Aula 2 - Comunicação Gráfica e Design

1.018 visualizações

Publicada em

Aula 2 - Comunicação Gráfica e Design - SINTAXE DA LINGUAGEM VISUAL - I PARTE

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.018
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
45
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 2 - Comunicação Gráfica e Design

  1. 1. Comunicação Gráfica e Design Profa. Dra. Cíntia Dal Bello cbello@uninove.br www.cintiadalbello.blogspot.com Ideogramas dos 64 hexagramas do I Ching
  2. 2. Sintaxe da Linguagem Visual
  3. 3. Imagem e comunicação de ideias Assim como as pessoas podem "verbalizar" o seu pensamento, elas também podem "visualizá-lo”.
  4. 4. Diferenças linear espacial
  5. 5. Elementos Estruturais (Arte e Teoria do Design) Ponto, linha, forma, direção, tom, cor, textura, dimensão, escala e movimento. Existe uma sintaxe visual? Pode-se falar em elementos básicos utilizados na criação de mensagens visuais claras? Elementos da Linguagem Visual Ampliar a capacidade de VER e EXPRESSAR-SE por meio de imagens ALFABETISMO VISUAL
  6. 6. “Sempre que alguma coisa é projetada e feita, esboçada e pintada, desenhada, rabiscada, construída, esculpida ou gesticulada, a substância visual da obra é composta a partir de uma lista básica de elementos. [...] Os elementos visuais constituem a substância básica daquilo que vemos, e seu número é reduzido” (p.51).
  7. 7. Dois pontos são instrumentos úteis para medir o espaço no meio ambiente ou no desenvolvimento de qualquer tipo de projeto visual. Aprendemos cedo a utilizar o ponto como sistema de notação ideal, junto com a régua e outros instrumentos de medição, como o compasso. PONTO Sinal gráfico mínimo. Pode ser representado em vários tamanhos. Exerce um grande poder de atração para os olhos.
  8. 8. PONTO Quando vistos, os pontos se ligam, sendo, portanto, capazes de dirigir o olhar. Em grande número e justapostos, os pontos criam a ilusão de tom ou de cor, o que é o fato visual em que se baseiam os meios mecânicos para a reprodução de qualquer tom contínuo.
  9. 9. Quando os pontos estão tão próximos que se tornam indistinguíveis, aumenta a sensação de direção. A cadeia de pontos transforma-se em LINHA. LINHA é o PONTO EM MOVIMENTO. A LINHA é o elemento visual inquieto e inquiridor do ROUGH (esboço). LINHA
  10. 10. LINHA Sinal gráfico flexível, livre, cheio de energia. Tem propósito e direção. Instrumento que torna palpável aquilo que está apenas na imaginação.
  11. 11. FORMA Existem três formas básicas: O círculo; O quadrado; O triângulo equilátero. “Cada uma das formas básicas tem suas características específicas, e a cada uma se atribui uma grande quantidade de significados, alguns por associação, outros por vinculação arbitrária, e outros, ainda, através de nossas próprias percepções psicológicas e fisiológicas” (p.58). A LINHA descreve sempre uma forma. Na linguagem das artes visuais, a linha articula a complexidade da forma.
  12. 12. DIREÇÃO “Todas as formas básicas expressam três direções visuais básicas e significativas: o quadrado, a horizontal e a vertical; o triângulo, a diagonal; o círculo, a curva. Cada uma das direções visuais tem um forte significado associativo e é um valioso instrumento para a criação de mensagens visuais” (p.59 e 60). Abrangência, infinitude, proteção, repetição. Estabilidade, equilíbrio, enfado, honestidade, retidão.,esmero. Ação, conflito, Instabilidade, tensão.
  13. 13. Piet Mondrian - Neoplasticismo Kandinsky – Abstracionismo
  14. 14. Volpi – Abstracionismo geométrico Picasso – Cubismo
  15. 15. Considere os seguintes conceitos: Utilizando apenas PONTOS, LINHAS e FORMAS GEOMÉTRICAS, ilustrar cada um dos conceitos ao lado. EXERCÍCIO

×