O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Aspectosnormativosdaavaliaçãodas
ciências:reflexõesparaapesquisaemHistória
dasCiênciasedaSaúdedaCasadeOswaldo
Cruz
MarcusV...
Introdução
 Objetivo: Analisar os aspectos normativos relacionados à
avaliação das ciências, na qual se insere a pesquisa...
Métodos de
avaliação das
ciências
 Ponto de partida: estudos desenvolvidos pelo Grupo de Pesquisa
“Estudos em Epistemolog...
Métodos de
avaliação das
ciências
Julgamentos de valor Revisão por pares
(Peer Review)
Avaliação indireta ou ex-post
(Ex: ...
Métodos de
avaliação das
ciências
 Revisão por pares:
 Críticas:
 avaliações diferentes acerca de um mesmo item;
 crit...
Métodos de
avaliação das
ciências
 Análises bibliométricas:
 Benefícios:
 Forma de tornar os processos de avaliação mai...
Métodos de
avaliação das
ciências
 Esforços
8º ConfOA, Rio de Janeiro, 4-6 outubro de 2017 | Silva MVP, Freitas LS, Cabra...
Métodos de
avaliação das
ciências
 Alternativas:
 Altmetria
 Ciência aberta
 Ausência de consenso entre os pesquisador...
Campo da HCS
daCOC
 Principais sistemas de avaliação:
 Casa de Oswaldo Cruz;
 Fiocruz;
 Área de História da Capes.
8º ...
Avaliação na
área de
História da
Capes
 Criação do Programa de Pós-Graduação em História das Ciências e
da Saúde (PPGHCS)...
Avaliação na
área de
História da
Capes
 Alteração dos critérios de avaliação dos periódicos ao longo dos
anos:
 Até 2006...
Avaliação na
Fiocruz
 Indicadores globais 2016:
 privilegiaram os métodos quantitativos;
 número de artigos publicados ...
Avaliação na
Fiocruz
 Iniciativas Fiocruz:
8º ConfOA, Rio de Janeiro, 4-6 outubro de 2017 | Silva MVP, Freitas LS, Cabral...
Considerações
finais
 Pesquisa ainda em desenvolvimento;
 Não existe um modelo ideal de avaliação das ciências e pergunt...
Referências
 Bornmann L. Scientific peer review: an analysis of the peer review
process from the perspective of Sociology...
Referências
 Lamont M.Toward a comparative sociology of valuation and
evaluation. Annual Review of Sociolog. 2012;38(1): ...
Obrigado,
MarcusVinícius Pereira da Silva
E-mail: marcus.silva@fiocruz.br
8º ConfOA, Rio de Janeiro, 4-6 outubro de 2017 |...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aspectos normativos da avaliação da ciência: reflexões para a pesquisa em História das Ciências e da Saúde da Casa de Oswaldo Cruz - CONFOA 2017

100 visualizações

Publicada em

Aspectos normativos da avaliação da ciência: reflexões para a pesquisa em História das Ciências e da Saúde da Casa de Oswaldo Cruz
Marcus Vinicius Pereira da Silva, Lídia Silva de Freitas, Jacqueline Ribeiro Cabral

Publicada em: Ciências
  • 1,DOWNLOAD THIS BOOKS INTO AVAILABLE FORMAT ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... 1,DOWNLOAD PDF EBOOK here { https://tinyurl.com/y8nn3gmc } ......................................................................................................................... 1,DOWNLOAD EPUB Ebook here { https://tinyurl.com/y8nn3gmc } ......................................................................................................................... 1,DOWNLOAD doc Ebook here { https://tinyurl.com/y8nn3gmc } ......................................................................................................................... 1,DOWNLOAD PDF EBOOK here { https://tinyurl.com/y8nn3gmc } ......................................................................................................................... 1,DOWNLOAD EPUB Ebook here { https://tinyurl.com/y8nn3gmc } ......................................................................................................................... 1,DOWNLOAD doc Ebook here { https://tinyurl.com/y8nn3gmc } ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... .............. Browse by Genre Available eBooks ......................................................................................................................... Art, Biography, Business, Chick Lit, Children's, Christian, Classics, Comics, Contemporary, Cookbooks, Crime, Ebooks, Fantasy, Fiction, Graphic Novels, Historical Fiction, History, Horror, Humor And Comedy, Manga, Memoir, Music, Mystery, Non Fiction, Paranormal, Philosophy, Poetry, Psychology, Religion, Romance, Science, Science Fiction, Self Help, Suspense, Spirituality, Sports, Thriller, Travel, Young Adult,
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Aspectos normativos da avaliação da ciência: reflexões para a pesquisa em História das Ciências e da Saúde da Casa de Oswaldo Cruz - CONFOA 2017

  1. 1. Aspectosnormativosdaavaliaçãodas ciências:reflexõesparaapesquisaemHistória dasCiênciasedaSaúdedaCasadeOswaldo Cruz MarcusVinícius Pereira da Silva - PPGCI/UFF; COC/Fiocruz Lídia Silva de Freitas - PPGCI/UFF Jacqueline Ribeiro Cabral – GCI/IACS/UFF 8º ConfOA, Rio de Janeiro, 4-6 outubro de 2017 | Silva MVP, Freitas LS, Cabral JR | Licença CC-NC-BY
  2. 2. Introdução  Objetivo: Analisar os aspectos normativos relacionados à avaliação das ciências, na qual se insere a pesquisa em História das Ciências e da Saúde (HCS) desenvolvida naCOC/Fiocruz.  Projeto de doutorado em Ciência da Informação (UFF).  Desdobramento de uma ação desenvolvida naCOC com abordagem quantitativa.  Pergunta: quais são os contextos normativos nos quais a pesquisa em História das Ciências e da Saúde na COC está inserida? 8º ConfOA, Rio de Janeiro, 4-6 outubro de 2017 | Silva MVP, Freitas LS, Cabral JR | Licença CC-NC-BY
  3. 3. Métodos de avaliação das ciências  Ponto de partida: estudos desenvolvidos pelo Grupo de Pesquisa “Estudos em Epistemologia, Ética e Política de Informação” (Infoética).  Michèle Lamont (2012): estudos em sociologia comparativa da valoração.  PaulW.Taylor (1961): composição dos discursos normativos e os julgamentos de valor. 8º ConfOA, Rio de Janeiro, 4-6 outubro de 2017 | Silva MVP, Freitas LS, Cabral JR | Licença CC-NC-BY
  4. 4. Métodos de avaliação das ciências Julgamentos de valor Revisão por pares (Peer Review) Avaliação indireta ou ex-post (Ex: Análises bibliométricas) Julgamento qualificativo (Valor de graduação) – TAYLOR; Estima – LAMONT Julgamento comparativo a partir de padrões, matrizes epistêmicas, paradigmas Julgamento hierárquico (Valor de ordenamento) – TAYLOR; Ranking – LAMONT Julgamento comparativo entre os membros de uma mesma classe (ou agregado), visando ao ordenamento hierárquico dos componentes 8º ConfOA, Rio de Janeiro, 4-6 outubro de 2017 | Silva MVP, Freitas LS, Cabral JR | Licença CC-NC-BY QUADRO 1 - Tecnologias do conhecimento: modelos de avaliação científica Fonte: Gonzalez de Gomez, 2014.
  5. 5. Métodos de avaliação das ciências  Revisão por pares:  Críticas:  avaliações diferentes acerca de um mesmo item;  critérios não científicos;  pouca ligação entre a avaliação e a qualidade dos trabalhos.  Benefícios:  realizada por especialistas qualificados;  discordâncias entres os revisores são bem vindas (confiabilidade diminui, mas a validade do processo aumenta);  Motivo por ser uma das tecnologias do conhecimento mais utilizada: ausência de uma alternativa melhor (Bornmann, 2008; 2011) 8º ConfOA, Rio de Janeiro, 4-6 outubro de 2017 | Silva MVP, Freitas LS, Cabral JR | Licença CC-NC-BY
  6. 6. Métodos de avaliação das ciências  Análises bibliométricas:  Benefícios:  Forma de tornar os processos de avaliação mais objetivos e confiáveis;  Recomendação de conjugar com métodos qualitativos;  Menor custo e processo mais ágil;  Reprodutibilidade;  Acessibilidade internacional;  Facilidade de interpretação  Críticas:  Lógica produtivista (salami science);  Fortalecimento das grandes empresas internacionais que gerenciam as bases de dados;  Exclusão de processos importantes da pesquisa (Freitas, 2017; Mugnaini, Digiampietri, Mena-Chalco, 2014; Vanti, 2000;Young, 2003) 8º ConfOA, Rio de Janeiro, 4-6 outubro de 2017 | Silva MVP, Freitas LS, Cabral JR | Licença CC-NC-BY
  7. 7. Métodos de avaliação das ciências  Esforços 8º ConfOA, Rio de Janeiro, 4-6 outubro de 2017 | Silva MVP, Freitas LS, Cabral JR | Licença CC-NC-BY
  8. 8. Métodos de avaliação das ciências  Alternativas:  Altmetria  Ciência aberta  Ausência de consenso entre os pesquisadores e gestores quanto ao melhor método para avaliar a ciência;  Indagação: é possível alcançá-lo? 8º ConfOA, Rio de Janeiro, 4-6 outubro de 2017 | Silva MVP, Freitas LS, Cabral JR | Licença CC-NC-BY
  9. 9. Campo da HCS daCOC  Principais sistemas de avaliação:  Casa de Oswaldo Cruz;  Fiocruz;  Área de História da Capes. 8º ConfOA, Rio de Janeiro, 4-6 outubro de 2017 | Silva MVP, Freitas LS, Cabral JR | Licença CC-NC-BY
  10. 10. Avaliação na área de História da Capes  Criação do Programa de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde (PPGHCS);  Divergência sobre a intencionalidade da criação do PPGHCS  Impacto nos processos de produção e divulgação do conhecimento;  Critica aos modelos de avaliação das agências reguladoras:  Cerceiamento da criatividade e da produção em outras áreas do conhecimento (Castro, 2016) 8º ConfOA, Rio de Janeiro, 4-6 outubro de 2017 | Silva MVP, Freitas LS, Cabral JR | Licença CC-NC-BY
  11. 11. Avaliação na área de História da Capes  Alteração dos critérios de avaliação dos periódicos ao longo dos anos:  Até 2006: classificação de acordo com a circulação do periódico (internacional, nacional ou local);  2007-2009: presença dos periódicos nas bases de dados e indexadores para a classificação como o SciELO, Scopus, PsycInfo e ISI, porém não considerava o fator de impacto.  2010-2012: não utilizou o fator de impacto e a inserção dos periódicos em bases de dados.  2013-2016: voltou a usar a inserção dos periódicos nas bases de dados como critério para classificá-los nos estratos superiores e passou a usar os indicadores bibliométricos de modo suplementar. 8º ConfOA, Rio de Janeiro, 4-6 outubro de 2017 | Silva MVP, Freitas LS, Cabral JR | Licença CC-NC- BY
  12. 12. Avaliação na Fiocruz  Indicadores globais 2016:  privilegiaram os métodos quantitativos;  número de artigos publicados em periódicos indexados.  Indicadores intermediários 2016:  não há padrão acerca dos tipos de publicação contabilizados como metas de produtividade em pesquisa;  Metade considera somente artigos publicados em periódicos indexados. IOC e INI estipulam metas relacionadas ao fator de impacto;  COC e outras 6 unidades consideram outros tipos de publicação como produtividade em pesquisa. 8º ConfOA, Rio de Janeiro, 4-6 outubro de 2017 | Silva MVP, Freitas LS, Cabral JR | Licença CC-NC- BY
  13. 13. Avaliação na Fiocruz  Iniciativas Fiocruz: 8º ConfOA, Rio de Janeiro, 4-6 outubro de 2017 | Silva MVP, Freitas LS, Cabral JR | Licença CC-NC- BY
  14. 14. Considerações finais  Pesquisa ainda em desenvolvimento;  Não existe um modelo ideal de avaliação das ciências e pergunta- se é possível existir;  Pesquisa em HCS está inserida em diferentes quadros normativos relacionados entre si;  Diversidade das áreas de atuação da Fiocruz, dificultando a avaliação da pesquisa como um todo;  Criação do Observatório e instituição da Política de Acesso Aberto;  Divergências dentro da própria área de História sobre qual o melhor critério. 8º ConfOA, Rio de Janeiro, 4-6 outubro de 2017 | Silva MVP, Freitas LS, Cabral JR | Licença CC-NC- BY
  15. 15. Referências  Bornmann L. Scientific peer review: an analysis of the peer review process from the perspective of Sociology of Science theories. Human Architecture. 2008;6(2):23-38.  Bornmann L. Scientific peer review. Annual review of information science and technology. 2011;45(1):197-245.  Castro EL. Conhecimento e memória na Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz: reflexões e elementos para a construção de iniciativas de memória organizacional [dissertação]. Rio de Janeiro: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência eTecnológica; 2016. 190 f.  Freitas LS. Bases de dados e indicadores na produção científica: articulando informação, conhecimento e ética. In: González de Gómez MM, Cianconi RB, organizadoras. Ética da informação: desafios e perspectivas. Rio de Janeiro: Garamond; 2017. p. 110-29.  González de Gómez MM. Da questão da validade ao julgamento de valor: mediação informacional da avaliação científica. In: Freire IM, et al., organizadores. Além das nuvens: expandindo as fronteiras da ciência da informação. Anais do XV Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação; 2014; Belo Horizonte. Belo Horizonte: UFMG; 2014. p. 216-36. 8º ConfOA, Rio de Janeiro, 4-6 outubro de 2017 | Silva MVP, Freitas LS, Cabral JR | Licença CC-NC-BY
  16. 16. Referências  Lamont M.Toward a comparative sociology of valuation and evaluation. Annual Review of Sociolog. 2012;38(1): 201-21.  Mugnaini R, Digiampietri LA, Mena-Chalco J. Comunicação científica no Brasil (1998-2012): indexação, crescimento, fluxo e dispersão. Transinformação. 2014;26(3):239-52.  Taylor PW. Normative Discourse. NewYork: Prentice-Hall; 1961.  Vanti N. Métodos cuantitativos de evaluación de la ciencia. Investigación Bibliotecológica. 2000;14(29):9-23.  Young SN. Peer review of manuscripts: theory and practice. Journal of Psychiatry & Neuroscience. 2003;28(5):327-30. 8º ConfOA, Rio de Janeiro, 4-6 outubro de 2017 | Silva MVP, Freitas LS, Cabral JR | Licença CC-NC-BY
  17. 17. Obrigado, MarcusVinícius Pereira da Silva E-mail: marcus.silva@fiocruz.br 8º ConfOA, Rio de Janeiro, 4-6 outubro de 2017 | Silva MVP, Freitas LS, Cabral JR | Licença CC-NC-BY

×