SlideShare uma empresa Scribd logo

FLORESTAS TEMPERADAS E VEGETAÇÃO MEDITERRÂNEA

Localização, conceitos, principais características, mapas, imagens e questões de vestibulares.

1 de 20
Baixar para ler offline
Florestas Temperadas
E Vegetação
Mediterrânea
Colégio Salesiano Itajaí
Nomes: Clara (12), Júlia (25), Rafaela (41), Victória (42).
Turma: 1°ano A/2017
Professora: Conceição Fontolan
Localização da Floresta Temperada
• Centro da Europa
• Chile
• Sul da Austrália
• Leste da Ásia
• Leste dos EUA
• Sul da África
Localização da Vegetação Mediterrânea
• Sul da Europa
• Califórnia
• Chile
• África do Sul
• Austrália
Características da Floresta Temperada
• Clima ameno (Agradável)
• 4 estações bem definidas
• Índices de chuva variáveis (75cm à
100cm ao ano)
Características da Vegetação Mediterrânea
• Possui clima mediterrâneo
• Invernos frios (0°C)
• Altos índices de chuva
• Verões quentes (30°C)
• Baixos índices de chuva
Flora: Floresta Temperada
• Árvores:
• Decíduas (perdem folhas no inverno)
• Coníferas (forma de cone, verdes o
ano todo)
• De folhas largas (manutenção da
folhagem no inverno)
• Cobertura vegetal: arbustos, plantas
herbáceas e plantas rasteiras.
• Espécies vegetais de vida perene.
Bordos, carvalhos, castanheiros e faias
Abetos e cedros.
Oliveiras e eucaliptos.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Grandes biomas terrestres
Grandes biomas terrestresGrandes biomas terrestres
Grandes biomas terrestres
 
Trabalho priscila biomas tundra
Trabalho priscila  biomas tundraTrabalho priscila  biomas tundra
Trabalho priscila biomas tundra
 
Clima e vegetação
Clima e vegetaçãoClima e vegetação
Clima e vegetação
 
Biomas mundiais
Biomas mundiaisBiomas mundiais
Biomas mundiais
 
Climas do mundo
Climas do mundoClimas do mundo
Climas do mundo
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
 
Biomas do brasil (Prof° Elves Alves)
Biomas do brasil (Prof° Elves Alves)Biomas do brasil (Prof° Elves Alves)
Biomas do brasil (Prof° Elves Alves)
 
Cerrado
CerradoCerrado
Cerrado
 
Biomas.
Biomas.Biomas.
Biomas.
 
Apresentação amazônia
Apresentação   amazôniaApresentação   amazônia
Apresentação amazônia
 
O cerrado
O cerradoO cerrado
O cerrado
 
Biomas
BiomasBiomas
Biomas
 
APRESENTAÇÃO SOBRE O BIOMA PANTANAL
APRESENTAÇÃO SOBRE O BIOMA PANTANALAPRESENTAÇÃO SOBRE O BIOMA PANTANAL
APRESENTAÇÃO SOBRE O BIOMA PANTANAL
 
Dominios morfoclimáticos
Dominios morfoclimáticosDominios morfoclimáticos
Dominios morfoclimáticos
 
Climogramas e classificações climáticas
Climogramas e classificações climáticasClimogramas e classificações climáticas
Climogramas e classificações climáticas
 
Climas do Mundo
Climas do MundoClimas do Mundo
Climas do Mundo
 
Os biomas brasileiros
Os biomas brasileirosOs biomas brasileiros
Os biomas brasileiros
 
GRANDES BIOMAS DO MUNDO
GRANDES BIOMAS DO MUNDOGRANDES BIOMAS DO MUNDO
GRANDES BIOMAS DO MUNDO
 
Biomas Brasileiros
Biomas Brasileiros Biomas Brasileiros
Biomas Brasileiros
 
Biomas do mundo
Biomas do mundoBiomas do mundo
Biomas do mundo
 

Semelhante a FLORESTAS TEMPERADAS E VEGETAÇÃO MEDITERRÂNEA

Semelhante a FLORESTAS TEMPERADAS E VEGETAÇÃO MEDITERRÂNEA (20)

SAVANAS E FLORESTAS SUBTROPICAIS
SAVANAS E FLORESTAS SUBTROPICAISSAVANAS E FLORESTAS SUBTROPICAIS
SAVANAS E FLORESTAS SUBTROPICAIS
 
SAVANAS E FLORESTAS SUBTROPICAIS
SAVANAS E FLORESTAS SUBTROPICAISSAVANAS E FLORESTAS SUBTROPICAIS
SAVANAS E FLORESTAS SUBTROPICAIS
 
VEGETAÇÃO DE TAIGA E TUNDRA
VEGETAÇÃO DE TAIGA E TUNDRAVEGETAÇÃO DE TAIGA E TUNDRA
VEGETAÇÃO DE TAIGA E TUNDRA
 
VEGETAÇÃO DE TAIGA E TUNDRA
VEGETAÇÃO DE TAIGA E TUNDRAVEGETAÇÃO DE TAIGA E TUNDRA
VEGETAÇÃO DE TAIGA E TUNDRA
 
Domínio morfoclimático
Domínio morfoclimáticoDomínio morfoclimático
Domínio morfoclimático
 
Taiany e Victor
Taiany e VictorTaiany e Victor
Taiany e Victor
 
Fito geografia
Fito geografiaFito geografia
Fito geografia
 
1o Ano Ecologia II
1o Ano   Ecologia II1o Ano   Ecologia II
1o Ano Ecologia II
 
1o Ano Ecologia Ii
1o Ano   Ecologia Ii1o Ano   Ecologia Ii
1o Ano Ecologia Ii
 
FLORESTAS TROPICAIS
FLORESTAS TROPICAISFLORESTAS TROPICAIS
FLORESTAS TROPICAIS
 
Biomas - resumo
Biomas - resumoBiomas - resumo
Biomas - resumo
 
4 biomas
4   biomas4   biomas
4 biomas
 
Os grandes ecossistemas da terra 2
Os grandes ecossistemas da terra 2Os grandes ecossistemas da terra 2
Os grandes ecossistemas da terra 2
 
Os grandes ecossistemas da terra 2
Os grandes ecossistemas da terra 2Os grandes ecossistemas da terra 2
Os grandes ecossistemas da terra 2
 
Vegetacao (3).pptx
Vegetacao (3).pptxVegetacao (3).pptx
Vegetacao (3).pptx
 
Biomas do mundo_e_brasil
Biomas do mundo_e_brasilBiomas do mundo_e_brasil
Biomas do mundo_e_brasil
 
PRADARIAS E DESERTOS.
PRADARIAS E DESERTOS.PRADARIAS E DESERTOS.
PRADARIAS E DESERTOS.
 
Aula 4 - Fitogeografia - Parte 2.pdf
Aula 4 - Fitogeografia - Parte 2.pdfAula 4 - Fitogeografia - Parte 2.pdf
Aula 4 - Fitogeografia - Parte 2.pdf
 
Biomas mundiais
Biomas mundiaisBiomas mundiais
Biomas mundiais
 
Biomas mundias 2
Biomas mundias 2Biomas mundias 2
Biomas mundias 2
 

Mais de Conceição Fontolan (20)

DESIGUALDADES SOCIECONÔMICAS.
DESIGUALDADES SOCIECONÔMICAS.DESIGUALDADES SOCIECONÔMICAS.
DESIGUALDADES SOCIECONÔMICAS.
 
ÁFRICA
ÁFRICAÁFRICA
ÁFRICA
 
ÁSIA ORIENTAL
ÁSIA ORIENTALÁSIA ORIENTAL
ÁSIA ORIENTAL
 
AMÉRICA LATINA
AMÉRICA LATINAAMÉRICA LATINA
AMÉRICA LATINA
 
ÁSIA : EXTREMO ORIENTE
ÁSIA : EXTREMO ORIENTEÁSIA : EXTREMO ORIENTE
ÁSIA : EXTREMO ORIENTE
 
PAÍSES EMERGENTES
PAÍSES EMERGENTESPAÍSES EMERGENTES
PAÍSES EMERGENTES
 
VEGETAÇÃO : ALTAS MONTANHAS
VEGETAÇÃO : ALTAS MONTANHASVEGETAÇÃO : ALTAS MONTANHAS
VEGETAÇÃO : ALTAS MONTANHAS
 
FLORESTAS SUBTROPICAIS E SAVANAS
FLORESTAS SUBTROPICAIS E SAVANASFLORESTAS SUBTROPICAIS E SAVANAS
FLORESTAS SUBTROPICAIS E SAVANAS
 
SOLO, ORIGEM E FORMAÇÃO
SOLO, ORIGEM E FORMAÇÃOSOLO, ORIGEM E FORMAÇÃO
SOLO, ORIGEM E FORMAÇÃO
 
RELEVO CONTINENTAL
RELEVO CONTINENTALRELEVO CONTINENTAL
RELEVO CONTINENTAL
 
INDICADORES SOCIAIS
INDICADORES SOCIAISINDICADORES SOCIAIS
INDICADORES SOCIAIS
 
SUDESTE ASIÁTICO
SUDESTE ASIÁTICOSUDESTE ASIÁTICO
SUDESTE ASIÁTICO
 
CONTINENTE AFRICANO
CONTINENTE AFRICANOCONTINENTE AFRICANO
CONTINENTE AFRICANO
 
ÁSIA : EXTREMO ORIENTE
ÁSIA : EXTREMO ORIENTEÁSIA : EXTREMO ORIENTE
ÁSIA : EXTREMO ORIENTE
 
CONTINENTE AFRICANO
CONTINENTE AFRICANOCONTINENTE AFRICANO
CONTINENTE AFRICANO
 
VEGETAÇÃO : ALTAS MONTANHAS
VEGETAÇÃO : ALTAS MONTANHASVEGETAÇÃO : ALTAS MONTANHAS
VEGETAÇÃO : ALTAS MONTANHAS
 
SOLO, ORIGEM E FORMAÇÃO
SOLO, ORIGEM E FORMAÇÃOSOLO, ORIGEM E FORMAÇÃO
SOLO, ORIGEM E FORMAÇÃO
 
CANADÁ
CANADÁCANADÁ
CANADÁ
 
ALGUNS INDICADORES SOCIAIS
ALGUNS INDICADORES SOCIAISALGUNS INDICADORES SOCIAIS
ALGUNS INDICADORES SOCIAIS
 
PAÍSES EMERGENTES
PAÍSES EMERGENTESPAÍSES EMERGENTES
PAÍSES EMERGENTES
 

Último

LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOLUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOxogilo3990
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...manoelaarmani
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...manoelaarmani
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...excellenceeducaciona
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfddddddddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...azulassessoriaacadem3
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfkeiciany
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfCosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfalexandrerodriguespk
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxSlides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!Psyc company
 

Último (20)

LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOLUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
 
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfCosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
 
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxSlides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
 

FLORESTAS TEMPERADAS E VEGETAÇÃO MEDITERRÂNEA

  • 1. Florestas Temperadas E Vegetação Mediterrânea Colégio Salesiano Itajaí Nomes: Clara (12), Júlia (25), Rafaela (41), Victória (42). Turma: 1°ano A/2017 Professora: Conceição Fontolan
  • 2. Localização da Floresta Temperada • Centro da Europa • Chile • Sul da Austrália • Leste da Ásia • Leste dos EUA • Sul da África
  • 3. Localização da Vegetação Mediterrânea • Sul da Europa • Califórnia • Chile • África do Sul • Austrália
  • 4. Características da Floresta Temperada • Clima ameno (Agradável) • 4 estações bem definidas • Índices de chuva variáveis (75cm à 100cm ao ano)
  • 5. Características da Vegetação Mediterrânea • Possui clima mediterrâneo • Invernos frios (0°C) • Altos índices de chuva • Verões quentes (30°C) • Baixos índices de chuva
  • 6. Flora: Floresta Temperada • Árvores: • Decíduas (perdem folhas no inverno) • Coníferas (forma de cone, verdes o ano todo) • De folhas largas (manutenção da folhagem no inverno) • Cobertura vegetal: arbustos, plantas herbáceas e plantas rasteiras. • Espécies vegetais de vida perene. Bordos, carvalhos, castanheiros e faias Abetos e cedros. Oliveiras e eucaliptos.
  • 7. Flora: Vegetação Mediterrânea • Vegetação original quase em extinção (ação antrópica). • Tamanhos: arbóreo, arbustivo e herbáceo. • Apresenta duas características: maquis e garrigue. • Maquis: arbustos densos e fechados. • Garrigue: arbustos de pequeno porte e avulsos. • Sobreiro, medronheiro, cedro, carvalho, cipreste, azinheira, oliveira-brava, pinheiros, cactos, loureiro, urze, rosmaninho, alecrim.
  • 8. Fauna: Floresta Temperada • Bastante variada devido à particularidade de cada região. • Javalis, gatos selvagens, linces, lobos, raposas, aves de grande porte, ursos, esquilos e veados. • Marsupiais, ursos coalas, gambás e cangurus (Austrália) • Cervos, ursos, leões da montanha e coelhos (EUA e Canadá) • Ursos pandas gigantes e pandas vermelhos (China)
  • 9. Fauna: Vegetação Mediterrânea • Enorme quantidade de insetos. • Mamíferos: veados, coelhos, lebres, lobos, raposas, javalis e pequenos roedores. • Aves: corvos, tentilhões, águias, corujas e falcões. • Répteis: lagartos, cobras e víboras.
  • 10. Solo • Floresta temperada: Rico em nutrientes devido ao processo de decomposição natural das folhas. • Vegetação mediterrânea: Com regiões de solo calcário ou granítico, apresenta coloração avermelhada (forte presença de óxido de ferro).
  • 11. Notícia Floresta Temperada Notícia Vegetação Mediterrânea
  • 12. Curiosidades: • As florestas temperadas também são de grande importância para os seres humanos. Por exemplo: árvores utilizadas para produção de casas, navios, móveis, papel. • Além disso, o solo é utilizado para a agricultura. • Nozes, maçãs, cogumelos, e açúcar de bordo são todos os alimentos da floresta temperada. • Segundo a WWF (World Wide Fund For Nature) de Portugal, os ecossististemas mediterrâneos apenas perdem em biodiversidade para a floresta amazônica. São 25 mil espécies vegetais, representando quase 10% da flora da Terra.
  • 13. Questões: • 1-(FATEC) Analise a seguinte descrição geral de um tipo de vegetação. Ocorre em climas estacionais com períodos frios e quentes bem marcados. As temperaturas de inverno podem chegar abaixo do ponto de congelamento. As plantas são úmidas, com estrutura e composição distintas conforme a área de ocorrência. A queda das folhas nas estações secas equilibra as plantas para que elas, transpirando menos, consigam atravessar os períodos de escassez de água. As árvores têm em geral 40-50 m de altura e possuem folhas delgadas e largas, como os plátanos. É vegetação das mais destruídas do mundo. (CONTI, J. B. e FURLAN, S.A. Geoecologia: o clima, os solos e a biota. São Paulo: Edusp, 1996. Adaptado). Assinale o nome do tipo de vegetação correspondente à descrição. a) Floresta tropical semiúmida. b) Vegetação mediterrânea. c) Floresta temperada. d) Savana tropical. e) Floresta boreal.
  • 14. 2- UPE) Na Europa Central e Ocidental, nas porções oriental e ocidental do Canadá e dos Estados Unidos assim como no Extremo Oriente, ocorrem paisagens fitogeográficas, que se constituem, quase sempre, por árvores caducifólias e apresentam uma baixa densidade botânica e certa homogeneidade de espécies. Estão em grande parte destruídas pelas ações antrópicas, uma vez que se encontram em áreas densamente povoadas e onde houve um expressivo desenvolvimento econômico. Grande parte da superfície ocupada por essas formações vegetais foi substituída pelas atividades agrícolas e pecuárias ou pelas cidades que, por elas próprias, se expandiram. • A quais formações vegetais estamos nos referindo? • a) Savanas e Taiga. • b) Florestas Tropicais e Florestas Subtropicais. • c) Florestas Boreais e Tundra. • d) Florestas Temperadas e Florestas Subtropicais. • e) Estepes e Florestas Temperadas.
  • 15. 3- (UNICAMP) Em zonas de altas montanhas, como no Himalaia, a vegetação se desenvolve em diferentes altitudes, a que se associam variações das condições de temperatura, umidade, exposição do sol e ventos. Após examinar a figura a seguir, assinale a alternativa correta a respeito da distribuição da vegetação em relação à altitude. http://www.prof2000.pt/users/elisabethm/geo7/clima/climas.htm
  • 16. a) Até 2000m, floresta temperada; de 2000 a 3000m, floresta tropical; de 3000 a 5000m, gramíneas; de 5000 a 6000m, floresta de coníferas; acima de 6000m, terreno coberto por gelo. b) Até 2000m, floresta de coníferas; de 2000 a 3000m, floresta temperada; de 3000 a 5000m, floresta tropical; de 5000 a 6000m, gramíneas; acima de 6000m, terreno coberto por gelo. c) Até 2000m, gramíneas; de 2000 a 3000m, floresta de coníferas; de 3000 a 5000m, floresta temperada; de 5000 a 6000m, floresta tropical; acima de 6000m, terreno coberto por gelo. d) Até 2000m, floresta tropical; de 2000 a 3000m, floresta temperada; de 3000 a 5000m, floresta de coníferas; de 5000 a 6000m, gramíneas; acima de 6000m, terreno coberto por gelo.
  • 17. 4- (UDESC) Numere as colunas relacionando a vegetação à sua característica. (1) Floresta de Coníferas (2) Vegetação Mediterrâne (3) Tundra (4) Pradaria (5) Savana (6) Estepe • Assinale a alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo. a) 2 – 1 – 6 – 4 – 5 -3 b) 1 – 2 – 3 – 6 – 5 – 4 c) 3 – 6 – 1 – 2 – 4 – 5 d) 6 – 5 – 4 – 3 – 2 – 1 e) 4 – 3 – 2 – 5 – 1 – 6 ( ) Vegetação rasteira de ciclo vegetativo curto. Exemplo: musgos e liquens. ( ) Vegetação herbácea, esparsa e ressecada. Surge em climas semiáridos, na faixa de transição de climas úmidos para desertos. ( ) Formação florestal típica da zona temperada. É conhecida como Taiga e predominam os pinheiros. ( ) Vegetação esparsa que possui três estratos. Um arbóreo, um arbustivo e um herbáceo. Predomina em regiões de clima mediterrâneo. ( ) Formação herbácea, composta por capim, que aparece em regiões de clima temperado continental. ( ) Vegetação complexa que surge por influência do clima tropical, alternadamente úmido e seco. Ocorre na África e abriga animais de grande porte como leões, elefantes e girafas.
  • 18. LUCCI, E. A.; MENDONÇA, C; BRANCO, A. L. Geografia Geral e do Brasil - ensino médio. São Paulo: Saraiva, 2005. p.326. 5- (UFSM) Em relação ao perfil da vegetação mostrado na figura, é correto afirmar que caracteriza o bioma de formação vegetal do tipo: a) floresta equatorial com o dossel superior formado por árvores de grande porte e, no nível médio, por espécies arbóreas de médio porte e epífitas. b) tundra com cobertura vegetal de pequeno porte, constituída de musgos, líquens e gramíneas de ciclo vegetativo curto. c) floresta boreal, caracterizada por uma vegetação de grande porte, relativamente homogênea, representada pela taiga. d) vegetação mediterrânea bastante variada, com predominância de arbustos. e) savana composta por dois extratos, o arbóreo- arbustivo de caráter lenhoso e o herbáceo-subarbustivo, formado pelas gramíneas e outras ervas.
  • 19. Gabarito: • 1- C • 2- D • 3- D • 4- C • 5- A
  • 20. Fontes: • https://www.todamateria.com.br/floresta-temperada/ • https://www.todamateria.com.br/vegetacao-mediterranea/ • http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/geografia/vegetacao-mediterranea.htm • http://www.suapesquisa.com/geografia/floresta_temperada.htm • http://brasilescola.uol.com.br/geografia/floresta-mediterranea.htm • http://formulageo.blogspot.com.br/2011/11/questoes-sobre-clima-e- vegetacao.html • https://rachacuca.com.br/educacao/vestibular/unicamp/geografia/ • http://herbertgaleno.blogspot.com.br/2015/05/questoes-de-geografia-sobre- biomas.html • http://geoconceicao.blogspot.com.br/2011/12/provas-e-gabaritos-sobre- clima.html