A Teoria do Alcance dos Objetivos

5.398 visualizações

Publicada em

A Teoria do Alcance dos objetivos idealizado por Imogene King

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.398
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
51
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Teoria do Alcance dos Objetivos

  1. 1. Teoria do Alcance dos Objetivos FAI _ Faculdade Irecê Turma 2014.1 Curso: Bacharelado em Enfermagem 4°Semestre Rodada de seminários da disciplina de Processos de Cuidar I Professora orientadora. Enfa. Auba Freitas
  2. 2. Apresentando... Claudia Hellena Ribeiro: Para que servem as Teorias em Enfermagem? Marleide Ventura : Teoria do Alcance dos Objetivos. Ana Lourdes : Sistema Pessoal Claudia Hellena Ribeiro: Sistema Interpessoal e Social Alessandra Novais : O cuidado a parti da teoria de King Claudia Hellena: A Teoria do Alcance dos Objetivos na nossa
  3. 3. Teorias em Enfermagem Introdução: Claudia Hellena Ribeiro
  4. 4. O que é uma Teoria?
  5. 5. Segundo o dicionário de língua portuguesa “Pasquale” a palavra “Theoria” origina-se do grego e significa a parte especulativa de uma ciência, ou seja, teoria ou teorias, são os conhecimentos básicos que se limitam à exposição, sem passar a ação. Teoria é o contrário da prática.
  6. 6. Se Teoria é o contrário da prática e são apenas especulações... Para que SERVEM as teorias de Enfermagem ?
  7. 7. CARACTERÍSTICAS DAS TEORIAS EM ENFERMAGEM As teorias são, Versões da realidade; Expressam valores sobre o seu objeto; Ferramentas para intervenção na realidade; Representam o estado da arte profissional ;
  8. 8. Estão sendo propostas desde Florence Nightingale; Fornecem referência para o cuidado; E buscam soluções em problemas de Sistematização sendo a base para implantação do SAE.
  9. 9. “As teorias de enfermagem são uma construção, a partir de uma prática idealizada, que visa aperfeiçoar a assistência”. (Barnum, 1998)
  10. 10. E nesta busca por melhorias dentro do ambiente hospitalar que apresentamos A TEORIA DO ALCANCE DOS OBJETIVOS idealizada por IMOGENE KING
  11. 11.  Marleide Ventura : Teoria do Alcance dos Objetivos
  12. 12. Mas, não há como implantar uma teoria sem antes conhecer o PE
  13. 13. PROCESSO DE ENFERMAGEMPara operacionalização das teorias, foi desenvolvido o Processo de Enfermagem que é definido na Teoria das Necessidades Humanas Básicas como “a dinâmica das ações sistematizadas e inter- relacionadas, visando a assistência ao ser humano. Levantamento de dados Diagnóstico Planejamento Implementação Avaliação Prescrição
  14. 14. O processo de enfermagem é um método usado pelos enfermeiros para levantar dados, planejar, implementar e avaliar o cuidado prestado. Para sua realização são necessárias habilidades especiais para a coleta de dados, para se comunicar e capacidade de codificar esses dados, identificando objetivos e os meios para alcançá-los. .
  15. 15. A teoria de King focaliza a percepção e cognição do indivíduo acerca da experiência que está vivenciando, sendo a intervenção dirigida para o processo contínuo de interação entre o indivíduo e os outros significantes. Tal teoria tem como fim, alcançar objetivos predeterminados, em que a interação humana é à base da ação de enfermagem. Sua identificação conceitual ocorre através dos termos interação, transação, self, estresse, papel, crescimento e desenvolvimento, tempo
  16. 16. “A interação enfermeiro-cliente é importante pois através dela surgem transações que possibilitam atingir metas mútuas” (Imogene King, 1981)
  17. 17. “o ser humano atua em sistemas sociais através de relacionamentos interpessoais, em termos de suas percepções, as quais influenciam sua vida e sua saúde” (KING, 1971, p. 35). A partir desse pressuposto, desenvolveu quatro conceitos centrais para nortear os modelos conceituais e as teorias de enfermagem, sendo eles: O meio ambiente, a saúde, o ser humano e a enfermagem.
  18. 18. Ou seja, a teoria de Imogene King se baseia em três sistemas. Sistema pessoal; Sistema Interpessoal; Sistema Social;
  19. 19.  Ana Lourdes : Sistema Pessoal
  20. 20. Insere a idéia de que cada ser humano forma um sistema, e de que por meio de interações, esses seres humanos formarão duplas, pequenos ou grandes grupos, constituindo assim um outro sistema, ao qual denomina de sistema interpessoal. Esses seres humanos agrupados estruturarão organizações de acordo com suas necessidades e interesses, formando o sistema social (GEORGE, 1990).
  21. 21. No sistema pessoal envolve a aplicação do conceito de Percepção, “Self” ou ego, Crescimento e desenvolvimento bem como espaço e tempo.
  22. 22. Percepção
  23. 23. Cada um de nós temos nossa própria percepção. Perceber , compreender , entender. Instrumento importante na Enfermagem por permitir o agrupamento de informações.
  24. 24. “Self” ego
  25. 25. Experiência da visão do individuo de si mesmo. Cada Self é uma pessoa inteira. Se bem trabalhadas as metas serão alcançadas
  26. 26. Crescimento e
  27. 27. Crescer , desenvolver, ir além das nossas percepções. É nesse saber crescer que nós nos desenvolvemos como profissionais aptos a saber escutar . Nesse processo também desenvolvemos a análise da linguagem corporal do outro e do nosso tempo (duração entre um acontecimento e outro) e espaço dentro das Unidades de Saúde
  28. 28. E o que dizer no nosso Sistema Interpessoal, desvincular-se do sistema pessoal?
  29. 29.  Claudia Hellena: Sistema Interpessoal e Social
  30. 30. É formado pelo agrupamento de: Enfermeiro – Paciente (díade) Enfermeiro –Paciente- Família (Tríade) Pequeno e grandes grupos(Comunidade)
  31. 31.  A comunicação é indispensável nesse processo A comunicação deve ser horizontal e sem ruídos Compreender e fazer-se ser compreendido
  32. 32. Saúde física, psíquica e comprometimento. A base para o traçar metas e alcançar os objetivos.
  33. 33.  Alessandra Novais : O cuidado a parti da teoria de King
  34. 34. O PE de King compreende :  A Interação;  Diagnóstico; Estabelecimento de Metas; Exploração e viabilização de meios; Evolução
  35. 35. A Interação inicial é a base da comunicação entre paciente e Enfermeiro. É nesse processo que é construído a relação de confiança entre enfermeiro- cliente . Diagnóstico que é a detecção do processo de cuidado que depende exclusivamente da interação, da relação entre enfermeiro e cliente.
  36. 36. Estabelecimento de Metas e a sua exploração e viabilização. Somente após a interação e o diagnóstico conciso é que o profissional Enfermeiro poderá traçar metas para facilitar o tratamento do cliente. A Evolução é o acompanhamento do SAE e das suas metas bem como a identificação de problemas que obstruam esse processo de alcance dos objetivos. E durante nossa construção profissional, podemos aplicar a teoria de King?
  37. 37.  Claudia Hellena : A Teoria do Alcance dos Objetivos na nossa construção Profissional
  38. 38. Aonde quero chegar? Que tipo de profissional eu desejo ser ? São perguntas que nos devemos fazer durante nosso processo de formação. Ser um Enfermeiro e não mais um enfermeiro jogado no mercado.
  39. 39. Imogene King fez a diferença E devido essa diferença que ela fez, é que hoje podemos contemplar a teoria dos objetivos. Essa teoria , mostra a importância da relação enfermeiro e paciente e enfermeiro e equipe Não há cuidado sem uma comunicação
  40. 40. Imogene M. King nasceu em 1923, graduou em Enfermagem aos 23 anos (em 1946) Investiu na educação permanente e recebeu o título de Bacharel em Ensino da Enfermagem em 1948.
  41. 41. Concluiu o Mestrado em Enfermagem em 1957 e em1961 concluiu o Doutorado Mais adiante, continuou os estudos pós-doutoramento em desenho de pesquisa, estatística e computadores. Atuou na área da enfermagem médico-cirúrgico de adultos, ocupou cargos de alta relevância profissional na área gerencial e atuação Política Senhora King deixou o plano terrestre em 2007
  42. 42. A graduação é só um passo, uma base. O investimento no conhecimento nunca pode parar, contudo .....
  43. 43. Agradecemos a atenção de
  44. 44. Referencias Bibliográficas: VIEIRA, Claudia Silveira. SCHNEIDER, Jacó Fernando. PICCOLI, Marister. Teoria do alcance de metas de king: uma revisão de literatura. Disponível em : < http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:0t- 10BzLuQ4J:www.periodicos.uem.br/ojs/index.php/CiencCuidSaude/article/downloa d/5540/3522+&cd=8&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br> acesso em 14/08/2015. REIS, Simone Lima dos Santos. Dimensões do papel do Enfermeiro Teoria Imogene King. Disponível em: < http://www.ebah.com.br/content/ABAAAfkHUAK/teoria- imogene-king . > acesso em 14/08/2015.

×