Impactos ambientais da BR 230 sobre a TI Arara da VGX

1.478 visualizações

Publicada em

Esta apresentação faz parte dos impactos da BR-230 que levantamos sobre a TI Arara da Volta Grande do Xingu.

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.478
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
637
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Impactos ambientais da BR 230 sobre a TI Arara da VGX

  1. 1. <ul><ul><li>OS IMPACTOS DA BR-230 SOBRE A </li></ul></ul><ul><ul><li>TI ARARA DA VOLTA GRANDE DO XINGU </li></ul></ul>
  2. 2. 1.Geração de emprego e renda
  3. 3. <ul><ul><li>2.Dinamização da economia Arara devido à melhoria do escoamento da produção </li></ul></ul><ul><ul><li>Dinamização da economia Arara devido à melhoria do escoamento da produção </li></ul></ul>Impacto positivo <ul><ul><li>Facilitação do escoamento </li></ul></ul><ul><ul><li>da produção de produtos da sociobiodiversidade Arara da VGX. </li></ul></ul>Relação direta com a BR-230 <ul><ul><li>Programa de etnodesenvolvimento </li></ul></ul><ul><ul><li>Programa de fiscalização e vigilância </li></ul></ul><ul><ul><li>Programa de EA e comunicação social. </li></ul></ul><ul><ul><li>Programa de abertura de ramais e acessos </li></ul></ul>Principais medidas
  4. 4. 3.Facilidade de acesso a centros produtores e consumidores facilitando o comércio dos produtos da TI Arara da VGX (peixes, óleos, farinhas e outros). <ul><ul><li>Facilidade de acesso a centros produtores e consumidores </li></ul></ul>Impacto positivo <ul><ul><li>Facilitação do comércio dos produtos da TI Arara da VGX (peixes, óleos, farinhas e outros). </li></ul></ul>Relação direta com a BR-230 <ul><ul><li>Programa de relacionamento com a sociedade envolvente </li></ul></ul><ul><ul><li>Programa de etnodesenvolvimento </li></ul></ul><ul><ul><li>Programa de EA e comunicação social. </li></ul></ul>Principais medidas
  5. 5. 4. Aumento dos riscos à saúde devido à chegada de trabalhadores das obras (DST, gripes, malária, etc). Aumento dos riscos à saúde devido à chegada de trabalhadores das obras (DST, gripes, malária, etc). <ul><ul><li>chegada de trabalhadores das obras e da população atraída pelo empreendimento </li></ul></ul>Relação direta com a BR-230 <ul><ul><li>Programa de relacionamento com a sociedade envolvente </li></ul></ul><ul><ul><li>Programa de EA e comunicação social. </li></ul></ul>Principais medidas
  6. 6. 5. Acesso dos jovens a bebidas alcoólicas e a outras drogas. Acesso dos jovens a bebidas alcoólicas e a outras drogas. <ul><ul><li>Sociedade envolvente e potencialização do que já ocorre na região e entre os Arara da VGX. </li></ul></ul>Relação indireta com a BR-230 <ul><ul><li>Programa de relacionamento com a sociedade envolvente. </li></ul></ul>Principais medidas
  7. 7. 6. Aumento das tensões e conflitos sociais devido às ocupações do entorno e dentro da TI devido a melhorias de ramais e acessos. Aumento das tensões e conflitos sociais <ul><ul><li>ocupações do entorno e dentro da TI devido a melhorias de ramais e acessos. </li></ul></ul>Relação indireta com a BR-230 <ul><ul><li>Programa de fiscalização e vigilância. </li></ul></ul><ul><ul><li>Programa de coordenação e monitoramento. </li></ul></ul><ul><ul><li>Programa de relacionamento com a sociedade envolvente </li></ul></ul>Principais medidas
  8. 8. 7. Pressão sobre as reservas indígenas devido à facilitação de escoamento da produção /Fauna e Flora. Pressão sobre as reservas indígenas devido à facilitação de escoamento da produção /Fauna e Flora <ul><ul><li>A pavimentação pode potencializar a rota de escoamento de fauna e madeiras ilegais na região. </li></ul></ul>Relação direta com a BR-230 <ul><ul><li>Programa de fiscalização e vigilância. </li></ul></ul><ul><ul><li>Programa de coordenação e monitoramento. </li></ul></ul><ul><ul><li>Programa de relacionamento com a sociedade envolvente </li></ul></ul>Principais medidas
  9. 9. 8 . Mudança de atividades tradicionais produtivas Mudança de atividades tradicionais produtivas <ul><ul><li>A pavimentação pode alterar a dinâmica regional que por sua vez pode demandar novos produtos e serviços, além de recursos naturais e biológicos da TI Arara da VGX. </li></ul></ul>Relação indireta com a BR-230 <ul><ul><li>Programa de etnodesenvolvimento de apoio a alternativas econômicas sustentáveis </li></ul></ul><ul><ul><li>Programa de relacionamento com a sociedade envolvente </li></ul></ul>Principais medidas
  10. 10. 9. Aumento da geração de resíduos sólidos Aumento da geração de resíduos sólidos <ul><ul><li>Acesso a centros produtores e facilidade de acesso a TI, para entrada de produtos industrializados. </li></ul></ul>Relação indireta com a BR-230 <ul><ul><li>Programa de EA e comunicação social. </li></ul></ul>Principais medidas
  11. 11. 10. Perda de biodiversidade e comércio ilegal de animais silvestres Perda de biodiversidade e comercio ilegal de animais silvestres <ul><ul><li>Aumento de caça predatória, fragmentação de habitat, comércio ilegal de fauna e aumento do desmatamento </li></ul></ul>Relação indireta com a BR-230 <ul><ul><li>Programa de fiscalização e vigilância. </li></ul></ul><ul><ul><li>Programa de coordenação e monitoramento. </li></ul></ul><ul><ul><li>Outros programas do EIA/RIMA regional </li></ul></ul>Principais medidas
  12. 12. 11. Perda de espécimes da fauna por pressão de caça, para consumo e/ou venda. Perda de espécimes da fauna por pressão de caça, para consumo e/ou venda <ul><ul><li>Aumento de caça predatória, e aumento da ocupação do entorno e aumento de procura por carne de caça. </li></ul></ul>Relação indireta com a BR-230 <ul><ul><li>Programa de fiscalização e vigilância. </li></ul></ul><ul><ul><li>Programa de coordenação e monitoramento. </li></ul></ul><ul><ul><li>Outros programas do EIA/RIMA regional </li></ul></ul>Principais medidas
  13. 13. 12. Aumento de conflitos de uso do solo relativos à possibilidade de invasões da terra indígena Aumento de conflitos de uso do solo relativos à possibilidade de invasões da terra indígena <ul><ul><li>Facilidade de acesso a Ti Arara da VGX, para atividades extrativista, caça, pesca e até mesmo apropriação. </li></ul></ul>Relação indireta com a BR-230 <ul><ul><li>Programa de fiscalização e vigilância. </li></ul></ul><ul><ul><li>Outros programas do EIA/RIMA regional </li></ul></ul>Principais medidas
  14. 14. 13. Perda de habitat da fauna terrestre, pressão sobre atividades de caça e perdas de animais da fauna terrestre Perda de habitat da fauna terrestre, pressão sobre atividades de caça e perdas de animais da fauna terrestre <ul><ul><li>ocupação do entorno, desmatamento e afugentamento da fauna para o interior da TI. </li></ul></ul>Relação indireta com a BR-230 <ul><ul><li>Programa de coordenação e monitoramento </li></ul></ul><ul><ul><li>Outros programas do EIA/RIMA regional </li></ul></ul>Principais medidas
  15. 15. 14. Redução de áreas de (Caça e pesca) tradicionais Redução de áreas de (Caça e pesca) tradicionais <ul><ul><li>ocupação do entorno, desmatamento e presença de caçadores </li></ul></ul>Relação indireta com a BR-230 <ul><ul><li>Programa de coordenação e monitoramento </li></ul></ul><ul><ul><li>Outros programas do EIA/RIMA regional </li></ul></ul>Principais medidas
  16. 16. 15. Aumento do risco de atropelamento de fauna. Aumento do risco de atropelamento de fauna <ul><ul><li>ocupação do entorno, e aumento do fluxo no travessão do surubim. </li></ul></ul>Relação indireta com a BR-230 <ul><ul><li>Programa de coordenação e monitoramento </li></ul></ul><ul><ul><li>Outros programas do EIA/RIMA regional </li></ul></ul>Principais medidas
  17. 17. 16. Deterioração de corpos hídricos ligados as APP do rio Xingu e Bacajá . Deterioração de corpos hídricos ligados as APP do rio Xingu e Bacajá <ul><ul><li>ocupação do entorno, e das APP dos rios XINGU e BACAJÁ próximos e limítrofes a TI. Arara da VGX. </li></ul></ul>Relação indireta com a BR-230 <ul><ul><li>Programa de coordenação e monitoramento </li></ul></ul><ul><ul><li>Outros programas do EIA/RIMA regional </li></ul></ul>Principais medidas
  18. 18. 17. Mudança de modelo de transporte incluindo motocicletas e automóveis . Mudança de modelo de transporte incluindo motocicletas e automóveis. <ul><ul><li>Facilidade de acesso via terrestre, por meio da BR e do travessão do surubim </li></ul></ul>Relação direta com a BR-230 <ul><ul><li>Programa de coordenação e monitoramento. </li></ul></ul><ul><ul><li>Programa de Comunicação Social, Programa de Educação Ambiental (EA). </li></ul></ul><ul><ul><li>Programa de relacionamento com a sociedade envolvente . </li></ul></ul><ul><ul><li>Programa de Abertura de Ramais e Acessos . </li></ul></ul><ul><ul><li>Programa de Etnodesenvolvimento e Apoio a Alternativas Econômicas Sustentáveis. </li></ul></ul>Principais medidas
  19. 19. Caracol Silvério Juvenal Aldecir Gentil Arara TV. Surubim TV. do taxista
  20. 20. PAVIMENTAÇÃO DA BR 230 Na fase de implantação e operação da rodovia resulta na abertura de ramais, vicinais e travessões, para colonização da região ABERTURA DE TRAVESSÕES e vicinais como o travessão do surubim que dá acesso aos rios Bacajá e Xingu DERRUBADAS E DESMATAMENTO RESULTANDO EM FAZENDAS LOTE DE COLONOS PRESSÃO SOBRE A TI Resultando em pressão dos recursos naturais, caça, pesca, coleta e mudança na economia, organização do grupo, cultura e relações sócio-políticas
  21. 21. [email_address] Cleber Oliveira (61)8564-0416

×