RFV: Relatório de Fidelização

225 visualizações

Publicada em

Tem muito gestor que sofre para saber se a estratégia de fidelização colocada em prática está ou não funcionando. Uma técnica que reúne três critérios básicos pode ser a solução em muitos setores do varejo.

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
225
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

RFV: Relatório de Fidelização

  1. 1. RFV: Relatório de Fidelização
  2. 2. Recência, Frequência, Valor O cruzamento desses três dados é utilizado por profissionais em muitos lugares do mundo para o monitoramento do comportamento do consumidor. Entenda o que cada um significa:  Recência: número de dias que se passaram desde a última compra RFV: Relatório de Fidelização  Frequência: número de compras que o cliente realizou em um determinado período  Valor: preço médio de cada compra feita por cliente Como proporciona a identificação de cada cliente em um código único, o método RFV é muito útil para segmentá-los em grupos, planejar campanhas direcionadas e, claro, medir a fidelização dos clientes, entre tantas aplicações.
  3. 3. Para aplicar a técnica de RFV é necessária a discriminação dos três componentes: Recência, Frequência e Valor. Por isso, você deve montar um cadastro de clientes e incluir três colunas, conforme consta na figura abaixo. RFV: Relatório de Fidelização
  4. 4. A cada um dos 3 itens é preciso atribuir uma nota. Os critérios para isso têm de ser estipulados com base em cada negócio. Exemplo: notas de A a C RFV: Relatório de Fidelização A B C Recenticidade Há menos de 6 meses De 6 meses a 1 ano Há mais de 1 ano Frequência 4 vezes ou mais 2 ou 3 vezes 1 vez Valor acima de R$ 35 por compra entre R$ 15 e R$ 35 menos de R$ 15 Casos mais complexos podem exigir mais faixas de valor – como de A a E
  5. 5. A concatenação das notas é o próximo passo. Os especialistas dizem que o mais importante dos três critérios é o primeiro: Recência. RFV: Relatório de Fidelização Isso porque, normalmente, quanto mais tempo se passa desde a última compra do cliente, menor a chance de vê-lo novamente
  6. 6. Entre Frequência e Valor, o primeiro também é mais relevante, especialmente se estamos monitorando uma estratégia de fidelização. RFV: Relatório de Fidelização Classificação Grupos de cliente Com base nisso, podemos definir os segmentos dos clientes:
  7. 7. Para saber se a sua estratégia de fidelização está funcionando, é necessário repetir o estudo periodicamente. Que tal aplicar uma campanha em um grupo específico e saber como aqueles clientes reagem a seguir? RFV: Relatório de Fidelização
  8. 8. Com as séries históricas do RFV, é possível traçar um panorama de cada grupo: cresceu ou diminuiu? RFV: Relatório de Fidelização Ou então verificar o comportamento de cada cliente.
  9. 9. Mão na massa: RFV: Relatório de Fidelização Agora que você tem dados concretos sobre sua clientela, pode conferir se há retorno para as ações realizadas E pensar promoções para atrair quem parece nem tão disposto a voltar na loja! Por exemplo: Se preocupar em refinar a comunicação com os clientes mais fieis... E planejar ações específicas para cada grupo de interesse
  10. 10. R. Helena, 140 – 7º Andar – Vila Olímpia – São Paulo/SP – 04552-050 Tel.: 11 3509 6870 – comercial@geofusion.com.br www.geofusion.com.br / blog.geofusion.com.br

×