APRECIAÇÃO MUSICAL DA OBRA DOS BEATLES

218 visualizações

Publicada em

Artigo: APRECIAÇÃO MUSICAL DA OBRA DOS BEATLES
Autor: Cláudio Valério
Trabalho Interdisciplinar de curso - PIC UNIS 2015 1

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
218
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

APRECIAÇÃO MUSICAL DA OBRA DOS BEATLES

  1. 1. *Graduando em Música (UNIS). Licenciado (UNIPAC) e Bacharel (FDV) em Educação Física. Pós-graduado em Administração e Marketing (ESAB), em Negócios (UNOPAR) e em Personal Training (Estácio de Sá). Pós-graduando em Negócios Imobiliários (ESAB). Contato: www.claudiovalerio.com.br APRECIAÇÃO MUSICAL DA OBRA DOS BEATLES Cláudio Valério Fonsêca Júnior * RESUMO Este trabalho trata-se de um estudo constituído por etapas de apreciação audiovisual de parte da obra dos Beatles e de uma pesquisa de revisão bibliográfica a respeito da biografia da banda em questão. No que concerne a apreciação, foram selecionados vídeos com performances e áudios de músicas dos Beatles. Também foram apresentados vídeos com artistas brasileiros interpretando canções originais da banda e versões em português, a fim de evidenciar o alcance mundial da obra do referido conjunto. Delineando a ampliação do trabalho, foi realizada uma pesquisa de cunho biográfico que levantou tópicos inerentes ao surgimento e a evolução da banda na década de 60, até a sua dissolução definitiva na década de 70. Em anexo são disponibilizados textos e imagens que ilustram e enriquecem o trabalho e auxiliam o leitor a compreender porque The Beatles se tornou um dos maiores fenômenos mundiais da música contemporânea, influenciando gerações e mantendo a vendagem de suas músicas até os dias atuais. Palavras-chave: Beatles. The Beatles. Apreciação Musical.
  2. 2. 1- INTRODUÇÃO Na década de 60 do século passado quatro jovens se reuniram na cidade de Liverpool, no noroeste da Inglaterra, para formar um grupo musical que mudaria em definitivo os rumos da história da música mundial. Em sua breve trajetória, permeada por encontros e coincidências perfeitas e por fatos marcantes, influenciaram o comportamento de toda uma geração, se envolveram em questões polêmicas, inovaram musicalmente em vários aspectos e foram pioneiros tanto no sucesso internacional alcançado por uma banda de rock quanto na dissolução de sua formação. Os jovens talentosos eram John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr e ficaram conhecidos mundialmente como The Beatles. Com o intuito de aprofundar no conhecimento de fatores inerentes a formação da banda e sobre a sua contribuição para a música contemporânea, foi realizada a pesquisa biográfica aqui apresentada, que inclui ainda endereços eletrônicos para a apreciação da obra do grupo e trechos em anexo de sua biografia, compostos por textos e imagens. 2- DESENVOLVIMENTO The Beatles foi uma banda britânica de rock formada em Liverpool, no noroeste da Inglaterra, na década de 60. Era constituída por quatro integrantes: John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr (E-BIOGRAFIAS, 2015): The Beatles foi formada em 1960, por 4 integrantes, John Lennon, Ringo Starr, Paul McCartney e George Harrison. A banda criada em 1957, inicialmente foi formada por John Lennon e seus colegas de escola, Peter Sholton, Erick Griffths, Bill Smith e Rod Davis. Em homenagem a escola Quarry Bank School, a banda recebeu o nome de The Quarrymen. Ainda em 1957, Paul MacCartney foi convidado a integrar a banda. Em 1958, foi a vez de George juntar-se ao grupo. Em 1960 a banda muda o nome para "The Beatles". Nesta época a banda não tinha baterista fixo. Em 1961, The Beatles realiza sua primeira apresentação no The Cavem Club, onde permaneceu tocando até 1963. Em 1962, assinaram contrato com o empresário Briam Epstein, que mudou o visual da banda, trocando as roupas de couro por trajes formais. Ainda este ano, Ringo Starr é convidado para baterista da banda. Em agosto a
  3. 3. banda fez sua primeira apresentação com a formação definitiva, George, Paul, John e Ringo. Segundo a Wikipédia (2015a) “[é] o grupo musical mais bem-sucedido e aclamado da história da música popular.” O período de atuação da banda foi de apenas 8 anos, datado de 1962 a 1970. Este tempo foi suficiente para que marcassem a história do rock e da música contemporânea mundial. Influenciaram fortemente sua geração e o comportamento da juventude da época, sendo este fenômeno comportamental da década de 60 classificado como Beatlemania. E mesmo após a dissolução da banda há mais de cinco décadas atrás, os Beatles ainda alcançam cifras expressivas de vendas (BEATLEMANIA, 2015): Até hoje, nenhum outro grupo musical conseguiu reproduzir tal façanha. Depois de [muitos anos após a] divisão do grupo, as vendagens dos discos dos Beatles continuam incríveis. Os últimos lançamentos, The Beatles 1 (2000) ou Let It Be Naked (2003) foram sucessos de venda, comprovando que a Beatlemania permanece viva. Em final de 2006 foi lançado o álbum "LOVE", uma coletânia dos Beatles, produzida por George Martin e seu filho Giles, em que as faixas originais foram retrabalhadas e remixadas. Agora, a Apple lança em iTunes uma antologia chamada "Anthology Box Set" com 155 faixas, divididas em 3 volumes, e "Anthology Highlights" com 23 faixas. Essa antologia foi lançada em 1995 e 1996, originalmente em CD, e agora, remasterizada, é lançada no iTunes. Gravaram seu primeiro compacto, Love me Do, em 1962 (BEATLEMANIA, 2015). Seu penúltimo álbum intitulado Abbey Road foi gravado em setembro de 1969 (E- BIOGRAFIAS, 2015). Em 1970 fizeram o último disco de estúdio, Let it Be (BEATLEMANIA, 2015). Em setembro de 1969 John Lennon anunciou sua saída da banda. E em 10 de abril de 1970 Paul Mac Cartney anunciou o fim da banda, cujo motivo ainda não é claro (E- BIOGRAFIAS, 2015). 2.1- Números De acordo com dados disponibilizados pela Wikipédia (2015a) os Beatles “[...] já foram honrados com 8 Grammy Awards, e 15 Ivor Novello Awards da BASCA. [E já] venderam mais de um bilhão de discos.”
  4. 4. Coletivamente foram incluídos em uma compilação realizada pela revista Time como fazendo parte do grupo das 100 pessoas mais importantes e influentes do século XX (WIKIPÉDIA, 2015a). 2.2- Influências no Brasil Entre as décadas de 60 e 70 artistas brasileiros fizeram versões para as músicas dos Beatles. Pode-se destacar o trabalho de Renato e seus Blue Caps, que na época produziram variações musicais consideradas livres das canções do quarteto de Liverpool (BUSTAMANTE, 2011): [...] Houve, entre os anos 1960 e 1970, quem se aventurasse a fazer versões livres para as músicas dos Beatles – livres porque não constituíam traduções literais (ou por causa da métrica e da rima ou porque a turma não dominava bem o inglês e reescrevia as letras pela semelhança das palavras). Nesse período, entre diversos cantores, cantoras e bandas que se atreveram a "traduzir" as canções dos Beatles, destacou-se o conjunto Renato e Seus Blue Caps. Considerada a mais antiga banda de rock do mundo ainda em atividade (iniciou antes mesmo dos eternos Rolling Stones), Renato e Seus Blue Caps foram os primeiros versionistas das canções beatles. E talvez os mais produtivos – fizeram pelo menos 14 versões durante 13 anos, as primeiras em 1964, cuja mais famosa foi Menina Linda/ I Should Have Known Beter e as últimas em 1977 (O Que Eu Posso Fazer/ Baby's In Black e Tudo Que Sonhei/ If I Fell). Ainda segundo Bustamante (2011), Renato e seus músicos chegaram a fazer versões guardando detalhes perfeitos dos arranjos originais e mesmo melhorando outros pontos, principalmente os vocais já que superavam o grupo inglês em número de vozes (eram cinco). Em um show intitulado Submarino Verde, artistas brasileiros homenagearam os Beatles com suas interpretações de clássicos dos 4 rapazes de Liverpool. Estiveram presentes artistas como Cássia Eller, Zizi Possi e Zé Ramalho (300 DISCOS, 2010). Rita Lee também cantou os Beatles a sua maneira e agradou ao público da banda no Brasil com suas versões muito bem produzidas (BUSTAMANTE, 2011): Rita Lee caiu nas graças dos beatlemaníacos brasileiros ao fazer versões de algumas canções do quarteto, por sinal, trabalho muito bem feito. If I Fell virou Pra Você Eu Digo Sim, Can't Buy Me Love/ TUDO POR AMOR, In My Life/ Minha Vida e Here, There And Everywhere/ Aqui, Ali, Em Qualquer Lugar. Isso foi há [...] anos e as versões da Rita continuam encantando a gurizada que, na época, ainda aprendia a andar.
  5. 5. Versões das músicas do quarteto de Liverpool estiveram presentes na trilha sonora de novelas brasileiras, como Hey Jude em Top Model, numa versão traduzida para o português cantada por Kiko Zambianchi. Recentemente a canção Lucy In The Sky With Diamonds também foi tema da novela Império (YOU TUBE). Em 1994 os músicos brasileiros George Israel (kid Abelha), Guto Goffi e Rodrigo Santos (Barão Vermelho) e Nani Dias uniram-se para homenagear os Beatels (WIKIPÉDIA, 2015b): Os Britos é um grupo vocal-instrumental brasileiro, carioca, criado para homenagear o conjunto de Rock The Beatles. O conjunto é formado por Guto Goffi, baterista do grupo Barão Vermelho, Rodrigo Santos, baixista também do Barão, George Israel, [saxofonista] do grupo Kid Abelha e Nani Dias [...] guitarrista. [...] os atuais integrantes resolveram se unir e tocar músicas do grupo inglês, paralelo com trabalho nos seus grupos de origem. Inicialmente se apresentavam sem compromisso em barzinhos. Dez anos depois, após realizarem uma viagem a Londres e Liverpool, gravaram o primeiro CD e DVD. De acordo com a Wikipédia (2015a), muitos nomes no Brasil estão de alguma forma ligados aos Beatles: Nomes de brasileiros como Arnaldo Baptista, Belchior, Roupa Nova, Caetano Veloso, Carlos Drummond de Andrade, Cássia Eller, Erasmo Carlos, Fernanda Takai, Gilberto Gil, Lulu Santos, Mauricio de Sousa, Milton Nascimento, Paulo Leminski, Pedro Bial, Raul Seixas, Renato Russo, Serginho Groisman, Rita Lee, Ronnie Von, Zé Ramalho e muitos outros estão, de alguma forma, relacionados aos Beatles. 2.3- Vídeos para a apreciação da obra dos Beatles https://vimeo.com/40759158 Fonte: Vimeo https://www.youtube.com/watch?v=sC6iCvo2WFs https://www.youtube.com/watch?v=rRen3jDqViI https://www.youtube.com/watch?v=YPF3kM6fJoU
  6. 6. https://www.youtube.com/watch?v=BrxZhWCAuQw https://www.youtube.com/watch?v=Wf1Xb2G1myc https://www.youtube.com/watch?v=pHhSV4enQiI https://www.youtube.com/watch?v=-mt4YGiY3yw https://www.youtube.com/watch?v=S50vdKvQkbo https://www.youtube.com/watch?v=T0YifXhm- Zc&list=PLtSmHr1Zg9zHgk3cEE64ko3NtArRQ4iSp https://www.youtube.com/watch?v=wIu0cpC- mSA&index=2&list=PLtSmHr1Zg9zHgk3cEE64ko3NtArRQ4iSp https://www.youtube.com/watch?v=N2_A2XkXKfA&index=4&list=PLtSmHr1Z g9zHgk3cEE64ko3NtArRQ4iSp https://www.youtube.com/watch?v=YFGnNs_xndo&index=7&list=PLtSmHr1Zg 9zHgk3cEE64ko3NtArRQ4iSp https://www.youtube.com/watch?v=0ApstMKNEMI&list=PLtSmHr1Zg9zHgk3c EE64ko3NtArRQ4iSp&index=8 https://www.youtube.com/watch?v=pVlr4g5- r18&list=PLnwOMukxWPz4JR7Prws2SXuT5buBkn4WP&index=6 https://www.youtube.com/watch?v=yDl0qPfkSRw&index=7&list=PLnwOMukx WPz4JR7Prws2SXuT5buBkn4WP
  7. 7. https://www.youtube.com/watch?v=n6j4TGqVl5g&list=PLnwOMukxWPz4JR7P rws2SXuT5buBkn4WP&index=9 Fonte: You Tube 2.4- Vídeos de artistas brasileiros interpretando Beatles Kid Abelha e Os Britos https://www.youtube.com/watch?v=qDw0-dAReRw Kiko Zambianchi https://www.youtube.com/watch?v=JGdzSl7xCGA Fonte: You Tube Cássia Eller http://advivo.com.br/emvideo/modal/275935/425/350/field_video/youtube/6M7V ZQHotfs http://advivo.com.br/emvideo/modal/275935/425/350/field_video/youtube/Cao8I 37CfG0 Zizi Possi http://advivo.com.br/emvideo/modal/275935/425/350/field_video/youtube/3Yzzy wURDmc Zé Ramalho http://advivo.com.br/emvideo/modal/275935/425/350/field_video/youtube/XL- QQV1Tc-4 Fonte: 300 Discos (2010)
  8. 8. 3- MATERIAL E MÉTODOS O presente trabalho trata-se de uma revisão de literatura realizada no período compreendido entre 4 de junho de 2015 a 11 de junho do mesmo ano. Através do uso de termos-chave como “Beatles”, “The Beatles” e “artistas brasileiros cantando Beatles”, lançados no site de busca Google, foi encontrado material de cunho biográfico disponível em rede que possibilitou a obtenção de informações para compor este estudo. Para complementar a análise e o entendimento sobre a obra dos artistas estudados foram selecionados vídeos com as performances dos músicos para apreciação. Imagens e textos em anexo ilustram e complementam o trabalho. 4- RESULTADOS Os resultados da revisão de literatura mostram que os Beatles foram uma banda que inovou em muitos aspectos (WIKIPÉDIA, 2015a): -Foram pioneiros na junção de sons e instrumentos orientais ao rock. -Em sua época, quando os compactos eram curtos, lançaram Hey Jude, canção com duração superior a 7 minutos. -Consta que foram a primeira banda britânica a fazer sucesso fora do seu país de origem, sendo os primeiros a ocupar os cinco primeiros lugares das paradas americanas (com as canções lançadas em 1964: Twist And Shout, Can't Buy Me Love, She Loves You, I Want To Hold Your Hand e Please Please Me); -Os Beatles também foram a primeira banda de rock a fazer sucesso em escala mundial. -Participaram da primeira transmissão mundial via satélite (cantaram ao vivo em 1967 "All You Need Is Love", no projeto Our World. -Foram os primeiros a realizar grandes apresentações em estádios a céu aberto.
  9. 9. -Em termos de produção musical, foram os primeiros roqueiros a produzirem um disco conceitual de rock. -Desbravaram o universo cinematográfico, sendo a primeira banda a fazer carreira no cinema. -Contradizendo o habitual, foram os primeiros a lançar um disco sem o nome da banda na capa. -Foram ainda os primeiros a gravar em 4 canais. “Curiosamente, os Beatles foram o primeiro grupo a se separar” (WIKIPÉDIA, 2015a). Ainda segundo a Wikipédia (2015a), os Beatles foram pioneiros na incorporação da dissonância ao rock; na inserção de um terceiro elemento em suas letras, fugindo assim da dictomina menino-menina (ou eu e você); na utilização de efeitos especiais na guitarra; no uso dos microfones e instrumentos de formas não convencionais durante as gravações; na junção de música pop e erudita; no desenvolvimento de um rock psicodélico, com algumas composições de Lennon orientadas por forte vertente impressionista, surrealista e filosofia contracultural; e na “[utilização de] loops em teipes, técnicas de double tracking e variações de velocidade em áudios[...]”. 5- DISCUSSÃO O acaso possibilitou que a banda que iniciou sua formação em 1957 com John Lennon e seus colegas escolares, utilizando outros nomes no início de suas apresentações e possuindo diversos integrantes, chegasse a sua formação definitiva em 1962, tornando- se conhecidos mundialmente como The Beatles (E-BIOGRAFIAS, 2015). Tornaram-se um fenômeno de popularidade e influenciaram toda uma geração (BEATLEMANIA, 2015): A Beatlemania- Enormes vendagens de discos, várias viagens de sucesso feitas aos EUA e o arrebatador sucesso de filmes como A Hard Day's Night (Os Reis do Iê, Iê, Iê) fizeram surgir o termo Beatlemania, que significava o fenômeno de popularidade do grupo de Rock dos 4 rapazes de Liverpool.
  10. 10. Em apenas 8 anos de existência a banda dos 4 rapazes de Liverpool inovou em sua produção musical e marcou para sempre a história da música mundial. 6- CONCLUSÃO Do encontro dos 4 jovens de Liverpool surgiu uma banda que em um curto período de tempo inovou em produção musical, tornou-se fenômeno de popularidade, influenciou pessoas e escreveu para sempre o seu nome na história do rock e da música mundial: The Beatles. BIBLIOGRAFIA Beatlemania. Disponível em: <http://www.beatlemania.com.br/>. Acesso em: 06 jul. 2015. BUSTAMANTE, Luís. Beatles em versão brasileira. UNIVERSO IPA. 28 abr. 2011. Disponível em: <http://universoipa.metodistadosul.edu.br/universo- ipa/colunistas/musica/984-beatles-em-versao-brasileira.html>. Acesso em: 07 jul. 2015. You Tube. Disponível em: <https://www.youtube.com/>. Acesso em: 04 jun. 2015. LUÍS, Marcelo. Renato e seus Blue Caps. Disponível em: <http://renatoeseusbluecaps.com.br/>. Acesso em: 07 jun. 2015. The Beatles. E-biografias. Disponível em: <http://www.e- biografias.net/the_beatles/>. Acesso em: 06 jul. 2015
  11. 11. The Beatles. Wikipédia. Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/The_Beatles>. Acesso em: 06 jul. 2015 Os Britos. Wikipédia. Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Os_Britos>. Acesso em 11 jun. 2015. Vimeo. Disponível em: <https://vimeo.com/40759158>. Acesso em: 10 06 2015. 300 Discos. Brasiliana. 20 nov. 2010. Disponível em: <http://advivo.com.br/blog/300discos/os-beatles-por-cantores-brasileiros>. Acesso em: 06 jul. 2015.
  12. 12. ANEXOS A- Os Beatles em 1964 The Beatles Os Beatles em 1964. Topo: John Lennon e Paul McCartney. Abaixo: George Harrison e Ringo Starr. Fonte: Wikipédia (2015a)
  13. 13. B- The Cavern Club The Cavern Club, Liverpool, Inglaterra, em 2008: local onde os Beatles fizeram cerca de 292 apresentações e onde começaram a definir sua carreira. Fonte: Wikipédia (2015a)
  14. 14. C- Estúdio de gravações Abbey Road Studios Entrada do prédio do estúdio de gravações Abbey Road Studios em 2007: local onde os Beatles gravaram durante toda sua carreira e onde mostraram pela primeira vez a George Martin o que sabiam fazer. Fonte: Wikipédia (2015a)
  15. 15. D- Os Beatles nos EUA em 1964 Os Beatles quando chegaram noAeroporto JFK, na Cidade de Nova Iorque, em 7 de fevereiro de 1964: essa primeira visita dos Beatles aos Estados Unidos é um dos momentos fundamentais da história da banda e, mais amplamente, do rock mundial. Fonte: Wikipédia (2015a)
  16. 16. E- Apple Records Prédio da Apple Records na 3 Savile Row, lugar do famoso concerto Let It Be, feito no telhado deste prédio: foi a última apresentação do quarteto tocando junto, em 30 de janeiro de 1969, em Londres. Fonte: Wikipédia (2015a)
  17. 17. F- Biografia John Lennon Nascimento: 9 de outubro de 1940 - Liverpool, Inglaterra Foi morto no dia 8 de dezembro de 1980, na entrada do edifício Dakota, em Nova York, Estados Unidos. John Lennon nasceu em Liverpool, em 1940, em plena segunda guerra mundial e não teve irmãos. Seus pais chamavam-se Julia e Alfred Lennon. John pouco viu seu pai que, trabalhando em navio, ficava longos períodos ausente. Sem uma apropriada condição de criar o filho, Julia o deixou, ainda pequeno, aos cuidados de sua irmã Mary (casada com George Smith), em Woolton, Liverpool. Já aos seis anos de idade, cantava no coro da igreja de São Pedro, em Woolton. Foi na Escola Primária de Dovedale que John iniciou seus estudos e, em 1952, foi estudar na Escola Gramática A lign
  18. 18. Quarry Bank, quando, então, iniciou uma amizade com Peter Shotton. Os dois foram amigos inseparáveis, mas, juntos, criaram muitos problemas na escola, devido sua rebeldia. Por outro lado, John já demonstrava nesta época seu talento literário. Apreciava a leitura de Lewis Carroll e Richmal Crompton, entre outros. Em 1955, seu querido tio George faleceu. Como a maioria dos jovens da época, John também foi profundamente influenciado pelo movimento musicalskiffle e, em 1955, montou com seus colegas de escola uma banda chamada The Quarry Men. Houve muitas mudanças no grupo, mas a mais importante ocorreu em 1957, quando outro estudante se incorporou ao grupo, ele chamava-se Paul McCartney. Vários estilos influenciaram os Quarry Men, um deles foi Elvis Presley. Logo, John e Paul, tornaram-se uma dupla perfeita para escrever canções. O grupo, então, passou a chamar-se Johnny & The Moondogs. Nesta época, a formação era: John, Paul, George e Ken Brown. Houve ainda um quinto integrante, Stuart Sutcliffe. Mais tarde o grupo passou a chamar-se The Beatles, fazendo uma brincadeira com as palavras beat (batida, compasso) e beetle (besouro).
  19. 19. Paul McCartney Nascimento: 18 de junho de 1942 - Liverpool, Inglaterra. Paul McCartney nasceu em Walton Road Hospital, em Rice Lane, Liverpool, no dia 18 de Junho de 1942. Filho de Mary e James McCartney, teve um irmão (mais novo que ele um ano e meio) chamado Michael McCartney. Foi seu pai quem primeiro o influenciou a música, pois liderou uma banda de Jazz em Liverpoos. Ainda criança, perdeu sua mãe que morreu de câncer do seio, em 1956. Em 1957, quando já havia encerrado o ensino primário, ingressou no Instituto Liverpool, escola de segundo grau muito conhecida na cidade. Aos 14 anos de idade, ganhou sua primeira guitarra. Numa de suas idas para a escola, conheceu no ônibus um outro jovem estudante, chamavasse George Harrison, com o qual manteve logo duradoura amizade, até porque, ambos eram apaixonados pela música. Outro estudante seu amigo do Instituto Liverpool, Ivan Vaughan, foi quem convidou Paul, que nesta época tinha 15 anos, para uma festa de São Pedro, na Igreja de Woolton. Lá foi apresentado a outro estudante apaixonado por A lign
  20. 20. música, tão talentoso quanto ele, o líder do grupo The Quarry Men, John Lennon. Na época, o estilo musical em voga em toda a Inglaterra era o skiffle. Devido ao talento musical de Paul e sua habilidade em escrever músicas, John Lennon o convidou para fazer parte de seu grupo, que depois veio a ter George Harrison e Ken Brown. Apesar de que John era o líder da banda, foi Paul quem mais incentivou o grupo a buscar desenvolver seu próprio estilo. Como era cheio de idéias, foi também a pessoa que melhor trabalhou a mídia a favor da banda, que já em 1960 se chamava The Beatles.
  21. 21. George Harrison Nascimento: 25 de Fevereiro de 1943 - Liverpool, Inglaterra. Morreu de câncer em 29 de novembro de 2001 - Los Angeles, Estados Unidos. Nasceu em Liverpool, sua mãe chamava-se Louise e seu pai, que era motorista de ônibus, Harold Harrison. George tinha dois irmãos, Peter e Harry e uma irmã, chamada Louise. Estudou na Escola Primária de Dovedale. Em setembro de 1954 tornou-se aluno do instituto de Liverpool. Seu interesse na música foi despertado com o crescimento do movimento skiffle, estilo particular de música que apareceu na Inglaterra nos anos 50, e que lá era chamado skiffle boom. Aos 13 anos, ganhou de sua mãe uma guitarra. George formou um grupo chamado Os Rebeldes, junto com seu irmão Peter e seu melhor amigo Arthur Kelly. Quando George deixou o Instituto de Liverpool, foi procurar emprego e chegou a trabalhar como eletricista, mas seu interesse pela música continuava. Tentou, sem sucesso, juntar-se ao grupo Alan Caldwell's Texans (mais tarde Rory Storm, The Hurricanes). Mais tarde, a lign
  22. 22. juntou-se ao Les Stewart Quartet, no Lowlands Club, West Derby. George já conhecia muita gente no mundo da música, inclusive um rapaz, também do Instituto, que encontrou a primeira vez no ônibus para a escola, chamado Paul McCartney. George assistiu a vários shows do Quarry Men, grupo de Paul e John. Ken Brown, membro do Les Sterwart Quartet, teve uma discussão com Stewart, o que fez com que George e Ken fossem se juntar a Paul e John, em Agosto de 59, no novo The Quarry Men, cuja formação era: John, Paul, Ken e George. Pouco tempo depois, Ken abandona o grupo. Em 1960, já com Pete Best como baterista, o grupo se chamava The Beatles.
  23. 23. Ringo Starr Nascimento: 7 de julho de 1940 - Liverpool, Inglaterra. Filho de Elsie e Richard Starkey, seu verdadeiro nome é Richard Starkey Jr. Como tinham o mesmo nome, pai e filho eram chamados de Big Richie e Little Rich. Seus pais se separaram em 1943, e Ringo (este apelido foi-lhe dado somente no final da década de 60, por Rory Storm, músico com quem, no futuro, Ringo faria parceria) foi morar com sua mãe, ainda em Liverpool. Ringo foi estudar na escola primária de St. Silas, onde começou a ter problemas de saúde que afetariam seu desenvolvimento escolar. Aos 6 anos de idade, foi internado com apendicite. Esteve em coma por dois meses e foi submetido a diversas cirurgias. Após sair do coma ainda permaneceu alguns meses mais no hospital. Sua mãe conheceu um pintor e decorador chamado Harry Graves, com quem veio a se casar. Em 1953, quando Ringo tinha 13 anos de idade, teve mais um problema grave de saúde. Uma gripe complicou e ele teve de ser internado mais uma vez no hospital. A doença causou uma complicação maior de pulmão e ele teve que ser transferido para o Hospital de Crianças em Heswall, em A lign
  24. 24. Wirral, onde ficou até 1955. Mais tarde, quando saiu do hospital, já restabelecido, arranjou emprego como entregador, barman e foi trainee na Henry Hunt e Filhos, com seu vizinho, Eddie Miles, com quem mais tarde, em 1957, formaria o grupo musical Eddie Clayton Skiffle Group, com mais três empregados da Hunt. Foi o padastro de Ringo quem lhe comprou uma bateria usada, permitindo-lhe desta forma seu desenvolvimento profissional, foi quando entrou para o grupo Darktown Skiffle. Em março de 1959 ingressou no Al Caldwell’s Texans, cujo nome foi depois mudado para Rory Storm & The Hurricanes. Usando o nome Jazzmen foram tocar na The Cavern, porém, foram multados pelo dono por cantarem "Whole Lotta Shakin’ Goin’ On", pois Rock’n Roll não era permitido naquele Clube, naquela época. Foi Rory Storm quem deu o apelido de Ringo Starr para Richie. Em 1960, The Hurricanes faziam muito sucesso e, nesta mesma época, surgia outra banda de peso: The Beatles. Numa viagem para Hamburgo, onde The Hurricanes foi tocar, conheceu e fez amizade com os integrantes dos Beatles, que lá também estavam tocando. Uma curiosidade é que os Hurricanes foram mais bem pagos do que os Beatles. Mas foi apenas em agosto de 1962, que Ringo Starr passou a integrar os Beatles. Isto porque John, Paul e George não queriam mais o baterista (renomado e tido como um dos melhores) Pete Best, por outro lado, já conheciam e gostavam de Ringo. À partir desta data, estava formado o quarteto que revolucionaria o comportamento do mundo através da música, The Beatles. Fonte: Beatlemania (2015)
  25. 25. G- Beatlemania Beatlemania! O Nome do Grupo- O grupo The Beatles, que foi um dos maiores fenômenos da música popular mundial, arrebanhou milhões de fãs de todas as idades em todo o mundo e, ainda hoje, anos após a extinção do grupo, continua sendo tocado no mundo inteiro, vendendo discos e fazendo novos fãs. Antes de se chamar The Beatles, nome que faz um trocadilho com beetles (besouro) e beat (que significa batida ou compasso ritmado), o grupo se chamou Johnny and the Moondogs, The Silver Beetles, The Silver Beats, The Silver Beatles e Beat Brothers. O nome Beat Brothers foi usado na turnê na Alemanha, em 1961, quando gravaram com Tony Sheridan o compacto My Bonnie. Somente em 1962 é que começaram a usar o nome que ficaria para sempre marcado na história da música: The Beatles. A Beatlemania- Enormes vendagens de discos, várias viagens de sucesso feitas aos EUA e o arrebatador sucesso de filmes como A Hard Day's Night (Os Reis do Iê, Iê, Iê) fizeram surgir o termo Beatlemania, que significava o fenômeno de popularidade do grupo de Rock dos 4 rapazes de Liverpool. Fonte: Beatlemania (2015)
  26. 26. H- Discografia
  27. 27. Fonte: Beatlemania (2015)
  28. 28. I- Pioneirismo Pioneirismo [editar|editar código-fonte] George Harrison, quando nos Beatles, tornou-se o primeiro músico a fundir instrumentos e, respectivamente, sons orientais com a música do rock; embora famoso, no entanto, este feito - demonstrado em "Norwegian Wood", onde há o uso da sitar (instrumento musical da família do alaúde e instrumento símbolo da música da Índia) - não foi o único que colocou a banda no patamar de pioneira.150 Com "Twist and Shout", "Can't Buy Me Love", "She Loves You", "I Want To Hold Your Hand" e "Please Please Me", lançados em março de 1964, tornaram-se iniciantes em ocupar os primeiros cinco lugares no topo norte-americano. Rubber Soul, de 1965, foi o primeiro álbum onde não havia o nome do artista em sua capa. Na época dos Beatles, os compactos eram curtos, mas "Hey Jude", com mais de sete minutos, mudou esse conceito. Foram a primeira banda britânica a fazer sucesso fora de seu país e a primeira de rock a fazer sucesso mundial. Com "Yellow Submarine", foram os primeiros roqueiros a escreverem canções com temáticas infantis. Em suas peregrinações à Índia, tornaram-se os primeiros a misturarem rock e misticismo. A primeira distorção de violão divulgada em gravação foi em "I Feel Fine".[carece de fontes] O concerto no Shea Stadium tornou-os pioneiros na produção e realização de apresentações em estádios a céu aberto e participaram da primeira transmissão mundial via satélite cantando ao vivo "All You Need Is Love", no projeto Our World, em 1967. Foram a primeira banda de rock a fazer carreira no cinema e a primeira a produzir um disco conceitual de rock: Sgt. Pepper Lonely Hearts Club Band. Este mesmo disco fez com que eles fossem os primeiros a gravarem em quatro canais. Curiosamente, os Beatles foram o primeiro grupo a se separar.[carece de fontes] Fonte: Wikipédia (2015a)
  29. 29. J- Visual Comprar isto no Allposters.com.br O Estilo de Cabelo: Até 1961 todos os integrantes dos Beatles, como era usual na época, usavam o cabelo penteado para trás (estilo James Dean). Na turnê em Hamburgo (Alemanha), ainda em 1961, Stuart Sutcliffe conheceu Astrid Kirchherr, uma alemã, artista e fotógrafa. Nessa época, os Beatles eram cinco: Paul McCartney, John Lennon, Stuart Sutcliffe, George Harrison e Pete Best. Astrid mudou o estilo de vestir de Stuart Sutclife (Stu como era chamado), e deu-lhe um novo estilo de cabelo, penteado para frente. Gradualmente os outros Beatles (com exceção de Pete Best) aderiram ao estilo. Mas, apaixonado por Astrid, Stu deixou o grupo e permaneceu em Hamburgo. E foi assim, de forma casual, que o estilo de cabelo mais famoso do planeta foi criado. Fonte: Beatlemania (2015)
  30. 30. K- O Quinto Beatle "Quinto Beatle"[editar|editar código-fonte] "Quinto Beatle" é um termo informal usado pelos fãs da banda e por vários comentaristas da imprensa ou de entretenimento, relacionado a pessoas que tiveram uma forte associação com o "quarteto de Liverpool", com exceção de John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr. Foi e ainda é atribuído a:[carece de fontes] Stuart Sutcliffe, pelo seu papel no início do grupo como baixista;11 Pete Best, baterista do grupo de 1960 a 1962; substituído por Ringo Starr;[carece de fontes] Neil Aspinall, gerente dos Beatles de sua criação até 1963 e, em seguida, seu assistente pessoal. Foi ao leme da empresa Apple Corps de quase quarenta anos antes de aposentar em fevereiro de 2007, um ano antes da sua morte em março de 2008;[carece de fontes] George Best, jogador lendário do Manchester United nos anos 60. Na mesma época da beatlemania, angariou grande popularidade entre a juventude britânica, com seu jeito rebelde e agitado dentro e fora dos campos.[carece de fontes] Klaus Voormann, artista, amigo dos Beatles e designer das capas do Revolver e do The Beatles Anthology;[carece de fontes] Brian Epstein, descobridor do grupo e, em seguida, empresário dos Beatles até a sua morte em 1967;[carece de fontes] George Martin, patrono da gravadora Parlophone, uma divisão da EMI, que contratou os Beatles em 1962. Deste ano em diante, ele produziu quase todos os álbuns do grupo, e foi responsável pela maioria dos arranjos das canções dos Beatles. Também, frequentemente tocou teclado ou piano nas gravações. Ele continua até hoje produzindo álbuns que homenageiam a banda, como a série The Beatles Anthology e a compilação Love;[carece de fontes] Jimmy Nicol, baterista que substituiu Ringo Starr quando este ficou doente, para uma dezena de concertos durante a turnê australiana dos Beatles em junho de 1964;[carece de fontes] Derek Taylor, assessor de imprensa e confidente dos Beatles. George Harrison disse em 1988: "Só havia dois 'quinto beatle': Neil Aspinall, e Derek Taylor";[carece de fontes] Billy Preston, tecladista que participou da gravação do álbum Let It Be, e também em algumas faixas de Abbey Road (1969).[carece de fontes] Fonte: Wikipédia (2015a)
  31. 31. L- O fim da banda 1969-70: Último concerto e fim[editar|editar código-fonte] Em janeiro de 1969, os Beatles iniciaram um projeto cinematográfico que documentaria a realização de sua próxima gravação, originalmente intitulado Get Back. Durante as sessões de gravação, a banda realizou sua última apresentação ao vivo no último andar do edifício da Apple Corps, em Londres, na tarde fria de 30 de janeiro de 1969. A maior parte da apresentação foi filmada e, posteriormente, incluída no filme Let It Be. A ideia de tocar no telhado do prédio foi de Lennon. O concerto parou a rua inteira do prédio e, rapidamente, o lugar ficou lotado de pessoas; inclusive, os vizinhos da região logo espreitavam das sacadas o concerto. Os Beatles tocaram durante quarenta minutos até a polícia local interferir pedindo que abaixassem o volume dos instrumentos; Mal Evans explicou que não era qualquer pessoa que estava tocando, e sim os Beatles. A apresentação terminou antes do previsto, e tornou-se famosa. Com o projeto Let It Be temporariamente suspenso, os Beatles gravaram seu penúltimo álbum, Abbey Road, no verão de 1969. A conclusão da canção "I Want You (She's So Heavy)" para o álbum em 20 de agosto de 1969 foi a última vez que o quarteto reuniu-se em mesmo estúdio. Lennon anunciou sua saída para o resto do grupo em 20 de setembro, 1969, embora tenha concordado em não anunciar isso publicamente até que determinadas questões jurídicas fossem resolvidas.[carece de fontes] Em Março de 1970, a sessão de teipes do "Get Back" foram entregues ao produtor americano Phil Spector, que tinha produzido o compacto solo de Lennon – "Instant Karma!". McCartney anunciou publicamente a dissolução em 10 de abril de 1970, uma semana antes do lançamento de seu primeiro álbum solo,McCartney117 . As cópias de pré- lançamento incluíram um comunicado à imprensa na qual McCartney realizava uma entrevista consigo mesmo, explicando o fim dos Beatles e suas esperanças para o futuro.118 Em 8 de maio de 1970, a versão de "Get Back" produzida por Spector foi lançada como Let It Be, seguido com o documentário de mesmo nome. Legalmente, a parceria dos Beatles não foi dissolvida até 1975,119 embora Paul tenha apresentado uma ação para a dissolução em 31 de dezembro de 1970, efetivamente terminando a carreira em conjunto da banda.120 O motivo do fim da banda ainda é muito discutido e pode ser descrito como uma série de eventos121 que, resumidamente, os itens abaixo pretendem desenvolver. Morte de Epstein: Brian Epstein foi indiscutivelmente o homem mais influente no lançamento e na promoção da popularidade do grupo no mundo inteiro. Por ser o empresário da banda, ele pôde manter o grupo reunido e mediar determinados conflitos que o quarteto viesse a desenvolver entre si, mantendo-se na postura de ser a última palavra, a última decisão. Quando morreu em 1967, deixou um vazio na banda. McCartney provavelmente sentiu a situação precária e procurou iniciar projetos que estimulassem a banda. Em última instância, a discórdia sobre liderança gerencial seria um dos fatores precipitantes para a banda se dissolver.123
  32. 32. George Harrison como compositor: Nos primeiros anos, Paul e John eram os únicos compositores da banda, enquanto que Ringo e George desempenhavam suas funções como baterista e guitarrista, respectivamente. No entanto, de 1965 em diante, as composições de Harrison ganharam maturidade e tornaram-se mais atraentes em suas qualidades.124 125 Gradualmente os outros membros reconheciam seu talento como compositor,126 mas cada vez mais George começou a se frustrar pelo fato de a maioria de suas ideias e canções terem como fim a rejeição. Isso gerou confusão e, consecutivamente, desavenças, principalmente entre Lennon e McCartney.127 Dificuldade em colaboração: De uma forma ou de outra, após o grupo parar de excursionar, cada um dos integrantes começaram a seguir comportamentos autônomos: enquanto McCartney via interesse no estilo pop e nas tendências da Grã- Bretanha e dos Estados Unidos, Lennon tendia à música introspectiva e experimental, enquanto Harrison, por sua vez, estava cada vez mais entusiasmado com a música indiana.125 128 129 Por conseguinte, Paul começou a assumir o papel de líder dos projetos artísticos dos Beatles.130 Além de cada membro ter começado a desenvolver uma agenda cujos eventos exigiam cada vez mais individualidade – o que acabou comprometendo o grau de entusiasmo em conjunto. Outro fator que contribuiu para a fragilidade da banda foi a evidente falta de acordo já existente na época de produção do "Álbum Branco".131 Yoko Ono: Lennon estava em um frágil estado de espírito após o regresso da banda a partir de suas estadias na Índia, no início de 1968. Ficou ressentido e desiludido com o fato do Maharishi não ter preenchido suas expectativas. Lennon começou a desenvolver um imenso interesse por uma artista nipo-americana, Yoko Ono, que se reuniu o músico britânico em uma de suas exposições em 1966. Tiveram uma relação platônica até a primavera de 1968. Enquanto a esposa de Lennon, Cynthia, estava de de férias, ele e Yoko lançaram uma fita que mais tarde seria lançada como a famosa (e polêmica) "Unfinished Music No.1: Two Virgins". Até esse momento, os dois não estavam completamente entretidos entre si, pois o acordo da banda era que suas namoradas ou esposas não interferissem nos estúdios. Contudo, como a produção artística de Lennon cresceu sob influência de Yoko Ono, cada vez mais ele quis que ela entrasse nos processos de produção dos Beatles e, consecutivamente, ela passou a frequentar os estúdios de gravação.132 Frequentemente, Ono comentava e dava sugestões no estúdio de gravação, o que parece ter aumentado as confusões entre ela e os três companheiros de Lennon.133 Yoko é acusada por muitos fãs de ter "dividido os Beatles", enquanto outros argumentam que sua presença não era nenhum problema, e que os Beatles realmente se separaram pelas outras razões aqui citadas (acima e abaixo).[carece de fontes] Situação empresarial: Outra coisa que agravou a situação da banda foi o fato de que, sem Epstein, eles procuraram empresários para geri-la, mas a tentativa desses empresários de estabelecer um controle sobre a banda The Beatles falhou. Mesmo antes disso, houve confusão entre os integrantes, pois não conseguiram entrar em acordo na escolha de um novo empresário.[carece de fontes] Fonte: Wikipédia (2015a)
  33. 33. Artigo enviado para publicação em 11 jun. 2015.

×