SlideShare uma empresa Scribd logo
Fruto
Angiospermas
O que é um fruto ?
Em termos botânicos, o fruto é
uma estrutura presente em todas
as Angiospermas onde as
sementes são protegidas enquanto
amadurecem.
Estrutura básica dos frutos
Os frutos dividem-se basicamente em 3 camadas:
Epicarpo ou exocarpo: camada externa, normalmente uma camada
membranácea e fibrosa; pode ser lisa, rugosa, pilosa ou espinosa, e é
popularmente conhecida como casca, camada mais externa do fruto, se
origina da epiderme do carpelo.
Mesocarpo: camada imediatamente abaixo do epicarpo, suculenta,que
pode ou não armazenar substâncias de reserva. Provém do mesofilo
carpelar.
Endocarpo: camada mais interna, normalmente a camada mais rígida que
envolve as sementes. Origina-se da epiderme interna da folha carpelar. Em
certos tipos de frutos, o endocarpo apresenta-se espessado e muito
resistente.
Estrutura de um fruto:
Qual a origem e função de um
fruto?
Os frutos derivam-se do ovário das
flores. Após a fecundação dos óvulos em seu
interior, o ovário inicia um crescimento,
acompanhado de uma modificação de seus
tecidos provocada pela influência de
hormônios vegetais, que interferem na
estrutura, consistência, cores e sabores,
dando origem ao fruto.
Os frutos mantêm-se fechados sobre
as sementes até, pelo menos, o momento da
maturação. Quando as sementes estão
prontas para germinar, os frutos
amadurecem, e podem se abrir, liberando as
sementes ao solo, ou tornam-se aptos a
Classificação
Quanto à composição:
Frutos simples:origina-se de uma flor com um único
ovário.
• Frutos compostos: Quanto à origem carpelar
Fruto agregado: origina-se de uma flor com vários ovários.
Ex.: framboesa e morango.
Fruto múltiplo: Cada "gomo" do abacaxi corresponde a um fruto,
originado de um ovário de uma flor. Estas flores são agrupadas de
forma compressa em um eixo, de forma que seus ovários aderem-se
uns aos outros, formando uma estrutura compacta.
Quanto à natureza do pericarpo
Fruto carnoso: apresenta pericarpo suculento; pode ser do tipo
baga ou tipo drupa.
Baga: apresenta sementes livres, facilmente separáveis do
fruto. Ex.: melancia, berinjela, pepino, uva, tomate, goiaba e
laranja.
Drupa: apresenta geralmente uma única semente aderida
ao endocarpo, que é espesso e duro. Ex.: pêssego, azeitona,
manga, abacate e coco-da-baía.
Frutos Secos
Apresentam pericarpo não-suculento; podendo ser deiscente ou
indeiscente.
Deiscente: Se abre naturalmente quando maduro e
liberam as sementes.
Indeiscente
Quando maduros não se abrem espontaneamente.
Há uma certa confusão entre os termos "fruto" e "fruta".
Exemplos de frutos rotulados como "legumes" são a abobrinha, o
tomate, e o quiabo, que são frutos por terem se desenvolvido a
partir de ovários fecundados, e por apresentarem sementes em
seu interior.
Um pseudofruto muito apreciado é o caju.
se originou do pedicelo da flor e a parte que se originou do
ovário é a castanha-do-caju. Se levarmos em consideração a
regra científica, o verdadeiro fruto do caju é a castanha.
Frutos, Frutas e
Pseudofrutos
FRUTO-ANGIOSPERMAS
FRUTO-ANGIOSPERMAS

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Semente e germinação
Semente e germinaçãoSemente e germinação
Semente e germinação
Marcos Albuquerque
 
Fruto
FrutoFruto
Flor – Morfologia E Anatomia
Flor – Morfologia E AnatomiaFlor – Morfologia E Anatomia
Flor – Morfologia E Anatomia
profatatiana
 
Frutos biologia
Frutos biologiaFrutos biologia
Frutos biologia
Danielle Souza
 
Fruto 2012 aula
Fruto 2012 aulaFruto 2012 aula
Fruto 2012 aula
Priscila Belintani
 
Anatomia foliar
Anatomia foliarAnatomia foliar
Anatomia foliar
profatatiana
 
Folha
FolhaFolha
Aula 6 Prof. Guth Berger
Aula 6 Prof. Guth BergerAula 6 Prof. Guth Berger
Aula 6 Prof. Guth Berger
Matheus Yuri
 
Anatomia e morfologia de folha
Anatomia e morfologia de folhaAnatomia e morfologia de folha
Anatomia e morfologia de folha
Janaína Baldêz
 
Morfologia vegetal da inflorescência
Morfologia vegetal da inflorescênciaMorfologia vegetal da inflorescência
Morfologia vegetal da inflorescência
Joseanny Pereira
 
Morfologia Vegetal - Caule
Morfologia Vegetal - Caule Morfologia Vegetal - Caule
Morfologia Vegetal - Caule
Bruno Djvan Ramos Barbosa
 
Classificação das folhas
Classificação das folhasClassificação das folhas
Classificação das folhas
00367p
 
Morfologia da flor agronomia
Morfologia da flor agronomiaMorfologia da flor agronomia
Morfologia da flor agronomia
Henrique Zini
 
Biologia - Morfologia Vegetal
Biologia - Morfologia VegetalBiologia - Morfologia Vegetal
Biologia - Morfologia Vegetal
Carson Souza
 
Aula 9 gimnospermas
Aula 9   gimnospermasAula 9   gimnospermas
Aula 9 gimnospermas
Grupo UNIASSELVI
 
Aula 8 – fruto e semente Prof. Guth Berger
Aula 8 – fruto e semente Prof. Guth BergerAula 8 – fruto e semente Prof. Guth Berger
Aula 8 – fruto e semente Prof. Guth Berger
Matheus Yuri
 
V.3 Gimnospermas
V.3 GimnospermasV.3 Gimnospermas
V.3 Gimnospermas
Rebeca Vale
 
Flores
FloresFlores
Flores 2012 aula
Flores 2012 aulaFlores 2012 aula
Flores 2012 aula
Priscila Belintani
 
Gimnospermas e angiosperma
Gimnospermas e angiospermaGimnospermas e angiosperma
Gimnospermas e angiosperma
Alpha Colégio e Vestibulares
 

Mais procurados (20)

Semente e germinação
Semente e germinaçãoSemente e germinação
Semente e germinação
 
Fruto
FrutoFruto
Fruto
 
Flor – Morfologia E Anatomia
Flor – Morfologia E AnatomiaFlor – Morfologia E Anatomia
Flor – Morfologia E Anatomia
 
Frutos biologia
Frutos biologiaFrutos biologia
Frutos biologia
 
Fruto 2012 aula
Fruto 2012 aulaFruto 2012 aula
Fruto 2012 aula
 
Anatomia foliar
Anatomia foliarAnatomia foliar
Anatomia foliar
 
Folha
FolhaFolha
Folha
 
Aula 6 Prof. Guth Berger
Aula 6 Prof. Guth BergerAula 6 Prof. Guth Berger
Aula 6 Prof. Guth Berger
 
Anatomia e morfologia de folha
Anatomia e morfologia de folhaAnatomia e morfologia de folha
Anatomia e morfologia de folha
 
Morfologia vegetal da inflorescência
Morfologia vegetal da inflorescênciaMorfologia vegetal da inflorescência
Morfologia vegetal da inflorescência
 
Morfologia Vegetal - Caule
Morfologia Vegetal - Caule Morfologia Vegetal - Caule
Morfologia Vegetal - Caule
 
Classificação das folhas
Classificação das folhasClassificação das folhas
Classificação das folhas
 
Morfologia da flor agronomia
Morfologia da flor agronomiaMorfologia da flor agronomia
Morfologia da flor agronomia
 
Biologia - Morfologia Vegetal
Biologia - Morfologia VegetalBiologia - Morfologia Vegetal
Biologia - Morfologia Vegetal
 
Aula 9 gimnospermas
Aula 9   gimnospermasAula 9   gimnospermas
Aula 9 gimnospermas
 
Aula 8 – fruto e semente Prof. Guth Berger
Aula 8 – fruto e semente Prof. Guth BergerAula 8 – fruto e semente Prof. Guth Berger
Aula 8 – fruto e semente Prof. Guth Berger
 
V.3 Gimnospermas
V.3 GimnospermasV.3 Gimnospermas
V.3 Gimnospermas
 
Flores
FloresFlores
Flores
 
Flores 2012 aula
Flores 2012 aulaFlores 2012 aula
Flores 2012 aula
 
Gimnospermas e angiosperma
Gimnospermas e angiospermaGimnospermas e angiosperma
Gimnospermas e angiosperma
 

Destaque

Angiosperma
AngiospermaAngiosperma
Angiosperma
Carlos A Tristtao
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
Fatima Comiotto
 
Frutos & Pseudofrutos
Frutos & PseudofrutosFrutos & Pseudofrutos
Frutos & Pseudofrutos
Heronides Araújo
 
Plantas Angiospermas - Por Jéssica B.
Plantas Angiospermas - Por Jéssica B.Plantas Angiospermas - Por Jéssica B.
Plantas Angiospermas - Por Jéssica B.
Jéssica B.
 
Angiospermas 2.0
Angiospermas 2.0Angiospermas 2.0
Angiospermas 2.0
Emmanuel Souza
 
Folhas angiospermas
Folhas angiospermasFolhas angiospermas
Folhas angiospermas
Keila Beatriz
 
7º ano cap 11 angiospermas características gerais
7º ano cap 11  angiospermas características gerais7º ano cap 11  angiospermas características gerais
7º ano cap 11 angiospermas características gerais
ISJ
 
2 angiospermas
2   angiospermas2   angiospermas
2 angiospermas
genashb
 
Angiosperma
AngiospermaAngiosperma
Angiosperma
Maria de Jesus Paes
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermasluzitania
 
Reprodução assistida
Reprodução assistidaReprodução assistida
Reprodução assistida
DCRDANYLA
 
Sociologia SUBEMPREGO, DESEMPREGO E EMPREGO INFORMAL
Sociologia SUBEMPREGO, DESEMPREGO E EMPREGO INFORMALSociologia SUBEMPREGO, DESEMPREGO E EMPREGO INFORMAL
Sociologia SUBEMPREGO, DESEMPREGO E EMPREGO INFORMAL
DCRDANYLA
 
DARWIN - RESUMO
DARWIN - RESUMODARWIN - RESUMO
DARWIN - RESUMO
DCRDANYLA
 
Angiospermas - Introdução Geral
Angiospermas - Introdução GeralAngiospermas - Introdução Geral
Angiospermas - Introdução Geral
Juliano van Melis
 
Aula 7 Prof. Guth Berger
Aula 7 Prof. Guth BergerAula 7 Prof. Guth Berger
Aula 7 Prof. Guth Berger
Matheus Yuri
 
Morfologia das angiospermas
Morfologia das angiospermasMorfologia das angiospermas
Morfologia das angiospermas
Fatima Comiotto
 
Angiospermas Prof. Marcos Santos
Angiospermas Prof. Marcos SantosAngiospermas Prof. Marcos Santos
Angiospermas Prof. Marcos Santos
Marcos Santos
 
Trovadorismo
TrovadorismoTrovadorismo
Trovadorismo
Colégio Santa Luzia
 
Praias de-pernambuco-seminário
Praias de-pernambuco-seminárioPraias de-pernambuco-seminário
Praias de-pernambuco-seminário
DCRDANYLA
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
Lúcio Bravin
 

Destaque (20)

Angiosperma
AngiospermaAngiosperma
Angiosperma
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 
Frutos & Pseudofrutos
Frutos & PseudofrutosFrutos & Pseudofrutos
Frutos & Pseudofrutos
 
Plantas Angiospermas - Por Jéssica B.
Plantas Angiospermas - Por Jéssica B.Plantas Angiospermas - Por Jéssica B.
Plantas Angiospermas - Por Jéssica B.
 
Angiospermas 2.0
Angiospermas 2.0Angiospermas 2.0
Angiospermas 2.0
 
Folhas angiospermas
Folhas angiospermasFolhas angiospermas
Folhas angiospermas
 
7º ano cap 11 angiospermas características gerais
7º ano cap 11  angiospermas características gerais7º ano cap 11  angiospermas características gerais
7º ano cap 11 angiospermas características gerais
 
2 angiospermas
2   angiospermas2   angiospermas
2 angiospermas
 
Angiosperma
AngiospermaAngiosperma
Angiosperma
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 
Reprodução assistida
Reprodução assistidaReprodução assistida
Reprodução assistida
 
Sociologia SUBEMPREGO, DESEMPREGO E EMPREGO INFORMAL
Sociologia SUBEMPREGO, DESEMPREGO E EMPREGO INFORMALSociologia SUBEMPREGO, DESEMPREGO E EMPREGO INFORMAL
Sociologia SUBEMPREGO, DESEMPREGO E EMPREGO INFORMAL
 
DARWIN - RESUMO
DARWIN - RESUMODARWIN - RESUMO
DARWIN - RESUMO
 
Angiospermas - Introdução Geral
Angiospermas - Introdução GeralAngiospermas - Introdução Geral
Angiospermas - Introdução Geral
 
Aula 7 Prof. Guth Berger
Aula 7 Prof. Guth BergerAula 7 Prof. Guth Berger
Aula 7 Prof. Guth Berger
 
Morfologia das angiospermas
Morfologia das angiospermasMorfologia das angiospermas
Morfologia das angiospermas
 
Angiospermas Prof. Marcos Santos
Angiospermas Prof. Marcos SantosAngiospermas Prof. Marcos Santos
Angiospermas Prof. Marcos Santos
 
Trovadorismo
TrovadorismoTrovadorismo
Trovadorismo
 
Praias de-pernambuco-seminário
Praias de-pernambuco-seminárioPraias de-pernambuco-seminário
Praias de-pernambuco-seminário
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 

Semelhante a FRUTO-ANGIOSPERMAS

Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Semente e Fruto
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Semente e FrutoSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Semente e Fruto
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Semente e Fruto
Turma Olímpica
 
O fruto - About The Fruits
O fruto  -  About The FruitsO fruto  -  About The Fruits
O fruto - About The Fruits
Lídia Pavan
 
Aula 9 fruto
Aula 9 frutoAula 9 fruto
Aula 9 fruto
Fabiano Capato
 
Futos e sindromes de dispersão
Futos e sindromes de dispersãoFutos e sindromes de dispersão
Futos e sindromes de dispersão
CotucaAmbiental
 
Fruto
FrutoFruto
Frutas
FrutasFrutas
frutas.pptx
frutas.pptxfrutas.pptx
frutas.pptx
rickriordan
 
Sementes - Morfologia Vegetal
Sementes - Morfologia VegetalSementes - Morfologia Vegetal
Sementes - Morfologia Vegetal
José Teles Monteiro
 
Reprodução nas plantas.pptx
Reprodução nas plantas.pptxReprodução nas plantas.pptx
Reprodução nas plantas.pptx
WarlenSilva10
 
Fruto
FrutoFruto
Morfologia das angiospermas 2ª£
Morfologia das angiospermas 2ª£Morfologia das angiospermas 2ª£
Morfologia das angiospermas 2ª£
Larisse Roberto Rufino
 
FRUTOS.pptx
FRUTOS.pptxFRUTOS.pptx
FRUTOS.pptx
CrisnaiaraCndido
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
Isabella Silva
 
FRUTOS.ppt
FRUTOS.pptFRUTOS.ppt
FRUTOS.ppt
DeividBatista7
 
Reino vegetal
Reino vegetalReino vegetal
Reino vegetal
Elizabete Costa
 
Frente 3 Módulo 4, 5 Reprodução nas angiospermas I e II
Frente 3 Módulo 4, 5 Reprodução nas angiospermas I e IIFrente 3 Módulo 4, 5 Reprodução nas angiospermas I e II
Frente 3 Módulo 4, 5 Reprodução nas angiospermas I e II
Colégio Batista de Mantena
 
1. Principal.pdf
1. Principal.pdf1. Principal.pdf
1. Principal.pdf
rudvancicotti
 
Trabalho de frutos e frutas
Trabalho de frutos e frutasTrabalho de frutos e frutas
Trabalho de frutos e frutas
LecioKamila2F
 
ANGIOSPERMAS.pptx
ANGIOSPERMAS.pptxANGIOSPERMAS.pptx
ANGIOSPERMAS.pptx
RoseanyVarela
 
Angio mono dico
Angio mono dicoAngio mono dico
Angio mono dico
caca-filho
 

Semelhante a FRUTO-ANGIOSPERMAS (20)

Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Semente e Fruto
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Semente e FrutoSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Semente e Fruto
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Semente e Fruto
 
O fruto - About The Fruits
O fruto  -  About The FruitsO fruto  -  About The Fruits
O fruto - About The Fruits
 
Aula 9 fruto
Aula 9 frutoAula 9 fruto
Aula 9 fruto
 
Futos e sindromes de dispersão
Futos e sindromes de dispersãoFutos e sindromes de dispersão
Futos e sindromes de dispersão
 
Fruto
FrutoFruto
Fruto
 
Frutas
FrutasFrutas
Frutas
 
frutas.pptx
frutas.pptxfrutas.pptx
frutas.pptx
 
Sementes - Morfologia Vegetal
Sementes - Morfologia VegetalSementes - Morfologia Vegetal
Sementes - Morfologia Vegetal
 
Reprodução nas plantas.pptx
Reprodução nas plantas.pptxReprodução nas plantas.pptx
Reprodução nas plantas.pptx
 
Fruto
FrutoFruto
Fruto
 
Morfologia das angiospermas 2ª£
Morfologia das angiospermas 2ª£Morfologia das angiospermas 2ª£
Morfologia das angiospermas 2ª£
 
FRUTOS.pptx
FRUTOS.pptxFRUTOS.pptx
FRUTOS.pptx
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 
FRUTOS.ppt
FRUTOS.pptFRUTOS.ppt
FRUTOS.ppt
 
Reino vegetal
Reino vegetalReino vegetal
Reino vegetal
 
Frente 3 Módulo 4, 5 Reprodução nas angiospermas I e II
Frente 3 Módulo 4, 5 Reprodução nas angiospermas I e IIFrente 3 Módulo 4, 5 Reprodução nas angiospermas I e II
Frente 3 Módulo 4, 5 Reprodução nas angiospermas I e II
 
1. Principal.pdf
1. Principal.pdf1. Principal.pdf
1. Principal.pdf
 
Trabalho de frutos e frutas
Trabalho de frutos e frutasTrabalho de frutos e frutas
Trabalho de frutos e frutas
 
ANGIOSPERMAS.pptx
ANGIOSPERMAS.pptxANGIOSPERMAS.pptx
ANGIOSPERMAS.pptx
 
Angio mono dico
Angio mono dicoAngio mono dico
Angio mono dico
 

Mais de DCRDANYLA

Tancredo josé-sarney
Tancredo josé-sarneyTancredo josé-sarney
Tancredo josé-sarney
DCRDANYLA
 
Mst 2
Mst 2Mst 2
Mst 2
DCRDANYLA
 
Equipamentos boxe
Equipamentos boxeEquipamentos boxe
Equipamentos boxe
DCRDANYLA
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
DCRDANYLA
 
Inconfidência mineira
Inconfidência mineiraInconfidência mineira
Inconfidência mineira
DCRDANYLA
 
Cancer de prostata
Cancer de prostataCancer de prostata
Cancer de prostata
DCRDANYLA
 
Tétano e Coqueluche Doenças bacterianas
Tétano e Coqueluche Doenças bacterianasTétano e Coqueluche Doenças bacterianas
Tétano e Coqueluche Doenças bacterianas
DCRDANYLA
 
Carvão vegetal
Carvão vegetalCarvão vegetal
Carvão vegetal
DCRDANYLA
 
FONTE DE ENERGIA - PETRÓLEO RESUMO BÁSICO
FONTE DE ENERGIA - PETRÓLEO RESUMO BÁSICOFONTE DE ENERGIA - PETRÓLEO RESUMO BÁSICO
FONTE DE ENERGIA - PETRÓLEO RESUMO BÁSICO
DCRDANYLA
 
EDUCAÇÃO FÍSICA GRUPO G COPA 2014
EDUCAÇÃO FÍSICA GRUPO G COPA 2014EDUCAÇÃO FÍSICA GRUPO G COPA 2014
EDUCAÇÃO FÍSICA GRUPO G COPA 2014
DCRDANYLA
 
Hinduismo 120321063319-phpapp01
Hinduismo 120321063319-phpapp01Hinduismo 120321063319-phpapp01
Hinduismo 120321063319-phpapp01
DCRDANYLA
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
DCRDANYLA
 

Mais de DCRDANYLA (12)

Tancredo josé-sarney
Tancredo josé-sarneyTancredo josé-sarney
Tancredo josé-sarney
 
Mst 2
Mst 2Mst 2
Mst 2
 
Equipamentos boxe
Equipamentos boxeEquipamentos boxe
Equipamentos boxe
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
 
Inconfidência mineira
Inconfidência mineiraInconfidência mineira
Inconfidência mineira
 
Cancer de prostata
Cancer de prostataCancer de prostata
Cancer de prostata
 
Tétano e Coqueluche Doenças bacterianas
Tétano e Coqueluche Doenças bacterianasTétano e Coqueluche Doenças bacterianas
Tétano e Coqueluche Doenças bacterianas
 
Carvão vegetal
Carvão vegetalCarvão vegetal
Carvão vegetal
 
FONTE DE ENERGIA - PETRÓLEO RESUMO BÁSICO
FONTE DE ENERGIA - PETRÓLEO RESUMO BÁSICOFONTE DE ENERGIA - PETRÓLEO RESUMO BÁSICO
FONTE DE ENERGIA - PETRÓLEO RESUMO BÁSICO
 
EDUCAÇÃO FÍSICA GRUPO G COPA 2014
EDUCAÇÃO FÍSICA GRUPO G COPA 2014EDUCAÇÃO FÍSICA GRUPO G COPA 2014
EDUCAÇÃO FÍSICA GRUPO G COPA 2014
 
Hinduismo 120321063319-phpapp01
Hinduismo 120321063319-phpapp01Hinduismo 120321063319-phpapp01
Hinduismo 120321063319-phpapp01
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 

FRUTO-ANGIOSPERMAS

  • 2. O que é um fruto ? Em termos botânicos, o fruto é uma estrutura presente em todas as Angiospermas onde as sementes são protegidas enquanto amadurecem.
  • 3. Estrutura básica dos frutos Os frutos dividem-se basicamente em 3 camadas: Epicarpo ou exocarpo: camada externa, normalmente uma camada membranácea e fibrosa; pode ser lisa, rugosa, pilosa ou espinosa, e é popularmente conhecida como casca, camada mais externa do fruto, se origina da epiderme do carpelo. Mesocarpo: camada imediatamente abaixo do epicarpo, suculenta,que pode ou não armazenar substâncias de reserva. Provém do mesofilo carpelar. Endocarpo: camada mais interna, normalmente a camada mais rígida que envolve as sementes. Origina-se da epiderme interna da folha carpelar. Em certos tipos de frutos, o endocarpo apresenta-se espessado e muito resistente.
  • 5. Qual a origem e função de um fruto? Os frutos derivam-se do ovário das flores. Após a fecundação dos óvulos em seu interior, o ovário inicia um crescimento, acompanhado de uma modificação de seus tecidos provocada pela influência de hormônios vegetais, que interferem na estrutura, consistência, cores e sabores, dando origem ao fruto. Os frutos mantêm-se fechados sobre as sementes até, pelo menos, o momento da maturação. Quando as sementes estão prontas para germinar, os frutos amadurecem, e podem se abrir, liberando as sementes ao solo, ou tornam-se aptos a
  • 6. Classificação Quanto à composição: Frutos simples:origina-se de uma flor com um único ovário.
  • 7. • Frutos compostos: Quanto à origem carpelar Fruto agregado: origina-se de uma flor com vários ovários. Ex.: framboesa e morango. Fruto múltiplo: Cada "gomo" do abacaxi corresponde a um fruto, originado de um ovário de uma flor. Estas flores são agrupadas de forma compressa em um eixo, de forma que seus ovários aderem-se uns aos outros, formando uma estrutura compacta.
  • 8. Quanto à natureza do pericarpo Fruto carnoso: apresenta pericarpo suculento; pode ser do tipo baga ou tipo drupa. Baga: apresenta sementes livres, facilmente separáveis do fruto. Ex.: melancia, berinjela, pepino, uva, tomate, goiaba e laranja. Drupa: apresenta geralmente uma única semente aderida ao endocarpo, que é espesso e duro. Ex.: pêssego, azeitona, manga, abacate e coco-da-baía.
  • 9. Frutos Secos Apresentam pericarpo não-suculento; podendo ser deiscente ou indeiscente. Deiscente: Se abre naturalmente quando maduro e liberam as sementes.
  • 10.
  • 11. Indeiscente Quando maduros não se abrem espontaneamente.
  • 12.
  • 13. Há uma certa confusão entre os termos "fruto" e "fruta". Exemplos de frutos rotulados como "legumes" são a abobrinha, o tomate, e o quiabo, que são frutos por terem se desenvolvido a partir de ovários fecundados, e por apresentarem sementes em seu interior. Um pseudofruto muito apreciado é o caju. se originou do pedicelo da flor e a parte que se originou do ovário é a castanha-do-caju. Se levarmos em consideração a regra científica, o verdadeiro fruto do caju é a castanha. Frutos, Frutas e Pseudofrutos