biomimicry approach to sports

451 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
451
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

biomimicry approach to sports

  1. 1. Biomimética aplicada ao Desporto Clécio de Lacerda
  2. 2. “A genialidade do homem faz várias invenções abrangendo com vários instrumentos, com único e mesmo fim, mas nunca descobrirá uma invenção mais bela, mais econômica ou mais direta que a natureza, pois nela nada falta e nada é supérfluo.” Da Vinci.
  3. 3. O q ? 1957 Otton Schimidt Biomimética Biomimesis
  4. 4. Biomimética Bio-Inspirado
  5. 5. Princípios !A natureza trabalha a luz do sol !Usa apenas a energia que necessita !Adapta a forma à função !Recicla tudo !Vive em cooperação !Assenta na diversidade !Exige conhecimentos precisos !Corta o desperdício desde a origem !Troca o poder de limites
  6. 6. Vitalis& Longplaste-2008 Lightweight PET bottle Redução de 248 toneladas de materia prima ao ano. Maior transparência. Empresa Amiga do planeta-Ask Nature. Atualidade
  7. 7. Biomimética no mundo das fibras
  8. 8. A fibra de viscose foi criado por meio de regeneração da celulose de madeira. Este material passa através das fieiras submersas num banho de coagulante de ácido sulfúrico e solução de sulfato de sódio. Ao sair deste banho, os filamentos são esticados, consolidando a sua estrutura. Semelhança como os fios são feitos pelo homem e da forma como os filamentos são produzidos por aracnídeos e o bicho da seda. Biomimética na tecnologias têxteis Raion Viscose
  9. 9. Clássico - Velcro® Acaso 1941
  10. 10. Analogia design biomimetico Extruturas Fibrosas Input Output Validação comparação ValidaçãoBiomimético Desenvolvimento Processo comparativo a natureza Pesquisa aproximação descobertas Identificação fenómenos naturais e seus princípios Imitação definição Solar termal colector VELCRO® Morphotex Mincor® Implementação aos principios
  11. 11. Estudosdecasos Velocidade Hidrodinâmica Aero-dinâmica Aderência Resistência Leveza Auto limpeza Vizibilidade Protecção Absorção calor Mudanças climatéricas Resistência Elásticidade Planação.
  12. 12. Mimetismo da pele do tubarão O desenvolvimento de uma malha com extruturas em “V”. Mimetismo da musculatura humana Escaneamento dos corpos dos atletas Mapeamento das partes do corpo, quanto as suas vibrações musculares e a compressão durante o nado. Redução da superfície de arrasto Aumento na desenvoltura de 4%, 7,5 até 10%. Speedo® Fastskin
  13. 13. Fastskinz MPG-Plus car Covering
  14. 14. Hm6Carbon-Gecko Grip- Aeroskin - Dunlop Biomimetic
  15. 15. Dunlop Biomimetic
  16. 16. Dunlop Biomimetic Aeroskin A tecnologia Aeroskin assemelha-se a uma pele de tubarão. A textura é aplicada sobre a superfície do aro com a finalidade de reduzir o arrasto do ar em até 25% durante o movimento da raquete. Potência e rapidez ao golpe.
  17. 17. Dunlop Biomimetic Carbono HM6 Tecnologia é inspirada no favo de mel de uma abelha. Fibra de carbono elevado módulo de elasticidade está concebido em folhas hexagonais e é colocada entre as camadas de Aerogel melhorada com tecido de carbono. distribuição uniformemente as forças de impacto e absorção das frequências na raquete indesejados para aumentar a sensação de até 10%. O Carbono HM6 reduz a perda de energia e maximiza o retorno da energia.
  18. 18. Dunlop Biomimetic Gecko-Tac Grip Conforto As cerdas da lagartixa influenciaram no desenvolvimento da pega da raquete. O design perfurado ajuda a reduzir a umidade e a aumentar a aderência. Maior controle e conforto são oferecidos pela tecnologia .
  19. 19. Cor sem pigmentos Morphotex®-Tejin Tecido capaz de transmitir a cor de acordo com a interação do ambiente e comrpimento de onda da luz, o que garante luminosidade da cor, de modo nao haver pigmentação. Mirasol™ Mimetismo aplicado a tecnologia modular “interferométrica”, uma superfície multi- camadas de espelhos como as escamas das asas das borboletas capazes de transmitir a imagem numa cavidade ressonante opticamente, sobre uma superficie transparente.
  20. 20. Superfícies auto-limpantes ou aqua-repelentes
  21. 21. Efeito lótus Superfícies auto limpantes Aquarepelentes Esforço mínimo na remoção de sujidades na superfície Efeito gravitacional, no arrasto da sujidade Superfícies sempre limpas, e secas Aplicações em superfícies de proteção, equipamento esportivos, revestimento de equipamentos.
  22. 22. PHPS- Sistema Phillips de Proteção de cabeça O projeto caracteriza-se como um revestimento na estrutura do capacete com uma membrana flexível lubrificada, de modo que a qualidade elástica , o sistema age diante de um trauma e sequentemente o atrito. Redução de até 70% em traumas e a proteção da cabeça em acidentes de moto, veículos, acidentes de trabalho e outros desportos.
  23. 23. Captura e transformação da luz em calor Urso polar + lótus Transformar a luz do sol em calor Mimetismo do pelo na aplicação de extruturas de revestimento de pavilhões esportivos em lugares frios. Associação de camadas de extruturas sanduíche, acabamento com sistema auto- limpantes (lótus)
  24. 24. Membrana impermeável, reage às mudanças de temperatura e atividades respirabilidade Em situação de retenção de calor garante um clima de corpo agradável Efeito semelhante de uma abertura do cone aberto e fechado das pinhas Sistema C-Change™
  25. 25. Membrana reage a diferentes condições, não só da temperatura do ar, mas também a umidade do corpo são equilibrados. Em temperaturas elevadas, ou durante a actividade aeróbia, a estrutura da membrana abre-se devido ao aumento dos níveis de humidade. O excesso de calor pode escapar para o ar exterior. Devido ao baixo nível de desenvolvimento do corpo de humidade em tempo frio ou durante períodos inativos, a estrutura se condensa, e a membrana, retem o calor diretamente sobre o corpo. Garante um clima de corpo agradável, e oferece proteção em todos os climas.
  26. 26. Esquilo planador Vestimenta especial em tecido especial idealizado para gerar melhor arrasto criar uma zona maior de atrito com o ar. Paraquedas humano para que o praticante possa planar por bem mais tempo. Controlar a vestimenta, atravez de membranas nas áreas entre as pernas e entre os braços, similar ao esquilo ,com estruturas internas com fibras resistentes de forma reforçar a menbrana ou asa da vestimenta. Wingsuit Flying Planar
  27. 27. !Analogia ao Mimetismo da estrutura muscular !Fibras musculares, colagénio !Dissipação uniforme da força de repuxo !Elasticidade em modulos de 3% até 10% a força. Cordas extruturais Elásticidade e resitência
  28. 28. Isft Calçado Inteligente para a pratica do triatlo !Mimetismo dos músculos e tendões do pé humano. !Calçado acoplável !Cunha complementar na prática do ciclismo !Nano tecnologia aplicada !Anti-microbiano !Anti-bacteriano !Transferência de calor !Estruturação Shape Memory ! ( liga Nitinol ) !Estruturação, tecido base a resistência, em conjunto a flexibilidade.
  29. 29. Cleciodelacerda@yahoo.com.br
  30. 30. Fim

×