06 Expansão Territorial - Damilson Santos

984 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
984
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

06 Expansão Territorial - Damilson Santos

  1. 1. BRASIL COLÔNIA (1500- 1822) Profº Damilson Santos
  2. 2. EXPANSÃO TERRITORIAL Além de Tordesilhas
  3. 3. EXPANSÃO TERRITORIAL Prof. Damilson
  4. 4. EXPANSÃO TERRITORIAL  NE:  Pecuária  NO:  Drogas do Sertão  SUL:  Apresamento de índios Prof. Damilson
  5. 5. SERTÃO NORDESTINO: O GADO  Criação de gado:  Alvará de 1701;  Povoação do sertão nordestino;  Pecuária: voltada para o mercado interno;  Mão de obra: ?  Sertão de dentro (BA)  Sertão de fora (PE) Prof. Damilson
  6. 6. SERTÃO NORDESTINO: O GADO Prof. Damilson
  7. 7. REGIÃO NORTE: DROGAS DO SERTÃO  As especiarias brasileiras:  Cravo-do-maranhão, canela, castanha-do-pará, cacau, urucum, tabaco, essências para perfume, resinas e ervas.  Empreendimento jesuítico => índio;  Ocupação militar:  Fundação de Belém (1615). Prof. Damilson
  8. 8. O BANDEIRANTISMO Prof. Damilson Domingos Jorge Velho Trajetórias das principais bandeiras
  9. 9. O BANDEIRANTISMO  Entradas e monções:  Expedições exploradoras.  Tipos de bandeiras:  Apresamento: caça ao índio e escravo fugido;  Sertanismo de contrato: destruição de quilombos;  Prospector: busca de metais preciosos. Prof. Damilson
  10. 10. O BANDEIRANTISMO  Importância histórica:  Alargamento informal das fronteiras;  Ataque/destruição de missões no sul e na região amazônica.  O mito Prof. Damilson
  11. 11. REGIÃO CENTRO-OESTE  Ocupação das Minas Gerais e Centro-Oeste:  1693: Ant. Rodrigues Arzão:  Primeira descoberta oficial de ouro.  Transformações econômicas e sociais:  Surgimento de um mercado interno;  Inflação no preço de produtos e escravos;  Crescimento populacional;  Corrida do ouro. Prof. Damilson
  12. 12. REGIÃO CENTRO-OESTE  Controle fiscal  Intendência das minas (1702)  Limite à entrada de pessoas  Impostos: quinto, captação e derrama  Formas de exploração:  Datas, Lavras e faiscação  Contrabando nas minas Prof. Damilson
  13. 13. REGIÃO CENTRO-OESTE  Aspectos sociais:  Maior mobilidade social e mais miscigenada;  Sociedade pobre, urbana e interiorana.  As artes em Minas Prof. Damilson
  14. 14. REGIÃO CENTRO-SUL  Fundação da Colônia do Sacramento (1680)  Pressão inglesa, foz do prata  Contrabando do ouro espanhol Prof. Damilson
  15. 15. TRATADOS DE LIMITES  Tratado de Ultrech (1715)  Tratado de Madri (1750)  Alexandre de Gusmão:  “Uti possidetis, ita possideatis”  Colônia do Sacramento => ESP  Sete Povos das Missões => POR  Guerra Guaranítica Prof. Damilson
  16. 16. TRATADOS DE LIMITES  Tratado do Pardo (1761)  Tratado de Santo Ildefonso (1777)  Tratado de Badajós (1801) Prof. Damilson
  17. 17. EXPANSÃO TERRITORIAL Prof. Damilson
  18. 18. APROFUNDAMENTO Sugestões de leituras específicas e dicas de filmes, documentários, seriados e vídeos sobre as temáticas trabalhadas. Prof. Damilson
  19. 19. LEITURAS  ABREU, Capistrano de. Capítulos de história colonial (1500-1800). 4ª ed. Rio de Janeiro: Briguiet, 1954.  BOXER, Ch. Os holandeses no Brasil (1957). São Paulo: Cia. Editora Nacional, 1961.  MELLO, E. C. de. Olinda restaurada (1975). 2ª ed. Rio de Janeiro: Topbooks, 1998.  MELLO, E. C. de. Rubro Veio. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986.  PUNTONE, Pedro. Guerras do Brasil (1504-1654). São Paulo: Brasiliense, 1992.  SILVA, Luis G. O Brasil dos holandeses. São Paulo: Atual, 2003.  VARNHAGEN, F. A. de. História das lutas com os holandeses no Brasil desde 1624 a 1654. Lisboa, 1872.  YAZBEK, Mustafa. Os bandeirantes. São Paulo: Ática, 2008. Prof. Damilson
  20. 20. FILMES  República guarani  Brasil, documentário, 100 mim, CIC Vídeo. Dir.: Sylvio Back.  Do início do século XIX até serem expulsos, em 1767, os jesuítas implementaram na América do Sul um amplo projeto de catequese, mas também de exploração da mão-de-obra dos povos nativos. Por meio de núcleos – as missões, para os portugueses, ou reduções, para os espanhóis –, estabeleceram com os indígenas um tipo de relação polêmica, ora visto como integração, ora como genocídio cultural.  A Missão  Inglaterra, 1986, 126 mim. Dir.: Roland Joffé.  No final do século VXIII, os jesuítas vão às missões buscando catequizar os índios da América do Sul. Amo mesmo tempo em que organizam sociedade indígenas pacificas, têm de enfrentar mercenários que buscam por escravos e riquezas. Prof. Damilson
  21. 21. D. Sebastião, Rei de Portugal. Louco, sim, louco, porque quis grandeza Qual a Sorte a não dá. Não coube em mim certeza: Por isso onde o areal está Minha loucura, outros que me a tomem Com o que nela ia. Sem a loucura que é o homem Mais que a besta sadia, Cadáver adiado que procria? Fernando Pessoa A UNIÃO IBÉRICA (1580-1640)

×