Escola de Pais • Gerações

334 visualizações

Publicada em

Material utilizado na Escola de Pais, do Programa de Desenvolvimento Humano do Colégio PGD • Londrina.PR

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
334
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Escola de Pais • Gerações

  1. 1. GERAÇÕES Origens e conflitos das diferentes gerações
  2. 2. Já há algum tempo tem havido uma necessidade de se nomear as gerações de forma a não alinhar com as mesmas características indivíduos de épocas diferentes. Até há pouco tempo atrás, quando nos referíamos a crianças, adolescentes ou pessoas de meia ou terceira idade acabávamos generalizando comportamento e características, independente da época em que viveram. Hoje é inaceitável imaginar o comportamento de um adolescente, independente da época que tenha vivido.
  3. 3. Assim, fica fácil entender que um adolescente do Século XIX, com certeza terá características diferentes de um adolescente do início do Século XX, ou dos anos 50, 60 ou 90. Dessa forma, se optou por chamar as gerações (independente de sua idade, já que as gerações envelhecem) por nomes específicos.
  4. 4. Classificação Baby Boomers Surgiu após o fim da 2º Guerra Geração X Meados de 1960 até 1970 Geração Y Década de 80 Geração Z Entre 1990 e 2009 Geração Alpha Depois de 2010
  5. 5. Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=XayhOoFZ2zc https://www.youtube.com/watch?v=ts4fPLgp93o
  6. 6. 1. Baby Boomers É uma definição genérica para crianças nascidas durante uma explosão populacional – Baby Boom em inglês, ou, em uma tradução livre, Explosão de Bebês. Em geral, a atual definição de Baby Boomers, se refere aos filhos da Segunda Guerra Mundial, já que durante a guerra houve uma explosão populacional.
  7. 7. Normalmente são as pessoas nascidas no final da década de 1940. Acadêmicos justificam o fato, explicando que o ser humano tem uma característica de aumentar a reprodução quando se sente ameaçado ou em perigo por determinados períodos, que foi o caso da Segunda Grande Guerra. Na prática, no entanto, se consideram como Baby Boomers os nascidos entre 1946 e 1964, separados em duas gerações: a) Primeiros Boomers (1946 a 1954) b) Boomers posteriores (1955 a 1964)
  8. 8. 1.1 Características – Possui renda mais consolidada. – Tem um padrão de vida mais estável. – Sofre pouca influência da marca no momento da compra. – Apresenta maior preferência por produtos de alta qualidade. – Prefere qualidade a quantidade. – Experiências passadas servem de exemplo para consumo futuro. – Não se influencia facilmente por outras pessoas. – Não vê o preço como obstáculo para perseguir um desejo. – É firme e maduro nas decisões
  9. 9. 2. Geração X Os integrantes da Geração X têm sua data de nascimento localizada, aproximadamente, entre os anos 1960 e 1980. A Geração X é formada pelos filhos da Geração Baby Boomers, formada logo após a Segunda Guerra Mundial e pelos pais da Geração Y.
  10. 10. Nos Estados Unidos, o termo Geração X foi, inicialmente, referido ao período do “baby bust”, ou seja, a geração pós baby boom, quando os casais começaram a ter menos filhos. No Reino Unido, um estudo sobre a juventude britânica revelou uma geração de adolescentes que já dormiam juntos antes de serem casados, não acreditavam em Deus, não gostavam da Rainha e não tinham muito respeito aos pais.
  11. 11. Essa geração viveu em uma sociedade onde havia descrença no governo, falta de confiança na liderança, apatia política e aumento no número de divórcios. Presenciaram o fim da guerra fria, viveram sob forte inflação e o inglês começou a tornar-se um diferencial no mercado de trabalho. Foi a primeira geração a ter contato com a tecnologia.
  12. 12. 2.1 Características – Busca da Individualidade sem a perda da convivência em grupo. – Maturidade e escolha de produtos de qualidade. – Ruptura com as gerações anteriores. – Maior valor a indivíduos do sexo oposto. – Busca por seus direitos. – Respeito à família menor que o de outras gerações. – Procura de liberdade.
  13. 13. 3. Geração Y A Geração Y, ao contrário do que muitos pensam, não se refere exatamente a uma legião de adolescentes, mas sim a uma “determinada” geração, nascida entre os anos 1980 e 2000. São os filhos da Geração X e netos dos Baby Boomers.
  14. 14. Como é uma geração relativamente nova, ainda não há uma conceituação clara das características desta geração, a não ser pelo fato que nasceram em um mundo que estava se transformando em uma grande rede global. A Internet, e-mails, redes de relacionamento, recursos digitais, fizeram com que a geração Y fizesse milhares de amigos ao redor do mundo, sem ao menos terem saído da frente de seus computadores. A mobilidade nas comunicações é outra característica associada ao consumo da Geração Y.
  15. 15. Não há acordo entre os estudiosos a respeito da data exata de início e fim desta geração. Alguns voltam alguns anos e ultrapassam os anos 70. Outros dizem que a geração Y se mantém até 2010. O que há em comum, no entanto são os novos hábitos voltados à comunicação e obtenção da informação instantânea. Também são chamados de Millennials por serem a geração da mudança do milênio.
  16. 16. 3.1 Características – Estão sempre conectados. – Procuram informação fácil e imediata. – Preferem computadores a livros. – Preferem e-mails a cartas. – Digitam ao invés de escrever. – Vivem em redes de relacionamento. – Compartilham tudo o que é seu: dados, fotos, hábitos. – Estão sempre em busca de novas tecnologias.
  17. 17. 4. Geração Z Uma nova denominação está sendo utilizada para uma geração cada vez mais presente e atuante no mercado: a geração “Z”. Ao contrário do que possa parecer, no entanto, a Geração Z não é formada pelos filhos da Geração Y. A letra Z indica uma geração de indivíduos preocupados, cada vez mais com a conectividade com os demais indivíduos de forma permanente.
  18. 18. 4.1 Características Assim, se as gerações anteriores se conectavam com o seu mundo através de um computador de mesa, a nova geração passou a ficar constantemente disponível e conectada através de dispositivos móveis. A noção de grupo passa a ser virtual.
  19. 19. Cada pessoa passa a ter o seu vídeo game, a sua TV, o seu celular e o seu equipamento de som. Isto muda a forma de comportamento e relacionamento social sobremaneira, já que até então, essas formas de diversão, entretenimento ou comunicação eram coletivas.
  20. 20. Ao final do Século XX, a televisão ocupava um lugar central na sala, reunindo a família no que se chamava “horário nobre”. Da mesma forma no início do Século passado, o Rádio e equipamentos de som ocupavam esse lugar. A geração Z dispõe de todos esses dispositivos em equipamentos portáteis que não os prendem mais a lugar nenhum. A sala da família unida em torno da televisão como ironizado na abertura da série “Os Simpsons”, deixa de existir.
  21. 21. Os indivíduos da geração Z, normalmente são datados como nascidos ao final do Século XX, entre 1990 e 2009. Mas, os gerados no início do Século XXI, independente de outras denominações que possam, ainda ser dadas, mantêm as características da geração Z.
  22. 22. Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=74w0xeG9V8s
  23. 23. GERAÇÃO ALPHA É MAIS INTELIGENTE Crianças nascidas depois de 2010, a chamada nova geração, são, de fato, mais evoluídas, acreditam especialistas See more at: http://www.paisefilhos.com.br/bebe/geracao-alpha-e-mais-inteligente#sthash.2DrNpFUM.dpuf
  24. 24. A grande diferença entre a nova geração e a Z (nascidos nos anos 90) é a interação com a tecnologia desde o nascimento - quem nunca viu um bebê que mal anda mexer com a maior naturalidade num smartphone? Eles parecem muito mais inteligentes do que nós. "Nosso cérebro está mudando, estamos ficando mais capazes", disse a psicóloga Fernanda Fúria.
  25. 25. Nas escolas, a tendência é que o foco deixe de ser o conteúdo para se tornar o aluno. Ele é quem estará no centro. Os especialistas acreditam que o professor será um mentor, as aulas serão baseadas em projetos, as classes vão misturar crianças de idades e perfis diferentes. Tudo isso dito no futuro porque essas ideias estão apenas começando a brotar nas escolas brasileiras.
  26. 26. Em casa, a educação já está mais horizontal, menos hierárquica e estabeleceu-se uma relação de troca entre pais e filhos. "A gente ainda é a figura de autoridade, mas isso não quer dizer autoritarismo. Temos que passar valores, ética", disse Fernanda.
  27. 27. A geração Alpha vive um momento em que se preza a diversidade e a espontaneidade. Não é necessário ter um papel definido, cada um tem suas "subidentidades". "Essa geração vai aproveitar o que chamamos de 'slash' ou 'barra': você pode ser jornalista / escritora / blogueira / mãe", explicou Fernanda.
  28. 28. Para as crianças, tudo isso que elas estão vivendo é natural, nós é que estamos assustados e nem sempre sabemos lidar com tantas mudanças.
  29. 29. A geração de pais também está deslumbrada com a tecnologia e publica coisas muito pessoais na rede, sem saber as consequências. Como orientar uma criança se nem a gente sabe fazer direito? A pergunta ainda está no ar. Somos Xises e Ípsilons tentando entender os Alphas.
  30. 30. Vídeos: https://www.youtube.com/watch?v=a9V7dujB1H8
  31. 31. FIM

×