O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Silogismo

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Silogismo

  1. 1. Silogismo
  2. 2. Silogismo Cadapessoa tem uma forma especial de pensar;O senso comum e o pensamento informal não dá segurança ao que é pensado;O silogismo dá-nos a possibilidade de garantir o argumento.
  3. 3. PadronizaçãoO silogismo estrutura-se na padronização; Padronizar é estabelecer um modelo para todos; Transformar toda frase em uma única forma; Ex: a linguagem. Padronizar é traduzir uma proposição comum na linguagem lógica.
  4. 4. Aristóteles Aristóteles resumiu os termos em dois: sujeito e predicado; Numa proposição, o predicado está ligado a um sujeito pelo verbo SER; Todos os verbos são dedutíveis do verbo Ser;
  5. 5. Diamantes são pedras preciosasTermo Termo Verbo TermoQuantif. Sujeito Predicado Todos Os São Pedras diamantes preciosasNenhum Diamante é Pedra preciosa Alguns Diamantes São Pedras preciosas Alguns Diamantes Não são Pedras preciosas
  6. 6. Exemplos Marcos constrói edifícios;  Marcos é construtor de edifícios. Todos os homens trabalham nesse edifício;  Todos os homens são trabalhadores deste edifício.
  7. 7. Partes do silogismo Premissa maior: Todos os homens são mortais; Premissa menor: Sócrates é homem. Conclusão: Sócrates é mortal
  8. 8. Letras = Termos T – Termo maior = mortal;M – Termo médio = homem;t – Termo menor = Sócrates.
  9. 9. Termos Termo maior é o termo cuja extensão envolve todos os outros termos; Termo menor é quando a extensão da palavra é reduzida a um determinado elemento; Termomédio faz a relação entre o maior e o menor
  10. 10.  Regras da Oposição CONTRÁRIAS (A e E) Não podem ser ambas verdadeiras, podendo ser ambas falsas. CONTRADITÓRIAS(A e O; E e I) Não podem ser ambas verdadeiras ou falsas ao mesmo tempo, se uma é verdadeira, a outra é falsa, e inversamente. SUBCONTRÁRIAS (I e O) Não podem ser ambas falsas, podendo ser ambas verdadeiras. SUBALTERNAS (A e I; E e O) Se a universal for verdadeira, a particular não pode ser falsa; Se a particular for falsa, a universal não pode ser verdadeira.

×