Proposta metodológica para avaliação de usabilidade de interfaces de repositórios

524 visualizações

Publicada em

Proposta metodológica para avaliação de usabilidade de interfaces de repositórios - Caterina Groposo Pavão, Daiane Santos, Ana Moura

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
524
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Proposta metodológica para avaliação de usabilidade de interfaces de repositórios

  1. 1. PROPOSTA METODOLÓGICA PARA AVALIAÇÃO DE USABILIDADE DE INTERFACES DE REPOSITÓRIOS Caterina Groposo Pavão Daiane Barrili dos Santos Ana Maria Mielniczuk de Moura Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  2. 2. Introdução Avaliar a usabilidade da interface de um repositório, institucional ou temático, num determinado momento de sua existência é tão importante quanto manter a qualidade dos metadados e dos objetos digitais nele depositados.
  3. 3. Usabilidade Conhecer a sua satisfação Diz respeito à adequação de um sistema às necessidades dos usuários Nos RIs, nas tarefas de busca e recuperação da informação Verificar o seu desempenho
  4. 4. Cinco atributos passíveis de mensuração relacionados à usabilidade Usabilidade Facilidade de aprendizado Eficiência de uso Facilidade de memorização Baixa taxa de erros Satisfação subjetiva
  5. 5. Avaliação heurística Avaliador
  6. 6. Avaliação heurística Avaliação dos elementos da interface com o usuário Click to add title Caixas de diálogo Menus Estrutura de navegação 1 2 3 Ajuda on-line 4
  7. 7. Objetivos Apresentar uma metodologia para verificar se os principais requisitos de usabilidade são contemplados na interface de um repositório Identificar critérios de usabilidade que devem ser adotados pelas interfaces e como determinar sua influência no acesso à informação Propor uma metodologia exploratória para detectar problemas de usabilidade, a partir da coleta de dados empíricos, de forma a realizar uma avaliação heurística
  8. 8. Coleta de dados Click to add title 1 Metodologia Verificar se os elementos da interface estão de acordo com os princípios de usabilidade e auxiliar na identificação dos problemas 2 Consiste numa entrevista referente ao perfil de experiência de cada usuário participante do teste 3 Corresponde à realização do teste de usabilidade propriamente dito
  9. 9. Click to add title Metodologia 1. 2. 3. 4. Identificar  Requisitos não adotados  Heurísticas violadas Avaliar  Se a interface do RI contempla os principais requisitos de usabilidade Avaliação heurística  qual a taxa de erros e  os problemas detectados Analisar  O grau de severidade dos problemas encontrados  Correções necessárias
  10. 10. Metodologia 10 heurísticas de usabilidade Visibilidade de status do sistema Correlação entre o sistema e o mundo real Controle do usuário e liberdade Consistência e padrões Prevenção de erros Ênfase no reconhecimento Flexibilidade e eficiência de utilização Suporte p/reconhecer, diagnosticar e se recuperar de erros Ajudas Documentação
  11. 11. Metodologia A avaliação heurística proposta neste trabalho foi aplicada no Lume, Repositório Digital da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, e permitiu identificar e corrigir problemas na interface.
  12. 12. Uma interface com qualidade se constitui no principal elemento para prover facilidade de uso Foi considerado um problema de usabilidade qualquer interferência que o usuário presenciou durante a interação com o sistema Para classificar os problemas encontrados na avaliação heurística e no teste de usabilidade quanto à sua gravidade, foram consideradas características como a frequência, impacto e persistência com que o mesmo ocorre Conclusões
  13. 13. Por meio da avaliação heurística foi possível verificar que a interface do Lume contempla os principais requisitos de usabilidade, apresentando uma baixa taxa de erros e poucos problemas Os critérios de usabilidade não adotados, não apresentaram interferência no acesso às informações e não foram considerados problemas significativos de usabilidade Considera-se que a metodologia proposta poderá ser utilizada em estudos de usabilidade em outros repositórios para verificar a existência de problemas e de requisitos de usabilidade não adotados na interface Conclusões
  14. 14. Caterina Marta Groposo Pavão UFRGS. Centro de Processamento de Dados caterina@cpd.ufrgs.br Daiane Barrili dos Santos dai.b.santos@hotmail.com Ana Maria Mielniczuk de Moura UFRGS. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação ana.moura@ufrgs.br

×