Artigos definidos

4.921 visualizações

Publicada em

Explicação de várias pormenores gramaticais em português

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.921
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
244
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Artigos definidos

  1. 1. CURSO DE PORTUGUÊS Sumário: Artigos Definidos; Artigos Indefinidos; Nomes e Adjectivos (nacionalidades); Singular e Plural.
  2. 2. Singular PluralMasculino Feminino Masculino Feminino o a os as
  3. 3.  O Artigo Definido é colocado antes do nome (substantivo) e serve para designar objectos ou seres perfeitamente identificáveis. Exemplo: O carro dele é bonito. A mãe do João é Inglesa.
  4. 4.  Emprega-se como valor possessivo e, também, antes do determinante possessivo.Exemplo: O meu carro está perto do café. Artigo Definido Determinante possessivo
  5. 5.  Emprega-se antes dos dias da semana e das horas do dia.Exemplo: À terça-feira temos aula de português.Com nomes das datas festivas.Exemplo: O Natal é uma época muito bonita.
  6. 6.  Com nomes de países, regiões, continentes, rios, mares e nomes próprios de pessoas, etc.Exemplo: o Brasil; os Açores; a Europa; o rio Tejo; o Oceano Atlântico; o Porto; a cidade da Guarda; o Jorge; a Ana.Excepções: em Portugal, em Angola, em Cabo Verde, em Marrocos, em Moçambique e na Guiné-Bissau (não se usam os artigos definidos).
  7. 7. Vamos praticar!!!
  8. 8. OA Pedro é PortuguêsOs
  9. 9. OA Pedro é PortuguêsOs
  10. 10. OA Joana Solnado é actriz.As
  11. 11. OA Joana Solnado é actriz.As
  12. 12. O Professores são ingleses.AOs
  13. 13. O Professores são ingleses.AOs
  14. 14. OA Margarida é Médica.Os
  15. 15. OA Margarida é Médica.Os
  16. 16. AsA primas da Leonor são de FaroOs
  17. 17. AsA primas da Leonor são de FaroOs
  18. 18. As Pais da Manuela sãoA agricultoresOs
  19. 19. As Pais da Manuela sãoA agricultoresOs
  20. 20. de + o do de + a da em + o no em + a na a+o ao a+a à por + o pelo por + a pelade + os da de + as dasem + a na em + as nasa + os aos a + as àspor + os pelos por + as pelas
  21. 21.  O carro do João está na garagem da casa dos pais; Ao domingo nós vamos sempre ao cinema e à biblioteca; Gosto muito de passear pela livraria antes de ir para casa.
  22. 22. 1. Complete com os artigos definidos: o, a, os, as.___ professora ___ director___ casas ___ secretária___ médico ___ número___ amigo ___ dicionários
  23. 23. 1. Complete com os artigos definidos: o, a, os, as.a professora o directoras casas a secretáriao médico o númeroo amigo os dicionários
  24. 24. 2. Complete com: de/ do/ da/ dos/ das.Ele é… ___ Portugal ___ Alemanha ___ Brasil ___ Estados Unidos ___ Filipinas ___ Inglaterra ___ Japão
  25. 25. 2. Complete com: de/ do/ da/ dos/ das.Ele é… de Portugal da Alemanha do Brasil dos Estados Unidos das Filipinas de Inglaterra do Japão
  26. 26. 3. Complete com: em/ no/ na/ nos/ nas.Eu tenho amigos _____ Brasil;Tu tens amigos _____ Lisboa;Los Angeles é ____ Estados Unidos da América;Ele está ____ Filipinas.Nós moramos ____ Suécia.Londres é ___ Inglaterra.Ele estuda ____ Canadá.
  27. 27. 3. Complete com: em/ no/ na/ nos/ nas.Eu tenho amigos no Brasil;Tu tens amigos em Lisboa;Los Angeles é nos Estados Unidos da América;Ele está nas Filipinas.Nós moramos na Suécia.Londres é em Inglaterra.Ele estuda no Canadá.
  28. 28. Singular PluralMasculino Feminino Masculino Feminino um uma uns umas
  29. 29. 1. O artigo indefinido designa objectos ou seres não identificados:Exemplo: Um amigo do Manuel perdeu a bicicleta. (Não sabemos quem é o amigo do Manuel).2. No plural só se emprega quando se refere a um objecto determinado.Exemplo: O Pedro tem umas irmãs muito bonitas. / Eu vou comprar uns óculos especiais.
  30. 30.  Isto é um carro. Isto é ____ caneta. Isto é ___ casa. Isto é ___ caderno. Isto é ___ porta. Isto é ___ computador. Isto é ___ pasta. Isto é ___ cadeira.
  31. 31.  Isto é um carro. Isto é uma caneta. Isto é uma casa. Isto é um caderno. Isto é uma porta. Isto é um computador. Isto é uma pasta. Isto é uma cadeira.
  32. 32. de + um dum de + uns dunsem + um num em + uns nunsde + uma duma de + umas dumasem + uma numa em + umas numas
  33. 33.  A Joana tem uma pasta preta. O meu pai tem ____ amigos ingleses. A Luísa tem ____ irmas muito simpáticas. ____ vivenda é uma casa independente, geralmente muito grande. Tu tens ____ casa muito bonita. O senhor tem ____ carro fabuloso! Ela tem ____ óculos muito originais! A avó do Luís deve ter ____ 80 anos. Tu tens ___ telemóvel espetacular!
  34. 34.  A Joana tem uma pasta preta. O meu pai tem uns amigos ingleses. A Luísa tem umas irmãs muito simpáticas. Uma vivenda é uma casa independente, geralmente muito grande. Tu tens uma casa muito bonita. O senhor tem um carro fabuloso! Ela tem uns óculos muito originais! A avó do Luís deve ter una 80 anos. Tu tens um telemóvel espetacular!
  35. 35.  Aponte os artigos indefinidos no conto tradicional que, em seguida, apresentamos. Não esquecer que nos referimos às seguintes palavras: um, uma, uns, umas, dum, num, duma, numa, duns, nuns, dumas, numas.
  36. 36. Uma noite um homem ía por um descampado e encontrou uns sujeitos a dançar. Meteu-se no rancho e começou a dançar também. Sentia-se já estafado da dança que se prolongava de mais; mas por mais que quisesse não podia parar. Só quando os companheiros pararam é que pôde livrar-se daquele martírio. O homem era corcunda.- Que paga havemos de dar a este companheiro? Perguntou um dos dançadores. Tiremos-lhe a corcunda – responderam eles.
  37. 37. E a corcunda desapareceu logo das costas do homem.Um amigo do feliz operado, corcunda como ele, vendo-o sem defeito, perguntou-lhe onde tinha arranjado aquela boa fortuna. Assim, este, procurou numa noite o descampado; lá encontrou uns dançadores; dançou, dançou, parou quando os companheiros pararam.- Que paga devemos dar a este? – perguntou um dos dançadores. – Damos-lhe a corcunda que o outro deixou.E o pobre homem ficou com duas corcundas. Os dançadores eram diabos.(autor:Francisco Martins Sarmento – Arqueólogo Vimaranense)
  38. 38. Uma noite um homem ía por um descampado e encontrou uns sujeitos a dançar. Meteu-se no rancho e começou a dançar também. Sentia-se já estafado da dança que se prolongava de mais; mas por mais que quisesse nao podia parar. Só quando os companheiros pararam é que pôde livrar-se daquele martírio. O homem era corcunda.- Que paga havemos de dar a este companheiro? Perguntou um dos dançadores. Tiremos-lhe a corcunda – responderam eles.
  39. 39. E a corcunda desapareceu logo das costas do homem.Um amigo do feliz operado, corcunda como ele, vendo-o sem defeito, perguntou-lhe onde tinha arranjado aquela boa fortuna. Assim, este, procurou numa noite o descampado; lá encontrou uns dançadores; dançou, dançou, parou quando os companheiros pararam.- Que paga devemos dar a este? – perguntou um dos dançadores. – Damos-lhe a corcunda que o outro deixou.E o pobre homem ficou com duas corcundas. Os dançadores eram diabos.
  40. 40. 9 Ar tigos Indefinidos!!
  41. 41. Nasceu a 9 de Marçode 1833 e morreu a9 de Agosto de 1899
  42. 42. 1. Masculino em –o, feminino em –aEx. Primo – prima; secretário – secretária;Cuidadoso – cuidadosa; morto – morta.2. Masculino em –e, feminino em –eEx. o/a estudante; o/a presidente.3. Masculino e feminino em –a (são uniformes)Ex. o/a artista; o/a jornalista.4. Masculino em –ês, feminino em –esaEx. Português – portuguesa
  43. 43. 5. Masculino em –or, feminino em –ora.Ex. O professor – a professora, o cantor – a cantora6. Masculino em -ão, feminino em –aEx. Irmão – irmã, alemão – alemã7. Masculino em –ão, feminino em –onaEx. O rapagão – a raparigona, grandalhão – grandalhona8. Masculino em –ão, feminino em –oaEx. O leão – a leoa, o patrão – a patroa
  44. 44. 1. Femininos com terminaçoes diferentes: o avô – a avó, o cão – a cadela, o galo – a galinha, o rei – a rainha, o heroi – a heroína, o rapaz – a rapariga, o imperador – a imperatriz, o actor – a actriz.2. Femininos com raízes diferentes dos masculinos: o homem – a mulher, o padrinho – a madrinha, o genro – a nora, o boi – a vaca, o cavalo – a égua, o carneiro – a ovelha, o bode – a cabra.3. Femininos em –esa; -essa; -isa: o conde – a condensa, o barão – a baronesa, o duque – a duquesa, o poeta – a poetisa, o profeta – a profetisa.
  45. 45. 1. Ficam invariáveis os adjectivos que terminam em –l; -ar; -z; -es; -em; -im; -um:Ex. – l: actual, agradável, terrível, comestível, difícil, fácil, azul. Excepto: Espanhol – Espanhola;Ex. –ar: familiar, militar, triangular, espetacular.Ex. –z: feliz, eficaz, feroz, capaz.Ex. –s: simples, reles.Ex. –em, -im, -um: selvagem, ruim, comum.
  46. 46. Ex. O carro é branco. (casa). O carro é branco. A casa é branca.2. O livro é vermelho. (caneta).3. O caderno é amarelo. (esferográfica).4. O estojo é redondo. (borracha).5. O muro é alto. (casa).6. O Pedro é bonito. (Ana).7. O Jorge é estudioso. (Joana).8. O Fernando é inteligente. (Luísa).9. O filme é interessante. (cançao).10. O bolo é excelente. (carne).11. O Paulo está sempre atento. (Júlia).
  47. 47. 1. O livro é vermelho. A caneta é vermelha.2. O caderno é amarelo. A esferográfica é amarela.3. O estojo é redondo. A borracha é redonda.4. O muro é alto. A casa é alta.5. O Pedro é bonito. A Ana é bonita.6. O Jorge é estudioso. A Joana é estudiosa.7. O Fernando é inteligente. A Luísa é inteligente.8. O filme é interessante. A cançao é interessante.9. O bolo é excelente. A carne é excelente.10. O Paulo está sempre atento. A Júlia está sempre atenta.
  48. 48. O galo era o compadre da raposa, e esta chegou-se um dia a ele e disse-lhe:- Não sabes? Olha que há agora uma ordem para os bichos se não comerem uns aos outros.O galo ficou ciente e a raposa disse-lhe: - Fecha um olho. O galo fechou um olho. – Fecha o outro. O galo fechou o outro olho. E zás! A raposa engoliu-o.Nisto aparece um caçador, e a raposa larga a fugir e os cães a correrem atrás dela. E dizia o galo à raposa dentro da barriga dela: - Mostra-lhe o rabo. Dizia a raposa: Não posso.- Mostra-lhe a ordem! Mostra-lhe a ordem! O tolo é quem se faz cego e o não é.
  49. 49. A galinha era a comadre da raposa, e esta chegou-se um dia a ela e disse-lhe:- Não sabes? Olha que há agora uma ordem para os bichos se não comerem uns aos outros.A galinha ficou ciente e a raposa disse-lhe: - Fecha um olho. A galinha fechou um olho. – Fecha o outro. A galinha fechou o outro olho. E zás! A raposa engoliu-a.Nisto aparece uma caçadora, e a raposa larga a fugir e as cadelas a correrem atrás dela. E dizia a galinha à raposa dentro da barriga dela: - Mostra-lhe o rabo. Dizia a raposa: Nao posso.- Mostra-lhe a ordem! Mostra-lhe a ordem! A tola é quem se faz cega e o não é.
  50. 50. 1 – O sapato está b) a) escura2 – A carne é b) apertado3 – A cerveja está c) casado4 – O tempo está d) naturais5 – A igreja é e) saborosos6 – As flores sao f) silenciosa7 – A parede é g) alta8 – O mar está h) agitado9 – A rapariga i) largas10 – O comboio é j) Dura11 – Os morangos sao k) Rápido12 – A sala é l) Fresca13 – O professor é m) Frio14 – As calças estão n) amarela
  51. 51. 1. O sapato está apertado (b);2. A carne é dura (j);3. A cerveja está fresca (l);4. O tempo está frio (m);5. A igreja é silenciosa (f);6. As flores sao naturais (d);7. A parede é amarela (n);8. O mar está agitado (h);9. A rapariga é alta (g);10. O comboio é rápido (k);11. Os morangos sao saborosos (e);12. A sala é escura (a);13. O professor é casado (c);14. As calças estao largas (i)
  52. 52.  Regra geral: O plural dos nomes terminados em vogal ou ditongo formam-se acrescentando- se –s ao singular.Exemplo: mesa – mesas; mãe – mães. Quando terminam em –m, mudam para –ns.Exemplo: homem- homens, jardim – jardins, bem – bens.
  53. 53.  Nomes terminados em –ão, a maioria faz plural com –ões. Exemplo: limão – limões, revolução - revoluções, leão – leões, patrão – patrões, canção – canções. Alguns fazem o plural em –ães. Exemplo: capitão – capitães, cão – cães – pão – pães, alemão – alemães. Outros em –ãos. Exemplo: órfão – orfãos, irmão – irmãos, bênção – bênçãos, cidadão – cidadãos.
  54. 54.  Os nomes terminados em –n, -r, -s, -z formam o plural acrescentando –es ao singular.Ex: mar – mares, ananás – ananases, nariz – narizes. Se os nomes terminados em –s são acentuadas na penúltima sílaba, não sofrem alteração.Ex: o lápis – os lápis; o atlas – os atlas.
  55. 55.  Nomes e adjectivos terminados em –al, -el, -il, - ol, -ul, substituimos o –l por –is.Exemplo: animal – animais; papel – papeis, azul – azuis, lençol - lençois.Excepção: cônsul – cônsules, mal – males. Quando as palavras são acentuadas na última sílaba mudam o - l por –eis.Exemplo: réptil – répteis, fóssil – fósseis, nível – níveis, dócil – dóceis.
  56. 56.  Palavras compostas por hífen, se ambas as palavras forem variáveis, tomam as duas a forma de plural.Exemplo: curto-circuito – curtos-circuitos, obra- prima – obras-primas. Se houver um verbo, só a outra palavra muda.Exemplo: mata-borrão – mata-borrões, guarda- chuva – guarda-chuvas. Se duas palavras estiverem unidas por uma preposição, só a primeira adequire o plural.Exemplo: capitão-de-fragata – capitães-de-fragata.
  57. 57. Ex. O livro é amarelo – Os livros são amarelos.2. O jornal está em cima da mesa.3. O irmão do professor é comerciante.4. O patrão do meu primo é alemão.5. O rapaz da mochila é sobrinho do dono do quiosque.6. O avô gosta muito do nosso pão.7. Esta canção popular é antiga.8. O jardim de casa da mãe é enorme.9. A televisão da sala é maior do que a do quarto.
  58. 58. 1. Os jornais estão em cima da mesa.2. Os irmãos dos professores são comerciantes.3. Os patrões dos meus primos são alemães.4. Os rapazes das mochilas são sobrinhos dos donos dos quiosques.5. Os avós gostam muito dos nossos pães.6. Estas canções populares são antigas.7. Os jardins das casas das mães sao enormes.8. As televisões das salas são maiores que as dos quartos.
  59. 59. Cristina Alves Junho, 2012

×