PAÍSES LUSÓFONOS
ANGOLA
Angola   Angola é um país pouco desenvolvido, até considerado    de terceiro mundo. Em comparação com Portugal a    alime...
Angola (profunda)
ANGOLA   Em Portugal existem muitos supermercados    e lojas onde se podem comprar alimentos de    boa qualidade, enquant...
ANGOLA
Mas Angola é muito mais…
Mas Angola é muito mais…
Mas Angola é muito mais…
BRASIL
BRASIL   O Brasil, é o maior país da América do Sul e o quinto maior    do mundo em área territorial e população, com mai...
BRASIL   O Brasil foi descoberto em 1500, por uma expedição portuguesa liderada    por Pedro Álvares Cabral. O território...
BRASIL   Contudo, em 1822 este país tornou-se independente. Em 1889 tornou-se uma    república Inicialmente independente ...
Cabo Verde   Cabo Verde é um país insular africano, arquipélago    de origem vulcânica, constituído por dez ilhas. Está  ...
Cabo Verde
Cabo Verde   A descoberta de Cabo Verde deu-se no século XV, em 1460., sendo que a    colonização portuguesa começou logo...
Cabo Verde   A independência de Cabo Verde começou a desenhar-se já nos séculos    XIX e XX. Com o processo de formação n...
Cabo Verde   Em 1956 Amílcar Cabral, Aristides Pereira, Luís Cabral, entre outros jovens    patriotas da hoje Guiné-Bissa...
Cabo Verde
Cavo Verde
Guiné-Bissau
Guiné-Bissau   A Guiné-Bissau, oficialmente República da Guiné-Bissau, é um país    da costa ocidental de África que se e...
Guiné-Bissau
Guiné-Bissau
Moçambique   Moçambique, oficialmente República de Moçambique, é um    país localizado na costa oriental da África Austra...
Moçambique
Moçambique
São Tomé e Príncipe   São Tomé e Príncipe é um estado insular localizado    no Golfo da Guiné, composto por duas ilhas pr...
São Tomé e Príncipe
São Tomé e Príncipe
Timor-Leste   Timor-Leste (oficialmente chamado de República    Democrática de Timor - Leste) é um dos países mais jovens...
Timor-Leste
Timor-Leste   Conhecido no passado como Timor Português, foi uma colónia portuguesa    até 1975, altura em que se tornou ...
Timor-Leste
Timor-Leste
   Cristina Alves   (Fonte: wikipedia e outros)
Países lusófonos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Países lusófonos

688 visualizações

Publicada em

países lusófonos - informação geral

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
688
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Países lusófonos

  1. 1. PAÍSES LUSÓFONOS
  2. 2. ANGOLA
  3. 3. Angola Angola é um país pouco desenvolvido, até considerado de terceiro mundo. Em comparação com Portugal a alimentação é má, principalmente no que diz respeito à conservação dos alimentos. Contudo, muito tem progredido sendo que já é visto como uma forte potência mundial a aspirar à emergência. Atraí, cada vez mais, mão-de-obra estrangeira à procura de uma nova oportunidade profissional.
  4. 4. Angola (profunda)
  5. 5. ANGOLA Em Portugal existem muitos supermercados e lojas onde se podem comprar alimentos de boa qualidade, enquanto que por cada cinco supermercados em Portugal, em Angola só há um. Devem estar curiosos por saber onde, então, se faz a maioria das compras. Em Angola, existem praças e mercados onde se encontra de tudo: alimentos, roupa, calçado, electrodomésticos, etc. Muitos desses produtos são roubados por trabalhadores que, sendo muito mal pagos, tentam fazer negócio nas praças.
  6. 6. ANGOLA
  7. 7. Mas Angola é muito mais…
  8. 8. Mas Angola é muito mais…
  9. 9. Mas Angola é muito mais…
  10. 10. BRASIL
  11. 11. BRASIL O Brasil, é o maior país da América do Sul e o quinto maior do mundo em área territorial e população, com mais de 192 milhões de habitantes. Trata-se do único país da América que fala a língua portuguesa, sendo, igualmente o maior país lusófono do mundo, além de ser uma das nações mais multiculturais e etnicamente diversas do planeta, resultado da forte imigração vinda de muitos países. O país está delimitado pelo oceano Atlântico e por terra por países como Venezuela, Guiana, Suriname e pelo departamento ultramarino francês da Guiana Francesa; a noroeste pela Colômbia; a oeste pela Bolívia e Peru; a sudoeste pela Argentina e Paraguai e ao sul pelo Uruguai. Vários arquipélagos formam parte do território brasileiro, como Fernando de Noronha, Atol das Rocas, Arquipélago de São Pedro e São Paulo e Trindade e Martim Vaz. O país faz fronteira com todos os outros países sul-americanos, exceto Equador e Chile.
  12. 12. BRASIL O Brasil foi descoberto em 1500, por uma expedição portuguesa liderada por Pedro Álvares Cabral. O território brasileiro, até então habitado por povos ameríndios, a partir daí torna-se uma colónia do império ultramarino português.
  13. 13. BRASIL Contudo, em 1822 este país tornou-se independente. Em 1889 tornou-se uma república Inicialmente independente como Império do Brasil, período no qual foi uma monarquia constitucional parlamentarista, o país se tornou uma república em 1889, com um golpe militar, embora a legislatura bicameral, agora chamada de congresso nacional, remonte à ratificação da primeira constituição, em 1824. A sua constituição atual, formulada em 1988, define o Brasil como uma república federativa presidencialista. A federação é formada pela união do Distrito Federal, os 26 estados e os 5 565 municípios. A economia brasileira é a maior da América Latina e do Hemisfério Sul, a sexta maior do mundo por PIB nominal e a sétima maior por paridade do poder de compra (PPC). O Brasil é uma das principais economias com mais rápido crescimento econômico no mundo e as reformas econômicas deram ao país novo reconhecimento internacional, seja em âmbito regional ou global. O país é membro fundador da Organização das Nações Unidas (ONU), G20, Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), União Latina, Organização dos Estados Americanos (OEA), Organização dos Estados Ibero- americanos (OEI), Mercado Comum do Sul (Mercosul) e da União de Nações Sul-Americanas (UNASUL), além de ser um dos países BRIC. O Brasil também
  14. 14. Cabo Verde Cabo Verde é um país insular africano, arquipélago de origem vulcânica, constituído por dez ilhas. Está localizado no Oceano Atlântico, a 640 km a oeste de Dakar, Senegal. Outros vizinhos são a Mauritânia, a Gâmbia e a Guiné-Bissau, ou seja, todos na faixa costeira ocidental da África que vai do Cabo Branco às ilhas Bijagós. Curiosamente, o Cabo Verde que dá nome ao país não se situa nele, mas a centenas de quilómetros a leste, perto de Dakar, no Senegal. Foi descoberto em 1460 por Diogo Gomes ao serviço da coroa portuguesa, que encontrou as ilhas desabitadas e aparentemente sem indícios de anterior presença humana. Foi colónia de Portugal desde o século XV até à sua independência em 1975.
  15. 15. Cabo Verde
  16. 16. Cabo Verde A descoberta de Cabo Verde deu-se no século XV, em 1460., sendo que a colonização portuguesa começou logo após a sua descoberta, sendo as primeiras ilhas a serem povoadas as de Santiago e Fogo. Para incentivar a colonização a corte portuguesa estabeleceu uma carta de privilégio aos moradores de Santiago do comércio de escravos na Costa da Guiné. Em Ribeira Grande – ilha de Santiago - estabeleceu-se a primeira feitoria, que serviu ponto de escala para os navios portugueses e para o tráfego e comércio de escravos que começava a crescer por essa época. Mais tarde, com a abolição da escravatura e com condições climáticas pouco favoráveis devido à sua situação geográfica, o país começou a dar sinais de fragilidade e entrou em decadência tendo uma economia pobre e de subsistência. No século XX, a partir da década de 50, começam a surgir os movimentos libertação e independentistas um pouco por todo o continente africano. Cabo Verde vinculou-se à luta pela libertação da Guiné. A posição estratégica das ilhas nas rotas que ligavam Portugal ao Brasil e ao resto da África contribuíram para o facto dessas serem utilizadas como entreposto comercial e de aprovisionamento. Abolido o tráfico de escravos em 1876, o interesse comercial do arquipélago para a metrópole decresceu, só voltando a ter importância a partir da segunda metade do século XX. No entanto já tinham sido criadas as condições para o Cabo Verde de hoje: europeus e africanos uniram-se numa simbiose, criando um povo de características próprias.
  17. 17. Cabo Verde A independência de Cabo Verde começou a desenhar-se já nos séculos XIX e XX. Com o processo de formação nacional, muito cedo a máquina administrativa foi sendo assegurada pelos nascidos em Cabo Verde, ou que já tinham grande identificação com a colónia, com excepção aos cargos elevados como governadores, chefes militares etc., ainda reservados aos representantes da soberania de Portugal. Esta “auto- suficiência” administrativa de Cabo Verde estava associada à uma escolarização relativamente desenvolvida e à existência de uma imprensa mais ou menos dinâmica introduzida por Portugal, que contribuíram para o surgimento de uma elite intelectual e burocrática. Esta começou no século XX a discutir cada vez mais a questão da independência, gerando um clima de atrito com os representantes da metrópole. Os leitores que acompanhavam a imprensa oficial entendiam que se devia lutar pela independência ou, pelo menos, por uma autonomia honrosa. Na metrópole portuguesa os habitantes de Cabo Verde eram muitas vezes considerados como mandriões, desleixados, indolentes, bêbados etc. Um exemplo de reação a isso, Eugénio Tavares escreve em 1912: “O indígena de Cabo Verde é Activo e Trabalhador”. Esta atitude manteve-se até à independência de Cabo Verde.
  18. 18. Cabo Verde Em 1956 Amílcar Cabral, Aristides Pereira, Luís Cabral, entre outros jovens patriotas da hoje Guiné-Bissau e Cabo Verde, fundaram o PAIGC (Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde) que surgiu no contexto do movimento libertador africano que ganhava força depois da Segunda Guerra Mundial. Onde formaram uma unidade popular para lutar contra o que chamavam de “deplorável política ultramarina portuguesa afirmando que as vítimas dessa política desejavam ver-se livres do domínio português”. A 19 de Dezembro de 1974 foi assinado um acordo entre o PAIGC e Portugal, instaurando-se um governo de transição em Cabo Verde, Governo esse que preparou as eleições para uma Assembleia Nacional Popular. A 5 de Julho de 1975 proclamou-se a independência do país, considerado na altura após por muitos como um país inviável, devido às suas próprias fragilidades, havendo mesmo vozes políticas em Portugal, como é o caso de Mário Soares, contra a independência do arquipélago, afirmando que Cabo Verde deveria usufruir de autonomia adminstrativa tal como os outros arquipélagos portugueses, Açores e Madeira. Em 1991, o país conheceu uma viragem na vida política nacional, tendo realizado as primeiras eleições multipartidárias, instituindo uma democracia parlamentar.
  19. 19. Cabo Verde
  20. 20. Cavo Verde
  21. 21. Guiné-Bissau
  22. 22. Guiné-Bissau A Guiné-Bissau, oficialmente República da Guiné-Bissau, é um país da costa ocidental de África que se estende desde o cabo Roxo até à ponta Cagete. Faz fronteira a norte com o Senegal, a este e sudeste com a Guiné-Conacri (ex-francesa) e a sul e oeste com o oceano Atlântico. Além do território continental, integra ainda cerca de oitenta ilhas que constituem o Arquipélago dos Bijagós, separado do Continente pelos canais do rio Geba, de Pedro Álvares, de Bolama e de Canhabaque. Foi uma colónia de Portugal desde o século XV até proclamar unilateralmente a sua independência, em 24 de Setembro de 1973, reconhecida internacionalmente - mas não pelo colonizador. Tal reconhecimento por parte de Portugal só veio em 10 de Setembro de 1974. A Guiné-Bissau, juntamente com Cabo Verde, foi a primeira colónia portuguesa no continente africano a ter a independência reconhecida por Portugal.[3] Actualmente faz parte da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), das Nações Unidas, dos PALOP (Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa) e da União Africana.
  23. 23. Guiné-Bissau
  24. 24. Guiné-Bissau
  25. 25. Moçambique Moçambique, oficialmente República de Moçambique, é um país localizado na costa oriental da África Austral, limitado a norte pela Tanzania, a noroeste pelo Malawi e Zâmbia, a oeste pelo Zimbabwe e a leste pelo Canal de Moçambique e o Oceano Índico, a sul e sudoeste pela África do Sul e Suazilândia. No Canal de Moçambique, tem fronteiras marítimas com as Comores, Madagáscar, a coletividade departamental francesa de Mayotte e as ilhas Juan de Nova, Bassas da Índia e Ilha Europa, pertencentes às Ilhas Esparsas das Terras Austrais e Antárticas Francesas. Esta antiga colónia e província ultramarina de Portugal, obteve a sua independência a 25 de Junho de 1975. Faz parte da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, da SADC, da Commonwealth, da Organização da Conferência Islâmica e da ONU. A sua capital e maior cidade é Maputo.
  26. 26. Moçambique
  27. 27. Moçambique
  28. 28. São Tomé e Príncipe São Tomé e Príncipe é um estado insular localizado no Golfo da Guiné, composto por duas ilhas principais (São Tomé e Ilha do Príncipe) e várias ilhotas, num total de 1001 km², com cerca de 160 mil habitantes. Estado insular, não tem fronteiras terrestres, mas situa-se relativamente próximo das costas do Gabão, Guiné Equatorial, Camarões e Nigéria. Segundo alguns estudos, as ilhas de São Tomé e Príncipe estiveram desabitadas até 1470, quando os navegadores portugueses João de Santarém e Pedro Escobar as descobriram. Foi então, uma colónia de Portugal desde o século XV até sua independência em 12 de julho de 1975. É um dos membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).
  29. 29. São Tomé e Príncipe
  30. 30. São Tomé e Príncipe
  31. 31. Timor-Leste Timor-Leste (oficialmente chamado de República Democrática de Timor - Leste) é um dos países mais jovens do mundo, e ocupa a parte oriental da ilha de Timor no Sudeste Asiático, além do exclave de Oecusse, na costa norte da parte ocidental de Timor, da ilha de Ataúro, a norte, e do ilhéu de Jaco ao largo da ponta leste da ilha. As únicas fronteiras terrestres que o país tem ligam-no à Indonésia, a oeste da porção principal do território, e a leste, sul e oeste de Oecusse, mas tem também fronteira marítima com a Austrália, no Mar de Timor, a sul. Com 14 874 quilómetros quadrados de extensão territorial, Timor-Leste tem superfície equivalente às áreas dos distritos de Beja e Faro somadas ou ainda é consideravelmente menor que o mais pequeno dos estados brasileiros, Sergipe. Sua capital é Díli, situada na costa norte.
  32. 32. Timor-Leste
  33. 33. Timor-Leste Conhecido no passado como Timor Português, foi uma colónia portuguesa até 1975, altura em que se tornou independente, tendo sido invadido pela Indonésia três dias depois. Permaneceu considerado oficialmente pelas Nações Unidas como território português por descolonizar até 1999. Foi, porém, considerado pela Indonésia como a sua 27.ª província com o nome de "Timor Timur". Em 30 de agosto de 1999, cerca de 80% do povo timorense optou pela independência em referendo organizado pela Organização das Nações Unidas. A língua mais falada em Timor-Leste era o indonésio no tempo da ocupação indonésia, sendo hoje o tétum (mais falado na capital). O tétum e o português formam as duas línguas oficias do país, enquanto o indonésio e a língua inglesa são consideradas línguas de trabalho pela atual constituição de Timor-Leste. Devido à recente ocupação indonésia, grande parte da população compreende a língua indonésia, mas só uma minoria o português. Geograficamente, o país enquadra-se no chamado sudeste asiático, enquanto do ponto de vista biológico aproxima-se mais das ilhas vizinhas da Melanésia, o que o colocaria na Oceania e, por conseguinte, faria dele uma nação transcontinental.
  34. 34. Timor-Leste
  35. 35. Timor-Leste
  36. 36.  Cristina Alves (Fonte: wikipedia e outros)

×