O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
A belainfanta,romance popular (adaptação)<br />Trabalhorealizado<br />por FF & ES<br /> (8° ano, SP/LI, 2009-2010)<br />
Estava a BelaInfanta<br />No seuJardimassentada;<br />Com um pente de ourofino<br />Seusbeloscabelospenteava.<br />
Deitou os olhosaomar,<br />Viuviruma grande armada,<br />Capitão que nelavinha<br />Muitobem a governava<br />
-Dizei-me vós, capitão<br />Dessatãoformosaarmada,<br />Se vistes o meumarido<br />Na terra que Deus pisava.<br />
-Anda tantocavaleiro<br />NaquelaTerra Sagrada…<br />Mas dizei-me vós, senhora,<br />Os sinais que sinaiselelevava.<br />
-Levavacavalobranco,<br />Selim de pratadourada;<br />Na ponta da sua lança<br />A cruz de Cristolevava.<br />
-Com os sinais que dizeis<br />Tal cavaleironãovi;<br />Mas quanto dareis ,senhora,<br />A quem o trouxeraaqui?<br />
-Daria tantodinheiro<br />Que  não tem conta nem fim,<br />E as telhas do meutelhado<br />Que são de ouro e marfim.<br />
-Guardailávossodinheiro<br />E as telhas de ouro e marfim:<br />Vossomaridoaquiestá,<br />Reparaibempara mim.<br />
Este anel de setepedras,<br />Que convosco reparti,<br />Que é dela a outra metade,<br />Pois a minhavê-laaqui?<br />
-Vindecá, ó minhasfilhas,<br />Que nossopai é chegado!<br />Abra-se o nobreportão,<br />Hátanto tempo fechado:<br />Vamos ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A Bela Infanta

4.831 visualizações

Publicada em

Ilustração deste romance popular adaptado (EEEUP2001 & latoss78, 8º ano, SP/LI, 2009-2010)

Publicada em: Educação, Negócios, Espiritual
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

A Bela Infanta

  1. 1. A belainfanta,romance popular (adaptação)<br />Trabalhorealizado<br />por FF & ES<br /> (8° ano, SP/LI, 2009-2010)<br />
  2. 2. Estava a BelaInfanta<br />No seuJardimassentada;<br />Com um pente de ourofino<br />Seusbeloscabelospenteava.<br />
  3. 3. Deitou os olhosaomar,<br />Viuviruma grande armada,<br />Capitão que nelavinha<br />Muitobem a governava<br />
  4. 4. -Dizei-me vós, capitão<br />Dessatãoformosaarmada,<br />Se vistes o meumarido<br />Na terra que Deus pisava.<br />
  5. 5. -Anda tantocavaleiro<br />NaquelaTerra Sagrada…<br />Mas dizei-me vós, senhora,<br />Os sinais que sinaiselelevava.<br />
  6. 6. -Levavacavalobranco,<br />Selim de pratadourada;<br />Na ponta da sua lança<br />A cruz de Cristolevava.<br />
  7. 7. -Com os sinais que dizeis<br />Tal cavaleironãovi;<br />Mas quanto dareis ,senhora,<br />A quem o trouxeraaqui?<br />
  8. 8. -Daria tantodinheiro<br />Que não tem conta nem fim,<br />E as telhas do meutelhado<br />Que são de ouro e marfim.<br />
  9. 9. -Guardailávossodinheiro<br />E as telhas de ouro e marfim:<br />Vossomaridoaquiestá,<br />Reparaibempara mim.<br />
  10. 10. Este anel de setepedras,<br />Que convosco reparti,<br />Que é dela a outra metade,<br />Pois a minhavê-laaqui?<br />
  11. 11. -Vindecá, ó minhasfilhas,<br />Que nossopai é chegado!<br />Abra-se o nobreportão,<br />Hátanto tempo fechado:<br />Vamos dar graças a Deus,<br />Graças e Deus consagrado!<br />

×