O slideshow foi denunciado.
Relatório Semanal 16 Novembro 2010
1/3
Cenário
A semana foi pautada pelo medo de uma alta na taxa de juros na China e pela...
Relatório Semanal 16 Novembro 2010
2/3
MMX Miner ON – 1,8% - O desempenho destes títulos se deve aos resultados do terceir...
Relatório Semanal 16 Novembro 2010
3/3
i
Declaração do analista de valores mobiliários de investimento, nos termos do art....
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Semanal 16 11 10

133 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Turismo
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Semanal 16 11 10

  1. 1. Relatório Semanal 16 Novembro 2010 1/3 Cenário A semana foi pautada pelo medo de uma alta na taxa de juros na China e pela continuada preocupação com a dívida soberana de alguns países da Europa, notadamente com a Irlanda. A semana também foi influenciada pelas discussões no G-20, que terminou com um comunicado endossando taxas de câmbio mais orientadas pelo mercado, mas que de fato deve resultar em mais medidas unilaterais para contenção de fluxos excessivos de recursos. Destaque de alta na semana Vivo PN – 6,2% - A valorização dos títulos está atrelada ao bom resultado apresentado pela Companhia relativo aos nove meses de 2010. A base de clientes da Vivo apresentou incremento de 18,2% nos últimos 12 meses, o que garantiu a manutenção da posição de liderança no segmento de telefonia móvel nacional. O lucro liquido reportado foi de R$ 1 bilhão, 59,1% superior ao apurado em igual período do ano anterior. Weg ON – 4,7% - A valorização destes títulos reflete as perspectivas positivas para os investimentos em infraestrutura urbana, visto os preparativos para a Copa do Mundo que será realizada no Brasil em 2014. E a tendência de retomada dos investimentos nos setores de energia elétrica, petróleo e siderurgia. Desta forma, existe a perspectiva de que a demanda por motores de alta potencia aumente nos próximos anos, o que se confirmado terá reflexo positivo no fluxo de caixa da Weg.
  2. 2. Relatório Semanal 16 Novembro 2010 2/3 MMX Miner ON – 1,8% - O desempenho destes títulos se deve aos resultados do terceiro trimestre da companhia, a MMX Mineração surpreendeu, trazendo grandes recordes. O lucro de R$ 85,8 milhões foi o maior da história em termos trimestrais. Além disso, nestes nove meses, a MMX produziu 5,6 milhões de toneladas de minério de ferro, um recorde para a empresa. No período, a companhia produziu mais que nos 12 meses de 2009 (5,2 milhões de toneladas) e 2008 (5,0 milhões de toneladas). A produção de 1,9 milhão de toneladas de minério de ferro no terceiro trimestre também é um novo recorde, ficando 26% acima na comparação com o mesmo período do ano passado, apesar das paradas para manutenção. Destaque de queda na semana Gafisa ON – (10,9%) / Rossi Resid ON – (9,6%) / Cyrela ON – (8,0%) / PDG Realt ON – (8,0%) / MRV ON – (7,3%) – Boa parte das ações das incorporadoras se desvalorizou na semana, com receio dos investidores de deterioração nos resultados e queda nas margens operacionais. Vale destacar que esse movimento foi também de realização de lucros, já que alguns desses papéis foram destaque de alta na semana anterior. BMF Bovespa ON – (6,8%) – A queda nas cotações reflete, em primeiro lugar, a queda no próprio índice Ibovespa, com o qual mantém uma forte correlação positiva, e, por fim, a divulgação de resultados aquém das expectativas do mercado. Disclaimer i Atendimento Souza Barros São Paulo (11) 32492-6900 - 0800 77 123 00 www.souzabarros.com.br – www.investtrader.com.br Analista CNPI: Clodoir Vieira Trainee: Larissa Gatti Nappo
  3. 3. Relatório Semanal 16 Novembro 2010 3/3 i Declaração do analista de valores mobiliários de investimento, nos termos do art. 17 da ICVM 483 - As informações financeiras utilizadas neste relatório foram obtidas diretamente das empresas. Todas as informações foram obtidas de fontes públicas que acreditamos confiáveis e de boa fé, mas não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia expressa ou implícita, é feita sobre sua exatidão, ou se a informação é completa. Este documento foi preparado pelo analista da Souza Barros e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas a mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. O analista de investimento ou de valores mobiliários, envolvido na elaboração deste relatório “Clodoir Gabriel Vieira” ou simplesmente “Clodoir Vieira”, declara que as recomendações contidas neste refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Corretora Souza Barros Câmbio e Títulos S.A. e demais empresas do Grupo. O analista de investimentos, envolvido na elaboração deste relatório, tem vínculo como cotista do “Clube de investimento SB”, porém não participa da administração. A empresa analisada pode fazer ou não parte da carteira. As operações realizadas podem ou não seguir a tendência da recomendação.

×