O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Arquitectura grega

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
Os Templos Gregos
Os Templos Gregos
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 14 Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Quem viu também gostou (20)

Anúncio

Semelhante a Arquitectura grega (20)

Arquitectura grega

  1. 1. Arquitectura grega<br />Cátia Monteiro|Curso Técnico Design<br />
  2. 2. ARTE GREGA<br />Povo grego era autónomo cultural, linguístico e religiosamente, tornando-se uma influente cultura.<br />Cada obra arquitectónica era uma tarefa cívica, feita para a cidade, envolvia arquitectos, escultores, pintores e outros artesãos.<br />Ao arquitecto cabia a elaboração do projecto(estudo do terreno, decisão da ordem a aplicar, elaboração de maquetas) sempre submetido a aprovação.<br />
  3. 3. Arquitectura (divisão em períodos)<br />Período Arcaico: primeiro momento de maturidade ( marcado pela expansão geográfica, desenvolvimento económico e relações internacionais); procura do inteligível, da ordem, do monumental e da maturidade.<br />As manifestações artísticas tiveram grande influencia ideológica e morfológica com base numa filosofia antropocêntrica de sentido racionalista que se tornaram grandes focos de inspiração deste estilo:<br />Dimensão humana( interesse pela representação humana).<br />Tendência para o idealismo, adopção de cânones ou regras fixas (análogas as leis da natureza).<br />
  4. 4. O objectivo final era a procura da unidade, beleza e harmonia universais envolvidas numa filosofia que relacionava o homem com o divino, mundo, vida, morte e dimensão interior do Homem ( Classicismo)<br />Período Clássico: procura do equilíbrio, plenitude, do idealismo e do naturalismo/realismo. É o século de ouro da arquitectura grega.<br />Período Helenístico: época de declínio, do gosto pelo concreto e individual.<br />Os primeiros templos tinham influencia as plantas das casas micênicas com uma sala central rodeada de colunas. Eram construções em forma de cabanas. Os templos com colunas de pedras, aparecem a partir do séc. VI a.C. existindo maior concentração nas pesquisas estruturais num único sistema: o trílito.<br />
  5. 5. OS TEMPLOS<br />Edifício de maior interesse entre os gregos e a expressão máxima da sua arquitectura.<br />Eram a morada e abrigo do Deus.<br />As construções em linhas rectas rectangulares.<br />A planta era constituída por três espaços: <br />a pronaos; a naos ou cella e o opistódomos. <br />Esta estrutura era rodeada por um peristilo. <br />O templo era formado por uma base ou<br /> envasamento, por colunas, entablamento<br /> ( constituído pela arquitrave, pelo friso, <br />pela cornija, em cima do frontão triangular)<br /> e pelo tecto.<br />Preocupavam-se mais com a decoração exterior do que com a interior.<br />
  6. 6. A ARQUITECTURA, ORDENS E TEMPLOS<br />Colunas e entablamento: construído segundo ordens( articulação métrica em função da harmonia final que a partir da base, da coluna e do friso, regula as dimensões do templo).<br />ORDEM DÓRICA: formas geométricas; decoração inexistente; não tem base, assenta no estilóbato; aspecto sóbrio, pesado e maciço: traduzindo a forma do homem; fuste robusto e com caneluras em aresta viva e capitel formado pelo ábaco e esquino simples e geométrico. Simboliza a imponência e a solidez.<br />
  7. 7. Parténon: É o mais conhecido edifício da Grécia Antiga as suas esculturas decorativas são um dos pontos altos da arte grega. Constituído em mármore do Monte Pentélico com as mais modernas técnicas da época. Tem uma decoração escultórica pintada com cores vivas. No interior, abrigava a estatua, Atena Parteno em marfim e ouro. Atena Partenos; parthenos (em grego παρθένος, "virgem") refere-se ao estado virginal e solteiro da deusa.<br />
  8. 8. ORDEM JÓNICA: difere da ordem anterior nas proporções dos elementos e na decoração mais abundante da coluna (inclusive assenta numa base) e entablamento; pelas dimensões e formas esbeltas, traduz a forma da mulher; <br />
  9. 9. Templo de Atena Niké: dedicado a deusa Atena; Νίκη (Níkē) significa "vitória" em grego, um dos adjectivos dados à deusa. Construído em mármore pentélico; possui 4 colunas á frente e atrás; Decoração elegante dos capiteis de volutas enroladas, no friso e nos tímpanos. A estatua da deusa era em madeira, com um escudo na mão esquerda e uma romã, simbolizava a fertilidade, na mão direita. Atena Niké era deusa alada da vitória. Contudo, foi construída uma estatua sem asas, Niké Apteros (“sem asas”).<br />
  10. 10. Erecteion: templo consagrado a Atena, Poseidon e Erecteu (mítico rei ateniense). É mais belo monumento da ordem jónica. No interior do templo, vivia uma serpente, à qual se oferecia um bolo sagrado cuja recusa era tomada como sinal de mal agouro para os atenienses.<br />
  11. 11. <ul><li>ORDEM CORÍNTIA: evolução/inovação da ordem jónica: enriquecimento decorativo; capitel em forma de sino invertido, decorado com folhas de acanto, coroadas por volutas jónicas; base mais trabalhada e fuste mais delgado; simboliza a ambição, a riqueza, o poder, o luxo e a ostentação;</li></li></ul><li>O templo de Zeus Olímpico: Foi um dos maiores e mais famosos templos gregos. A sua especificidade reside numa decoração mais rica, visível no capitel, entablamento e frontão. A arquitectura recorria á escultura e á pintura preenchendo paredes interiores.<br />
  12. 12. O TEATRO<br />É da mais importantes invenções da arquitectura grega, construído na encosta duma colina, aproveitando o terreno para ajustar as bancadas semicirculares. O teatro era o elemento central da vida da cidade. No centro ficava a orquestra, e ao fundo a cena.<br />(TEATRO DO EPIDAURO)<br />
  13. 13. Bibliografia/Webgrafia<br />

×