Elementos da oração

FUNÇÕES
SINTÁTICAS
1. ELEMENTOS ESSENCIAIS
1. SUJEITO
Palavra ou conjunto de palavras que expressa o ser sobre o qual se
diz alguma coisa, ou seja, é o elemento que ...
2. PREDICADO
Palavra ou conjunto de palavras que expressa o que se afirma
acerca do sujeito, que traduz a acção praticada ...
• VERBO TRANSITIVO - que exige um ou dois complementos
para lhe completar o sentido.
• complemento directo
A professora tr...
b) Predicado nominal, constituído por um VERBO

COPULATIVO, que serve de ligação (ser, estar, ficar, continuar,
permanecer...
2. ELEMENTOS ACESSÓRIOS
1. COMPLEMENTOS CIRCUNSTANCIAIS
São advérbios, locuções adverbiais ou conjunto de palavras que

expressam as circunstância...
• de CAUSA (porquê?)
A Teresa tremia de frio.
Compl. Circunstancial de causa
• de COMPANHIA (com quem?)
Ela foi às compras...
2. ATRIBUTO, COMPLEMENTO DETERMINATIVO
E APOSTO
Estas funções sintácticas podem ser desempenhadas por
palavras ou expressõ...
b) Complemento determinativo –

é constituído por
um nome ou equivalente, o qual se liga a outro nome ou a um
adjectivo po...
c) Aposto –

é o elemento que se acrescenta a um nome,
a um pronome ou a um equivalente destes, para os completar com
uma ...
3. VOCATIVO
É o nome (ou expressão equivalente) que se chama ou
invoca. Geralmente, é isolado por vírgula ou vírgulas, e
a...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Funcões sintáticas

726 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
726
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Funcões sintáticas

  1. 1. Elementos da oração FUNÇÕES SINTÁTICAS
  2. 2. 1. ELEMENTOS ESSENCIAIS
  3. 3. 1. SUJEITO Palavra ou conjunto de palavras que expressa o ser sobre o qual se diz alguma coisa, ou seja, é o elemento que determina a acção. Pode ser: Simples ( Évora é uma cidade)   Composto (A professora e o aluno entraram; Tu e eu saímos) Subentendido ou omisso (A professora entrou e fechou a porta)   Indeterminado (Fala-se muito nisso)   Inexistente (Ontem, choveu muito)
  4. 4. 2. PREDICADO Palavra ou conjunto de palavras que expressa o que se afirma acerca do sujeito, que traduz a acção praticada pelo sujeito . Pode ser constituído por um: 1. Predicado verbal, cujo núcleo poderá ser um • VERBO INTRANSITIVO - que não exige complemento para lhe completar o sentido.      A professora entrou.    O ladrão fugiu
  5. 5. • VERBO TRANSITIVO - que exige um ou dois complementos para lhe completar o sentido. • complemento directo A professora trouxe um livro.                          Predicado Comp. directo • complemento indirecto Ele obedeceu à professora.                              Predicado Comp. indirecto → complemento directo e complemento indirecto A professora leu  uma lenda   aos alunos.                                       Predicado Compl. directo Compl. indirecto
  6. 6. b) Predicado nominal, constituído por um VERBO COPULATIVO, que serve de ligação (ser, estar, ficar, continuar, permanecer, parecer, etc.). Eles permaneceram calados.                  Predicado Predicativo do sujeito O tempo está instável e húmido.                      Predicado Predicativo do sujeito Palavra ou expressão que estabelece uma relação de sentido com o sujeito (através dum verbo copulativo), do qual indica uma característica.
  7. 7. 2. ELEMENTOS ACESSÓRIOS
  8. 8. 1. COMPLEMENTOS CIRCUNSTANCIAIS São advérbios, locuções adverbiais ou conjunto de palavras que expressam as circunstâncias em que decorre a acção. • de TEMPO (quando?) Vamos viajar nas férias do Verão. Compl. Circunstancial de tempo • de LUGAR (onde?) Aquele avião partiu da China e vai para o Japão. Compl. Circunstancial de lugar • de MODO (como?) Os rapazes jogavam com entusiasmo. Compl. Circunstancial de modo
  9. 9. • de CAUSA (porquê?) A Teresa tremia de frio. Compl. Circunstancial de causa • de COMPANHIA (com quem?) Ela foi às compras com o Pedro. Compl. Circunstancial de companhia • de FIM (para quê?) Leio para me manter informado. Compl. Circunstancial de fim • de MEIO Detesto viajar de barco. Compl. Circunstancial de meio • de MATÉRIA Aquelas casas são de madeira. Compl. Circunstancial de matéria
  10. 10. 2. ATRIBUTO, COMPLEMENTO DETERMINATIVO E APOSTO Estas funções sintácticas podem ser desempenhadas por palavras ou expressões que surjam integradas no sujeito ou no predicado. a) Atributo – nome é todo o adjectivo para o caracterizar. que se junta a um Gosto de contos populares. O meu avô conta histórias fantásticas e maravilhosas. Estas lindas serras estão desabitadas.
  11. 11. b) Complemento determinativo – é constituído por um nome ou equivalente, o qual se liga a outro nome ou a um adjectivo por meio da preposição de. Pode estabelecer diversas relações com o nome determinado, particularizando a sua ideia: • de POSSE O rodado do carro via-se nitidamente no chão. • de PARENTESCO A prima da Cristina é enfermeira. • de CAUSA O Pedro sentiu vertigens de cansaço. • de TEMPO Ouvimos uma palestra de meia hora. • de MATÉRIA Deixei cair o copo de vidro.
  12. 12. c) Aposto – é o elemento que se acrescenta a um nome, a um pronome ou a um equivalente destes, para os completar com uma explicação suplementar.  Coloca-se entre vírgulas. O carro do Miguel, que é enorme, é novo. Vi o mar, uma autêntica maravilha. A Luísa, uma jovem brilhante, formou-se em medicina.
  13. 13. 3. VOCATIVO É o nome (ou expressão equivalente) que se chama ou invoca. Geralmente, é isolado por vírgula ou vírgulas, e a frase contém, em muitos casos, o ponto de exclamação, ou mesmo a interjeição Ó! Pode aparecer no princípio, no meio ou no fim da frase. Ó rapaz, anda cá! Anda cá, rapaz, não fujas! Anda cá, rapaz!

×