CANAIS DE VIABILIZAÇÃO NA MÍDIA Por: Domingos Crescente
DO QUE VAMOS TRATAR <ul><li>Cenário: a área de saúde e a mídia </li></ul><ul><li>Por que queremos estar na mídia? </li></u...
CENÁRIO <ul><li>Historicamente, a área de saúde manteve-se afastada de um trabalho proativo com a mídia </li></ul><ul><ul>...
POR QUE QUEREMOS ESTAR PRESENTES NA MÍDIA? <ul><li>Incrementar os negócios? </li></ul><ul><li>Obter reconhecimento profiss...
POR QUE QUEREMOS ESTAR PRESENTES NA MÍDIA? <ul><li>Se você quer incrementar os negócios, ter maior reconhecimento profissi...
POR QUE QUEREMOS ESTAR PRESENTES NA MÍDIA? Então, você certamente  terá uma grande  chance de sucesso
O QUE QUEREMOS DIZER COM ISSO? <ul><li>No mundo de hoje: </li></ul><ul><ul><li>não é mais possível manter um comércio qual...
COMO SURGIU ESSA NECESSIDADE? <ul><li>A  comoditização  dos produtos e serviços </li></ul><ul><li>A necessidade de diferen...
E COMO ELA FOI RESOLVIDA? <ul><li>As empresas passaram a se diferenciar pela sua conduta com respeito à ética, a inclusão ...
O BRANDING <ul><li>O branding é uma nova postura empresarial que coloca a marca no foco da gestão corporativa, alinhando p...
QUEM SOMOS? <ul><li>Definir nossos objetivos. </li></ul><ul><li>Definir como agiremos para chegar a estes objetivos, estab...
QUEM SOMOS? “ We can show you where we’re going – because  we know who we are” Philip H. Knight – CEO da Nike
CRIANDO CANAIS DE VIABILIZAÇÃO NA MÍDIA <ul><li>Primeira fase - Conhecimento </li></ul><ul><li>Saber quem é e onde quer ch...
COMO PENSA A MÍDIA? <ul><li>O interesse do público </li></ul><ul><li>A visão ampla dos fatos  </li></ul><ul><li>O acompanh...
CRIANDO CANAIS DE VIABILIZAÇÃO NA MÍDIA <ul><li>Segunda Fase – Cultivando novos hábitos </li></ul><ul><li>Manter sempre um...
CRIANDO CANAIS DE VIABILIZAÇÃO NA MÍDIA <ul><li>Segunda Fase – Cultivando novos hábitos </li></ul><ul><li>Lembrar-se sempr...
CRIANDO CANAIS DE VIABILIZAÇÃO NA MÍDIA <ul><li>Terceira Fase – Entrando em contato com a mídia </li></ul><ul><li>Assessor...
CRIANDO CANAIS DE VIABILIZAÇÃO NA MÍDIA <ul><li>Terceira Fase – Entrando em contato com a mídia </li></ul><ul><li>Entrevis...
INSTRUMENTOS DE MEDIÇÃO <ul><li>Clipping </li></ul><ul><ul><li>É a reunião de tudo o que foi divulgado pela mídia a respei...
A INTERNET <ul><li>Os sites </li></ul><ul><ul><li>São importante fontes de informação para os jornalistas, se divulgarem f...
UMA HISTÓRIA-RESUMO <ul><li>Você vai a uma festa e encontra uma garota muito interessante... </li></ul><ul><li>Você vai at...
O B R I G A D O !
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Canais com a mídia

449 visualizações

Publicada em

Conceitos de relacionamento com a mídia para o setor de saúde. Palestra proferida para Associação Brasilerira de Medicina Psicossomática

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Canais com a mídia

  1. 1. CANAIS DE VIABILIZAÇÃO NA MÍDIA Por: Domingos Crescente
  2. 2. DO QUE VAMOS TRATAR <ul><li>Cenário: a área de saúde e a mídia </li></ul><ul><li>Por que queremos estar na mídia? </li></ul><ul><li>As necessidades de comunicação do mundo atual </li></ul><ul><li>A importância da pergunta “Quem somos?” </li></ul><ul><li>Criando canais de viabilização com a mídia </li></ul><ul><li>As redes sociais na internet </li></ul><ul><li>Uma história-resumo </li></ul>
  3. 3. CENÁRIO <ul><li>Historicamente, a área de saúde manteve-se afastada de um trabalho proativo com a mídia </li></ul><ul><ul><li>Questões éticas </li></ul></ul><ul><ul><li>Estrutura do setor </li></ul></ul><ul><li>Hoje o quadro está mudando e mesmo consultórios médicos já se preocupam em viabilizar sua presença na mídia. </li></ul><ul><ul><li>Agências especializadas nesse tipo de divulgação </li></ul></ul>
  4. 4. POR QUE QUEREMOS ESTAR PRESENTES NA MÍDIA? <ul><li>Incrementar os negócios? </li></ul><ul><li>Obter reconhecimento profissional? </li></ul><ul><li>Agregar valor aos serviços prestados? </li></ul><ul><li>Garantir a sustentabilidade dos negócios? </li></ul><ul><li>Aparecer, ser famoso? </li></ul>
  5. 5. POR QUE QUEREMOS ESTAR PRESENTES NA MÍDIA? <ul><li>Se você quer incrementar os negócios, ter maior reconhecimento profissional, a gregar valor aos serviços prestados, garantir a existência do negócio no futuro e, por que não, ser mais conhecido... </li></ul><ul><li>Você está certo. Mas se você quiser também... </li></ul><ul><li>Informar a população a respeito de temas importantes e sobre os serviços que presta, fortalecendo a sua atividade como um todo... </li></ul><ul><li>Participar e dar a sua contribuição para resolver problemas enfrentados pela nossa sociedade ... </li></ul>
  6. 6. POR QUE QUEREMOS ESTAR PRESENTES NA MÍDIA? Então, você certamente terá uma grande chance de sucesso
  7. 7. O QUE QUEREMOS DIZER COM ISSO? <ul><li>No mundo de hoje: </li></ul><ul><ul><li>não é mais possível manter um comércio qualquer e só olhar da porta da loja para dentro. É preciso olhar para calçada que os clientes utilizam, para a rua como um todo. </li></ul></ul><ul><ul><li>com uma oferta de produtos e serviços bastante semelhantes entre si, é necessário se diferenciar. </li></ul></ul><ul><li>E para isso não basta mostrar o que fazemos profissionalmente. </li></ul><ul><li>É preciso mostrar como nossa atividade pode contribuir para tornar o mundo um lugar melhor para se viver. </li></ul><ul><li>É preciso mostrar como pensamos a vida, a sociedade e o planeta. </li></ul>
  8. 8. COMO SURGIU ESSA NECESSIDADE? <ul><li>A comoditização dos produtos e serviços </li></ul><ul><li>A necessidade de diferenciação </li></ul><ul><li>A facilidade de acesso à informação = maior conscientização </li></ul><ul><li>Maior acesso das pessoas comuns a meios de divulgação (internet, redes sociais etc.) </li></ul>
  9. 9. E COMO ELA FOI RESOLVIDA? <ul><li>As empresas passaram a se diferenciar pela sua conduta com respeito à ética, a inclusão de minorias e à sustentabilidade dos negócios e do planeta. </li></ul><ul><ul><li>Definição de uma personalidade da marca </li></ul></ul><ul><ul><li>Mudança no marketing das organizações, que deixaram de fazer a gestão de produtos somente para fazer também a gestão da marca </li></ul></ul><ul><ul><li>Surgimento de uma nova disciplina: o brading </li></ul></ul>
  10. 10. O BRANDING <ul><li>O branding é uma nova postura empresarial que coloca a marca no foco da gestão corporativa, alinhando produtos, serviços e comunicação em torno de uma mensagem clara e relevante para o consumidor. </li></ul><ul><li>Mas, a mensagem e marca precisam demonstrar: </li></ul><ul><li>Pertinência com os anseios dos cidadãos. </li></ul><ul><li>O caminho que a empresa está seguindo e o que vai seguir no futuro. </li></ul><ul><li>A disposição em estabelecer relacionamentos com as pessoas para ter mais do que consumidores: ter aliados em uma causa. </li></ul>
  11. 11. QUEM SOMOS? <ul><li>Definir nossos objetivos. </li></ul><ul><li>Definir como agiremos para chegar a estes objetivos, estabelecendo um modelo de atuação. </li></ul><ul><li>Definir como comunicaremos essa identidade. </li></ul>
  12. 12. QUEM SOMOS? “ We can show you where we’re going – because we know who we are” Philip H. Knight – CEO da Nike
  13. 13. CRIANDO CANAIS DE VIABILIZAÇÃO NA MÍDIA <ul><li>Primeira fase - Conhecimento </li></ul><ul><li>Saber quem é e onde quer chegar. </li></ul><ul><li>Estabelecer uma visão de futuro com os objetivos a serem alcançados. </li></ul><ul><li>Definir um modelo de atuação que permeie todas as atividades. </li></ul><ul><li>Conhecer qual é o pensamento e funcionamento da mídia. </li></ul>
  14. 14. COMO PENSA A MÍDIA? <ul><li>O interesse do público </li></ul><ul><li>A visão ampla dos fatos </li></ul><ul><li>O acompanhamento de tendências </li></ul><ul><li>Menor importância a detalhes técnicos e especificidades </li></ul><ul><li>Pouco receptiva a tentativas exageradas de promoção pessoal e comercial </li></ul>
  15. 15. CRIANDO CANAIS DE VIABILIZAÇÃO NA MÍDIA <ul><li>Segunda Fase – Cultivando novos hábitos </li></ul><ul><li>Manter sempre uma visão global dos assuntos a serem publicamente tratados. </li></ul><ul><li>Fazer relações entre os acontecimentos mais importantes e a sua atividade. </li></ul><ul><li>Fazer comparações para deixar claras noções de grandeza. </li></ul><ul><li>Ter sempre números em mãos. </li></ul><ul><li>Ter disponibilidade para atender a imprensa. </li></ul>
  16. 16. CRIANDO CANAIS DE VIABILIZAÇÃO NA MÍDIA <ul><li>Segunda Fase – Cultivando novos hábitos </li></ul><ul><li>Lembrar-se sempre que a mídia é um termômetro daquilo que pensa a sociedade. </li></ul><ul><li>Estar ciente de que estar em sintonia com a mídia é estar em sintonia com a sociedade. </li></ul>
  17. 17. CRIANDO CANAIS DE VIABILIZAÇÃO NA MÍDIA <ul><li>Terceira Fase – Entrando em contato com a mídia </li></ul><ul><li>Assessoria de Imprensa </li></ul><ul><ul><li>O contato com a imprensa sempre deve se feito por um profissional especializado que vai intermediar as relações do seu cliente com a mídia. </li></ul></ul><ul><li>Press-releases </li></ul><ul><ul><li>Notícias enviadas para as redações por um jornalista que garanta a credibilidade do fato, já que os jornalistas dos veículos dificilmente publicariam um release sem a assinatura de um colega ou de uma agência especializada em quem ele confia. </li></ul></ul>
  18. 18. CRIANDO CANAIS DE VIABILIZAÇÃO NA MÍDIA <ul><li>Terceira Fase – Entrando em contato com a mídia </li></ul><ul><li>Entrevistas </li></ul><ul><ul><li>Podem ser realizadas por escrito (e-mail), por telefone ou presenciais. Devem, nesse último caso, ser acompanhadas pela assessoria. </li></ul></ul><ul><li>Entrevistas Coletivas </li></ul><ul><ul><li>São as entrevistas para as quais são convidados jornalistas de vários veículos. Nesse caso, é indispensável a presença da assessoria para receber e orientar os jornalistas, bem como a produção de material informativo (press-kits) </li></ul></ul>
  19. 19. INSTRUMENTOS DE MEDIÇÃO <ul><li>Clipping </li></ul><ul><ul><li>É a reunião de tudo o que foi divulgado pela mídia a respeito do cliente e a respeito de assuntos correlatos. </li></ul></ul><ul><li>Análise de veículos e pertinência da informação divulgada </li></ul><ul><ul><li>Breve estudo de tudo o que foi publicado, avaliando a penetração dos veículos, o grau de exposição do cliente e o direcionamento da notícia. </li></ul></ul>
  20. 20. A INTERNET <ul><li>Os sites </li></ul><ul><ul><li>São importante fontes de informação para os jornalistas, se divulgarem fatos e estudos, quase como um portal. </li></ul></ul><ul><li>Os blogs </li></ul><ul><ul><li>Hoje os blogs também são importantes fontes de informação para os jornalistas. Manter um blog é manter estes jornalistas atualizados sobre as notícias que consideramos importantes. </li></ul></ul><ul><li>As redes sociais </li></ul><ul><ul><li>Twitter, Orkut, Facebook são redes sociais com poder de disseminar informações pelo mundo com velocidade espantosa. É a chamada mídia viral. Estar atento a elas – ou mesmo manter o seu perfil nestas redes – pode ser crucial no futuro. </li></ul></ul>
  21. 21. UMA HISTÓRIA-RESUMO <ul><li>Você vai a uma festa e encontra uma garota muito interessante... </li></ul><ul><li>Você vai até ela e diz: “Sou muito bom de papo. Quer jantar comigo?” </li></ul><ul><ul><li>Isso é marketing direto </li></ul></ul><ul><li>Você pede que uma amiga vá até ela para dizer: “Meu amigo é muito bom de papo. Quer jantar com ele?” </li></ul><ul><ul><li>Isso é propaganda </li></ul></ul><ul><li>Você consegue o celular da garota, liga e diz: “Sou muito bom de papo. Quer jantar comigo?” </li></ul><ul><ul><li>Isso é telemarketing </li></ul></ul><ul><li>A garota vem até você e diz: “Ouvi dizer que você é muito bom de papo. Quer jantar comigo? </li></ul><ul><ul><li>Isso é o poder da marca </li></ul></ul>
  22. 22. O B R I G A D O !

×