Parque da Maternidade Estudo Paisagístico Paisagismo II Docente:  Ana Cunha Araújo Discentes:  Eder Cordeiro, Fernanda Fer...
Histórico <ul><li>Inaugurado em 28 de setembro de 2002,  o Parque da Maternidade é uma das mais importantes obras públicas...
Histórico <ul><li>O parque da maternidade possui quadras de esportes, namoradeiras, restaurantes, lanchonetes, praças, lug...
<ul><li>Figura 1 - Mapa de Extensão do Parque da Maternidade </li></ul><ul><li>Fonte: http://wikimapia.org </li></ul>
Figura 2 - Antes da Interven ç ão Urbana Fonte: http://www.skyscrapercity.com Antes
Figura 3 - Depois da Interven ç ão Urbana Fonte: http://www.skyscrapercity.com Histórico
  Bancos   Brinquedos Mobiliários Urbanos
  Lixeiras   Telefones   P ú blicos     Escultura Postes   de   Luz Mobiliários Urbanos
Pergolados Fontes e  Espelhos d’água Mobiliários Urbanos
Abrigos/Namoradeiras Quadras   de   Esporte Mobiliários Urbanos
Pontos Turísticos Pra ç a de Cultos Pra ç a Namoradeira Casa dos Povos da Floresta
Pontos Turísticos Casa do Artesão Concha Acústica Restaurantes e Lanchonetes
Árvores
Chuva-de-ouro <ul><li>Nome Científico:  Cassia fistula </li></ul><ul><li>Nome Popular:  Chuva-de-ouro, Cássia-imperial, Ca...
Espatódea <ul><li>Nome Científico:  Spathodea campanulata </li></ul><ul><li>Nome Popular:  Tulipeira, tulipeira-africana, ...
Mulateiro <ul><li>Nome Científico:  Calycophyllum spruceanum   </li></ul><ul><li>Nomes Populares:  Mulateiro, Pau-Mulato, ...
Arbustos
Coroa-de-cristo <ul><li>Nome Científico: </li></ul><ul><li>Euphorbia milii </li></ul><ul><li>Nome Popular:  Colchão-de-noi...
Mussaenda-rosa <ul><li>Nome Científico:  Mussaenda alicia </li></ul><ul><li>Nome Popular:  Mussaenda-rosa, mussaenda-rosa-...
Helicônia-papagaio <ul><li>Nome Científico:  Heliconia psittacorum </li></ul><ul><li>Nome Popular:  Helicônia-papagaio, tr...
Palmeira
Carnaúba <ul><li>Nome científico:  Copernicia prunifera </li></ul><ul><li>Nome popular:  Carnaúba </li></ul><ul><li>Famíli...
Areca-bambu <ul><li>Nome Científico:  Dypsis lutescens </li></ul><ul><li>Nome Popular:  Palmeira-areca, areca, areca-bambú...
Pupunha <ul><li>Nome Científico:  Bactris gasipaes </li></ul><ul><li>Nome popular:  Pupunha </li></ul><ul><li>Família:  Ar...
Trepadeira
Viuvinha <ul><li>Nome Científico:  Petrea subserrata </li></ul><ul><li>Nome Popular:  Flor-de-são-miguel, viuvinha, touca-...
Herbáceas
Bananeirinha-de-jardim <ul><li>Nome Científico:  Canna x generalis </li></ul><ul><li>Nome Popular:  Bananeirinha-de-jardim...
Gengibre-vermelho <ul><li>Nome Científico:  Alpinia purpurata </li></ul><ul><li>Nome Popular:  Alpínia, Gengibre-vermelho ...
Papiro <ul><li>Nome Científico:  Cyperus giganteus </li></ul><ul><li>Nome Popular:  Papiro-brasileiro, papiro </li></ul><u...
Arq. Esp.  Ana Cunha Araújo CREA 10.829-D/CE <ul><li>http://www.slideshare.net/anacunha12/1-paisagismo </li></ul><ul><li>h...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Parquedamaternidade2

3.477 visualizações

Publicada em

Parque da Maternidade em Rio Brando do Acre.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.477
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.684
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
38
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Parquedamaternidade2

  1. 1. Parque da Maternidade Estudo Paisagístico Paisagismo II Docente: Ana Cunha Araújo Discentes: Eder Cordeiro, Fernanda Feres e Lorena Mara
  2. 2. Histórico <ul><li>Inaugurado em 28 de setembro de 2002, o Parque da Maternidade é uma das mais importantes obras públicas da cidade de Rio Branco , com uma área institucional composto por seis lotes totalizando 322.874 metros quadrados e uma extensão de seis quilômetros, localizado às margens do Igarapé da Maternidade , cortando a parte central da cidade. </li></ul>
  3. 3. Histórico <ul><li>O parque da maternidade possui quadras de esportes, namoradeiras, restaurantes, lanchonetes, praças, lugar para cultos, capoeira e jogos de mesa, ciclovia e pista de caminhada, pistas de skate e grande variedade de flora regional, entre outras espécies vindas de diferentes lugares . Trata-se de um lugar de uso coletivo, destinado à prática de esportes, lazer e reflexão e diversas outras atividades. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Figura 1 - Mapa de Extensão do Parque da Maternidade </li></ul><ul><li>Fonte: http://wikimapia.org </li></ul>
  5. 5. Figura 2 - Antes da Interven ç ão Urbana Fonte: http://www.skyscrapercity.com Antes
  6. 6. Figura 3 - Depois da Interven ç ão Urbana Fonte: http://www.skyscrapercity.com Histórico
  7. 7.   Bancos   Brinquedos Mobiliários Urbanos
  8. 8.   Lixeiras   Telefones P ú blicos     Escultura Postes de Luz Mobiliários Urbanos
  9. 9. Pergolados Fontes e Espelhos d’água Mobiliários Urbanos
  10. 10. Abrigos/Namoradeiras Quadras de Esporte Mobiliários Urbanos
  11. 11. Pontos Turísticos Pra ç a de Cultos Pra ç a Namoradeira Casa dos Povos da Floresta
  12. 12. Pontos Turísticos Casa do Artesão Concha Acústica Restaurantes e Lanchonetes
  13. 13. Árvores
  14. 14. Chuva-de-ouro <ul><li>Nome Científico: Cassia fistula </li></ul><ul><li>Nome Popular: Chuva-de-ouro, Cássia-imperial, Canafístula, Cássia-fístula </li></ul><ul><li>Família: Fabaceae </li></ul><ul><li>Origem: Sudeste da Ásia </li></ul><ul><li>Características: De porte médio e crescimento rápido, ela alcança cerca de 5 a 10 metros de altura. Copa arredondada, com cerca de 4 metros de diâmetro. As folhas são pintadas, alternas e de cor verde-viva. </li></ul>
  15. 15. Espatódea <ul><li>Nome Científico: Spathodea campanulata </li></ul><ul><li>Nome Popular: Tulipeira, tulipeira-africana, </li></ul><ul><li>tulipeiro-africano, espatódea, bisnagueira, árvore-de-bisnagas, árvore-de-tulipas </li></ul><ul><li>Família: Bignoniaceae </li></ul><ul><li>Origem: África Central </li></ul><ul><li>Características: Árvore de crescimento rápido e efeito muito ornamental. Seu porte é médio, podendo atingir 24 metros. O tronco apresenta um diâmetro de 30 a 50 cm. As folhas são grandes. </li></ul>
  16. 16. Mulateiro <ul><li>Nome Científico: Calycophyllum spruceanum </li></ul><ul><li>Nomes Populares: Mulateiro, Pau-Mulato, Mulateiro-de-Várzea, Pau- </li></ul><ul><li>Família : Rubiaceae </li></ul><ul><li>Características: Árvore de grande porte, variando de 20 a 35m de altura, de tronco retilíneo geralmente ramificada somente no ápice. De casca fina sua coloração varia do verde claro até o castanho escuro. Seu tronco interno é liso, suas folhas são simples, glabras, de filotaxia oposta, consistência subcoriácea. </li></ul>
  17. 17. Arbustos
  18. 18. Coroa-de-cristo <ul><li>Nome Científico: </li></ul><ul><li>Euphorbia milii </li></ul><ul><li>Nome Popular:  Colchão-de-noiva, bem-casados, coroa-de-espinhos, martírios, dois-irmãos </li></ul><ul><li>Família:  Euphorbiaceae </li></ul><ul><li>Origem:  Madagascar </li></ul><ul><li>Características: Excelente para cercas vivas, esta planta produz flores durante o ano todo. Com espinhos e folhagem esta planta pode ser podada. Suas flores podem ser rosas, vermelhas, brancas ou amarelas. </li></ul>
  19. 19. Mussaenda-rosa <ul><li>Nome Científico: Mussaenda alicia </li></ul><ul><li>Nome Popular: Mussaenda-rosa, mussaenda-rosa-arbustiva, mussaenda-arbustiva </li></ul><ul><li>Família: Rubiaceae </li></ul><ul><li>Origem: África e Ásia </li></ul><ul><li>Características: Pouco tolerante ao frio, é uma planta indicada para regiões tropicais. Produz muitas inflorescências, com flores pequenas, discretas e amarelas e sépalas grandes de cor rósea e salmão. Pode ser cultivada em vasos, isolada ou em grupos no jardim. Seu porte pode atingir 2 a 3 metros. </li></ul>
  20. 20. Helicônia-papagaio <ul><li>Nome Científico: Heliconia psittacorum </li></ul><ul><li>Nome Popular: Helicônia-papagaio, tracoá, caetezinho, planta-papagaio </li></ul><ul><li>Família: Heliconiaceae </li></ul><ul><li>Origem: Brasil </li></ul><ul><li>Características: É uma planta essencialmente tropical. Suas folhas são verdes e lisas, com formato oval-lanceolado, sustentadas por ramos eretos com cerca de 1,5 metros de altura e que formam densas touceiras com o tempo. </li></ul>
  21. 21. Palmeira
  22. 22. Carnaúba <ul><li>Nome científico: Copernicia prunifera </li></ul><ul><li>Nome popular: Carnaúba </li></ul><ul><li>Família : Arecaceae   </li></ul><ul><li>Origem : Brasil </li></ul><ul><li>Características: Estipe único, </li></ul><ul><li>reto, inteiramente revestido </li></ul><ul><li>por restos de pecíolos, formando </li></ul><ul><li>espirais densas; cresce até 20 metros; folhas em formato de leque; tem importância pela extração de cera de carnaúba; aspecto muito ornamental; os frutos são um rico nutriente para a ração animal; o tronco é madeira de qualidade para construções; as palhas servem para a produção artesanal, adubação do solo e extração de cera. </li></ul>
  23. 23. Areca-bambu <ul><li>Nome Científico:  Dypsis lutescens </li></ul><ul><li>Nome Popular:  Palmeira-areca, areca, areca-bambú </li></ul><ul><li>Família:  Arecaceae </li></ul><ul><li>Origem:  Madagascar </li></ul><ul><li>Características: É umas das palmeiras mais populares do mundo, </li></ul><ul><li>tanto no jardim quanto na decoração  de interiores. As folhas são grandes, verdes, recurvadas, compostas por 20 a 50 pares de folíolos. As inflorescências são ramificadas, com numerosas e pequenas flores de cor branco-creme, perfumadas. Os frutos são verde-amarelados e tornam-se arroxeados quando maduros. </li></ul>
  24. 24. Pupunha <ul><li>Nome Científico:  Bactris gasipaes </li></ul><ul><li>Nome popular: Pupunha </li></ul><ul><li>Família: Arecaceae </li></ul><ul><li>Origem: America do Norte, Central e Sul. </li></ul><ul><li>Características: È uma planta de porte magnífico a qual pode crescer até 20 m. É muito conhecida e consumida pelas populações nativas da América Central até a Floresta Amazônica, sendo há séculos utilizada na sua alimentação. </li></ul>
  25. 25. Trepadeira
  26. 26. Viuvinha <ul><li>Nome Científico:  Petrea subserrata </li></ul><ul><li>Nome Popular:  Flor-de-são-miguel, viuvinha, touca-de-viúva, capela-de-viúva, petréia </li></ul><ul><li>Família:  Verbenaceae </li></ul><ul><li>Origem:  Brasil </li></ul><ul><li>Característica: As folhas são coriáceas e de margens irregulares e caem no inverno. As flores que se formam em inflorescências grandes como cachos, são azuis-arroxeadas, pequenas e delicadas, de formato estrelado. </li></ul>
  27. 27. Herbáceas
  28. 28. Bananeirinha-de-jardim <ul><li>Nome Científico: Canna x generalis </li></ul><ul><li>Nome Popular: Bananeirinha-de-jardim, birí, cana-da-índia. </li></ul><ul><li>Família: Cannaceae </li></ul><ul><li>Origem: América Tropical </li></ul><ul><li>Características: A bananeirinha-e-jardim é uma planta de folhagem vistosa, </li></ul><ul><li>com folhas firmes e grandes. Suas inflorescências são compostas de flores grandes de coloração rósea, vermelha, laranja e amarela. Sua utilização no paisagismo está ligada à locais bastante úmidos a pleno sol. </li></ul>
  29. 29. Gengibre-vermelho <ul><li>Nome Científico: Alpinia purpurata </li></ul><ul><li>Nome Popular: Alpínia, Gengibre-vermelho </li></ul><ul><li>Família: Zingiberaceae </li></ul><ul><li>Origem: Ilhas dos Mares do Sul </li></ul><ul><li>Características: De porte médio, é uma planta que combina muito bem com paisagens tropicais. Produz inflorescências belíssimas, com flores pequenas em hastes eretas. As folhas são ornamentais também. </li></ul>
  30. 30. Papiro <ul><li>Nome Científico:  Cyperus giganteus </li></ul><ul><li>Nome Popular:  Papiro-brasileiro, papiro </li></ul><ul><li>Família:  Cyperaceae </li></ul><ul><li>Origem:  Brasil </li></ul><ul><li>Características: O papiro-brasileiro é uma excelente planta palustre, isto é, adapta-se e cria um efeito excelente na beira de laguinhos, fontes e espelhos de água. Ela apresenta hastes longas com uma cabeleira de folhas finas nas pontas. As flores são pequenas, amarelas, discretas e não apresentam importância ornamental. </li></ul>
  31. 31. Arq. Esp. Ana Cunha Araújo CREA 10.829-D/CE <ul><li>http://www.slideshare.net/anacunha12/1-paisagismo </li></ul><ul><li>http :// www.slideshare.net/anacunha12/2-paisagismo-evol-hist </li></ul>

×