que eu preciso de você na minha vida.
Sempre precisei. E hoje preciso mais ainda.
Sabe anjo, em nossa última briga, não queria éter falado tudo
aquilo. Não foi fácil enfrentar tudo o que enfrentei com você ausente.
Acabou saindo, não com raiva, e sim como um desabafo. Pois
precisava de você naquele momento. E aquele foi o fim, quem sabe
até um ponto parágrafo, mas como o sabor do fim.
Nos longos meses que passamos sem o outro, eu senti sua falta.
Todo dia pedia em oração a Deus que trouxesse você de volta pra
mim, mas acho que ele não me ouvia. Não me acostumei a sua
ausência. A noite ficava acordado imaginando se você estivesse bem,
se não estaria doente ou algo do tipo, mas não tive mais nenhum
contato com você. Cheguei até a imaginar que aquele realmente era
o fim.
Mas então você reaparece do nada e faz meu coração bater
mais forte outra vez. É assim que você me deixa, nada mudou, meu
coração ainda é seu. O pior é que alguém já ocupou o meu lugar. O
pior é que está doendo.Não sei sechoro ou se fico feliz por você estar
feliz. Eu ainda amo você Isadora. Isso pode até não mudar nada, mas
sei que essa frase te faz ofegar e seu coração bater mais forte. Nossos
caminhos se unem, não se separam.
Poesia da alma
Eu quero mergulhar
No azul dos teus olhos
Eu quero me deleitar
Nos teus lábios
Eu quero desvendar
Cada parte do seu corpo
Com um beijo meu
Com um toque meu
E um dia ainda irei dizer
Que eu te amo
Que minh’alma anseia você
Que de você eu preciso.
Na hora da partida
Fica um pouco mais. Deita aqui ao meu lado. Só mais cinco
minutos por favor. Se quiser podemos fazer outra vez amor. Faça
tudo o que quiser, mas não vá embora meu amor. É besteira achar
que já deu, que acabou. Esse só é mais um ponto parágrafo em nossa
história. Mais um de vários. Então fica comigo. Entre, feche a morte,
tire a camisa e deite aqui de meu lado. Me abrace por trás e durma.
Amanhã será outro dia e podemos recomeçar mais uma vez.
Não custa tentar outra vez. Só fica aqui ao meu lado. Senta, toma um
copo de café, respira fundo, coloca a cabeça no lugar, mas não vai
não.
Querência
Dos teus beijos
Eu quero os melhores
Cheios de amor e desejo
Do teu corpo
Eu quero sentir o calor
Teu corpo junto ao meu
O teu perfume
Eu quero sentir
Doce, forte e suave
Você eu quero
Sim, como eu quero
Toda minha, toda nua, toda pura.
Coisas de quem ama
Somos tão diferentes um do outro. Eu de um mundo e ela de
outro. Eu taxado de vagabundo e ela de princesa. Somos como água
e óleo, não se misturam. Nossos gostos não se misturam, nossas
músicas não se assemelham, em nada somos iguais. Mas é como
dizem: “Os opostos se atraem”. Nós nos completamos, nos atraímos.
Somos um para o outro o que ninguém foi pra nenhum de nós.
Cavalgada
Na noite adentro
Dois corpos em silêncio
Respirando ofegante
Numa cavalgada incessante
Um vai-e-vem desvairado
Entre dois corpos suados
Copulando demente
Só o prazer mais ardente
Cavalgando-a ele está
Sem escrúpulos há de gozar
Urrando como um louco
Enchendo-a com seu líquido pastoso
Nem se quer interrompeu
E nos seios dela ele verteu
Mordendo as pequenas aréolas
Oh! Que gozo explodiu,
Caindo exaustos, juntos dormiram.
A ligação
- Ei? Pode me ouvir?
- Hhhhmmmm. Diga.
- Eu... só queria te dizer que ainda amo você e que...
Tu tu tu tu tu...
- Ei? Não desliga! Por favor!
- Fala, não tenho muito tempo.
- Preciso de você anjo. Penso em ti todas as noites antes de
dormir e a...
Tu tu tu tu tu...
- Anjo? Por favor, me escuta!
(Silêncio)
- Sei que está magoada comigo, que fui um idiota e que está me
odiando. Mas eu só queria te dizer que eu te amo e sempre irei te
amar. Mas, estou saindo da sua vida. Não quero mais te fazer sofrer.
Adeus...
- Eu também te amo seu idiota! Sempre irei te amar! Mas se você
sair da minha vida, eu vou te odiar por desistir de tudo.
Tu tu tu tu tu.
Aline
Menina linda que sorri por tudo
Que tem a voz mansa
E a pele morena
Menina indecisa
Cheia de dúvidas
E cheia de vida
Menina inteligente,
Indecisa e que tudo sente
Sou apaixonado por Aline.
Hoje eu ouvi
Ela só é mais uma e ela não vai ser a primeira nem a última e sua
vida. Acreditar nisso é mais difícil do que parece. Por parte eu
acredito, a única coisa que eu não quero é aceitar isso. Aceitar a
história de que tudo o que passamos juntos foi uma história qualquer
e que daqui há alguns meses estarei de mãos dadas com outra
pessoa. Não aceito!
Hoje eu ouvi o que não queria ouvir: a verdade. Foi como levar
um gancho de direita no queixo. Fiquei desnorteado. Precisava ouvir
isso. Mesmo que doesse. Mesmo que chorasse. Eu e você, uma
relação que ficou no passado.
Dói ter que aceitar a ideia de que você só é mais uma em minha
vida. E por mais difícil que possa ser, eu procuro todos os dias me
acostumar a ideia de que você não está mais aqui. Por mais que doa,
por mais que eu chore, eu tenho que aprender a viver sem você e te
ver como mais uma pessoa que entrou em minha vida, se tornou
especial, e hoje já não se faz mais presente.
Hoje eu ouvi que você está bem.
Saudades que dói
São nessas madrugadas
Que a saudade mais machuca.
Pra você ser minha
Incrível como as coisas são. Quando menos esperamos, alguém
entra em nossa vida, se torna especial, e quando percebemos, você
já se apegou àquela pessoa e está apaixonada por ela. O pior de tudo
é que você já sofreu tanto por outra pessoa que tem medo de se
envolver novamente e acabar se machucando, tem medo do que
possa acontecer daqui pra frente. O pior é que isso pode acontecer.
Se nos deixarmos sermos levados pelo medo, nunca seremos felizes.
Incrível como tudo aconteceu. Nunca imaginei conhecer
alguém assim, muito menos me envolver. Quem sabe foi o momento
de fragilidade que estávamos passando, ou não. Por fim aconteceu,
eu me apaixonei por você quando eu não devia. Foi inevitável, eu sei.
Por isso peço que fique comigo e não me abandone. Não sejas só
mais um em minha vida, seja a vida desse alguém.
Primeira vez (Núpcias)
Gosto de beijos inesperados,
Daqueles inevitáveis
Que acontecem entre sorrisos e olhares
Gosto quando me pega com força pela cintura
Quando sorri e me deseja
Gosto quando me abraça e me beija
Gosto quando morde os meus lábios
Gosto mais ainda quando me puxa para si
E diz que me ama.
Triângulo Amoroso
E se um dia você começasse a gostar do mesmo garoto que sua
melhor amiga, o que faria? Pensei que isso só acontece na malhação
ou em um seriado infanto-juvenil qualquer que busca loucamente
ganhar audiência. Mas estava enganada. Sem querer comecei a
gostar do mesmo garoto que minha melhor amiga gosta. Isso é
estranho. Por um lado quero lutar por esse garoto, quem sabe ele
não é o príncipe que eu estava atrás. Mas por outro lado, não quero
roubar ele dela, não quero magoar minha melhor amiga.
Sinceramente, não sei o que fazer. Minha cabeça está confusa. Meus
sentimentos estão confusos.
Não posso simplesmente chega e dizer a ela “Amiga, estou
gostando do mesmo garoto que você”. Ela iria ficar mal e talvez
chegue a pensar que eu seja uma traíra e que estou roubando dela o
garoto de quem ela gosta há muito mais tempo que eu. Não posso
fazer isso.
Que grande amiga eu sou. Gostar do mesmo garoto que minha
melhor amiga gosta. Onde fui me meter? Poderia gostar de qualquer
garoto, mas porque logo dele? Sim, eu sei que isso é errado e que
nunca devia acontecer. Mas sei lá, acho que foi o sorriso dele, ou
quem sabe o seu olhar. E que olhar! Que sorriso! Ah! Deus, como fui
me apaixonar logo pelo mesmo garoto que minha melhor amiga
gosta? Por quê? Sinceramente, não posso! Tenho que calar essa voz
que grita por um beijo dele. Minha amizade vale mais que uma paixão
boba. Paixão.
A cópula (Manuel Bandeira)
Primeiro, excita-me com teus beijos,
Morde os meus lábios,
Toca em meu corpo
E acende o desejo.
Depois, cavalga puxando os meus cabelos
Dedilhando os meus seios,
Num ritmo frenético,
Num vai-e-vem energético
Em êxtase gozo
Após maravilhoso gozo,
Satisfatório ao outro
Um beijo gostoso
Querendo de novo
Cansado ao final do ato,
Nossos corpos suados, corpos molhados
Desejo fadado e trancado
Desato na cama
Dizendo tu que me ama.
“Saudade é a nossa alma dizendo para
onde ela quer voltar.”
(Rubem Alves)
Eu não posso negar, mas sinto falta de quando era eu e você.
Nós. Depois que tudo acabou, o que me restou foram nossas
lembranças. E mesmo não querendo, acabo por me apegar a elas. E a
todo momento fico lembrando dos seus beijos, dos seus abraços, das
suas carícias, das suas TPMs, de nossos momentos a cama e até de
nossas discussões que sempre terminavam com beijos, mordidas e
sorrisos. Não é que eu não queira seguir em frente e assim ficar me
torturando com o passado. É que eu ainda gosto de você e seguir em
frente é difícil, até chega a ser doloroso. Sei que é idiotice isso, mas
querendo ou não eu sinto falta de você e daria tudo pra te ter
novamente comigo. Juntos. Como um casal de novo.
Eu sinto falta de tudo. Sinto falta de quando você me ligava e
passávamos a madrugada nos falando. Sinto falta de lhe acordar com
um SMS no seu celular dizendo “Bom dia meu amor”, e saber que
quando lesse a mensagem iria dar um sorriso bobo. Sinto saudade de
lhe encontrar e dar um abraço apertado, pois estava morrendo de
saudade de você. Sinto saudade de ir à aula e receber um SMS seu
dizendo “Boa aula meu amor”, contava as horas pra voltar pra casa e
passar a noite ao seu lado. Sinto saudade até de sentir ciúmes de
você, sempre você vinha e me dizia “Não se preocupa meu amor, sou
toda sua”, só de ouvir essas palavras eu ficava mais que feliz...
Hoje eu apenas posso sentir saudade.
Destino
Se for pra ser, será
Não importa os prós,
Nem os contras
Vai dar certo
Se tiver que acontecer
Vai acontecer,
Faça valer,
Não importa como
Basta querer
Andorinha
Andorinha me leve em suas asas
Ou traz pra mim o verão
Traz também meu amor
Que do inverno fugiu
Foi pro sul buscar o calor
Lá também encontrou outro amor
Andorinha que sozinha não faz verão
Me ensine a ter uma rainha
Que o verão faça ao meu lado
E a noite durmamos juntinhos
Hoje em dia
- Oi
- Oi
- Tudo bem?
- Estou bem
- ..................
- Tem namorado?
- Não... e você?
- Também não
- ..................
- Quer namorar comigo?
- Quero?
- Está bem. Já estamos namorando
- .................
- Amor?
- Oi amor
- Amo você
- Também amo você.
Poesia que se foi
Escrevi aqui meus sentimentos
Cresceu, cresceu
Bateu asas e voou
Foi pra longe, foi.
Chore
Chore pelo jogo que seu time de coração perdeu. Chore pelo
seu bichinho de estimação que morreu. Chore pelo zero que seu
professor lhe deu. Chore pelo filme romântico que assistiu. Chore por
tudo. Mas não chore por quem nunca te mereceu.
Chore pelo seu pai ou amigo que faleceu. Chore quando seu
personagem de desenho animado morrer. Chore quando da bicicleta
você cair. Chore quando um não receber.
Chore quando quiser chorar. Mas não chore por quem não
soube te amar.
Tua falta em mim
Tentei preencher as lacunas
Mas tudo o que eu escrevia
Não ficava como eu queria
Havia algo faltando
Faltava a minha melhor parte
Faltava você.
Término II
- Vai embora! Não quero lhe ver nunca mais! – gritava ela
chorando inconsolavelmente.
- Meu bem? Tente se acalmar, você está de cabeça quente,
senta aqui. Vamos conversar? - insistia ele.
- Conversar? Quantas vezes eu tentei conversar com você e
você nem queria me ouvir? Quantas? Eu perdi a conta. Agora por
favor vai embora! Eu não quero mais nada com você, acabou! – dizia
ela limpando as lagrimas do rosto com a manga de seu suéter.
- Amor? Não faz isso, não acaba com o que construímos juntos.
Ainda temos muito a vi... – ela interrompe e diz:
- Você acabou com nosso relacionamento. Você é o culpado por
isso.
- Amor, me escuta: me dê mais uma segunda chance. Todo
mundo merece uma segunda chance! – ele já estava sem
argumentos. Não tinha mais a que apelar.
- Segunda chance? Se eu lhe der essa “segunda chance”, essa
será a quinta vez das suas “segundas chances”. Não dá mais Rafa, por
favor, vai embora daqui, eu não quero mais nada com você. – dizia ela
com rispidez.
Ele baixa sua cabeça, anda em direção a porta, abre-a e antes
de sair, ele olha para trás e diz:
- Eu sempre vou te amar. – ela corre para a porta e a empurra,
fechando-a nas costas dele, fazendo um enorme estrondo do barulho
da porta contra a parede. Ela então desliza devagar até o chão e
desaba em lágrimas.
Tudo em você
Aquele seu abraço apertado,
Aconchegante e apertado
Esse seu corpo moreno,
Sua pele macia e quente
Esse seu perfume suave,
Forte e marcante
Que em minha mente ficou
E meu coração guardou
Esses seus lábios rubros
Que me chamam ao pecado
Esse seu olhar profundo
Olhos negros que me levam a perdição
Esse teu beijo...
Ah esse teu beijo
Que em minhas lembranças ficou
E o meu coração guardou.
Nasci no Século Errado
Percebi que as coisas mudaram. O tempo passou. Tudo mudou.
As pessoas mudaram. O mau gosto perpetua nesse século. Se
continuar dessa forma, logo se extinguirá aquilo que um dia se
chamou de cultura.
Se perderão nossas essências. Os livros se acabarão. Talvez não
mais saberão quem foi Machado de Assis, Cecília Meireles, Fernando
Pessoa, Manuel Bandeira e outros. Esquecerão quem foi Cazuza,
Renato Russo e Caetano Veloso. E os quadros de Tarsila de Amaral,
Anita Malfatti? Irão se empoeirar nos museus não visitados? O que
será da arte?
Hoje tudo mudou. Os estilos musicais mudaram. Os textos
musicais mudaram. Os textos mudaram. A cultura mudou. Dão mais
valor à televisão do que um bom livro em mão. Pobre realidade.
Talvez possa me acostumar com a ideia de que os tempos
mudaram. Mas não me acostumei com a ideia de que eu nasci no
século errado!
Meu amor
Peço-te perdão primeiramente
Pela minha forma de amar
Essa tempestade de sentimento
Que por muitas vezes te machucam
Todavia meu neném
O meu amor por você
Vai além dos parâmetros normais
***Daniel Brandão e Iassodhara Ramos
Falando do Amor
Não se pode falar do amor sem senti-lo. Isso é inaceitável. Sinta-
o. Ame. Deixe-se levar por este sentimento que nos renova dia após
dia.
Amar é sentir-se bem de forma única com aquela pessoa. É
querer estar ao lado dela sempre sem se enjoar. É dizer “Adeus” com
o coração dizendo “Não vai não. Fica um pouco mais”.
Amar é não olhar a aparência, beleza ou status social. Amar é
olhar nos olhos do outro e perceber que só aquela pessoa te faz feliz
verdadeiramente. Nenhuma outra mais.
Amar é contar piadas sem graça e sorrir da palhaçada do outro.
Amar é ser o chão do outro quando tudo está a desabar sobre ele(a).
Estar ao lado dele(a) quando ninguém mais está.
Amor é dizer “Eu te amo” não da boca pra fora, mas, com o
coração. Amor é doação. Eu me doo a você e você se doa a mim.
Ninguém sofre.
Amor é depender daquela pessoa. Depois que se ama. Se
tornam um só corpo, um só coração, um só sentimento.
Amor é amor. Não posso tentar defini-lo ou muito menos tentar
explicá-lo. Não haveria palavras para explicar o amor. No mais, amor
não se explica se sente. Só sentindo o que é amor para saber sobre
aquilo que tento falar.
Good bye
Foram por noites frias e afastadas
De briga após briga
Que meu coração ia se partindo
O que sentia por você se esfriou também
A escolha mais difícil eu tomei
Sem olhar pra traz disse adeus
De festa em festa fui tentando te esquecer
A cada porre eu seguia em frente
Mas então você reaparece
Toda sorridente, toda meiga, toda linda
Reacendendo o meu desejo por ti
E agora te quero de novo.
O Pedido
- Primeiramente me responda rapaz, quais são suas intenções
com minha filha? – perguntava o pai da garota.
Ele pigarreia.
- Querido, desse jeito você irá deixá-lo constrangido. – indagava
a mãe da garota.
- Querida, não fiz nada demais. Só perguntei a ele quais são suas
intenções com nossa filha. – afirmava o pai da garota.
Ele então toma coragem, respira fundo e diz:
- Senhor, se está pensando que eu só quero ter relações sexuais
com sua filha e depois desaparecer, o senhor está enganado. Eu
gosto da sua filha e nunca faria isso a ela. – ele estava suando. –
Sinceramente, o que eu mais quero é namorar a sua filha, mas
namorar escondido não, quero que os senhores, como pais,
permitam que namoremos.
- E se não permitirmos? – questiona o pai em um tom
amedrontador.
A garota segura forte a mão dele, mostrando a ele que ela
estava dando forças a ele mesmo sem interferir na conversa deles.
- Se não permitirem... se não permitirem eu irei me afastar de
sua filha, pois não quero que ela minta para os senhores, nem que ela
seja prejudicada por um relacionamento que não tenha o
consentimento dos senhores. – ele responde em seguida sorrindo
para a garota.
Os pais da garota se entreolham e sorriem entre si. Então
novamente o pai da garota pergunta:
- Quais suas intenções com minha filha?
Poesia, poesia e mais
poesia...
Pôr do sol
Sol que ilumina meu amor
Que traz cor a minha vida
Nesse dia que já anuncia despedida
Amanhã traga de volta o seu calor.
Incógnitas
Tudo na vida tem um porque
Podemos de início até não entender
Mas o mistério logo vai se resolver
É só uma questão de tempo,
Basta esperar
Uma hora ou outra o que esperamos
Irá se revelar.
Sexologia
Um ato sublime
Entre homem e mulher
Gozando da vida
Como bem quer
Que prazer imenso
É ele estar nela
Cavalgando em suas ancas
Entrar e sair
Explodo em transe
Num misto prazer
Corpos suados
Todos a desfalecer.
Tudo o que escrevi
Não consigo compor algo bonito
Que venha da alma e seja mais alto que um grito
Tudo o que escrevo vem com uma gota de saudade
Numa xícara de lembranças
Com o aroma de felicidade.
Estrela cadente
No céu brilhou cadente
Toda linda e reluzente
Um desejo te pedi
Que a felicidade viesse a mim.
O amor
O amor é assim:
Chega de mansinho, sem perceber
Às vezes, como uma surpresa
Ou então, como uma bomba
Quando não, avisa
Mas não deixa de vim
Só vem, se vem, não vem
Chegou!
A banca
7kg de amor próprio
3l de felicidade
4 xícaras de chá de independência
1 punhado de vergonha
600g de atitude
Comprado os ingredientes
Farei a receita que me indicaram
“Deixar de sofrer e seguir em frente”.
How I love you!
Como eu te amo...
Eu te amo como nunca amei alguém antes
Incontestavelmente,
Esta é a primeira vez que amo alguém assim
Como eu te amo...
Eu te amo como numa noite estrelada
Que mesmo que eu tente contar as estrelas,
Nunca hei de terminar
Ah! Como eu te amo!
Eu te amo porque te amo
Porque necessito te amar
Porque eu te amo!
Ardor, a dor
Você respira fundo
Pois sabe que se deixar cair uma lágrima
Não irá mais conseguir parar
Então a única opção que resta é aguentar a dor e fingir que está
tudo bem
Mas no fundo não está
Você está desmoronando por dentro,
Em cacos
Mas tem que ser forte, afinal, se chorar, não parará mais.
O homem que amei
O homem que amei me beijava com volúpia
Arrepiava-me ao sentir sua barba mal aparada
E me balbuciava palavras de amor em meus ouvidos
Beijava meu corpo e mordiscava minha pele
Tirava minhas roupas e me levava pra cama
Fazia amor comigo, era a sua dama na sua cama
Me levava ao banho carregada em seus braços
Ensaboava me toda e me enxaguava
Vestia minhas roupas, de mim zelava, de mim cuidava,
Eu o amava
O homem que eu amei partiu sem dizer nada,
Nem olhou para trás
Nem nada.
O que seria de nós sem o amor?
O que seria de nós sem o amor?
Vejo pessoas dizendo que o amor não vale nada
Mal sabem elas,
Que é o amor salva várias pessoas
Vejo pessoas desacreditadas no amor
Que já sofreram tantos por pessoas erradas
Que desistiram de amar
Hoje vivem a se lamentar
Por um lado, certas elas estão, uma hora cansamos de tanto
apanhar que enfim desistimos de lutar
O que seria de nós sem o amor?
Sinceramente eu não sei,
Só sei que o amor pode salvar vidas.
***Daniel Brandão e Raissa Machado
A vida
Um brinde a vida
Aos bons e maus momentos
A saúde e a doença
Ao amor e a paixão
Um brinde aos homens
Um brinde as mulheres
Um brinde a família, ao pai, a mãe e aos filhos
Estes são nossa herança
Um brinde a educação, ao professor, ao aluno, a merendeira e
ao faxineiro
Um brinde mais ainda, a tia da cantina
As festas, aos eventos e aos shows
Um brinde a Deus, a Buda ou Alá
Seja quem for que esteja lá em cima: um brinde a vida
Um brinde a comida
De todas as culturas e todas as iguarias
Um brinde ao dinheiro, ao cartão de crédito e de débito
Mas ainda, a nossa sociedade capitalista
Um brinde as bebidas, as cervejas, as vodcas e aos vinhos
Sem elas não haveria esse brinde
Só brinde, beba, tome um porre, comemore a vida.
Canção de despedida
Eu nunca desejei tanto alguém
Como desejo você
Eu nunca quis tanto um sorriso
Como eu quero o seu
A questão é: não sou eu nem você
Mas por você e com você
Estou disposto a lutar por nossa felicidade
Não por precisar seguir em frente
Mas por querer seguir em frente
Não por querer lhe iludir
Mas por você estou disposto a ir até o fim
A questão é: vamos fazer valer a pena?
Tudo ou nada
Dar-me tu uma chance
E em troca te darei a felicidade
Prometo estar ao teu lado sempre
Não importa o momento
E farei do teu sorriso a minha inspiração
E dos teus braços a minha fortaleza
Não importa como, quando e onde
Você será a minha alegria
E eu serei teu...
Só peço que me chame por “meu”
Dar-me tu uma chance
Pois o que eu mais quero
É te ver feliz, te fazer feliz
Dar-me tu uma chance?
Desejos abstratos
Hei de balbuciar lhe palavras de amor
Enquanto mordisco sua nuca
Eriçando seus pelos
Arrepiando sua pele
Quão doces são teus lábios
Quão excitante é lhe ter
Toda minha, toda linda
E de repente, o gozo explode.
Odeio
Eu admito:
Amo você e me odeio por isso
Me atirei aos seus braços, ao infinito
E teus lábios, com um beijo conquistei
Odeio você por ter brincado comigo
De mim usou e os meus carinhos usurpou
Amei por nós dois e fui teu ombro amigo
Depois que se foi, nada restou
Deixaste apenas um coração magoado
Com medo de amar novamente
Medo de se perder loucamente
Totalmente quebrado, com seus cacos jogados.
Nua
Desejo possuir-te por inteira
Beijar cada parte de seu corpo
Tatear lhe as ancas
E de ti seus suspiros arrancar.
Tirar lhe hei suas roupas
E comtemplar sua castidade nua,
Num singelo ato de amor e desejo
Hei de possuir-te, agarrar-te, beijar-te e consumar o ato.
Minha avó Maria
Que saudades de minha vózinha Maria
Dona de casa velhinha,
Baixinha de 1.50m,
Que sempre me recebia com um sorriso e um abraço caloroso
Que aos domingos ia comigo a igreja orar ao Pai Nosso que está
no céu
Mesmo velhinha me levava para passear
E a noite me colocava na cama pra sonhar
Nas segundas me despedia com aquela frase:
“Bênção vó?”
E ela no portão respondia:
“Deus te abençoe”.
O autor
Daniel Silva Brandão, 18, é escritor, poeta, cronista, fotógrafo,
blogueiro, graduando do Curso de Licenciatura em Pedagogia na
Universidade Federal do Amazonas. É Natural de Parintins (AM).
Isadora e outros amores

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

As preces sao_imutavis_tuna_kiremitci
As preces sao_imutavis_tuna_kiremitciAs preces sao_imutavis_tuna_kiremitci
As preces sao_imutavis_tuna_kiremitci
Sá Editora
 
Vestígios do tempo
Vestígios do tempoVestígios do tempo
Vestígios do tempo
tiagosector
 
PEDAÇOS DE POUCOS POEMAS
PEDAÇOS DE POUCOS POEMASPEDAÇOS DE POUCOS POEMAS
PEDAÇOS DE POUCOS POEMAS
Rafa Rodriguez
 
Capítulo 4
Capítulo 4Capítulo 4
Capítulo 4
Luisa Pellegrinelli
 
Os olhos já não podem ver
Os olhos já não podem verOs olhos já não podem ver
Os olhos já não podem ver
Vanielle Oliveira
 
Hechisa
Hechisa Hechisa
Hechisa
Hechisa Thamis
 
PedaçOs
PedaçOsPedaçOs
PedaçOs
Elxitah
 
A magia dos contos de fadas na minha vida v.1
A magia dos contos de fadas na minha vida   v.1A magia dos contos de fadas na minha vida   v.1
A magia dos contos de fadas na minha vida v.1
Gabriela Pagliuca
 
Amores complicados lilian reis
Amores complicados   lilian reisAmores complicados   lilian reis
Amores complicados lilian reis
Brunna Heiderich
 
Anorexia - Dominique Brand
Anorexia - Dominique BrandAnorexia - Dominique Brand
Anorexia - Dominique Brand
Moradores do Ype
 
Imagens e poesias
Imagens e poesiasImagens e poesias
Imagens e poesias
Ivanete Oliveira
 
Pinturas E Poesias
Pinturas E  PoesiasPinturas E  Poesias
Pinturas E Poesias
guestbe4900
 
1 capitulo traida
1 capitulo traida1 capitulo traida
1 capitulo traida
ArthurCandotti
 
Para quem gostar de poesias...
Para quem gostar de poesias...Para quem gostar de poesias...
Para quem gostar de poesias...
Sayonara Sales
 
Querido diário, elena sussurrou _quão frustrante é isso
 Querido diário, elena sussurrou  _quão frustrante é isso Querido diário, elena sussurrou  _quão frustrante é isso
Querido diário, elena sussurrou _quão frustrante é isso
Evonaldo Gonçalves Vanny
 
Elas - Ruben Aguiar
Elas - Ruben AguiarElas - Ruben Aguiar
Elas - Ruben Aguiar
Ruben Aguiar
 
Além das estrelas - Andreia Tonetto
Além das estrelas - Andreia TonettoAlém das estrelas - Andreia Tonetto
Além das estrelas - Andreia Tonetto
Katiane Prado
 
Frases para o livro que irei fazer pra mel fronckowiak
Frases para o livro que irei fazer pra mel                 fronckowiakFrases para o livro que irei fazer pra mel                 fronckowiak
Frases para o livro que irei fazer pra mel fronckowiak
Isabella Borges
 
Vinganças
VingançasVinganças
Vinganças
DhaySouza
 
Como Dizia O Poeta
Como Dizia O PoetaComo Dizia O Poeta
Como Dizia O Poeta
guestdfa339
 

Mais procurados (20)

As preces sao_imutavis_tuna_kiremitci
As preces sao_imutavis_tuna_kiremitciAs preces sao_imutavis_tuna_kiremitci
As preces sao_imutavis_tuna_kiremitci
 
Vestígios do tempo
Vestígios do tempoVestígios do tempo
Vestígios do tempo
 
PEDAÇOS DE POUCOS POEMAS
PEDAÇOS DE POUCOS POEMASPEDAÇOS DE POUCOS POEMAS
PEDAÇOS DE POUCOS POEMAS
 
Capítulo 4
Capítulo 4Capítulo 4
Capítulo 4
 
Os olhos já não podem ver
Os olhos já não podem verOs olhos já não podem ver
Os olhos já não podem ver
 
Hechisa
Hechisa Hechisa
Hechisa
 
PedaçOs
PedaçOsPedaçOs
PedaçOs
 
A magia dos contos de fadas na minha vida v.1
A magia dos contos de fadas na minha vida   v.1A magia dos contos de fadas na minha vida   v.1
A magia dos contos de fadas na minha vida v.1
 
Amores complicados lilian reis
Amores complicados   lilian reisAmores complicados   lilian reis
Amores complicados lilian reis
 
Anorexia - Dominique Brand
Anorexia - Dominique BrandAnorexia - Dominique Brand
Anorexia - Dominique Brand
 
Imagens e poesias
Imagens e poesiasImagens e poesias
Imagens e poesias
 
Pinturas E Poesias
Pinturas E  PoesiasPinturas E  Poesias
Pinturas E Poesias
 
1 capitulo traida
1 capitulo traida1 capitulo traida
1 capitulo traida
 
Para quem gostar de poesias...
Para quem gostar de poesias...Para quem gostar de poesias...
Para quem gostar de poesias...
 
Querido diário, elena sussurrou _quão frustrante é isso
 Querido diário, elena sussurrou  _quão frustrante é isso Querido diário, elena sussurrou  _quão frustrante é isso
Querido diário, elena sussurrou _quão frustrante é isso
 
Elas - Ruben Aguiar
Elas - Ruben AguiarElas - Ruben Aguiar
Elas - Ruben Aguiar
 
Além das estrelas - Andreia Tonetto
Além das estrelas - Andreia TonettoAlém das estrelas - Andreia Tonetto
Além das estrelas - Andreia Tonetto
 
Frases para o livro que irei fazer pra mel fronckowiak
Frases para o livro que irei fazer pra mel                 fronckowiakFrases para o livro que irei fazer pra mel                 fronckowiak
Frases para o livro que irei fazer pra mel fronckowiak
 
Vinganças
VingançasVinganças
Vinganças
 
Como Dizia O Poeta
Como Dizia O PoetaComo Dizia O Poeta
Como Dizia O Poeta
 

Semelhante a Isadora e outros amores

242411996 o-amor-em-poesia
242411996 o-amor-em-poesia242411996 o-amor-em-poesia
242411996 o-amor-em-poesia
Robson Mendes
 
Eu te amo e não sei ate quando te amarei
Eu te amo e não sei ate quando te amareiEu te amo e não sei ate quando te amarei
Eu te amo e não sei ate quando te amarei
55443
 
Cuidebemdoseuamor x(1)
Cuidebemdoseuamor x(1)Cuidebemdoseuamor x(1)
Cuidebemdoseuamor x(1)
Júnior Sodré
 
Garota Impulso Paixão
Garota Impulso PaixãoGarota Impulso Paixão
Garota Impulso Paixão
Exclusiva e Virtual
 
Vc já parou pra pensar em mim
Vc já parou pra pensar em mimVc já parou pra pensar em mim
Vc já parou pra pensar em mim
Brenda Nascimento
 
LETICIA
LETICIALETICIA
Sinto a tua falta
Sinto a tua faltaSinto a tua falta
Sinto a tua falta
198129
 
Dia dos namorados
Dia dos namoradosDia dos namorados
Dia dos namorados
xavelhinha
 
TEXTOS CRIATIVOS DA EJA - 2009
TEXTOS CRIATIVOS DA EJA - 2009TEXTOS CRIATIVOS DA EJA - 2009
TEXTOS CRIATIVOS DA EJA - 2009
Iva Pavan
 
Cuidebemdoseuamor X(1)
Cuidebemdoseuamor X(1)Cuidebemdoseuamor X(1)
Cuidebemdoseuamor X(1)
Sandro Moretty
 
Cuidebemdoseuamor X(1)
Cuidebemdoseuamor X(1)Cuidebemdoseuamor X(1)
Cuidebemdoseuamor X(1)
CARLOS CAVALLINI
 
Cuide bem do seu amor
Cuide bem do seu amorCuide bem do seu amor
Cuide bem do seu amor
Mensagens Virtuais
 
Cuide Bem Do Seu Amor
Cuide Bem Do Seu AmorCuide Bem Do Seu Amor
Cuide Bem Do Seu Amor
Emilia Maria Araujo Rios
 
Cuidebemdoseuamor x(1)
Cuidebemdoseuamor x(1)Cuidebemdoseuamor x(1)
Cuidebemdoseuamor x(1)
Juninho Moral
 
Epopéia do meu amor
Epopéia do meu amorEpopéia do meu amor
Epopéia do meu amor
wilkerfilipel
 
Imagine
ImagineImagine
Imagine
Pedro Chagas
 
Ddghh cópia
Ddghh   cópiaDdghh   cópia
Ddghh cópia
ChrixtaL15
 
Maninhas 4ever
Maninhas 4everManinhas 4ever
Maninhas 4ever
ChrixtaL15
 
LETICIA LISBOA
LETICIA LISBOALETICIA LISBOA
LETICIA LISBOA
Guilherme Paiva
 
Recanto das letras carol
Recanto das letras   carolRecanto das letras   carol
Recanto das letras carol
Rui da Silveira Cruz Ventura
 

Semelhante a Isadora e outros amores (20)

242411996 o-amor-em-poesia
242411996 o-amor-em-poesia242411996 o-amor-em-poesia
242411996 o-amor-em-poesia
 
Eu te amo e não sei ate quando te amarei
Eu te amo e não sei ate quando te amareiEu te amo e não sei ate quando te amarei
Eu te amo e não sei ate quando te amarei
 
Cuidebemdoseuamor x(1)
Cuidebemdoseuamor x(1)Cuidebemdoseuamor x(1)
Cuidebemdoseuamor x(1)
 
Garota Impulso Paixão
Garota Impulso PaixãoGarota Impulso Paixão
Garota Impulso Paixão
 
Vc já parou pra pensar em mim
Vc já parou pra pensar em mimVc já parou pra pensar em mim
Vc já parou pra pensar em mim
 
LETICIA
LETICIALETICIA
LETICIA
 
Sinto a tua falta
Sinto a tua faltaSinto a tua falta
Sinto a tua falta
 
Dia dos namorados
Dia dos namoradosDia dos namorados
Dia dos namorados
 
TEXTOS CRIATIVOS DA EJA - 2009
TEXTOS CRIATIVOS DA EJA - 2009TEXTOS CRIATIVOS DA EJA - 2009
TEXTOS CRIATIVOS DA EJA - 2009
 
Cuidebemdoseuamor X(1)
Cuidebemdoseuamor X(1)Cuidebemdoseuamor X(1)
Cuidebemdoseuamor X(1)
 
Cuidebemdoseuamor X(1)
Cuidebemdoseuamor X(1)Cuidebemdoseuamor X(1)
Cuidebemdoseuamor X(1)
 
Cuide bem do seu amor
Cuide bem do seu amorCuide bem do seu amor
Cuide bem do seu amor
 
Cuide Bem Do Seu Amor
Cuide Bem Do Seu AmorCuide Bem Do Seu Amor
Cuide Bem Do Seu Amor
 
Cuidebemdoseuamor x(1)
Cuidebemdoseuamor x(1)Cuidebemdoseuamor x(1)
Cuidebemdoseuamor x(1)
 
Epopéia do meu amor
Epopéia do meu amorEpopéia do meu amor
Epopéia do meu amor
 
Imagine
ImagineImagine
Imagine
 
Ddghh cópia
Ddghh   cópiaDdghh   cópia
Ddghh cópia
 
Maninhas 4ever
Maninhas 4everManinhas 4ever
Maninhas 4ever
 
LETICIA LISBOA
LETICIA LISBOALETICIA LISBOA
LETICIA LISBOA
 
Recanto das letras carol
Recanto das letras   carolRecanto das letras   carol
Recanto das letras carol
 

Isadora e outros amores

  • 1.
  • 2. Isadora e outros amores Daniel Brandão 1ª Edição Parintins-AM/2015
  • 3. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste livro poder ser reproduzida sob quaisquer meios existentes sem a prévia autorização por escrito do detentor dos direitos autorais ou do próprio autor.
  • 4. Agradecimentos Agradeço primeiramente a Deus, pois a ele é a primazia de toda obra, seja ela poética ou científica, coube a ele dar-me saúde e sabedoria para compor cada crônicae poesia queestá presente neste livro. Agradeçoa Iassodhara Ramos, que por muitas vezes foi a minha inspiração e mesmo muitas vezes não estando presente. Agradeço por escrever comigo, por ler minuciosamente cada poesia e cada crônica, por imaginar as histórias que eu conto, e principalmente por sonhar por mim quando eu perco a fé. Agradeço a Raissa Machado, meu pequeno anjo, que além de dar apoio que eu precisava, deu também a segurança que eu necessitava, escreveu comigo, brincou comigo, riu comigo e sonhou comigo. Agradeço aos meus vários amigos espalhados por aí, amigos que me emprestaram suas histórias, que partilharam comigo seus sentimentos mais felizes e seus sentimentos mais tristes. Cada história e cada sentimento estão reunidos neste livro. Eu admito que não seria capaz de imaginar tantas histórias e criar tantos sentimentos, mas com vocês eu consegui. Vocês meus amigos deram asas a minha imaginação. Meu blog versificacao.blogspot.com.br, meu refúgio e meu diário de bordo, agradeço a todos que visitam e leem cada composição minha. Obrigado.
  • 5. Apresentação Este é o meu segundo trabalho como escritor. Mesmo sendo minha segunda obra, ainda estou ciente do que possa vir a acontecer; as críticas, as indagações e até mesmo repúdio de muitos. O livro Isadora e outros amores conta a história de muitos amores e muitos desafetos vividos por uma personagem fictícia. A personagem retrata suas histórias sobre o amor, a paixão, o medo, a infidelidade, a saudade e a vida. Quaisquer semelhanças com as crônicas e poesias aqui presentes, são apenas semelhanças. A partir de agora, deleitem-se e divirtam no mundo de Isadora e outros amores.
  • 6. Idas e vindas E mais uma vez você diz que vai embora, que irá me deixar e que nunca mais vai voltar. O engraçado é que você sempre faz isso após uma briga. Diz que não me quer. Que eu sou o cara errado e que não presto. Você joga todas as suas meias verdades em minha cara como se não me importasse com isso, como se não doesse em mim. Eu me importo, mas você sabe como é que é, tenho que me manter firme para que quando você voltar toda dengosa, possa te receber sorrindo. Mesmo assim você não busca entender, não quer ouvir, só falar, falar, falar, falar. Se pelo menos você parasse de falar e me ouvisse, pouparíamos as mágoas, o choro e a dor. Isso dói muito. Tanto em você quanto em mim. Só espero que não chegue o momento em que eu me canse dessa situação. Pois no dia em que eu cansar, quem vai embora serei eu. E se eu for, não voltarei.
  • 7. Maria Garota de sorriso fácil Da pele branquinha Que brinca de amar Esta é Maria Menina que estuda Que se prepara para vida Mas não deixa de viver Esta é Maria Mulher de nome simples Que da simplicidade Faz sua vida de menina-mulher Esta é Maria.
  • 8. A garota que eu amo II Ela foi a primeira garota que amei. Que amo. Que me amou de verdade. Sem aparências, sem limites, sem dúvidas e com excessos. Ela é diferente de todas as garotas que já houveram antes. Agora não haverá nenhuma outra. Só ela. Toda sorridente, alegre e feliz. Calma como uma tempestade em um copo d’água. Furiosa com uma brisa de fim de tarde. Decidida como ninguém, faz seus sonhos se tornarem possíveis – nunca deixou de sonhar –, ela é sonhadora. Ela tem a mania de morder os lábios quando está no mundo do nada. Ela tem o vício de morder a tampa da caneta quando estuda e fantasia cenas de livros como se estivesse vendo a cena em um filme. Ela me liga de madrugada para me desejar boa noite e fica acordada a noite toda enquanto conversa comigo. Horas depois, desliga, pois, o sono a embebedou. Nas primeiras horas da manhã, me acorda com uma SMS desejando bom dia. A garota que eu amo é perfeita do seu modo imperfeito de ser. Amo nas suas TPMs, nos dias de estresse e nos dias corridos. A garota que eu amo tem o sorriso faceiro, olhos marcantes e a voz aguda. A garota que eu amo, me amou sem precisão médica, sem dosagem nem contraindicações. Apenas me amou como eu sou.
  • 9. Flor morena Minha pequena flor morena Quero que saibas: Ser feliz e não saber o motivo É a mais absoluta felicidade Minha pequena flor morena Tão linda e tão pura Tão nobre e reluzente Quero que sejas para sempre minha Do meu jardim tu és a mais bela Entre as flores tu és rainha Sem nenhuma falsa modéstia És minha pequena flor morena.
  • 10. Minha menina II Esqueceu? Namoro não é só beijo na boca e carinho, namoro é estar ao lado de quem se ama mesmo quando ela não está bem. Por isso eu só queria eu só queria que você deitasse sua cabeça em meu colo quando não estiver se sentindo bem. Dessa forma eu me sentiria aliviado por estar lhe consolando quando estiveres desabando em lágrimas. E todas as lágrimas, eu as apararia. Guardaria em uma caixa de lembranças e com amor eu cuidaria de ti. Minha menina, só quero que saibas que me parte o coração lhe ver chorar, mas aquilo que causas mais dor é quando me privas de ouvir suas aflições. Tantas coisas que poderia te dizer nesses momentos, mas guardo para mim e para você. Eu amo você e me importo com você, em como você está e em como você se sente. E quando você não está bem, eu não estou bem, nada fica bem, nada vai bem. Minha menina, senta aqui do meu lado, deita tua cabeça em meu colo e deixe que seus olhos falem por ti. Não quero que sofras calada, nem que guarde suas dores de mim, mas que comigo tu compartilhes, pois de ti eu quero cuidar. Quero amar. Quero ser teu ombro amigo quando o mundo desabar. Acima de tudo sou teu namorado, amigo e teu refúgio. Minha menina, se você não está bem, eu não estou bem. Nada vai bem. É assim que funciona.
  • 11. Fotos Mais uma vez ela vai Outra vez estou aqui no escuro Olhando nada mais nada menos Que as nossas fotos Fotos que hoje são só fotos Antes disso, eram nossas lembranças Fotos que hoje estão borradas Por lágrimas de um coração partido Nossas fotos foi o que restaram De outra vez você que vai Me deixando na esperança Se volta ou não.
  • 12. A falta que você me faz “Estou te escrevendo para te dizer que sinto a sua falta. Não apenas isso, mas também queria dizer que eu te amo. Amo de uma forma que nunca havia amado antes. Pra falar a verdade, nem sei se posso chamar de amor o que já senti por garotas que vieram antes de você. Simplesmente depois de ter lhe conhecido, não quero que você se torne mais uma em minha vida, quero que sejas a única a existir nela – sejas minha vida. Sabe, eu sinto muito a sua falta. Do jeito de como você sorria, a forma com que você mordia a ponta do lápis quando estava a estudar, das horas que você ficava na frente do espelho se admirando e repetindo inúmeras vezes o quanto você estava linda, o jeito com que você corava quando a elogiava. Sinto falta de você, dos seus vícios e das suas manias. Sinto falta de lhe contar minhas histórias enquanto você imaginava tudo como um filme passando em sua cabeça. Sinto falta de receber sua ligação de madrugada para me desejar boa noite, pois sabe que não durmo sem ouvir sua voz. Essa é a falta que você faz em minha vida.” Mas uma vez ele escreve o que sente por ela, lê tudo, é tomado por uma imensa tristeza, chora lembrando dos momentos que passaram juntos, amassa o papel e o joga no lixo que está cheio de outros papéis que escrevera a ela – nenhum enviou.
  • 13. É você É você e ninguém mais Quem dá asas aos meus pensamentos Que alivia meu alento Que me dá sustento É você e ninguém mais Quem tira o meu sossego Que logo de manhã, cedo Traz a minha paz Sim, é você, só você Que em minha vida eu preciso Sem você é um castigo E a minha vida te sirvo.
  • 14. Quando o amor acabou Pegue as suas coisas e vai embora. Não tem mais desculpas e nem há mais volta. Essa foi a gota d’água. O ponto final da nossa história. Quando o nosso amor acabou, tudo acabou, nosso relacionamento mais ainda. Afinal, não dá pra continuar só por continuar, só por mais uma noite ao seu lado. Não dava mais pra aguentar tudo isso, ver você sair à noite com seus amigos e me deixar aqui sozinha como se a tua falta eu não sentisse ou então quando você me procurava a noite só pra fazer sexo enquanto eu queria uma noite de amor. Foram de vezes que chorei de madrugada enquanto você estava se divertindo. E a cada vez que vocêsaía sem se despedir, mais o amor ia acabando. Foi por não me valorizar, foi por me ter sem me querer, foi pela falta de atenção, foi pela falta de amor, foi na tua falta que o amor que sentia por ti acabou. Agora você está aí, sozinho e implorando para que volte com você. Mas agora já é tarde para você. Não há mais volta. Hoje sou eu quem saio com minhas amigas e você quem fica em casa chorando ao perceber o que perdeu.
  • 15. O bêbado Naquela noite Ele embebedou-se com o mais caro vinho Cambaleou até a sacada E começou a gritar por ela Não estava apenas bêbado Mas também apaixonado Muito alcoolizado, Declarou seu amor desvairado Sóbrio e sem coragem Seu amor não declarou Louco e bêbado Na sacada gritou: “Eu te amo menina dos olhos azuis”.
  • 16. Isadora II Primeiramente te peço perdão. Perdão por tudo o que te causei, todas as mágoas, todo sofrimento, toda dor e toda angústia. É estranho começar falando sobre toda a dor que eu te causei e sobre como isso ainda dói. Eu sei. Mas se não começasse por isso, não lhe mostraria que estou verdadeiramente arrependido. É difícil acreditar que estou realmente arrependido. Pode até parecer mentira, que só quero me divertir as suas custas e que eu não te amo – o que é pior – mas, sempre que olhava em seus olhos e dizia que eu te amava, era verdade. Ainda é. A verdade é que eu preciso de você na minha vida. Sempre precisei. E hoje preciso mais ainda. Sabe anjo, em nossa última briga, não queria éter falado tudo aquilo. Não foi fácil enfrentar tudo o que enfrentei com você ausente. Acabou saindo, não com raiva, e sim como um desabafo. Pois precisava de você naquele momento. E aquele foi o fim, quem sabe até um ponto parágrafo, mas como o sabor do fim. Nos longos meses que passamos sem o outro, eu senti sua falta. Todo dia pedia em oração a Deus que trouxesse você de volta pra mim, mas acho que ele não me ouvia. Não me acostumei a sua ausência. A noite ficava acordado imaginando se você estivesse bem, se não estaria doente ou algo do tipo, mas não tive mais nenhum contato com você. Cheguei até a imaginar que aquele realmente era o fim. Mas então você reaparece do nada e faz meu coração bater mais forte outra vez. É assim que você me deixa, nada mudou, meu coração ainda é seu. O pior é que alguém já ocupou o meu lugar. O pior é que está doendo.Não sei sechoro ou se fico feliz por você estar feliz. Eu ainda amo você Isadora. Isso pode até não mudar nada, mas sei que essa frase te faz ofegar e seu coração bater mais forte. Nossos caminhos se unem, não se separam.
  • 17. Poesia da alma Eu quero mergulhar No azul dos teus olhos Eu quero me deleitar Nos teus lábios Eu quero desvendar Cada parte do seu corpo Com um beijo meu Com um toque meu E um dia ainda irei dizer Que eu te amo Que minh’alma anseia você Que de você eu preciso.
  • 18. Na hora da partida Fica um pouco mais. Deita aqui ao meu lado. Só mais cinco minutos por favor. Se quiser podemos fazer outra vez amor. Faça tudo o que quiser, mas não vá embora meu amor. É besteira achar que já deu, que acabou. Esse só é mais um ponto parágrafo em nossa história. Mais um de vários. Então fica comigo. Entre, feche a morte, tire a camisa e deite aqui de meu lado. Me abrace por trás e durma. Amanhã será outro dia e podemos recomeçar mais uma vez. Não custa tentar outra vez. Só fica aqui ao meu lado. Senta, toma um copo de café, respira fundo, coloca a cabeça no lugar, mas não vai não.
  • 19. Querência Dos teus beijos Eu quero os melhores Cheios de amor e desejo Do teu corpo Eu quero sentir o calor Teu corpo junto ao meu O teu perfume Eu quero sentir Doce, forte e suave Você eu quero Sim, como eu quero Toda minha, toda nua, toda pura.
  • 20. Coisas de quem ama Somos tão diferentes um do outro. Eu de um mundo e ela de outro. Eu taxado de vagabundo e ela de princesa. Somos como água e óleo, não se misturam. Nossos gostos não se misturam, nossas músicas não se assemelham, em nada somos iguais. Mas é como dizem: “Os opostos se atraem”. Nós nos completamos, nos atraímos. Somos um para o outro o que ninguém foi pra nenhum de nós.
  • 21. Cavalgada Na noite adentro Dois corpos em silêncio Respirando ofegante Numa cavalgada incessante Um vai-e-vem desvairado Entre dois corpos suados Copulando demente Só o prazer mais ardente Cavalgando-a ele está Sem escrúpulos há de gozar Urrando como um louco Enchendo-a com seu líquido pastoso Nem se quer interrompeu E nos seios dela ele verteu Mordendo as pequenas aréolas Oh! Que gozo explodiu, Caindo exaustos, juntos dormiram.
  • 22. A ligação - Ei? Pode me ouvir? - Hhhhmmmm. Diga. - Eu... só queria te dizer que ainda amo você e que... Tu tu tu tu tu... - Ei? Não desliga! Por favor! - Fala, não tenho muito tempo. - Preciso de você anjo. Penso em ti todas as noites antes de dormir e a... Tu tu tu tu tu... - Anjo? Por favor, me escuta! (Silêncio) - Sei que está magoada comigo, que fui um idiota e que está me odiando. Mas eu só queria te dizer que eu te amo e sempre irei te amar. Mas, estou saindo da sua vida. Não quero mais te fazer sofrer. Adeus... - Eu também te amo seu idiota! Sempre irei te amar! Mas se você sair da minha vida, eu vou te odiar por desistir de tudo. Tu tu tu tu tu.
  • 23. Aline Menina linda que sorri por tudo Que tem a voz mansa E a pele morena Menina indecisa Cheia de dúvidas E cheia de vida Menina inteligente, Indecisa e que tudo sente Sou apaixonado por Aline.
  • 24. Hoje eu ouvi Ela só é mais uma e ela não vai ser a primeira nem a última e sua vida. Acreditar nisso é mais difícil do que parece. Por parte eu acredito, a única coisa que eu não quero é aceitar isso. Aceitar a história de que tudo o que passamos juntos foi uma história qualquer e que daqui há alguns meses estarei de mãos dadas com outra pessoa. Não aceito! Hoje eu ouvi o que não queria ouvir: a verdade. Foi como levar um gancho de direita no queixo. Fiquei desnorteado. Precisava ouvir isso. Mesmo que doesse. Mesmo que chorasse. Eu e você, uma relação que ficou no passado. Dói ter que aceitar a ideia de que você só é mais uma em minha vida. E por mais difícil que possa ser, eu procuro todos os dias me acostumar a ideia de que você não está mais aqui. Por mais que doa, por mais que eu chore, eu tenho que aprender a viver sem você e te ver como mais uma pessoa que entrou em minha vida, se tornou especial, e hoje já não se faz mais presente. Hoje eu ouvi que você está bem.
  • 25. Saudades que dói São nessas madrugadas Que a saudade mais machuca.
  • 26. Pra você ser minha Incrível como as coisas são. Quando menos esperamos, alguém entra em nossa vida, se torna especial, e quando percebemos, você já se apegou àquela pessoa e está apaixonada por ela. O pior de tudo é que você já sofreu tanto por outra pessoa que tem medo de se envolver novamente e acabar se machucando, tem medo do que possa acontecer daqui pra frente. O pior é que isso pode acontecer. Se nos deixarmos sermos levados pelo medo, nunca seremos felizes. Incrível como tudo aconteceu. Nunca imaginei conhecer alguém assim, muito menos me envolver. Quem sabe foi o momento de fragilidade que estávamos passando, ou não. Por fim aconteceu, eu me apaixonei por você quando eu não devia. Foi inevitável, eu sei. Por isso peço que fique comigo e não me abandone. Não sejas só mais um em minha vida, seja a vida desse alguém.
  • 27. Primeira vez (Núpcias) Gosto de beijos inesperados, Daqueles inevitáveis Que acontecem entre sorrisos e olhares Gosto quando me pega com força pela cintura Quando sorri e me deseja Gosto quando me abraça e me beija Gosto quando morde os meus lábios Gosto mais ainda quando me puxa para si E diz que me ama.
  • 28. Triângulo Amoroso E se um dia você começasse a gostar do mesmo garoto que sua melhor amiga, o que faria? Pensei que isso só acontece na malhação ou em um seriado infanto-juvenil qualquer que busca loucamente ganhar audiência. Mas estava enganada. Sem querer comecei a gostar do mesmo garoto que minha melhor amiga gosta. Isso é estranho. Por um lado quero lutar por esse garoto, quem sabe ele não é o príncipe que eu estava atrás. Mas por outro lado, não quero roubar ele dela, não quero magoar minha melhor amiga. Sinceramente, não sei o que fazer. Minha cabeça está confusa. Meus sentimentos estão confusos. Não posso simplesmente chega e dizer a ela “Amiga, estou gostando do mesmo garoto que você”. Ela iria ficar mal e talvez chegue a pensar que eu seja uma traíra e que estou roubando dela o garoto de quem ela gosta há muito mais tempo que eu. Não posso fazer isso. Que grande amiga eu sou. Gostar do mesmo garoto que minha melhor amiga gosta. Onde fui me meter? Poderia gostar de qualquer garoto, mas porque logo dele? Sim, eu sei que isso é errado e que nunca devia acontecer. Mas sei lá, acho que foi o sorriso dele, ou quem sabe o seu olhar. E que olhar! Que sorriso! Ah! Deus, como fui me apaixonar logo pelo mesmo garoto que minha melhor amiga gosta? Por quê? Sinceramente, não posso! Tenho que calar essa voz que grita por um beijo dele. Minha amizade vale mais que uma paixão boba. Paixão.
  • 29. A cópula (Manuel Bandeira) Primeiro, excita-me com teus beijos, Morde os meus lábios, Toca em meu corpo E acende o desejo. Depois, cavalga puxando os meus cabelos Dedilhando os meus seios, Num ritmo frenético, Num vai-e-vem energético Em êxtase gozo Após maravilhoso gozo, Satisfatório ao outro Um beijo gostoso Querendo de novo Cansado ao final do ato, Nossos corpos suados, corpos molhados Desejo fadado e trancado Desato na cama Dizendo tu que me ama.
  • 30. “Saudade é a nossa alma dizendo para onde ela quer voltar.” (Rubem Alves) Eu não posso negar, mas sinto falta de quando era eu e você. Nós. Depois que tudo acabou, o que me restou foram nossas lembranças. E mesmo não querendo, acabo por me apegar a elas. E a todo momento fico lembrando dos seus beijos, dos seus abraços, das suas carícias, das suas TPMs, de nossos momentos a cama e até de nossas discussões que sempre terminavam com beijos, mordidas e sorrisos. Não é que eu não queira seguir em frente e assim ficar me torturando com o passado. É que eu ainda gosto de você e seguir em frente é difícil, até chega a ser doloroso. Sei que é idiotice isso, mas querendo ou não eu sinto falta de você e daria tudo pra te ter novamente comigo. Juntos. Como um casal de novo. Eu sinto falta de tudo. Sinto falta de quando você me ligava e passávamos a madrugada nos falando. Sinto falta de lhe acordar com um SMS no seu celular dizendo “Bom dia meu amor”, e saber que quando lesse a mensagem iria dar um sorriso bobo. Sinto saudade de lhe encontrar e dar um abraço apertado, pois estava morrendo de saudade de você. Sinto saudade de ir à aula e receber um SMS seu dizendo “Boa aula meu amor”, contava as horas pra voltar pra casa e passar a noite ao seu lado. Sinto saudade até de sentir ciúmes de você, sempre você vinha e me dizia “Não se preocupa meu amor, sou toda sua”, só de ouvir essas palavras eu ficava mais que feliz... Hoje eu apenas posso sentir saudade.
  • 31. Destino Se for pra ser, será Não importa os prós, Nem os contras Vai dar certo Se tiver que acontecer Vai acontecer, Faça valer, Não importa como Basta querer
  • 32. Andorinha Andorinha me leve em suas asas Ou traz pra mim o verão Traz também meu amor Que do inverno fugiu Foi pro sul buscar o calor Lá também encontrou outro amor Andorinha que sozinha não faz verão Me ensine a ter uma rainha Que o verão faça ao meu lado E a noite durmamos juntinhos
  • 33. Hoje em dia - Oi - Oi - Tudo bem? - Estou bem - .................. - Tem namorado? - Não... e você? - Também não - .................. - Quer namorar comigo? - Quero? - Está bem. Já estamos namorando - ................. - Amor? - Oi amor - Amo você - Também amo você.
  • 34. Poesia que se foi Escrevi aqui meus sentimentos Cresceu, cresceu Bateu asas e voou Foi pra longe, foi.
  • 35. Chore Chore pelo jogo que seu time de coração perdeu. Chore pelo seu bichinho de estimação que morreu. Chore pelo zero que seu professor lhe deu. Chore pelo filme romântico que assistiu. Chore por tudo. Mas não chore por quem nunca te mereceu. Chore pelo seu pai ou amigo que faleceu. Chore quando seu personagem de desenho animado morrer. Chore quando da bicicleta você cair. Chore quando um não receber. Chore quando quiser chorar. Mas não chore por quem não soube te amar.
  • 36. Tua falta em mim Tentei preencher as lacunas Mas tudo o que eu escrevia Não ficava como eu queria Havia algo faltando Faltava a minha melhor parte Faltava você.
  • 37. Término II - Vai embora! Não quero lhe ver nunca mais! – gritava ela chorando inconsolavelmente. - Meu bem? Tente se acalmar, você está de cabeça quente, senta aqui. Vamos conversar? - insistia ele. - Conversar? Quantas vezes eu tentei conversar com você e você nem queria me ouvir? Quantas? Eu perdi a conta. Agora por favor vai embora! Eu não quero mais nada com você, acabou! – dizia ela limpando as lagrimas do rosto com a manga de seu suéter. - Amor? Não faz isso, não acaba com o que construímos juntos. Ainda temos muito a vi... – ela interrompe e diz: - Você acabou com nosso relacionamento. Você é o culpado por isso. - Amor, me escuta: me dê mais uma segunda chance. Todo mundo merece uma segunda chance! – ele já estava sem argumentos. Não tinha mais a que apelar. - Segunda chance? Se eu lhe der essa “segunda chance”, essa será a quinta vez das suas “segundas chances”. Não dá mais Rafa, por favor, vai embora daqui, eu não quero mais nada com você. – dizia ela com rispidez. Ele baixa sua cabeça, anda em direção a porta, abre-a e antes de sair, ele olha para trás e diz: - Eu sempre vou te amar. – ela corre para a porta e a empurra, fechando-a nas costas dele, fazendo um enorme estrondo do barulho da porta contra a parede. Ela então desliza devagar até o chão e desaba em lágrimas.
  • 38. Tudo em você Aquele seu abraço apertado, Aconchegante e apertado Esse seu corpo moreno, Sua pele macia e quente Esse seu perfume suave, Forte e marcante Que em minha mente ficou E meu coração guardou Esses seus lábios rubros Que me chamam ao pecado Esse seu olhar profundo Olhos negros que me levam a perdição Esse teu beijo... Ah esse teu beijo Que em minhas lembranças ficou E o meu coração guardou.
  • 39. Nasci no Século Errado Percebi que as coisas mudaram. O tempo passou. Tudo mudou. As pessoas mudaram. O mau gosto perpetua nesse século. Se continuar dessa forma, logo se extinguirá aquilo que um dia se chamou de cultura. Se perderão nossas essências. Os livros se acabarão. Talvez não mais saberão quem foi Machado de Assis, Cecília Meireles, Fernando Pessoa, Manuel Bandeira e outros. Esquecerão quem foi Cazuza, Renato Russo e Caetano Veloso. E os quadros de Tarsila de Amaral, Anita Malfatti? Irão se empoeirar nos museus não visitados? O que será da arte? Hoje tudo mudou. Os estilos musicais mudaram. Os textos musicais mudaram. Os textos mudaram. A cultura mudou. Dão mais valor à televisão do que um bom livro em mão. Pobre realidade. Talvez possa me acostumar com a ideia de que os tempos mudaram. Mas não me acostumei com a ideia de que eu nasci no século errado!
  • 40. Meu amor Peço-te perdão primeiramente Pela minha forma de amar Essa tempestade de sentimento Que por muitas vezes te machucam Todavia meu neném O meu amor por você Vai além dos parâmetros normais ***Daniel Brandão e Iassodhara Ramos
  • 41. Falando do Amor Não se pode falar do amor sem senti-lo. Isso é inaceitável. Sinta- o. Ame. Deixe-se levar por este sentimento que nos renova dia após dia. Amar é sentir-se bem de forma única com aquela pessoa. É querer estar ao lado dela sempre sem se enjoar. É dizer “Adeus” com o coração dizendo “Não vai não. Fica um pouco mais”. Amar é não olhar a aparência, beleza ou status social. Amar é olhar nos olhos do outro e perceber que só aquela pessoa te faz feliz verdadeiramente. Nenhuma outra mais. Amar é contar piadas sem graça e sorrir da palhaçada do outro. Amar é ser o chão do outro quando tudo está a desabar sobre ele(a). Estar ao lado dele(a) quando ninguém mais está. Amor é dizer “Eu te amo” não da boca pra fora, mas, com o coração. Amor é doação. Eu me doo a você e você se doa a mim. Ninguém sofre. Amor é depender daquela pessoa. Depois que se ama. Se tornam um só corpo, um só coração, um só sentimento. Amor é amor. Não posso tentar defini-lo ou muito menos tentar explicá-lo. Não haveria palavras para explicar o amor. No mais, amor não se explica se sente. Só sentindo o que é amor para saber sobre aquilo que tento falar.
  • 42. Good bye Foram por noites frias e afastadas De briga após briga Que meu coração ia se partindo O que sentia por você se esfriou também A escolha mais difícil eu tomei Sem olhar pra traz disse adeus De festa em festa fui tentando te esquecer A cada porre eu seguia em frente Mas então você reaparece Toda sorridente, toda meiga, toda linda Reacendendo o meu desejo por ti E agora te quero de novo.
  • 43. O Pedido - Primeiramente me responda rapaz, quais são suas intenções com minha filha? – perguntava o pai da garota. Ele pigarreia. - Querido, desse jeito você irá deixá-lo constrangido. – indagava a mãe da garota. - Querida, não fiz nada demais. Só perguntei a ele quais são suas intenções com nossa filha. – afirmava o pai da garota. Ele então toma coragem, respira fundo e diz: - Senhor, se está pensando que eu só quero ter relações sexuais com sua filha e depois desaparecer, o senhor está enganado. Eu gosto da sua filha e nunca faria isso a ela. – ele estava suando. – Sinceramente, o que eu mais quero é namorar a sua filha, mas namorar escondido não, quero que os senhores, como pais, permitam que namoremos. - E se não permitirmos? – questiona o pai em um tom amedrontador. A garota segura forte a mão dele, mostrando a ele que ela estava dando forças a ele mesmo sem interferir na conversa deles. - Se não permitirem... se não permitirem eu irei me afastar de sua filha, pois não quero que ela minta para os senhores, nem que ela seja prejudicada por um relacionamento que não tenha o consentimento dos senhores. – ele responde em seguida sorrindo para a garota. Os pais da garota se entreolham e sorriem entre si. Então novamente o pai da garota pergunta: - Quais suas intenções com minha filha?
  • 44. Poesia, poesia e mais poesia...
  • 45. Pôr do sol Sol que ilumina meu amor Que traz cor a minha vida Nesse dia que já anuncia despedida Amanhã traga de volta o seu calor.
  • 46. Incógnitas Tudo na vida tem um porque Podemos de início até não entender Mas o mistério logo vai se resolver É só uma questão de tempo, Basta esperar Uma hora ou outra o que esperamos Irá se revelar.
  • 47. Sexologia Um ato sublime Entre homem e mulher Gozando da vida Como bem quer Que prazer imenso É ele estar nela Cavalgando em suas ancas Entrar e sair Explodo em transe Num misto prazer Corpos suados Todos a desfalecer.
  • 48. Tudo o que escrevi Não consigo compor algo bonito Que venha da alma e seja mais alto que um grito Tudo o que escrevo vem com uma gota de saudade Numa xícara de lembranças Com o aroma de felicidade.
  • 49. Estrela cadente No céu brilhou cadente Toda linda e reluzente Um desejo te pedi Que a felicidade viesse a mim.
  • 50. O amor O amor é assim: Chega de mansinho, sem perceber Às vezes, como uma surpresa Ou então, como uma bomba Quando não, avisa Mas não deixa de vim Só vem, se vem, não vem Chegou!
  • 51. A banca 7kg de amor próprio 3l de felicidade 4 xícaras de chá de independência 1 punhado de vergonha 600g de atitude Comprado os ingredientes Farei a receita que me indicaram “Deixar de sofrer e seguir em frente”.
  • 52. How I love you! Como eu te amo... Eu te amo como nunca amei alguém antes Incontestavelmente, Esta é a primeira vez que amo alguém assim Como eu te amo... Eu te amo como numa noite estrelada Que mesmo que eu tente contar as estrelas, Nunca hei de terminar Ah! Como eu te amo! Eu te amo porque te amo Porque necessito te amar Porque eu te amo!
  • 53. Ardor, a dor Você respira fundo Pois sabe que se deixar cair uma lágrima Não irá mais conseguir parar Então a única opção que resta é aguentar a dor e fingir que está tudo bem Mas no fundo não está Você está desmoronando por dentro, Em cacos Mas tem que ser forte, afinal, se chorar, não parará mais.
  • 54. O homem que amei O homem que amei me beijava com volúpia Arrepiava-me ao sentir sua barba mal aparada E me balbuciava palavras de amor em meus ouvidos Beijava meu corpo e mordiscava minha pele Tirava minhas roupas e me levava pra cama Fazia amor comigo, era a sua dama na sua cama Me levava ao banho carregada em seus braços Ensaboava me toda e me enxaguava Vestia minhas roupas, de mim zelava, de mim cuidava, Eu o amava O homem que eu amei partiu sem dizer nada, Nem olhou para trás Nem nada.
  • 55. O que seria de nós sem o amor? O que seria de nós sem o amor? Vejo pessoas dizendo que o amor não vale nada Mal sabem elas, Que é o amor salva várias pessoas Vejo pessoas desacreditadas no amor Que já sofreram tantos por pessoas erradas Que desistiram de amar Hoje vivem a se lamentar Por um lado, certas elas estão, uma hora cansamos de tanto apanhar que enfim desistimos de lutar O que seria de nós sem o amor? Sinceramente eu não sei, Só sei que o amor pode salvar vidas. ***Daniel Brandão e Raissa Machado
  • 56. A vida Um brinde a vida Aos bons e maus momentos A saúde e a doença Ao amor e a paixão Um brinde aos homens Um brinde as mulheres Um brinde a família, ao pai, a mãe e aos filhos Estes são nossa herança Um brinde a educação, ao professor, ao aluno, a merendeira e ao faxineiro Um brinde mais ainda, a tia da cantina As festas, aos eventos e aos shows Um brinde a Deus, a Buda ou Alá Seja quem for que esteja lá em cima: um brinde a vida Um brinde a comida De todas as culturas e todas as iguarias Um brinde ao dinheiro, ao cartão de crédito e de débito Mas ainda, a nossa sociedade capitalista Um brinde as bebidas, as cervejas, as vodcas e aos vinhos Sem elas não haveria esse brinde Só brinde, beba, tome um porre, comemore a vida.
  • 57. Canção de despedida Eu nunca desejei tanto alguém Como desejo você Eu nunca quis tanto um sorriso Como eu quero o seu A questão é: não sou eu nem você Mas por você e com você Estou disposto a lutar por nossa felicidade Não por precisar seguir em frente Mas por querer seguir em frente Não por querer lhe iludir Mas por você estou disposto a ir até o fim A questão é: vamos fazer valer a pena?
  • 58. Tudo ou nada Dar-me tu uma chance E em troca te darei a felicidade Prometo estar ao teu lado sempre Não importa o momento E farei do teu sorriso a minha inspiração E dos teus braços a minha fortaleza Não importa como, quando e onde Você será a minha alegria E eu serei teu... Só peço que me chame por “meu” Dar-me tu uma chance Pois o que eu mais quero É te ver feliz, te fazer feliz Dar-me tu uma chance?
  • 59. Desejos abstratos Hei de balbuciar lhe palavras de amor Enquanto mordisco sua nuca Eriçando seus pelos Arrepiando sua pele Quão doces são teus lábios Quão excitante é lhe ter Toda minha, toda linda E de repente, o gozo explode.
  • 60. Odeio Eu admito: Amo você e me odeio por isso Me atirei aos seus braços, ao infinito E teus lábios, com um beijo conquistei Odeio você por ter brincado comigo De mim usou e os meus carinhos usurpou Amei por nós dois e fui teu ombro amigo Depois que se foi, nada restou Deixaste apenas um coração magoado Com medo de amar novamente Medo de se perder loucamente Totalmente quebrado, com seus cacos jogados.
  • 61. Nua Desejo possuir-te por inteira Beijar cada parte de seu corpo Tatear lhe as ancas E de ti seus suspiros arrancar. Tirar lhe hei suas roupas E comtemplar sua castidade nua, Num singelo ato de amor e desejo Hei de possuir-te, agarrar-te, beijar-te e consumar o ato.
  • 62. Minha avó Maria Que saudades de minha vózinha Maria Dona de casa velhinha, Baixinha de 1.50m, Que sempre me recebia com um sorriso e um abraço caloroso Que aos domingos ia comigo a igreja orar ao Pai Nosso que está no céu Mesmo velhinha me levava para passear E a noite me colocava na cama pra sonhar Nas segundas me despedia com aquela frase: “Bênção vó?” E ela no portão respondia: “Deus te abençoe”.
  • 63. O autor Daniel Silva Brandão, 18, é escritor, poeta, cronista, fotógrafo, blogueiro, graduando do Curso de Licenciatura em Pedagogia na Universidade Federal do Amazonas. É Natural de Parintins (AM).