Futuroeticapolitica

1.075 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.075
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Futuroeticapolitica

  1. 1. 1FACULDADE METROPOLITANA DA GRANDE RECIFE Curso de Gestão de Recursos Humanos Turma: GRH 1-A Manhã Antônio Marcos Cristiana Costa Sotero Elissandra Cristina de Lima Simone Maria Lima Ferreira Tarsilly Cassiany Maria de Menezes PERSPECTIVA DA ÉTICA NA POLÍTICA Jaboatão dos Guararapes – PE 2011
  2. 2. 2CURSO DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Turma: GRH 1-A Manhã Antônio Marcos Cristiana Costa Sotero Elissandra Cristina de Lima Simone Maria Lima Ferreira Tarsilly Cassiany Maria de Menezes PERSPECTIVA DA ÉTICA NA POLÍTICA Trabalho apresentado ao Professor do curso de Gestão de Recursos Humanos da Faculdade Metropolitana da Grande Recife, como Requisito de avaliação parcial do semestre letivo de 2011.1 envolvendo a disciplina de Ética Profissional, sob orientação do professor Lucas T. Galindo Filho. Jaboatão dos Guararapes – PE 2011
  3. 3. 3FIGURAS Fig 1.Fonte: www.revistadatribuna.com.br/ revista_12 /campanha OAB- SP/brasilwiki.com.br/wwwterrordonordeste.blogspot.com Fig.2 - Capa da Revista Veja desta semana 8 de junho de 2011 Ed.2220 Fig. 3 - Fonte: ibaretamanet.blogspot.com Fig. 4 - Fonte: Revista Isto é – 1 junho/2011 ano 35 n 2168p.58-59 Fig. 5 – Fonte: guarababado.com.br /conversaafiada.com.br Fig. 6 - Fonte:http://2.bp.blogspot.com/-s4Z0qmMx7nM/TW PJYgHEI/AAAAAAAAEIc/sfrcCvt3iQM/s1600/duas+metades.jpg Fig.7 – Fonte: Publicado na Revista Virtual Espaço Acadêmico http://www.espacoacademico.com.br 2001-2004 Fig.8 – Fonte: altairgermano.net/ upecbrasil.blogspot.com
  4. 4. 4SUMÁRIOLISTA DE FIGURA......................................................................................iii1 – INTRODUÇÃO – A ÉTICA NA POLÍTICA...........................................052 – A ÉTICA NO MOMENTO PRESENTE................................................063 – PERSPECTIVA DA ÉTICA NA POLÍTICA..........................................074 – CONCLUSÃO......................................................................................125 – REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS....................................................14
  5. 5. 5INTRODUÇÃOA ÉTICA NA POLÍTICAAristóteles  “Que vantagem tem os mentirosos? A de não serem acreditados quando dizem a verdade”.  “Nosso caráter é o resultado da nossa conduta”.  “A pior forma de desigualdade é tentar fazer duas coisas diferentes iguais”  Ética caminha junto com a política? Sabe-se que a política é a arte de bem governar os povos, que a ética é oconjunto de princípios estabelecidos mediante um ponto de vista comum a umgrupo de indivíduos. Então, podemos dizer que ética na política difere aosescândalos que temos acompanhado através da mídia. Com certa freqüência, encontramos, Prefeitos, Governadores, Secretáriose Ministros com os seus mandatos e cargos sob suspeita; em sua maioriajulgado pelo conselho de ética por peculato, nepotismo e corrupção ativa, emtodas as áreas. O que se pode esperar para o futuro, quando o ministro chefe da casa civilestá sendo investigado por enriquecimento ilícito, em um país onde umPresidente da República já sofreu Impeachment, presidentes da Câmara e doSenado já tiveram seus mandatos cassados. Onde um médico condenado porabusar sexualmente de dezenas de mulheres é preso e solto pelo Ministro doSupremo Tribunal Federal, e logo após esse beneficio renova o passaporte eviaja para Síria, onde tem dupla nacionalidade com o Brasil e o Brasil nãopossui acordo de extradição. Isso, sem falar que a comissão para assuntoseducativos é composta por um semi-alfabetizado e um jogador de futebolpreocupado em dormir durante as sessões. Reflexões sobre a questão da ética na política e as possíveis distinçõesideológicas entre a esquerda e a direita no trato da coisa pública. A lógica dopoder não parece fazer muitas distinções entre esquerda e direita no que serefere às questões morais como o uso da máquina pública e a falta detransparência no controle dos partidos políticos.
  6. 6. 6A ÉTICA NO MOMENTO PRESENTE Alguns dizem que política e ética não andam juntas, pois na política se busca resultados a qualquer custo, ou seja, atos políticos não deveriam ser avaliados do ponto de vista ético. Por exemplo: Representante de estado com pouca representatividade no âmbito federal vota determinada matéria (mesmo contra seus princípios éticos) porque num futuro próximo isto se refletirá como benefícios para sua região.  Isto é ético?  Os EUA se negaram a seguir o protocolo de Kyoto (emissão de poluentes atmosféricos) porque, segundo eles, iria prejudicar as suas indústrias;  O superávit primário do Brasil para o pagamento de juros da dívida;  Partidos políticos aceitarem doações para financiamento de suas campanhas;  A Reforma da Previdência apresentada pelo PT;  Isto é ético? Fig 1.Fonte: www.revistadatribuna.com.br/ revista_12 /campanha OAB-SP/brasilwiki.com.br/wwwterrordonordeste.blogspot.com  A política brasileira, ou o modo de fazer política no Brasil, vem minando a cada dia a nossa democracia e a nossa República com escândalos que envolvem corrupção, fraudes, mau uso do dinheiro público; enfim, situações que divergem de todos os princípios norteadores do nosso ordenamento jurídico.
  7. 7. 7  A "desilusão e o desencanto" não são novidades quando se trata da ética na política. Fig.2 - Capa da Revista Veja desta semana 8 de junho de 2011 Ed.2220 ESTA É A ÉTICA NA POLÍTICA DE HOJENesta mesma revista, na mesma edição, há mais 3 outras reportagensdistantes todas falando de escândalos políticos.O senador Demóstenes Torres (DEM-GO), quando perguntado pelo repórter(Gustavo Ribeiro) da revista Veja, na reportagem das páginas amarelas ; com o (p.17)título de „Só nos sobrou o Supremo‟; sobre por que não há iniciativa de seacabar com as más práticas do Congresso, ele responde: “Antes do mensalão,ainda havia certo pudor dos parlamentares em abrir investigações, quebrar sigilos e dar umasatisfação ao eleitor. Foram tantas CPIs que o governo impediu que tivessem qualquerresultado prático... É porque realmente os congressistas não querem apurar a conduta de 1nenhum colega e não querem fiscalizar o governo...”.PERSPECTIVA DA ÉTICA NA POLÍTICA E AS PERSPECTIVAS FUTURAS? Existe uma tendência de degradação moral no mundo capitalista que nãomostra sinais de regressão e que parece ligada a um „vazio‟ ético produzidonas sociedades pelo „enobrecimento‟ do individualismo e do consumismo, doser e do ter (do ser manipulado e do ter controle num amplo espectro); mas, aomesmo tempo, há um movimento contrário, chamando à tona sentimentos quefazem prevalecer o que há de mais nobre e de melhor em nossa herança éticae é isso que nos fortalece e nos faz marchar para frente com a cabeça erguida;sem isso, estamos mortos – por dentro, na alma. Cristiana Sotero – junho, 2011. 1 Fonte: Revista Veja, edição 2220 – ano 44 – n 23 8 de junho de 2011, (Pgs amarelas, p.17)
  8. 8. 8 ÉTICA NA POLÍTICA OU POLÍTICA COM ÉTICA? EIS A QUESTÃO! Algumas questões:  Devemos cumprir uma promessa mesmo que por alterações diversas esta nos prejudique?  Devemos sempre dizer a verdade, mesmo quando a mentira for benéfica?  Se estivermos cumprindo ordens podemos ser julgados do ponto de vista ético?A Ética no Futuro do Brasil É através do nosso voto, da nossa cobrança pelo fim da impunidade, pela plena aplicação das leis vigentes, pelo fim da miséria e tantos outros males que afligem nosso país; tudo não fosse à herança negativa de nossos primeiros governantes que se preocupavam exclusivamente com interesses particulares, que não sabiam agir com ética; que, poderemos ser uma grande nação.  A ética na política, com certeza, deveria fazer parte das ações diárias das pessoas públicas que desempenham funções importantes no Brasil e no mundo, sendo assim, ela está ligada e incorporada ao progresso de uma Nação. Fig. 3 - Fonte: ibaretamanet.blogspot.com
  9. 9. 9 PERSPECTIVA PARA O FUTURO: O QUE A ÉTICA NA POLÍTICA FAZ Fig. 4 - Fonte: Revista Isto é – 1 junho/2011 ano 35 n 2168p.58-59 Nesta mesma reportagem, na página 59, a Ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome afirma que: “A pobreza caiu porque o governo adotou ações que aliam crescimento econômico com inclusão social”. Propagandas do governo como essa do Plano Brasil Sem Miséria, editada na2 revista Veja, onde diz: “Nos últimos anos, o Brasil surpreendeu o mundo ao tirar 28 milhões de brasileiros da pobreza e levar 36 milhões para a classe média.” Tudo isso significa o quê? Significa que o governo sabe fazer, sabe ser ético quando lhe convém, e por que não ser sempre, então? E isso que queremos para as futuras gerações do nosso planeta. Exemplos como o da Alemanha, que mesmo precisando muito da energia nuclear; devido à pressão feita pela população aos seus governantes; teve que abandoná-la3.Isso é ética na política e política com ética. Novas perspectivas Diante da situação atual, o Congresso vai colocar em prática a nova Reforma Política com o objetivo de corrigir distorções, dando transparência ao processo eleitoral e restabelecer sua relação de confiança com a sociedade. 2 (Veja, edição 2220 – ano 44 – n 23 8 de junho de 2011) 3 (fonte:World Nuclear Association Database – Veja – Ed 2220 – n23)
  10. 10. 10  É importante acreditar que tal Reforma pode significar um passo importante, rumo a uma sociedade mais madura, mais ética, mais vigilante e menos tolerante à corrupção.  Sem essa moralização partidária, o governo está seriamente destinado a terminar junto com o seu mandato, o ciclo auspicioso da vida política brasileira, que tão grandes esperanças criou em vários setores da opinião pública. Em resumo, as promessas de moralidade política que seriam trazidas ao poder público continuariam exatamente isso: promessas… A ÉTICA NA POLÍTICA Novas perspectivas  A expectativa é que todos esses novos projetos beneficiem toda a sociedade, mudando a realidade deste país, e quiçá deste planeta! Influenciando outros países com o nosso exemplo.  Não será possível manter o progresso se daqui para frente todos os brasileiros não se preocuparem em aceitar a ética como primeira aliada e aplicá-la nas decisões pessoais e administrativas, só assim o Brasil ficará livre do chamado País emergente. o “poder serviço” é aquele que acaba com a divisão entre os que servem e os que são servidos, entre os que governam e os que são governados, entre os que dirigem e os que são dirigidos. o Portanto, o poder só é “poder serviço” quando for partilhado (Jo 13, 4- 17). Só dessa forma conseguiremos consolidar mecanismos e organizações que irão garantir política com ética e a superação da desigualdade e da exclusão social.4 “Não se pode transformar a eleição numa espécie de corruptódromo. [...]. Não setrata, com isso, de temer um debate sobre ética pública. Mas os grandes problemassobre esse tema no Brasil derivam da falência do atual sistema político e não apenasdo planejamento de meia dúzia de indivíduos. A corrupção no Estado brasileiro ésistêmica. Para que baixemos a taxa de ilegalidade, proveito pessoal em cargospúblicos e até mesmo de corrupção, temos que prosseguir no caminho dodesenvolvimento, das reformas, da educação, do crescimento econômico e noaprofundamento do controle da sociedade sobre o Estado” (Tarso Genro – ISTO É – ed. n.º1918 – pág. n.º 10)4 Luiz Dietrich – coordenador da Dimensão de Cidadania do CEBI cidadania@cebi.org.br
  11. 11. 11PARA QUE O DESCASO SE TRANSFORME EM DIGNIDADE!!!! Fig.5 – Fonte: guarababado.com.br/conversaafiada.com.br“A maior parte dos homens, em política como em tudo, atribui osresultados das suas imprudências à firmeza dos seus princípios.”Benjamim Constant“Que continuemos a nos omitir da política é tudo o que os malfeitores davida pública mais querem.”Bertold Brecht
  12. 12. 12CONCLUSÃOÉTICA E POLÍTICA – RUMO A UM FUTURO MELHOR Fig. 6 - Fonte: http://2.bp.blogspot.com/-s4Z0qmMx7nM/TW-P-JYgHEI/AAAAAAAAEIc/sfrcCvt3iQM/s1600/duas+metades.jpg Procurar falar com simplicidade, mas sem simplismo, de coisasimportantes é uma tarefa difícil. Por exemplo, refletir sobre a relação existenteentre a ética e a política. Hoje, a idéia é de que é grande a distância entre uma e outra e quegostaríamos é que ela fosse encurtada. Mas há outro plano de relacionamentoentre a ética e a política que vai muito além da individualidade pessoal dospolíticos, e que é a verdadeira chave para avaliar a legitimidade histórica deuma orientação política. De fato, a política ou é um caminho para umasociedade livre, justa e fraterna, sob a luz da cooperação e da solidariedade,num ambiente de criatividade individual e coletiva, dando corpo a uma ética dehumanização das sociedades, guiada por uma esperança de novos tempos. Ouseja, a política que se funde com a ética, numa sinergia que venha cada vezmais trazer um futuro promissor, de um modo diferente de como se vive nopresente. Ou, é um continuísmo do „anti-eticismo‟ político que vimosvivenciando todos esses séculos, desde nossa descoberta. Quanto aos políticos que, seguem os caminhos que materializam umdescaso estrutural da política pela ética, embora se comportem com plenafidelidade aos padrões éticos no plano individual, apenas se pode desejar quea sua qualidade ética individual os conduza a um reexame estratégico das suasopções globais. Para a política, a ética deve ser, pois uma irmã. Mas nos doisplanos e não apenas num. Fig.7 – Fonte: Publicado na Revista Virtual Espaço Acadêmico http://www.espacoacademico.com.br 2001-2004
  13. 13. 13 Fig.8 – Fonte: altairgermano.net/ upecbrasil.blogspot.com A ética na (e da) política:Existe alguma diferença entre a esquerda e a direita? Sem uma reforma moral da política partidária no Brasil, a esquerdaatualmente no poder está seriamente destinada a acabar o seu atual mandato,com um ciclo auspicioso da vida política brasileira, que tão grandes esperançascriou em imensos setores da opinião pública. Em resumo, as promessas demoralidade política que seriam trazidas pela ascensão da esquerda ao poderpermanecerão exatamente isso: promessas…Então, é preciso romper com a banalização dessas práticas antiéticas para quecom elas não somente nos escandalizemos, mas exijamos que o direito se façaaplicar, por mais altas que sejam as autoridades que as tenham praticado.
  14. 14. 14Bibliografiahttp://www.espacoacademico.com.br/043/43pra.htmhttp://www.ibaretamanet.blogspot.comhttp://ograndezoo.blogspot.com/search/label/pol%C3%ADticahttp://ograndezoo.blogspot.com/2011/03/etica-e-politica.htmlhttp://www.pime.org.br/mundoemissao/politicadebate.htm Tarso Genro –ISTO É – ed. n.º 1918 – pág. n.º 10http://www.pime.org.br/mundoemissao/politicadate.htmRevista Veja, edição 2220 – ano 44 – Nº 23 8 de junho de 2011

×