A Arte em Portugal(séculos XV – XVIII)             A Arte Manuelina   A arquitetura renascentista                    O Bar...
A persistência do gótico: a Arte              Manuelina• Enquanto que em Itália      D. Manuel I  nascia e se afirmava a  ...
A persistência do gótico: a Arte               Manuelina• Nestes edifícios o estilo  gótico mantém-se mas  introduzem-se e...
Janela doConvento de Cristo de   Tomar
Estilo Manuelino - Torre de Belém
A arquitectura Renascentista em                Portugal• Com o tempo o estilo Renascentista foi  introduzido em Portugal, ...
Mosteiro dos Jerónimos - Lisboa
Capela da Senhora da Conceição - Tomar
Igreja da Graça - Évora
Claustro de D. João III - Tomar
Pintura• Quanto à pintura renascentista, esta surge em  Portugal ainda no século XV, através da  influência da pintura fla...
Painéis de S. Vicente de Fora
Martírio de S. Sebastião – Grão Vasco
“A Virgem, o menino e os Anjos”,       de Gregório Lopes
O Barroco em Portugal• Manifestou-se, desde o  século XVII, na literatura  e nas artes, atingindo o  seu apogeu no reinado...
Igreja de Santa Madalena (Falperra – Braga)
Igreja de Santa Engrácia - Lisboa
Convento de Mafra
Igreja dos Clérigos - Porto
Solar de Mateus – Vila Real
A escultura e as artes decorativas• O     maior     escultor  português deste período  foi Machado de Castro,  sendo que p...
A escultura e as artes decorativas• De destacar a talha  dourada esculpida em  madeira de muitas  igrejas do país. (imagem...
A escultura e artes decorativas• Nesta época teve grande relevo a talha  dourada esculpida na madeira dos coches,  nas peç...
Cristina AlvesMaio de 2012
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Arte em portugal curso pt

1.441 visualizações

Publicada em

Breve resumo do contexto histórico da arte em Portugal no período compreendido entre meados do século XV e início do século XVIII.

  • Seja o primeiro a comentar

Arte em portugal curso pt

  1. 1. A Arte em Portugal(séculos XV – XVIII) A Arte Manuelina A arquitetura renascentista O Barroco
  2. 2. A persistência do gótico: a Arte Manuelina• Enquanto que em Itália D. Manuel I nascia e se afirmava a arte renascentista, aos longos dos séculos XV e parte do século XVI, a utilizar-se modelos da arte gótica. Em Portugal este impulso foi dado nos reinados de D. Manuel I e D. João III.
  3. 3. A persistência do gótico: a Arte Manuelina• Nestes edifícios o estilo gótico mantém-se mas introduzem-se elementos decorativos de carácter naturalista(troncos, raízes, folhagens) e marítimo (cordas, bóias, conchas e redes), além de emblemas nacionais, como a cruz de Cristo, o escudo real e a esfera armilar. Óculo manuelino do Convento de Cristo
  4. 4. Janela doConvento de Cristo de Tomar
  5. 5. Estilo Manuelino - Torre de Belém
  6. 6. A arquitectura Renascentista em Portugal• Com o tempo o estilo Renascentista foi introduzido em Portugal, visível através de obras grandiosas como o Mosteiro dos Jerónimos, na decoração de alguns pilares da Igreja e dos claustros.• Mas muitos são os exemplos renascentistas em Portugal.
  7. 7. Mosteiro dos Jerónimos - Lisboa
  8. 8. Capela da Senhora da Conceição - Tomar
  9. 9. Igreja da Graça - Évora
  10. 10. Claustro de D. João III - Tomar
  11. 11. Pintura• Quanto à pintura renascentista, esta surge em Portugal ainda no século XV, através da influência da pintura flamenca, devido às estreitas ligações económicas com a Flandres.• Destacam-se neste período, os painéis se S. Vicente de Fora, de Nuno Gonçalves e outros pintores como Grão Vasco e Gregório Lopes.
  12. 12. Painéis de S. Vicente de Fora
  13. 13. Martírio de S. Sebastião – Grão Vasco
  14. 14. “A Virgem, o menino e os Anjos”, de Gregório Lopes
  15. 15. O Barroco em Portugal• Manifestou-se, desde o século XVII, na literatura e nas artes, atingindo o seu apogeu no reinado de D. João V, graças ao afluxo de ouro proveniente do Brasil.
  16. 16. Igreja de Santa Madalena (Falperra – Braga)
  17. 17. Igreja de Santa Engrácia - Lisboa
  18. 18. Convento de Mafra
  19. 19. Igreja dos Clérigos - Porto
  20. 20. Solar de Mateus – Vila Real
  21. 21. A escultura e as artes decorativas• O maior escultor português deste período foi Machado de Castro, sendo que proliferaram, neste período, vários trabalhos de escultura.
  22. 22. A escultura e as artes decorativas• De destacar a talha dourada esculpida em madeira de muitas igrejas do país. (imagem: Mosteiro de Tibães – Braga)
  23. 23. A escultura e artes decorativas• Nesta época teve grande relevo a talha dourada esculpida na madeira dos coches, nas peças de ourivesaria e no mobiliário.• Foi desenvolvido com grande sucesso o azulejo.
  24. 24. Cristina AlvesMaio de 2012

×