O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

TDC2017 | POA Trilha ChatBots - Trabalhando com Chatbots dentro de um contexto Educacional

159 visualizações

Publicada em

Trilha ChatBots - Trabalhando com Chatbots dentro de um contexto Educacional

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

TDC2017 | POA Trilha ChatBots - Trabalhando com Chatbots dentro de um contexto Educacional

  1. 1. Globalcode – Open4education Trabalhando com Chatbots dentro de um contexto Educacional Anita Raquel da Silva¹ – UFRGS/IFRS Aliane Loureiro Krassmann² – UFRGS/IFFarroupilha Marcelo A. R. Schmitt³ - IFRS ¹Mestranda em Informática na Educação – IFRS ²Doutoranda Informática na Educação – PPGIE ³Diretor-geral do Campus Porto Alegre - IFRS
  2. 2. Globalcode – Open4education Viés norteador Introdução História Benefícios Possibilidades Assistentes pessoais Potencial Educacional Motivos Chatbots Educacionais Linguagem AIML Criando um Chatbot Chatbot Metis Vídeo de apresentação Dificuldades da AIML FastAIML Desafios Pesquisa e resultados
  3. 3. Globalcode – Open4education INTRODUÇÃO Atendimento online lembra grandes empresas comerciais mas não é só isso esse trabalho mostra outro contexto Chatbots são usados e não percebemos Funcionamento Você pode já ter conversado com um robô e não percebeu.Você pode já ter conversado com um robô e não percebeu.Você pode já ter conversado com um robô e não percebeu.Você pode já ter conversado com um robô e não percebeu.
  4. 4. Globalcode – Open4education HISTÓRIA Entre os chatbots pioneiros da história, encontram-se: Eliza (WEIZENBAUM, 1966), Shrdlu (WINOGRAD, 1970), Parry (COLBY, 1973) e Alice (WALLACE, 2003). Introduzido por Alan Turing em seu artigo de 1950 "Computing Machinery and Intelligence", que começa com as palavras: "Eu proponho considerar a questão "As máquinas podem pensar?"
  5. 5. Globalcode – Open4education BENEFÍCIOS DOS CHATBOTS Diminuição do tempo de resposta e o acesso a partir de uma ampla gama de dispositivos. Interface mais intuitiva, conversacional. recuperar convenientemente informaçõesrecuperar convenientemente informações
  6. 6. Globalcode – Open4education POSSIBILIDADES DE USO DE CHATBOTS Imagine tirar dúvidas, agendar consultas, fazer pedidos e reclamações e confirmar pagamentos sem precisar abrir o computador e navegar por uma série de páginas... recuperar convenientemente informaçõesrecuperar convenientemente informações
  7. 7. Globalcode – Open4education ASSISTENTES PESSOAIS
  8. 8. Globalcode – Open4education POTENCIAL EDUCACIONAL Podem ser utilizados para responder dúvidas sobre um assunto específico ou um conjunto de conteúdos correlacionados. Manter um diálogo a qualquer momento para tirar dúvidas como se estivesse conversando com seu tutor ou professor. Redução de custos: quantos tutores são necessários para atender 500 alunos?
  9. 9. Globalcode – Open4education POTENCIAL EDUCACIONAL adição de imagens nas respostas; inclusão de links para textos complementares; links para outros materiais, como vídeos e objetos de aprendizagem externos; múltiplas respostas para uma mesma pergunta (selecionadas de forma randômica, para que o comportamento do agente não fosse demasiado determinístico); Integração com bancos de dados externos (moodle, bibliotecas digitais...).
  10. 10. Globalcode – Open4education Motivos The 2 Sigma Problem Hype Cycle para tecnologias emergentes em 2016 Fonte: Gartner (2016)
  11. 11. Globalcode – Open4education https://www.youtube.com/watch?v=gJ3kC_ABzDE
  12. 12. Globalcode – Open4education CHATBOTS EDUCACIONAIS Cybelle (PRIMO & COELHO, 2001); professora Elektra (LEONHARDT, 2003), Blaze (AGUIAR, 2011) e Doroty (LEONHARDT & TAROUCO, 2006)
  13. 13. Globalcode – Open4education Linguagem AIML Construção da base de conhecimento. Linguagem AIML (Artificial Intelligence Markup Language). <aiml> <category> <pattern>possível entrada do usuário</pattern> <template>resposta do agente</template> </category> </aiml>
  14. 14. Globalcode – Open4education Linguagem AIML A. L. I. C. E. The Artificial Linguistic Internet Computer Entity. Linguagem AIML (Artificial Intelligence Markup Language) (WALLACE, 1995). As unidades mais importantes daAs unidades mais importantes da AIML são:AIML são: <aiml>:<aiml>: a etiqueta que começa ea etiqueta que começa e termina um documento AIMLtermina um documento AIML <category>:<category>: a etiqueta que marcaa etiqueta que marca uma "unidade de conhecimento" nauma "unidade de conhecimento" na base de conhecimentobase de conhecimento <pattern>:<pattern>: usado para conter umusado para conter um padrão simples que corresponde aopadrão simples que corresponde ao que um usuário pode dizer ouque um usuário pode dizer ou digitardigitar <template>:<template>: contém a resposta acontém a resposta a uma entrada do usuáriouma entrada do usuário As unidades mais importantes daAs unidades mais importantes da AIML são:AIML são: <aiml>:<aiml>: a etiqueta que começa ea etiqueta que começa e termina um documento AIMLtermina um documento AIML <category>:<category>: a etiqueta que marcaa etiqueta que marca uma "unidade de conhecimento" nauma "unidade de conhecimento" na base de conhecimentobase de conhecimento <pattern>:<pattern>: usado para conter umusado para conter um padrão simples que corresponde aopadrão simples que corresponde ao que um usuário pode dizer ouque um usuário pode dizer ou digitardigitar <template>:<template>: contém a resposta acontém a resposta a uma entrada do usuáriouma entrada do usuário <aiml> <category> <pattern>possível entrada do usuário</pattern> <template>resposta do agente</template> </category> </aiml>
  15. 15. Globalcode – Open4education É MUITO DIFÍCIL CRIAR UM CHATBOT? Serviços online: https://www.pandorabots.com/ Chatfuel, Botsify, Watson Conversation (IBM)... Interpretadores disponíveis para download gratuitamente: Program-AB, Program-Y, Program- D e Program-O...
  16. 16. Globalcode – Open4education CHATBOT METIS (UFRGS) Contava inicialmente com aproximadamente 3.000 categorias. Hoje conta com 4.300 categorias. 6 meses de trabalho. Contava inicialmente com aproximadamente 3.000 categorias. Hoje conta com 4.300 categorias. 6 meses de trabalho.
  17. 17. Globalcode – Open4education Vídeo de apresentação da Agente Metis Neste vídeo a Agente Conversacional Metis trás algumas dicas para ajudar os alunos a conversarem com ela e também apresenta novas habilidades que aprendeu. http://penta3.ufrgs.br/MidiasEducCicloAvancado4/videos_disciplinas/video_MetisJQ/metis-agente.mp4
  18. 18. Globalcode – Open4education Dificuldades da AIML Construir uma base de conhecimento grande o suficiente “para conseguir” que o chatbot mantenha um diálogo coerente. Tempo para a construção da base de conhecimento, intensa edição manual. Especialistas com expertise para criar os conteúdos para a base de conhecimento. Realimentação constante da base de conhecimento.
  19. 19. Globalcode – Open4education FAST AIML: APOIO NA CRIAÇÃO AIML http://avatar.cinted.ufrgs.br/fastaiml /
  20. 20. Globalcode – Open4education Desafios de chatbots em geral Interpretar mal o seu usuários. A linguagem varia muito. Língua portuguesa = 435 mil palavras. Intenções diferentes. Os usuários fogem rapidamente se o chatbot não entende perguntas simples. Privacidade e segurança.
  21. 21. Globalcode – Open4education Pesquisa Alunos de graduação de licenciaturas diversas Disciplina eletiva Migrantes digitais
  22. 22. Globalcode – Open4education Categorias Categoria IPs Diretiva Erro Escapes Social Teórica Total 30 36 16 148 391 38
  23. 23. Globalcode – Open4education Categorias FOCO
  24. 24. Globalcode – Open4education Eficiência de diálogo a partir dos registros de logs Adaptada de Gasperis et al (2013)
  25. 25. Globalcode – Open4education Diálogos entre alunos e Chatbot Nível 1 – respostas que atenderam parcialmente à consulta Nível 2 - Todas as respostas atenderam à consulta do usuário
  26. 26. Globalcode – Open4education Nível 1 - respostas que atenderam parcialmente à consulta Aluno: Oi Metis! Metis: oi, como vai? Aluno: tudo certo. O infográfico pode gerar comparações entre dados? Metis: fale-me mais sobre isto. Aluno: gostaria de saber se clicando nas informações do infográfico posso gerar informações novas. Metis: o que você quer dizer com isso? Aluno: para que serve um infográfico? Metis: São representações que utilizam a combinação de fotografia ou desenho e texto. Um exemplo de infográfico do tipo mais simples poderia ser uma linha de tempo onde, ao selecionar determinados períodos, apareceriam imagem e textos explicativos.
  27. 27. Globalcode – Open4education Nível 2 - Todas as respostas atenderam à consulta do usuário Aluno: Oi. Me chamo Maria Metis: Fico feliz em te conhecer, Maria. Aluno: Sobre o que você sabe? Metis: Eu sei conversar sobre Tecnologias. Aluno: o que é tecnologia? Metis: Você já assistiu o vídeo "Caleidoscopio" do programa Salto para o Futuro da TV Escola? Caso Não, clique para assistir. http://penta3.ufrgs.br/videos/tvescola/informatica_caleidoscopio150.html Aluno: quando tenho que entregar a atividade 8? Metis: Podemos verificar com seu(ua) tutor(a), ele(a) tem uma relação das atividades.
  28. 28. Globalcode – Open4education Dados de acesso aos materiais de apoio da disciplina Obteve-se 22% de aumento no acesso dos materiais de apoio.
  29. 29. Globalcode – Open4education Síntese das pontuações obtidas em relação às respostas dos alunos Porcentagem por categoria Categoria 1 2 3 4 5 Aprendizagem 7,69% 37,36% 30,77% 14,29% 9,89% Confiabilidade 11,43% 11,43% 14,29% 37,14% 25,71% Relações 19,05% 9,52% 19,05% 38,10% 14,29% Engajamento 14,29% 14,29% 23,81% 33,33% 14,29% Visão geral 7,14% 14,29% 42,86% 21,43% 14,29% Questionário adaptado de Wechsung et al. (2013) α= 0,9524
  30. 30. Globalcode – Open4education Trabalhando com Chatbots dentro de um contexto Educacional Obrigada!
  31. 31. Globalcode – Open4education
  32. 32. Globalcode – Open4education
  33. 33. Globalcode – Open4education Trabalhando com Chatbots dentro de um contexto Educacional Anita Raquel da Silva¹ – UFRGS/IFRS Aliane Loureiro Krassmann² – UFRGS/IFFarroupilha Marcelo A. R. Schmitt³ - IFRS ¹Mestranda em Informática na Educação – IFRS ²Doutoranda Informática na Educação – PPGIE ³Diretor-geral do Campus Porto Alegre - IFRS

×