Todavia Deus escolhera a Israel. Ele o chamara paraconservar entre os homens o conhecimento de Sua lei, e dossímbolos e pr...
Chamou Deus Sua igreja hoje, como chamara oantigo Israel, a fim de erguer-se como luz na Terra.Pela poderosa espada da ver...
O Senhor chamou Seu povo Israel e separou-os domundo a fim de poder-lhes confiar um sagradolegado. Fê-los depositários de ...
Os adventistas do sétimo dia foram escolhidos por Deus comoum povo peculiar, separado do mundo. Com a grandetalhadeira da ...
Israel, porém, não cumpriu o propósito de Deus. O Senhordeclarou: "Eu mesmo te plantei como vide excelente, umasemente int...
O Senhor plantou Sua igreja como uma vinha em campo fértil.Com o mais terno cuidado Ele a cultivou, para que produzissefru...
Os líderes judeus imaginavam-se demasiado sábios paranecessitar de instrução, demasiado justos para necessitarde salvação ...
Mas em vez de desenvolver esses dons e avançar rumo daperfeição, ela volveu atrás daquilo que alcançara em suaexperiência ...
Não obstante haver Israel falhado como nação, havia entreeles um considerável remanescente em condições de seremsalvos. Ao...
Quem pode sinceramente dizer: "Nosso ouro é provado nofogo; nossas vestes estão incontaminadas do mundo"? Eu vinosso Instr...
O convite para o banquete foi dado primeiramente ao povojudeu, ao povo que fora escolhido para ser professor e guiaentre o...
Muitos que se chamam cristãos são meros moralistashumanos. Recusaram a dádiva que, somente, podiahabilitá-los para honrar ...
A hora de esperança e perdão passava-se rapidamente; ataça da ira de Deus, por tanto tempo adiada, estava quasecheia. As n...
Encho-me de tristeza quando penso em nossa condiçãocomo um povo. O Senhor não nos cerrou o Céu, mas nossopróprio procedime...
Mais tarde os servos foram enviados com a mensagem: "Eis quetenho o meu jantar preparado, os meus bois e cevados já mortos...
O olhar de Jesus, estendendo-se através dos séculos, fixou-se em nosso tempo ao dizer Ele: "Ah! se tu conhecessestambém, a...
Então, disse o anjo: "Ele firmará um concerto com muitos por umasemana [sete anos]." Durante sete anos depois de começar o...
Não tenho uma mensagem suave a dar aos que por tanto tempotêm sido como que falsos sinaleiros, apontando na direçãoerrada....
Eu sou a Videira verdadeira, e Meu Pai é o Lavrador." João15:1. Nos montes da Palestina plantou nosso Pai celestialesta bo...
Quando Cristo veio, apresentando à nação asreivindicações de Deus, os sacerdotes e anciãos Lhenegaram o direito de Se inte...
Devido à incredulidade e à rejeição do propósito do Céupara eles, Israel como nação perdera sua ligação comDeus. Mas os ra...
Os mensageiros de Deus vêm a nós sob as ordens do Mestre.Vêm, como Cristo o fez, requerendo obediência à Palavra deDeus. A...
Permanecerão desatendidas as advertências divinas?Continuarão desaproveitadas as oportunidades para oserviço? Serão os pro...
As palavras de Deus ao antigo Israel encerram umaadvertência solene para a igreja moderna e seusguias. De Israel, diz o Se...
A igreja é igual a arvore infrutífera ... Na qual a investigação divinanão encontrou nada senão folhas. Solene pensamento ...
Muitos há, cujos nomes estão nos livros da igreja, mas não sobo governo de Cristo. Não Lhe ouvem as instruções, nem fazemS...
Na parábola da vinha foram os lavradores queCristo declarou culpados. Foram eles querecusaram devolver a seu Senhor o frut...
Membros da igreja que viram a luz e se convenceram, mas confiaram asalvação de sua alma ao pastor, no dia de Deus ficarão ...
“Quando uma igreja demonstra ser infiel à Palavra doSenhor, seja qual for sua posição e por mais elevada esagrada que seja...
A crise aproxima-se rapidamente. Quase é vindo o tempo da visitaçãode Deus. Conquanto Lhe repugne castigar, não obstante c...
O dia da vingança de Deus está precisamente diante de nós.O selo de Deus será colocado somente na testa daqueles quesuspir...
1º CONVITE1º CONVITE 2º CONVITE2º CONVITE 3º CONVITE3º CONVITE457Decreto parareedificar otemploJoão BatistaNo desertoprega...
Paralelo israel versus igreja
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Paralelo israel versus igreja

486 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
486
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Paralelo israel versus igreja

  1. 1. Todavia Deus escolhera a Israel. Ele o chamara paraconservar entre os homens o conhecimento de Sua lei, e dossímbolos e profecias que apontavam ao Salvador. Desejavaque fosse como fonte de salvação para o mundo. O queAbraão fora na terra de sua peregrinação, o que fora Joséno Egito e Daniel nas cortes de Babilônia, devia ser o povohebreu entre as nações. Cumpria-lhe revelar Deus aoshomens.Na vocação de Abraão, Deus dissera: "Abençoar-te-ei, ... etu serás uma bênção ... e em ti serão benditas todas asfamílias da Terra." Gên. 12:2 e 3. O mesmo ensino foirepetido pelos profetas.†Desejado de Todas As Nações, 23
  2. 2. Chamou Deus Sua igreja hoje, como chamara oantigo Israel, a fim de erguer-se como luz na Terra.Pela poderosa espada da verdade, as mensagensdo primeiro, segundo e terceiro anjos, separou-osdas igrejas e do mundo para trazê-los a uma santaproximidade dele. Fê-los depositários de Sua lei, econfiou-lhes as grandes verdades da profecia paraeste tempo. Como as Santas Escrituras confiadasao antigo Israel, estas são um sagrado depósito aser comunicado ao mundo.Testemunhos Seletos Vol. 2, 156
  3. 3. O Senhor chamou Seu povo Israel e separou-os domundo a fim de poder-lhes confiar um sagradolegado. Fê-los depositários de Sua lei, e era Seudesígnio conservar por meio deles entre os homenso conhecimento de Deus. Por eles devia a luz doCéu brilhar até aos lugares mais escuros da Terra,e fazer-se ouvir uma voz chamando todos os povosa se voltarem da idolatria para servirem ao Deusvivo e verdadeiro.†Testemunhos Seletos, Vol. 2, 155
  4. 4. Os adventistas do sétimo dia foram escolhidos por Deus comoum povo peculiar, separado do mundo. Com a grandetalhadeira da verdade Ele os cortou da pedreira do mundo, eos ligou a Si. Tornou-os representantes Seus, e os chamoupara serem embaixadores Seus na derradeira obra desalvação. O maior tesouro da verdade já confiado a mortais,as mais solenes e terríveis advertências que Deus já enviouaos homens, foram confiadas a este povo, a fim de seremtransmitidas ao mundo; e na realização dessa obra nossascasas publicadoras se encontram entre os mais eficientesmeios.Testemunhos Seletos Vol. 3, 140
  5. 5. Israel, porém, não cumpriu o propósito de Deus. O Senhordeclarou: "Eu mesmo te plantei como vide excelente, umasemente inteiramente fiel; como, pois, te tornaste para Mim umaplanta degenerada, de vide estranha?" Jer. 2:21. "Israel é umavide frondosa; dá fruto para si mesmo." Osé. 10:1. "Agora, pois, ómoradores de Jerusalém e homens de Judá, julgai, vos peço,entre Mim e a Minha vinha. Que mais se podia fazer à Minhavinha, que Eu lhe não tenha feito? E como, esperando Eu quedesse uvas boas, veio a produzir uvas bravas? Agora, pois, vosfarei saber o que Eu hei de fazer à Minha vinha: tirarei a sua sebe,para que sirva de pasto; derribarei a sua parede, para que sejapisada; e a tornarei em deserto; não será podada, nem cavada;mas crescerão nela sarças e espinheiros; e às nuvens dareiordem que não derramem chuva sobre ela. Porque... esperouque exercessem juízo, e eis aqui opressão; justiça, e eis aquiclamor." Isa. 5:3-7.Parábolas de Jesus, 290
  6. 6. O Senhor plantou Sua igreja como uma vinha em campo fértil.Com o mais terno cuidado Ele a cultivou, para que produzissefrutos de justiça. Sua linguagem é: "Que mais se podia fazer àMinha vinha, que Eu lhe não tenha feito?" Mas essa vinha,plantada por Deus, inclinou-se para a terra e prendeu suasgavinhas em volta de suportes humanos. Seus ramos seestendem por toda a parte, mas produz frutos de uma videiradegenerada. O Senhor da vinha declara: "Esperando Eu quedesse uvas, veio a produzir uvas bravas." Isa. 5:4.O Senhor concedeu grandes bênçãos a Sua igreja. A justiçaexige que ela devolva esses talentos com juros. Comoaumentaram os tesouros da verdade confiados a sua guarda,aumentaram também suas obrigações. Mas em vez dedesenvolver esses dons e avançar rumo da perfeição, elavolveu atrás daquilo que alcançara em sua experiênciaanterior.Testemunhos Seletos Vol. 2, 81
  7. 7. Os líderes judeus imaginavam-se demasiado sábios paranecessitar de instrução, demasiado justos para necessitarde salvação e demasiado honrados para necessitar dahonra que vem de Cristo. O Salvador afastou-Se deles paraoutorgar a outros os privilégios de que tinham abusado e aobra que haviam negligenciado. A glória de Deus tinha deser revelada e Sua Palavra confirmada. O reino de Cristotinha de ser estabelecido no mundo. A salvação de Deustinha que se tornar conhecida nas cidades do deserto; e osdiscípulos foram chamados para fazer a obra que os líderesjudaicos deixaram de fazer.Atos dos Apóstolos, pág. 16
  8. 8. Mas em vez de desenvolver esses dons e avançar rumo daperfeição, ela volveu atrás daquilo que alcançara em suaexperiência anterior. A mudança em seu estado espiritualprocessou-se gradualmente, e quase imperceptivelmente. Aocomeçar a buscar o louvor e amizade do mundo, sua fédiminuiu, seu zelo acabou, sua fervorosa devoção cedeu lugarà formalidade morta. Cada passo rumo do mundo, foi um passopara mais longe de Deus. À medida que o orgulho e ambiçãomundana foram acariciados, afastou-se o espírito de Cristo einsinuaram-se a rivalidade, dissensão e luta, para desviar eenfraquecer a igreja.Testemunho Seletos, Vol. 1, Pag 81
  9. 9. Não obstante haver Israel falhado como nação, havia entreeles um considerável remanescente em condições de seremsalvos. Ao tempo do advento do Salvador, houve homens emulheres fiéis que receberam com alegria a mensagem deJoão Batista, e foram assim levados a estudar de novo asprofecias referentes ao Messias. Quando a igreja cristãprimitiva foi fundada, foi ela composta desses fiéis judeusque reconheceram Jesus de Nazaré como Aquele cujoadvento haviam almejado. É a este remanescente que Paulose refere quando escreve: "E, se as primícias são santas,também a massa o é; se a raiz é santa, também os ramos osão.“Atos dos Apóstolos, págs. 376-1377
  10. 10. Quem pode sinceramente dizer: "Nosso ouro é provado nofogo; nossas vestes estão incontaminadas do mundo"? Eu vinosso Instrutor apontando para as vestes da chamadajustiça. Tirando-as, pôs a descoberta a corrupção queestava por debaixo. Disse-me Ele, então: "Não vê como elespretensiosamente encobriam seu depravamento ecorrupção do caráter? Como se fez prostituta a cidade fiel!Isa. 1:21. A casa de Meu Pai é feita casa de comércio, umlugar de onde partiram a presença e glória divinas! Por essemotivo é que há fraqueza, e falta de força.“Testemunhos Seletos, Vol. 3, Pag 254
  11. 11. O convite para o banquete foi dado primeiramente ao povojudeu, ao povo que fora escolhido para ser professor e guiaentre os homens, ao povo em cujas mãos estavam osescritos proféticos que prediziam o advento de Cristo, e aquem fora confiado o serviço simbólico que prefiguravaSua missão. Tivessem os sacerdotes e o povo atendido aoconvite, ter-se-iam unido aos mensageiros de Cristo paraestender ao mundo o convite evangélico. A verdade foi-lhesenviada para que a comunicassem a outros. Escusando-seao convite, foi este enviado aos pobres, aleijados, mancose cegos. Publicanos e pecadores aceitaram o convite.Parábolas de Jesus, Pag 229
  12. 12. Muitos que se chamam cristãos são meros moralistashumanos. Recusaram a dádiva que, somente, podiahabilitá-los para honrar a Cristo com representá-Lo aomundo. A obra do Espírito Santo lhes é estranha. Não sãopraticantes da Palavra. Os princípios celestes quedistinguem os que são um com Cristo dos que se unem aomundo, tornaram-se quase indistintos. Os professosseguidores de Cristo não são mais um povo separado epeculiar. A linha de demarcação é imperceptível. O povoestá-se subordinando ao mundo, às suas práticas,costumes e egoísmos. A igreja passou para o mundo,transgredindo a lei, quando o mundo devia passar para aigreja na obediência da mesma. Diariamente a igreja seestá convertendo ao mundo.Parábolas de Jesus, págs. 315 e 316.
  13. 13. A hora de esperança e perdão passava-se rapidamente; ataça da ira de Deus, por tanto tempo adiada, estava quasecheia. As nuvens que haviam estado a acumular-se duranteséculos de apostasia e rebelião, ora enegrecidas decalamidades, estavam prestes a desabar sobre um povocriminoso; e Aquele que unicamente os poderia salvar dacondenação iminente, fora menosprezado, injuriado,rejeitado e seria logo crucificado. Quando Cristo estivessesuspenso da cruz do Calvário, teria terminado o tempo deIsrael como nação favorecida e abençoada por Deus.O Grande Conflito, Págs. 17-18
  14. 14. Encho-me de tristeza quando penso em nossa condiçãocomo um povo. O Senhor não nos cerrou o Céu, mas nossopróprio procedimento de constante apostasia nos separoude Deus. O orgulho, a cobiça e o amor do mundo têmhabitado no coração, sem temor de ser banidos oucondenados. Pecados graves e presunçosos têm habitadoentre nós. E no entanto, a opinião geral é que a igreja estáflorescendo, e que paz e prosperidade espiritual seencontram em todas as suas fronteiras. A igreja deixou deseguir a Cristo, seu Guia, e está constantementeretrocedendo rumo ao Egito. Todavia, poucos ficamalarmados ou atônitos com sua falta de poder espiritual.Dúvidas e mesmo descrença dos testemunhos do Espíritode Deus estão levedando nossas igrejas por toda parte.Satanás assim o deseja.Testimonies, vol. 5, pág. 217.
  15. 15. Mais tarde os servos foram enviados com a mensagem: "Eis quetenho o meu jantar preparado, os meus bois e cevados já mortos, etudo já pronto; vinde às bodas." Mat. 22:4. Esta foi a mensagemlevada à nação judaica depois da crucifixão de Cristo; mas a nação,que se arrogava de ser o povo peculiar de Deus, rejeitou oevangelho a eles levado no poder do Espírito Santo. Muitos fizeramisso da maneira mais insolente. Outros ficaram tão exasperadoscom o oferecimento da salvação, e perdão por terem rejeitado oSenhor da glória, que se voltaram contra os mensageiros. Houve"uma grande perseguição". Atos 8:1. Muitos homens e mulheresforam lançados na prisão, e alguns dos portadores da mensagemdo Senhor, como Estêvão e Tiago, foram mortos.Assim o povo judeu selou sua rejeição da misericórdia de Deus. Oresultado foi predito por Cristo na parábola. O rei enviou "os seusexércitos, destruiu aqueles homicidas, e incendiou a sua cidade".Mat. 22:7. O juízo pronunciado atingiu os judeus na destruição deJerusalém e na dispersão do povo.Parabolas de Jesus, 308
  16. 16. O olhar de Jesus, estendendo-se através dos séculos, fixou-se em nosso tempo ao dizer Ele: "Ah! se tu conhecessestambém, ao menos neste teu dia, o que à tua paz pertence!Luc. 19:42. Ainda é teu dia, ó igreja de Deus, a quem Eletornou a depositária de Sua lei. Esse dia de confiança eprovação está chegando ao fim. O Sol está declinandorapidamente. Dar-se-á o caso de que ele se ponha e que nãosaibas "o que à tua paz pertence"? Luc. 19:42. Terá de serproferida a irrevogável sentença: "Mas, agora, isso estáencoberto aos teus olhos"? Luc. 19:42.Carta B-58, 1887.
  17. 17. Então, disse o anjo: "Ele firmará um concerto com muitos por umasemana [sete anos]." Durante sete anos depois de começar oSalvador Seu ministério, o evangelho devia ser pregadoespecialmente aos judeus; três anos e meio, pelo próprio Cristo, edepois, pelos apóstolos. "Na metade da semana fará cessar osacrifício e a oferta de manjares." Dan. 9:27. Na primavera de 31d.C., Cristo, o verdadeiro sacrifício, foi oferecido no Calvário.Então o véu do templo se rasgou em dois, mostrando que asantidade e significação do serviço sacrifical desapareceram.Chegara o tempo de cessar o sacrifício terrestre e a oblação.Parábolas de Jesus, pág. 211As setenta semanas, ou 490 anos, especialmente conferidas aosjudeus, terminaram, como vimos, no ano 34. Naquele tempo, peloato do sinédrio judaico, a nação selou sua recusa do evangelho,pelo martírio de Estêvão e perseguição aos seguidores de Cristo.O Grande Conflito, pág. 328
  18. 18. Não tenho uma mensagem suave a dar aos que por tanto tempotêm sido como que falsos sinaleiros, apontando na direçãoerrada. Se rejeitardes os mensageiros delegados por Cristo,rejeitais a Cristo. Negligenciai essa grande salvaçãoconservada diante de vós durante anos, desprezai essagloriosa oferta de justificação pelo sangue de Cristo, e asantificação pelo poder purificador do Espírito Santo, e nãorestará mais sacrifício pelos pecados, mas uma certaexpectação horrível de juízo e ardente indignação.Suplico-vos, agora, que vos humilheis e deixeis a vossaobstinada resistência à luz e à evidência. Dizei ao Senhor:"Minhas iniqüidades têm feito separação entre mim e o meuDeus. Ó, Senhor, perdoa as minhas transgressões. Apaga osmeus pecados do livro das Tuas memórias." Louvai o Seu santonome, nEle há perdão, e podeis ser convertidos,transformados.Testemunho Para Ministros, págs. 97-98
  19. 19. Eu sou a Videira verdadeira, e Meu Pai é o Lavrador." João15:1. Nos montes da Palestina plantou nosso Pai celestialesta boa Videira, e Ele próprio era o Lavrador. Muitos foramatraídos pela beleza dessa Videira, reconhecendo-Lhe aorigem celeste. Mas aos guias de Israel Ele parecia comouma raiz de terra seca. Tomaram a planta e esmagaram-na,pisando-a sob os pés profanos. Sua idéia era destruí-la parasempre. Mas o celeste Lavrador nunca perdeu de vista a Suaplanta. Quando os homens pensavam que a tinham matado,Ele a tomou e plantou-a do outro lado do muro. O tronco nãomais devia ser visível. Estava oculto dos cruéis assaltos doshomens. Mas os ramos da Videira pendiam por sobre omuro. Eles a deviam representar. Por meio deles ainda sepoderiam unir enxertos à Videira. Destes se obtiveramfrutos. Houve uma colheita, da qual aproveitaram ostranseuntes.“O Desejado de Todas as Nações, pág. 675
  20. 20. Quando Cristo veio, apresentando à nação asreivindicações de Deus, os sacerdotes e anciãos Lhenegaram o direito de Se interpor entre eles e o povo. NãoLhe quiseram aceitar as reprovações e advertências, epropuseram-se a contra Ele instigar o povo e conseguir Suamorte.Eram responsáveis pela rejeição de Cristo e os resultadosque se seguiram. O pecado e a ruína de todo o povo foramdevidos aos guias religiosos.Em nossos dias não operam as mesmas influências? Dentreos lavradores da vinha do Senhor não estão muitos seguindoos passos dos guias judeus? Não estão mestres religiososdesviando os homens dos claros reclamos da Palavra deDeus?Parábolas de Jesus, Pag 304
  21. 21. Devido à incredulidade e à rejeição do propósito do Céupara eles, Israel como nação perdera sua ligação comDeus. Mas os ramos que haviam sido cortados do tronco,Deus podia ligar ao verdadeiro tronco de Israel - oremanescente que havia permanecido fiel ao Deus de seuspais. "E também eles", declara o apóstolo, falando dosramos cortados, "se não permanecerem na incredulidade,serão enxertados; porque poderoso é Deus para os tornar aenxertar." "Se tu", escreve aos gentios, "foste cortado donatural zambujeiro, e contra a natureza, enxertada na boaoliveira, quanto mais esses, que são naturais, serãoenxertados na sua própria oliveira!Atos dos Apostolos, Págs. 377-378
  22. 22. Os mensageiros de Deus vêm a nós sob as ordens do Mestre.Vêm, como Cristo o fez, requerendo obediência à Palavra deDeus. Apresenta Ele Seus direitos aos frutos da vinha, os frutosde amor, humildade e serviço abnegado. Como os guias judeus,não são incitados à ira muitos dos lavradores da vinha? Quandosão expostas ao povo as reivindicações da lei de Deus, nãousam esses mestres sua influência para induzir os homens arejeitá-la? A tais mestres Deus chama servos infiéis.As palavras de Deus ao antigo Israel encerram uma advertênciasolene para a igreja moderna e seus guias.Parábolas de Jesus, pág. 306A mesma desobediência e o mesmo fracasso observados naigreja judaica têm caracterizado em maior grau o povo querecebeu esta grande luz do Céu através das últimas mensagensde advertência. Deixaremos que a história de Israel se repita emnossa experiência?Testemunhos Seletos, Vol. 2, Pag 157
  23. 23. Permanecerão desatendidas as advertências divinas?Continuarão desaproveitadas as oportunidades para oserviço? Serão os professos seguidores de Cristo impedidosde servi-Lo pelo escárnio do mundo, o orgulho da razão, aconformação aos costumes e tradições humanos? Rejeitarão aPalavra de Deus, como os guias judeus rejeitaram a Cristo? Aconsequência do pecado de Israel está perante nós. Aceitará aigreja moderna a advertência?Parábolas de Jesus, Pag 306
  24. 24. As palavras de Deus ao antigo Israel encerram umaadvertência solene para a igreja moderna e seusguias. De Israel, diz o Senhor: "Escrevi para eles asgrandezas da Minha lei; mas isso é para ele comocoisa estranha." Osé. 8:12. E aos sacerdotes emestres, declara: "O Meu povo foi destruído,porque lhe faltou o conhecimento; porque turejeitaste o conhecimento, também Eu terejeitarei, ... visto que te esqueceste da lei do teuDeus, também Eu Me esquecerei de teus filhos."Osé. 4:6.Parábolas de Jesus, pág. 306
  25. 25. A igreja é igual a arvore infrutífera ... Na qual a investigação divinanão encontrou nada senão folhas. Solene pensamento para s nossaigrejas! Solene pensamento, de fato, para cada individuo!Maravilhosa é a tolerância e a paciência de Deus! Mas “se não tearrependeres”, ela se esgotará; as igrejas, nossas instituiçõescontinuarão então de fraqueza em fraqueza, e da fria formalidadepara a morte, enquanto continuarão dizendo: “Rico sou e estouenriquecido, e de nada tenho falta”.Review and Herald (extra), 23 dezembro 1890Daqueles que se vangloriam da sua luz, e, contudo, deixam de nelaandar, Cristo diz: “ Por isso eu vos digo que haverá menos rigorpara Tiro e Sidom, no dia do juízo, do que ara vós. E tu Cafarnaum(Adventistas do Sétimo Dia, que recebestes grande luz), que teergues até aos céus (em privilégios), serás abatida até aosinfernos; se em Sodoma tivessem sido feitos os prodígios que em tise operam teria ela permanecido até hoje. Porem eu vos digo quehaverá menos rigor para os de Sodoma, no dia do juízo, do quepara ti.”Review and Herald, 1 agosto 1893
  26. 26. Muitos há, cujos nomes estão nos livros da igreja, mas não sobo governo de Cristo. Não Lhe ouvem as instruções, nem fazemSua obra. Por isto estão sob o domínio do inimigo. Não fazempositivamente bem, por isto produzem dano incalculável. Porsua influência não ser cheiro de vida para vida, é cheiro demorte para morte.O Senhor diz: "Deixaria Eu de castigar estas coisas?" Jer. 5:9.Por não haverem cumprido o propósito de Deus, os filhos deIsrael foram abandonados e o convite divino foi estendido aoutros povos. Se estes também se provarem infiéis, não serãoda mesma maneira rejeitados?Parábolas de Jesus, pág. 304
  27. 27. Na parábola da vinha foram os lavradores queCristo declarou culpados. Foram eles querecusaram devolver a seu Senhor o fruto da terra.Na nação judaica foram os sacerdotes e mestresque, desviando o povo, roubaram a Deus do serviçoque requeria. Foram eles que afastaram de Cristo anação.Parábolas de Jesus, pág. 304
  28. 28. Membros da igreja que viram a luz e se convenceram, mas confiaram asalvação de sua alma ao pastor, no dia de Deus ficarão sabendo que outrapessoa não pode pagar o resgate por suas transgressões. Haverá um terrívelclamor: "Estou perdido, eternamente perdido!" Homens ficarão com vontadede despedaçar os pastores que pregaram falsidades e condenaram a verdade.SDA Bible Commentary, vol. 4, pág. 1.157.Todos se unem em acumular suas mais amargas condenações contra osministros. Pastores infiéis profetizaram coisas agradáveis, levaram os ouvintesa anular a lei de Deus e a perseguir os que a queriam santificar. Agora, em seudesespero, esses ensinadores confessam perante o mundo sua obra deengano. As multidões estão cheias de furor. "Estamos perdidos!" exclamam; "evós sois a causa de nossa ruína"; e voltam-se contra os falsos pastores.Aqueles mesmos que mais os admiravam, pronunciarão as mais terríveismaldições sobre eles. As mesmas mãos que os coroavam de lauréis, levantar-se-ão para destruí-los. As espadas que deveriam matar o povo de Deus, sãoagora empregadas para exterminar os seus inimigos.O Grande Conflito, págs. 655 e 656.Vemos aí que a igreja - o santuário do Senhor - foi a primeira a sentir o golpe daira de Deus. Os anciãos, aqueles a quem Deus dera grande luz, e que haviamocupado o lugar de depositários dos interesses espirituais do povo, haviamtraído o seu depósito.Testemunhos Seletos, vol. 2, págs. 65 e 66.
  29. 29. “Quando uma igreja demonstra ser infiel à Palavra doSenhor, seja qual for sua posição e por mais elevada esagrada que seja sua vocação, o Senhor não pode maiscooperar com eles. Outras pessoas são então escolhidaspara assumir importantes responsabilidades. No entanto, seestes, por sua vez, não purificarem a vida de toda má ação,se não estabelecerem puros e santos princípios em todos osaspectos de sua vida, o Senhor os afligirá e humilharádolorosamente, e, a não ser que se arrependam, osremoverá da posição que ocupam, tornando-os um opróbrio.Manuscript Releases, vol. 14, pág. 102.” Eventos Finais,págs. 53 e 54
  30. 30. A crise aproxima-se rapidamente. Quase é vindo o tempo da visitaçãode Deus. Conquanto Lhe repugne castigar, não obstante castigará, eisto presto. Aqueles que andam na luz verão sinais do perigo que seaproxima; mas não deverão sentar-se em silenciosa e despreocupadaexpectativa, conformando-se com a crença de que Deus abrigará Seupovo no dia da visitação. Longe disso, deverão compreender que éseu dever trabalhar diligentemente para salvar outros, esperando,com grande fé, auxílio da parte de Deus. "A oração feita por um justopode muito em seus efeitos." Tia. 5:16.O fermento da piedade não perdeu inteiramente seu poder. Naocasião em que maiores são o perigo e a crise da igreja, o pequenoexército que permanece na luz estará suspirando e clamando porcausa das abominações cometidas na Terra. Mais especialmente,porém, suas orações subirão em favor da igreja, porque seusmembros estão agindo segundo a maneira do mundo. 
  31. 31. O dia da vingança de Deus está precisamente diante de nós.O selo de Deus será colocado somente na testa daqueles quesuspiram e clamam por causa das abominações cometidas naTerra. Aqueles que se ligam ao mundo por laços de simpatia,estão comendo e bebendo com os ébrios, e certamente serãodestruídos com os que praticam a iniquidade. "Os olhos doSenhor estão sobre os justos, e os Seus ouvidos atentos aoseu clamor. A face do Senhor está contra os que fazem omal." Sal. 34:15 e 16.Nossa maneira de proceder determinará se receberemos oselo do Deus vivo, ou seremos abatidos pelas armasdestruidoras.”Vida e Ensinos, 186 a 188
  32. 32. 1º CONVITE1º CONVITE 2º CONVITE2º CONVITE 3º CONVITE3º CONVITE457Decreto parareedificar otemploJoão BatistaNo desertopregandoarrependimento dospecadosAo ministério27Batismo deJesusChamadoe preparodos 12Aos Membros ao mundo todoEntrada triunfalde Jesus emJerusalém31Queda do MinistérioJudaico, Pregação pelosapóstolos ao povo Judeuem Jerusalém34Morte de Estevão,Rejeição de Israelcomo povopeculiar, chamadode PauloCrucificação deJesus Cristo;rejeição daliderança judaicaao EvangelhoApedrejamento deEstevão significaa recusa de Israelao Evangelho490 anosEvangelho chega aomundo todo atravésde Paulo e Apóstolos1º1º CONVITECONVITE 2º CONVITE2º CONVITE 3º CONVITE3º CONVITE1844Chamado dosadventistas pararestaurar averdade de DeusJones e WaggonnerPregando ajustificação pela féAo ministério1888Rejeição dajustificaçãopela féChamado epreparo dosRemanescentesAos Membros ao mundo todo1901Não caiu achuva SerôdiaDDQueda da InstituiçãoAdventista comoministério , Pregaçãopelos remanescentes aopovoDCVFuga da grandescidadesDecreto dominical;Fechamento da portada graça aosAdventistas, ChuvaSerôdia.Decreto de nãocomprar e vender;Imposição àmarca da besta.Já passados 168 anos ...Alto clamor aomundo todoFim tempo da graçaao mundo; 7 pragas;decreto de morte;ressurreiçãoespecial; vinda deJesus

×