Dicas sobre a Nova Ortografia

3.187 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.187
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
125
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dicas sobre a Nova Ortografia

  1. 1. <ul><li>Ano: do 6º ano ao Ensino Médio </li></ul><ul><li>Disciplina: Língua Portuguesa </li></ul><ul><li>Aula número: 1 </li></ul><ul><li>Tema: Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa </li></ul><ul><li>Professor(a): Christiane Queiroz </li></ul><ul><li>Competências e habilidades envolvidas (Objetivos): </li></ul><ul><li>Propiciar aos alunos o conhecimento e a aplicação prática das novas regras da Língua Portuguesa. </li></ul><ul><li>Justificativa da matéria: </li></ul><ul><li>As novas regras do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa entraram em vigor em 1º de janeiro de 2009. Oito países, onde o português é a língua oficial, precisam ajustar sua gramática às novas regras, para assim unificar as diferentes grafias. As regras ortográficas atuais continuarão a ser aceitas até dezembro de 2012. </li></ul>
  2. 2. <ul><li>A Reforma Ortográfica e, ainda, suas polêmicas </li></ul><ul><li>1) João teve uma ideia ou idéia brilhante. </li></ul><ul><li>2) Ontem eu argüi ou argui ou arguí aquele aluno? </li></ul><ul><li>3) É preciso que se averigúem ou averiguem ou averíguem as contas da PETROBRAS. </li></ul><ul><li>4) O médico especialista tratava de um bico de papagaio ou bico-de-papagaio . </li></ul><ul><li>5) Qual será o “prê-mi-o” ou “prê-mio” desta semana ? </li></ul><ul><li>6) “Faz cinqüenta anos / que lhes dei a norma / Reduzi sem danos /A fôrma a forma .” (Manuel Bandeira) </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Como fica nosso alfabeto? </li></ul><ul><li>Além das atuais, serão oficialmente incorporadas, as letras K , W e Y, passando a ter 26 letras. </li></ul><ul><li>As letras K , W e Y são empregadas nos seguintes casos: </li></ul><ul><li>Em nomes próprios de pessoas e seus derivados. </li></ul><ul><li>Franklin, frankliniano; Darwin , darwinismo </li></ul><ul><li>Em nomes próprios de lugares originários de outras línguas e seus derivados. </li></ul><ul><li>Kuwait , kuwaitiano, Washington </li></ul><ul><li>Em símbolos, siglas, abreviaturas e palavras adotadas como unidades de medida internacionais. </li></ul><ul><li>km(quilômetro), KLM(companhia aérea), K(potássio), www(sigla de world wibe web) </li></ul><ul><li>Em palavras estrangeiras incorporadas à língua. show, download </li></ul>
  4. 4. Qual é a divisão silábica correta? Qual será o “prê-mi-o” ou “prê-mio” desta semana? Nas palavras terminadas em encontros vocálicos átonos (fracos), a ortografia não admitia a separação de sílabas. prêmio – prê-mio vácuo – vá-cuo substância - subs- tân-cia Agora, pode ser assim: prê-mio, vá-cuo, subs-tân-cia Mas também pode ser assim: prê-mi-o, vá-cu-o, subs-tân-ci-a
  5. 5. <ul><li>Veja o que mudou na </li></ul><ul><li>acentuação gráfica das palavras: </li></ul><ul><li>Regra dos hiatos “ôo” e “êem” </li></ul><ul><li>Era assim: </li></ul><ul><li>Vôo, enjôo, magôo, apregôo, abençôo; </li></ul><ul><li>Vêem, crêem, lêem, dêem, prevêem, descrêem, relêem... </li></ul><ul><li>Agora é assim: </li></ul><ul><li>Voo, enjoo, magoo, apregoo, abençoo; </li></ul><ul><li>Veem, creem, leem, deem, preveem, descreem, releem... </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Atenção! </li></ul><ul><li>Cuidado com os verbos! </li></ul><ul><li>Não houve mudança alguma em: </li></ul><ul><li>Ele tem x Eles têm / Ele vem x Eles vêm </li></ul><ul><li>Ele detém x Eles detêm / Ele convém x Eles convêm </li></ul><ul><li>Ele contém x Eles contêm / Ele intervém x Eles intervêm </li></ul><ul><li>Houve mudanças em: </li></ul><ul><li>Ele vê x Eles veem / Ele crê x Eles creem </li></ul><ul><li>Ele lê x Eles leem / Ele dê x Eles deem </li></ul><ul><li>Ele relê x Eles releem </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Regra dos ditongos abertos “éi”, “éu” e “ói” </li></ul><ul><li>Era assim: </li></ul><ul><li>Acentuavam-se todas as palavras que apresentam os ditongos abertos. </li></ul><ul><li>ÉI : pa péis , pas téis , a néis , i déi a, epo péi a, assem bléi a... </li></ul><ul><li>ÉU : céu , réu , cha péu , cha péus , tro féu , tro féus ... </li></ul><ul><li>ÓI : dói , mói , rói , ji bói a, bói a, (eu) a pói o, (ele) a pói a, he rói , he rói co, esfe rói de, meso zói co... </li></ul>
  8. 8. <ul><li>O que mudou? </li></ul><ul><li>Perdem o acento agudo somente as palavras paroxítonas: </li></ul><ul><li>i dei a, assem blei a, epo pei a , ji boi a , boi a , (eu) a poi o , (ele) a poi a, he roi co, esfe roi de ... – o que só ocorre com os ditongos “ei” e “oi”. </li></ul><ul><li>O que não mudou? </li></ul><ul><li>O acento agudo permanece nas palavras oxítonas: céu, réu, cha péu, cha péus, tro féu , tro féus , pa péis, pas téis , a néis , dói, mói, rói, herói ... </li></ul><ul><li>Clique na figura ao lado e leia a tira. </li></ul>
  9. 9. Regra do i ou do u tônicos como segunda vogal de hiatos O que não mudou? As vogais “ i ” e “ u ” recebem acento agudo sempre que formam hiato com a vogal anterior e ficam sozinhas na sílaba ou com “s”: Gra-ja- ú , ba- ú , sa- ú -de, vi- ú -va, con-te- ú -do, ga- ú -cho, eu re- ú -no, ele re- ú -ne, eu sa- ú -do, eles sa- ú -dam; I-ca-ra- í , eu ca- í , eu sa- í , o pa- ís , tu ca- ís -te, nós ca- í -mos, eles ca- í -ram.
  10. 10. <ul><li>O que mudou? </li></ul><ul><li>Onde houve mudança: desaparece o acento só quando antes do i ou do u houver um ditongo. </li></ul><ul><li>Era assim: </li></ul><ul><li>feiúra; boiúna; baiúca; Sauípe; bocaiúva; meiúca . </li></ul><ul><li>Agora é assim: </li></ul><ul><li>fei- u -ra ; boi- u -na ; bai- u -ca ; Sau-i-pe; bo-cai- u -va ; mei-u-ca. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Cuidado com essa regra! </li></ul><ul><li>A vogal i tônica, antes de “NH”, nunca recebe acento agudo: </li></ul><ul><li>ra i nha, ba i nha, ta i nha, lada i nha, mo i nho </li></ul><ul><li>Não há acento agudo quando o u e o i formam ditongo e não hiato: gra- t ui -to, cir- c ui -to, m ui -to, s ai -a (substantivo), que eles c ai -am, ele c ai </li></ul><ul><li>Não há acento agudo quando as vogais i e u não estão isoladas na sílaba: </li></ul><ul><li>ca- iu , ca- ir -mos, sa- in -do, ra- iz , ju- iz , ru- im , pa- ul </li></ul>
  12. 12. Trema e acento no “u” O que mudou? Desaparece o trema na língua portuguesa, com exceção de palavras estrangeiras e suas derivadas: consequência, frequente, tranquilo, cinquenta, (eu) argui, arguiram, enxágue, deságuem... Também desaparece o acento agudo em formas rizotônicas como: (ele) argui , (que ele) averigue , (que eles) apaziguem ... Clique na imagem ao lado e verifique.
  13. 13. Acentos diferenciais O que mudou? O ônibus para ou pára antes do ponto. Clique na figura abaixo e saiba mais.
  14. 14. <ul><li>O hífen e seu emprego </li></ul><ul><li>Primeiro caso: </li></ul><ul><li>Na formação de palavras, há dois hifens: </li></ul><ul><li>entre palavras (cria nova unidade semântica / sentido figurado) </li></ul><ul><li>quebra-gelo, salário-família, sem-sal(= sem graça) </li></ul><ul><li>com prefixo (ou pseudoprefixo) e palavra </li></ul><ul><li>pré-estreia, pós-operatório, ex-marido, anti-higiênico, sobre-humano </li></ul>
  15. 15. <ul><li>Cuidado! </li></ul><ul><li>Clássico sem sal no Maracanã! </li></ul><ul><li>Havia algumas carrocinhas de pipoca e de cachorro quente. </li></ul><ul><li>Ficou feia a saia justa entre os dois candidatos. </li></ul><ul><li>Mick Jagger foi o pé frio daquele jogo. </li></ul><ul><li>O que mudou? </li></ul><ul><li>Nos casos em que houver elemento de ligação, já não se usam os hifens. </li></ul><ul><li>Era assim: </li></ul><ul><li>pé-de-moleque (=doce), dia-a-dia(=cotidiano), vai-e-vem(=indecisão) </li></ul><ul><li>Agora é assim: </li></ul><ul><li>pé de moleque (=doce), dia a dia(=cotidiano), vai e vem(=indecisão) </li></ul><ul><li>Agora que você já sabe, corrija as frases acima! </li></ul><ul><li>Clique ao lado e veja se acertou. Gabarito </li></ul>
  16. 16. Segundo caso: Regra geral: Só se mantém o hífen antes de h ou quando a palavra seguinte tem a mesma vogal que encerra o prefixo: ant i-h orário, ant i-i nflamatório, ant id idático, ant io fídico Observação: Caso ocorra antes de r ou s , sai o hífen e dobram-se essas letras para evitar mudança de som. ant irr eforma, min iss aia, ultr ass onografia É hora de aprofundar seu conhecimento, para isso, clique na figura abaixo
  17. 17. <ul><li>Caso importante! </li></ul><ul><li>Não devemos usar o hífen: </li></ul><ul><li>Em compostos com elemento de conexão que não sejam denominações botânicas e zoológicas. </li></ul><ul><li>pé de moleque , pão de ló, fim, dia a dia (diariamente ou cotidiano) </li></ul><ul><li>Em casos em que as palavras NÃO e QUASE funcionam como prefixos. </li></ul><ul><li>não agressão, não fumante, quase delito, quase irmão </li></ul>
  18. 18. <ul><li>Outros usos de hífen </li></ul><ul><li>Para dividir sílabas: or- to- gra- fi- a, ál-co-ol, sub-li-nhar ... </li></ul><ul><li>Com pronomes enclíticos e mesoclíticos: encontrei-o, tornar-se á ... </li></ul><ul><li>Antes dos sufixos -(GU)AÇU, -MIRIM, -MOR: capim-açu, araçá-mirim, guarda-mor ... </li></ul><ul><li>Em compostos em que o primeiro elemento é de origem verbal: beija-flor, quebra-mar, para-lama, bate-boca ... </li></ul><ul><li>Exceções expressas no acordo e confirmadas no VOLP: mandachuva, passatempo, girassol, paraquedas, paraquedista, paraquedismo. </li></ul><ul><li>Em nomes próprios compostos que se tornaram comuns: santo-antônio... </li></ul>
  19. 19. <ul><li>Em nomes gentílicos: porto-alegrense, mato-grossense ... </li></ul><ul><li>Em compostos em que o primeiro elemento é numeral: primeiro-ministro, segunda-feira, primeira-dama, sexta-feira ... </li></ul><ul><li>Em compostos homogêneos(dois adjetivos, dois verbos): luso-brasileiro, azul-claro, quebra-quebra, corre-corre ... </li></ul><ul><li>Em compostos de dois substantivos em que o segundo faz papel de adjetivo: carro-bomba, manga-rosa, caminhão-pipa ... </li></ul><ul><li>Em composto em que os elementos, com sua estrutura e acento, perdem a sua significação original e formam uma nova unidade semântica: couve-flor, tenente-coronel, pé-frio... </li></ul>
  20. 20. Nossa aula chegou ao fim... Agora, é hora de testar seu conhecimento a respeito do uso da nova ortografia da Língua Portuguesa. Clique na figura abaixo e divirta-se.

×