SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
•A Crise do Feudalismo
1 – CARACTERÍSTICAS GERAIS:
• Decadência do feudalismo.
• Estruturação do modo de produção capitalista.
• Transformações básicas:
– auto-suficiência para economia de mercado;
– novo grupo social: burguesia;
– formação das monarquias nacionais.
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
2 – CRESCIMENTO POPULACIONAL:
• Fim das invasões.
• Maior consumo.
• Excedentes populacionais expulsos dos feudos.
– Retomada das cidades.
– Aumento do comércio.
– Aumento da criminalidade.
• Aperfeiçoamento de técnicas agrícolas.
– Moinho hidráulico, arado de ferro...
• Busca de mais terras para cultivo.
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
Analise de documento.
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
3 – O MOVIMENTO CRUZADISTA (séc. XI – XIII):
• Movimento religioso e militar dos cristãos para retomar a Terra
Santa (Jerusalém), em poder dos muçulmanos.
• Acomodação de excedentes populacionais.
• Busca de terras (nobreza).
• Busca de aventura ou enriquecimento (pilhagens).
• Absolvição dos pecados ou cura de enfermidades.
• Interesse comercial (mercadores italianos).
• 8 cruzadas oficiais e 2 extra oficiais.
• Fracasso militar.
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
• Sucesso comercial (reabertura do Mar Mediterrâneo e das
rotas de comércio entre o Oriente e o Ocidente).
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
Consequências
• Reabertura do Comércio no Mediterrâneo
• Dinamização das relações comerciais entre Oriente e
Ocidente
• Antissemitismo
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
4 – O RENASCIMENTO COMERCIAL:
• Cidades italianas.
• Surgimento de rotas de comércio ligando o continente europeu.
• Cruzamento de rotas: feiras.
- Champanhe (FRA) e Flandres (BEL).
• Retomada da moeda.
• Atividades de crédito e bancárias.
• Séc. XII – HANSAS ou LIGAS: associações de comerciantes.
- Comércio em grande escala.
- LIGA HANSEÁTICA (ALE) – Mar do Norte
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
ROTAS DE COMÉRCIO MEDIEVAIS:
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
5 – O RENASCIMENTO URBANO:
• Retomada do comércio impulsiona o renascimento urbano.
• Burgos (fortalezas).
• Burgueses: habitantes dos burgos
(artesãos e comerciantes).
• Movimento comunal (séc. XI –
XIII): libertação das cidades da
autoridade dos senhores feudais.
–CARTAS DE FRANQUIA:
autonomia.
–Guerras ou indenizações.
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
• GUILDAS: associações de mercadores (monopólio do
comércio local, controle da concorrência estrangeira,
regulamentação de preços).
• CORPORAÇÕES DE OFÍCIO: associações de artesãos
(monopólio das atividades artesanais, controle da concorrência,
regulamentação de preços, estabelecimento de normas de
produção, controle de qualidade e assistência aos membros).
• Formação de grupo de grandes comerciantes e artesãos que se
sobrepunham aos demais, impondo seu poder econômico.
• Trabalho assalariado.
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
6 – FORMAÇÃO DAS MONARQUIAS NACIONAIS:
• Aliança entre reis e burgueses.
• Reis: redução de poderes dos nobres e da Igreja.
• Burguesia: unificação de impostos, moeda e sistema de pesos e
medidas.
• Nobreza e clero: cargos e pensões concedidos pelo rei.
• A monarquia francesa:
– Capetíngeos (987 – 1328): medidas que fortaleceram o poder
real em detrimento da autoridade descentralizadora dos
senhores feudais.
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
Felipe Augusto (1180 – 1223): exército nacional, conquistas
territoriais, controle de subvassalos, concessão de cartas de
franquia (maior renda), criação de impostos nacionais.
Luís IX (1226 – 1270): maior poder para tribunais reais, moeda
nacional, engajamento no movimento cruzadista (São Luís).
Filipe IV, o Belo (1285 – 1314): atritos com a Igreja,
convocação dos Estados Gerais, Cativeiro de Avignon (1307 –
1377), CISMA DO OCIDENTE.
– Guerra dos Cem Anos (1337 – 1453):
Enfraquecimento da nobreza.
Nacionalismo francês.
Consolidação do poder real.
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
• A monarquia inglesa:
– Enfraquecimento da nobreza.
– Guerra dos Cem Anos.
– Guerra das 2 Rosas (1455 – 1485): YORK X LANCASTER
– Henrique VII – centralização monárquica.
• As monarquias Ibéricas:
– Guerra de Reconquista (espírito cruzadista).
– ESP: Reis Católicos: Fernando (Aragão) e Isabel (Castela).
– POR:
Dinastia de Borgonha – Reconquista
Dinastia de Avis (1385) – Estado Nacional com aliança da
burguesia.
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
7 – A CRISE DOS SÉCULOS XIV E XV:
• Guerra dos Cem Anos (1337 – 1453):
– FRA* X ING
– Sucessão do trono francês
– Filipe VI (Dinastia Valois – FRA) X Eduardo III (ING)
– Controle de Flandres (comércio de tecidos)
– 1ª fase – vantagem da ING
– Carlos V (FRA) – recuperação parcial francesa
– Disputa interna pelo poder na FRA: Armagnacs* X Borghinhões
– ING + Borguinhões: controle de quase metade da FRA.
– Recuperação francesa: Joana D’Arc + Carlos VII
– Centralização política da FRA.
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
• Peste Negra (1347 – 1350):
– Peste bubônica.
– Morte de 1/3 dos europeus (25 milhões).
– Enfraquecimento dos nobres.
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
• JACQUERIES – rebeliões camponesas.
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
8 – A CULTURA MEDIEVAL:
• Simplicidade, rusticidade.
• Igreja – controle cultural (mosteiros).
• Teocentrismo.
• Séc XII – Universidades (renascimento comercial).
• Filosofia:
– Alta Idade Média: Santo Agostinho.
Filosofia Clássica + Cristianismo.
Natureza humana é corrompida.
Fé em Deus = Salvação
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
– Baixa Idade Média: Escolástica (São Tomás de Aquino).
Harmonia entre razão e fé.
Valorização do esforço humano.
Livre arbítrio.
Clero = orientador moral e espiritual.
Liberdade de escolha = concepções da Igreja.
“preço justo” – condenação da usura.
• Arquitetura
– Alta Idade Média: ROMÂNICA – construção maciça,
pesada, linhas simples, horizontalidade, poucas janelas (idéia
de segurança e tranqüilidade).
IDADE MÉDIA
Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos
http://clio21.blogspot.com.br
BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
– Baixa Idade Média: GÓTICA – leveza, graciosidade,
verticalidade, grandes janelas, vitrais, luminosidade.
ESTILO ROMÂNICO
ESTILO GÓTICO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução RussaApresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução Russa
marcosfm32
 
Republica velha resumão
Republica velha resumãoRepublica velha resumão
Republica velha resumão
Fabio Santos
 
Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)
Isaquel Silva
 

Mais procurados (20)

A republica velha
A republica velhaA republica velha
A republica velha
 
Revoltas Coloniais
Revoltas ColoniaisRevoltas Coloniais
Revoltas Coloniais
 
Idade média: Alta Idade Média (séc. v- x)
Idade média:   Alta Idade Média (séc. v- x)Idade média:   Alta Idade Média (séc. v- x)
Idade média: Alta Idade Média (séc. v- x)
 
Apresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução RussaApresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução Russa
 
Segundo Reinado (1840-1889)
Segundo Reinado (1840-1889)Segundo Reinado (1840-1889)
Segundo Reinado (1840-1889)
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
Revoluções Liberais Séc XIX
Revoluções Liberais Séc XIXRevoluções Liberais Séc XIX
Revoluções Liberais Séc XIX
 
Crise do feudalismo: as transformações no sistema feudal
Crise do feudalismo: as transformações no sistema feudalCrise do feudalismo: as transformações no sistema feudal
Crise do feudalismo: as transformações no sistema feudal
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
Resumo baixa idade media
Resumo baixa idade mediaResumo baixa idade media
Resumo baixa idade media
 
Era napoleonica
Era napoleonicaEra napoleonica
Era napoleonica
 
Império Carolíngio - os francos
Império Carolíngio -  os francosImpério Carolíngio -  os francos
Império Carolíngio - os francos
 
Baixa Idade Media - Prof Iair
Baixa Idade Media - Prof IairBaixa Idade Media - Prof Iair
Baixa Idade Media - Prof Iair
 
Independencia dos Estados Unidos
Independencia dos Estados UnidosIndependencia dos Estados Unidos
Independencia dos Estados Unidos
 
Republica velha resumão
Republica velha resumãoRepublica velha resumão
Republica velha resumão
 
E.U.A no século XIX.
E.U.A no século XIX.E.U.A no século XIX.
E.U.A no século XIX.
 
Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)
 
Familia real no_brasil
Familia real no_brasilFamilia real no_brasil
Familia real no_brasil
 
Monarquias nacionais
Monarquias nacionaisMonarquias nacionais
Monarquias nacionais
 
Brasil colonia 1
Brasil colonia 1Brasil colonia 1
Brasil colonia 1
 

Destaque

Filosofia Na Idade Média
Filosofia Na Idade MédiaFilosofia Na Idade Média
Filosofia Na Idade Média
Daiane Lins
 
Cruzadas, Renascimento Comercial e Urbano
Cruzadas, Renascimento Comercial e UrbanoCruzadas, Renascimento Comercial e Urbano
Cruzadas, Renascimento Comercial e Urbano
Daniel Dias
 
Napoleão e o congresso de viena
Napoleão e o congresso de vienaNapoleão e o congresso de viena
Napoleão e o congresso de viena
Profdaltonjunior
 
Renascimento urbano e comercial
Renascimento urbano e comercialRenascimento urbano e comercial
Renascimento urbano e comercial
ailguitar
 

Destaque (20)

Baixa idade média
Baixa idade médiaBaixa idade média
Baixa idade média
 
Baixa idade média
Baixa idade médiaBaixa idade média
Baixa idade média
 
Idade Média - História Geral - Prof. Marco Aurélio Gondim [www.gondim.net]
Idade Média - História Geral -  Prof. Marco Aurélio Gondim [www.gondim.net]Idade Média - História Geral -  Prof. Marco Aurélio Gondim [www.gondim.net]
Idade Média - História Geral - Prof. Marco Aurélio Gondim [www.gondim.net]
 
Filosofia Na Idade Média
Filosofia Na Idade MédiaFilosofia Na Idade Média
Filosofia Na Idade Média
 
Revolução Francesa ao Fim da Era Napoleônica
Revolução Francesa ao Fim da Era NapoleônicaRevolução Francesa ao Fim da Era Napoleônica
Revolução Francesa ao Fim da Era Napoleônica
 
A Vida Cultural na Baixa Idade Média
A Vida Cultural na Baixa Idade MédiaA Vida Cultural na Baixa Idade Média
A Vida Cultural na Baixa Idade Média
 
Revolução Francesa ate o fim da era Napolêonica
Revolução Francesa ate o fim da era NapolêonicaRevolução Francesa ate o fim da era Napolêonica
Revolução Francesa ate o fim da era Napolêonica
 
Cruzadas, Renascimento Comercial e Urbano
Cruzadas, Renascimento Comercial e UrbanoCruzadas, Renascimento Comercial e Urbano
Cruzadas, Renascimento Comercial e Urbano
 
Feudalismo- Baixa Idade Média
Feudalismo- Baixa Idade MédiaFeudalismo- Baixa Idade Média
Feudalismo- Baixa Idade Média
 
O renascimento com. e urbano
O renascimento com. e urbanoO renascimento com. e urbano
O renascimento com. e urbano
 
Cultura medieval
Cultura medievalCultura medieval
Cultura medieval
 
Era Napoleônica e Congresso de Viena
Era Napoleônica e Congresso de VienaEra Napoleônica e Congresso de Viena
Era Napoleônica e Congresso de Viena
 
Diagrama - Transição feudo-capitalista
Diagrama - Transição feudo-capitalistaDiagrama - Transição feudo-capitalista
Diagrama - Transição feudo-capitalista
 
Diagrama - Baixa Idade Média
Diagrama - Baixa Idade MédiaDiagrama - Baixa Idade Média
Diagrama - Baixa Idade Média
 
Napoleão e o congresso de viena
Napoleão e o congresso de vienaNapoleão e o congresso de viena
Napoleão e o congresso de viena
 
As cruzadas
As cruzadasAs cruzadas
As cruzadas
 
A Peste Negra
A Peste NegraA Peste Negra
A Peste Negra
 
Revolução Francesa e Império Napoleônico
Revolução Francesa e Império NapoleônicoRevolução Francesa e Império Napoleônico
Revolução Francesa e Império Napoleônico
 
Renascimento urbano e comercial
Renascimento urbano e comercialRenascimento urbano e comercial
Renascimento urbano e comercial
 
Linha do Tempo da Idade Média Européia
Linha do Tempo da Idade Média EuropéiaLinha do Tempo da Idade Média Européia
Linha do Tempo da Idade Média Européia
 

Semelhante a Idade média baixa idade média (séc. xi-xv)

Idade media3
Idade media3Idade media3
Idade media3
jfquirino
 
AS Cruzadas e o Renascimento Comercial e Urbano
AS Cruzadas e o Renascimento Comercial e UrbanoAS Cruzadas e o Renascimento Comercial e Urbano
AS Cruzadas e o Renascimento Comercial e Urbano
Felipe de Souza
 
A Baixa Idade Média
A Baixa Idade Média A Baixa Idade Média
A Baixa Idade Média
Isaquel Silva
 
A Baixa Idade Média
A Baixa Idade MédiaA Baixa Idade Média
A Baixa Idade Média
Isaquel Silva
 
Baixa idade média i
Baixa idade média   iBaixa idade média   i
Baixa idade média i
Auxiliadora
 
Baixa idade média i
Baixa idade média   iBaixa idade média   i
Baixa idade média i
Auxiliadora
 
Idade média - 3º Ano
Idade média - 3º AnoIdade média - 3º Ano
Idade média - 3º Ano
Auxiliadora
 
Baixa Idade Média
Baixa Idade MédiaBaixa Idade Média
Baixa Idade Média
eiprofessor
 

Semelhante a Idade média baixa idade média (séc. xi-xv) (20)

Idade media3
Idade media3Idade media3
Idade media3
 
3 Bimestre
3 Bimestre3 Bimestre
3 Bimestre
 
Crise feudalismo, monarquias, cruzadas
Crise feudalismo, monarquias, cruzadasCrise feudalismo, monarquias, cruzadas
Crise feudalismo, monarquias, cruzadas
 
Idade media3
Idade media3Idade media3
Idade media3
 
AS Cruzadas e o Renascimento Comercial e Urbano
AS Cruzadas e o Renascimento Comercial e UrbanoAS Cruzadas e o Renascimento Comercial e Urbano
AS Cruzadas e o Renascimento Comercial e Urbano
 
07. aula sobre idade média parte 3 baixa idade média
07. aula sobre idade média parte 3 baixa idade média07. aula sobre idade média parte 3 baixa idade média
07. aula sobre idade média parte 3 baixa idade média
 
A Baixa Idade Média
A Baixa Idade Média A Baixa Idade Média
A Baixa Idade Média
 
A Baixa Idade Média
A Baixa Idade MédiaA Baixa Idade Média
A Baixa Idade Média
 
Baixa idade média i
Baixa idade média   iBaixa idade média   i
Baixa idade média i
 
Baixa idade média i
Baixa idade média   iBaixa idade média   i
Baixa idade média i
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
 
Idade média - 3º Ano
Idade média - 3º AnoIdade média - 3º Ano
Idade média - 3º Ano
 
Idade Moderna - Absolutismo
Idade Moderna - AbsolutismoIdade Moderna - Absolutismo
Idade Moderna - Absolutismo
 
O império colonial português no século XVIII
O império colonial português no século XVIIIO império colonial português no século XVIII
O império colonial português no século XVIII
 
Aula 1 1º ano - historia
Aula 1   1º ano - historiaAula 1   1º ano - historia
Aula 1 1º ano - historia
 
ABSOLUTISMO - BB.ppt
ABSOLUTISMO - BB.pptABSOLUTISMO - BB.ppt
ABSOLUTISMO - BB.ppt
 
Baixa Idade Média
Baixa Idade MédiaBaixa Idade Média
Baixa Idade Média
 
Grandes navegações1
Grandes  navegações1Grandes  navegações1
Grandes navegações1
 
Idade media1
Idade media1Idade media1
Idade media1
 
Absolutismo 6
Absolutismo 6Absolutismo 6
Absolutismo 6
 

Mais de Privada

Mais de Privada (20)

Renascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e CientíficoRenascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e Científico
 
Idade Média - Curso completo
Idade Média - Curso completoIdade Média - Curso completo
Idade Média - Curso completo
 
Culturas indigenas-pre-colombianas
Culturas indigenas-pre-colombianasCulturas indigenas-pre-colombianas
Culturas indigenas-pre-colombianas
 
Matrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidadesMatrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidades
 
Matrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidadesMatrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidades
 
Nova republica
Nova republicaNova republica
Nova republica
 
O Populismo; A República Liberal; Período Democrático. (1946 – 1964)
O Populismo; A República Liberal; Período Democrático. (1946 – 1964)O Populismo; A República Liberal; Período Democrático. (1946 – 1964)
O Populismo; A República Liberal; Período Democrático. (1946 – 1964)
 
Idade moderna
Idade modernaIdade moderna
Idade moderna
 
Grécia
GréciaGrécia
Grécia
 
Egito Antigo - 1º Ano
Egito Antigo - 1º AnoEgito Antigo - 1º Ano
Egito Antigo - 1º Ano
 
Mesopotâmia 1º Ano
Mesopotâmia 1º AnoMesopotâmia 1º Ano
Mesopotâmia 1º Ano
 
Mesopotamia 1 1 ano (1)
Mesopotamia 1   1 ano (1)Mesopotamia 1   1 ano (1)
Mesopotamia 1 1 ano (1)
 
Pré-história
Pré-históriaPré-história
Pré-história
 
Primeira guerra 9º ano
Primeira guerra 9º anoPrimeira guerra 9º ano
Primeira guerra 9º ano
 
Ano novo
Ano novoAno novo
Ano novo
 
UESB Manual do-candidato-2016
UESB Manual do-candidato-2016UESB Manual do-candidato-2016
UESB Manual do-candidato-2016
 
Uesb2015 cad2
Uesb2015 cad2Uesb2015 cad2
Uesb2015 cad2
 
Ditadura releitura
Ditadura   releituraDitadura   releitura
Ditadura releitura
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
 
Governos populistas(1945-1964) resumo
Governos populistas(1945-1964)   resumoGovernos populistas(1945-1964)   resumo
Governos populistas(1945-1964) resumo
 

Último

História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
azulassessoria9
 

Último (20)

662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 

Idade média baixa idade média (séc. xi-xv)

  • 1. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV) •A Crise do Feudalismo 1 – CARACTERÍSTICAS GERAIS: • Decadência do feudalismo. • Estruturação do modo de produção capitalista. • Transformações básicas: – auto-suficiência para economia de mercado; – novo grupo social: burguesia; – formação das monarquias nacionais.
  • 2. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV) 2 – CRESCIMENTO POPULACIONAL: • Fim das invasões. • Maior consumo. • Excedentes populacionais expulsos dos feudos. – Retomada das cidades. – Aumento do comércio. – Aumento da criminalidade. • Aperfeiçoamento de técnicas agrícolas. – Moinho hidráulico, arado de ferro... • Busca de mais terras para cultivo.
  • 3. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV) Analise de documento.
  • 4. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV) 3 – O MOVIMENTO CRUZADISTA (séc. XI – XIII): • Movimento religioso e militar dos cristãos para retomar a Terra Santa (Jerusalém), em poder dos muçulmanos. • Acomodação de excedentes populacionais. • Busca de terras (nobreza). • Busca de aventura ou enriquecimento (pilhagens). • Absolvição dos pecados ou cura de enfermidades. • Interesse comercial (mercadores italianos). • 8 cruzadas oficiais e 2 extra oficiais. • Fracasso militar.
  • 5. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV) • Sucesso comercial (reabertura do Mar Mediterrâneo e das rotas de comércio entre o Oriente e o Ocidente).
  • 6. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
  • 7. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV) Consequências • Reabertura do Comércio no Mediterrâneo • Dinamização das relações comerciais entre Oriente e Ocidente • Antissemitismo
  • 8. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV) 4 – O RENASCIMENTO COMERCIAL: • Cidades italianas. • Surgimento de rotas de comércio ligando o continente europeu. • Cruzamento de rotas: feiras. - Champanhe (FRA) e Flandres (BEL). • Retomada da moeda. • Atividades de crédito e bancárias. • Séc. XII – HANSAS ou LIGAS: associações de comerciantes. - Comércio em grande escala. - LIGA HANSEÁTICA (ALE) – Mar do Norte
  • 9. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV) ROTAS DE COMÉRCIO MEDIEVAIS:
  • 10. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV) 5 – O RENASCIMENTO URBANO: • Retomada do comércio impulsiona o renascimento urbano. • Burgos (fortalezas). • Burgueses: habitantes dos burgos (artesãos e comerciantes). • Movimento comunal (séc. XI – XIII): libertação das cidades da autoridade dos senhores feudais. –CARTAS DE FRANQUIA: autonomia. –Guerras ou indenizações.
  • 11. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV) • GUILDAS: associações de mercadores (monopólio do comércio local, controle da concorrência estrangeira, regulamentação de preços). • CORPORAÇÕES DE OFÍCIO: associações de artesãos (monopólio das atividades artesanais, controle da concorrência, regulamentação de preços, estabelecimento de normas de produção, controle de qualidade e assistência aos membros). • Formação de grupo de grandes comerciantes e artesãos que se sobrepunham aos demais, impondo seu poder econômico. • Trabalho assalariado.
  • 12. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV) 6 – FORMAÇÃO DAS MONARQUIAS NACIONAIS: • Aliança entre reis e burgueses. • Reis: redução de poderes dos nobres e da Igreja. • Burguesia: unificação de impostos, moeda e sistema de pesos e medidas. • Nobreza e clero: cargos e pensões concedidos pelo rei. • A monarquia francesa: – Capetíngeos (987 – 1328): medidas que fortaleceram o poder real em detrimento da autoridade descentralizadora dos senhores feudais.
  • 13. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV) Felipe Augusto (1180 – 1223): exército nacional, conquistas territoriais, controle de subvassalos, concessão de cartas de franquia (maior renda), criação de impostos nacionais. Luís IX (1226 – 1270): maior poder para tribunais reais, moeda nacional, engajamento no movimento cruzadista (São Luís). Filipe IV, o Belo (1285 – 1314): atritos com a Igreja, convocação dos Estados Gerais, Cativeiro de Avignon (1307 – 1377), CISMA DO OCIDENTE. – Guerra dos Cem Anos (1337 – 1453): Enfraquecimento da nobreza. Nacionalismo francês. Consolidação do poder real.
  • 14. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV) • A monarquia inglesa: – Enfraquecimento da nobreza. – Guerra dos Cem Anos. – Guerra das 2 Rosas (1455 – 1485): YORK X LANCASTER – Henrique VII – centralização monárquica. • As monarquias Ibéricas: – Guerra de Reconquista (espírito cruzadista). – ESP: Reis Católicos: Fernando (Aragão) e Isabel (Castela). – POR: Dinastia de Borgonha – Reconquista Dinastia de Avis (1385) – Estado Nacional com aliança da burguesia.
  • 15. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV) 7 – A CRISE DOS SÉCULOS XIV E XV: • Guerra dos Cem Anos (1337 – 1453): – FRA* X ING – Sucessão do trono francês – Filipe VI (Dinastia Valois – FRA) X Eduardo III (ING) – Controle de Flandres (comércio de tecidos) – 1ª fase – vantagem da ING – Carlos V (FRA) – recuperação parcial francesa – Disputa interna pelo poder na FRA: Armagnacs* X Borghinhões – ING + Borguinhões: controle de quase metade da FRA. – Recuperação francesa: Joana D’Arc + Carlos VII – Centralização política da FRA.
  • 16. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV) • Peste Negra (1347 – 1350): – Peste bubônica. – Morte de 1/3 dos europeus (25 milhões). – Enfraquecimento dos nobres.
  • 17. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV)
  • 18. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV) • JACQUERIES – rebeliões camponesas.
  • 19. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV) 8 – A CULTURA MEDIEVAL: • Simplicidade, rusticidade. • Igreja – controle cultural (mosteiros). • Teocentrismo. • Séc XII – Universidades (renascimento comercial). • Filosofia: – Alta Idade Média: Santo Agostinho. Filosofia Clássica + Cristianismo. Natureza humana é corrompida. Fé em Deus = Salvação
  • 20. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV) – Baixa Idade Média: Escolástica (São Tomás de Aquino). Harmonia entre razão e fé. Valorização do esforço humano. Livre arbítrio. Clero = orientador moral e espiritual. Liberdade de escolha = concepções da Igreja. “preço justo” – condenação da usura. • Arquitetura – Alta Idade Média: ROMÂNICA – construção maciça, pesada, linhas simples, horizontalidade, poucas janelas (idéia de segurança e tranqüilidade).
  • 21. IDADE MÉDIA Prof. Claudney SantosProf. Claudney Santos http://clio21.blogspot.com.br BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC XI – XV) – Baixa Idade Média: GÓTICA – leveza, graciosidade, verticalidade, grandes janelas, vitrais, luminosidade. ESTILO ROMÂNICO ESTILO GÓTICO