RIDEF 2012     ENCONTRO INTERNACIONAL DEEDUCADORES FREINET        • PROF. EDINÉIA APARECIDA BLUM           • PROF. LINDAMI...
NA CESTARIA: AS TRAMAS DA          DIVERSIDADEA proposta de apresentar experiências artesanaisem cestaria com papel de rev...
CORTAR A FOLHA NA MEDIDA
2ª                                    ETAPAPREPARAR OS PALITOS, COM PAPEL DE
3ªETAPA        A LI ZASO CI        R
4ª ETAPASEMPRE MOTIVAR O GRUPO DE
5ª ETAPACOMEMORAR    OSRESULTADOS
6ªETAPA   REGISTRAR OS         TRABALHOS
6ªETAPA• Com a apresentação e reconhecimento deste  trabalho, o evento tornou-se muito importante  para nós, ao comprovarm...
Na cestaria: As tramas da diversidade
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Na cestaria: As tramas da diversidade

216 visualizações

Publicada em

O trabalho busca socializar momentos de práticas educacionais com alunos especiais, visando oportunizar-lhes novos conhecimentos com objetivo de profissionalização e inserção no mercado de trabalho.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
216
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Na cestaria: As tramas da diversidade

  1. 1. RIDEF 2012 ENCONTRO INTERNACIONAL DEEDUCADORES FREINET • PROF. EDINÉIA APARECIDA BLUM • PROF. LINDAMIR KOROVISKI
  2. 2. NA CESTARIA: AS TRAMAS DA DIVERSIDADEA proposta de apresentar experiências artesanaisem cestaria com papel de revistas tem comoreferencial práticas educadoras desenvolvidas emsala de aula de uma Escola de Educação Especial,em Ponta Grossa,/ Paraná,/ BR. Compreendendo aexistência e cumprimento de seu papel, busca-senos princípios de Freinet, o suporte paraimplementar e manter atividades diversificadas queenvolvam as subjetividades, habilidades ecompetências de alunos que apresentam déficitintelectual. Ecologia, sustentabilidade,cooperativismo e equidade são os eixos da proposta
  3. 3. CORTAR A FOLHA NA MEDIDA
  4. 4. 2ª ETAPAPREPARAR OS PALITOS, COM PAPEL DE
  5. 5. 3ªETAPA A LI ZASO CI R
  6. 6. 4ª ETAPASEMPRE MOTIVAR O GRUPO DE
  7. 7. 5ª ETAPACOMEMORAR OSRESULTADOS
  8. 8. 6ªETAPA REGISTRAR OS TRABALHOS
  9. 9. 6ªETAPA• Com a apresentação e reconhecimento deste trabalho, o evento tornou-se muito importante para nós, ao comprovarmos, que, ao rompermos com o enquadramento de uma sala de aula e ousarmos levar nosso atelier, para o saguão do evento, disponibilizamos novos conhecimentos para quem tinha sede de aprender, pois, todos aqueles que, ao passar pelo saguão se interessavam, paravam e internacionalizavam um novo conhecimento, foi então que vivenciamos os princípios de Freinet da Cooperação, Comunicação, Documentação e da Afetividade.

×