Relação da inflação e desemprego apresentação final

2.753 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.753
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
53
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relação da inflação e desemprego apresentação final

  1. 1. A INFLAÇÃO E SUA RELAÇÃO COM O DESEMPREGO Equipe: Facebook E-mailCleverson Carlos Cleverson Carlos cleversonkrlos@hotmail.com Aliny Kelly Aliny Kelly ninameck@hotmail.comBarbara Pinheiro Bárbara Pinheiro barbara_psantos89@yahoo.com.br Sulivan Sullivan E. Nayane Sullivan_sousa@hotmail.com Tiago Sousa Tiago Sousa Lopes tslgremio@yahoo.com.br
  2. 2. Inflação• Definição – É o aumento do nível de preços ou como uma situação em que, com a mesma quantidade de dinheiro, cada vez pode comprar menos coisas.• Causas – A causa básica da inflação é a existência de recursos e a falta de produtos. – A equação é simples: quem tem dinheiro compra a qualquer preço o produto escasso e, logicamente, o preço sobe, e este subindo, causa inflação.
  3. 3. Inflação• Consequências – A cada dia que passa o dinheiro torna-se menos valorizado. E quem não tem dinheiro? – Expectativas de inflação elevada podem fazer com que as empresas passem a evitar mais os riscos e tenham menos propensão para realizar investimentos• Índice de Inflação – INPC – Índice Nacional de Preços ao Consumidor – Fonte responsável: IBGE
  4. 4. Desemprego• Definição – É a situação das pessoas que podem e querem trabalhar, mas não conseguem encontrar um emprego.• Causas – O desenvolvimento tecnológico – A globalização, a terceirização – A desindustrialização – O excesso de concentração da renda – Os modernos métodos de gestão
  5. 5. Desemprego• Consequências – O desemprego acarretará expansão de crédito e inflação, onde os preços aumentarão e salários reais tenderão a diminuir.• Índice de Desemprego – PME – Pesquisa Mensal de Emprego – Órgão responsável: IBGE – Taxa de desemprego = (PNO/PEA) *100
  6. 6. A Curva de Phillips• 90 anos da história da economia inglesa;
  7. 7. A Curva de Phillips
  8. 8. A Curva de Phillips
  9. 9. Análises de Dados Ano Desemprego Inflação 1995 6,90% 21,98% 1996 7,80% 9,12% 1997 9,00% 4,34% 1998 9,60% 2,49% 1999 9,40% 8,43% 2000 9,20% 5,27% 2001 9,70% 9,44% 2002 12,60% 14,74% 2003 12,30% 10,38% 2004 11,40% 6,13% 2005 9,80% 5,05% 2006 9,90% 2,81% 2007 9,30% 5,15% 2008 7,80% 6,48% 2009 8,10% 4,11% 2010 6,70% 6,46% 2011 6,00% 6,07%
  10. 10. Análises de Dados
  11. 11. Análises de Dados• Conclusão – Com base nos dados, nos gráficos, nas estratificações, contextos históricos e análises verificamos que a relação de trade-off entre inflação e desemprego descrita por Phillips está correta. – Na maioria dos casos ela se aplica literalmente e nos demais, onde ela se torna inválida, é determinante uma variação econômica que modifica tal relação que em condições normais tenderia a corroborar com a curva de Phillips.

×