SlideShare uma empresa Scribd logo
TRABALHO DE ARTES
SOBRE O CUBISMO.
História do cubismo.
 Ocorreu entre 1907 e 1914, (século XX) começou
em Paris e rompeu com a perspectiva de
perfeição adotada no Renascimento.
 Desvinculando-se da semelhança com a natureza
por meio da decomposição da figura em pequenos
detalhes, em planos que são estudados em si
mesmos não na visão total. Desta forma, um
objeto pode ser observado de diferentes pontos
de vista. as formas observadas na natureza são
retratadas de forma simplificada, em cilindros,
cubos ou esferas, por isso o nome cubismo.
Nesta obra, Picasso retratou a nudez feminina de uma
forma inusitada, onde as formas reais, naturalmente
arredondadas, deram espaço a figuras geométricas
perfeitamente trabalhadas.
As Senhoritas de
Avignon- Pablo Picasso.
O marco inicial do
cubismo ocorreu em
Paris, em 1907.
Fase Analítica (1909).
Poucas cores, variando entre o ocre, preto cinza, alguns
tons de marrom e vermelho. Efeito tridimensional e
distorção da realidade.
O uso da fragmentação dos objetos em planos seguidos
e superpostos, que gera figuras de difícil compreensão.
Fase Sintética (1911).
A obra deixa de representar o real, mas procura-se
tornar as figuras novamente reconhecíveis.
Uso da colagem na tela de: letras, palavras, números,
vidros, metais, pedaços de madeiras e até objetos
inteiros.
O objeto já produzia a sombra (mistura da pintura com a
escultura).
Cubismo Analítico-
Georges Braque-Violino e
Cântaro-1910.
Cubismo sintético - Pablo
Picasso - OsTrês Músicos -
1921.
Característicasdocubismo:
 O cubismo demonstra os objetos como são
representados no nosso pensamento. Um pintor
cubista retrata o que existe de forma diferente do que
nós vemos. O cubismo tem três características
principais:
 1ª Demonstra os objetos escolhidos em cubos.
 2ª Descreve a natureza morta com poucas cores
fazendo contraste o claro e o escuro com sombra
muito carregadas.
 3ª Não é utilizada a perspectiva, os desenhos
dominados por figuras geométricas são sobrepostos.
Pintores cubistas.
 Pablo Picasso (pintor, escultor e desenhista
espanhol)
 Paul Cézanne (pintor francês)
 Marcel Duchamp (escultor e pintor francês)
 Georges Braque (escultor e pintor francês)
 Juan Gris (pintor e escultor espanhol)
 Kazimir Malevich (pintor soviético)
 Fernand Léger (pintor e desenhista francês)
 Umberto Boccioni (pintor e escultor italiano)
 Diego Rivera (pintor mexicano)
Análises de Obras:
Análise:
Há predominância das cores
quentes;Vermelho, Laranja,
Amarelo. Das cores frias;
Azul, Cinza, Marrom,Verde.
Não há perspectiva.
Presença das formas
geométricas. Há mistura de
cores, representação do
volume colorido sobre
superfícies planas.
Tema: a mesa, fruteira, as
maças arrumadas
propositalmente sobre a
toalha; Mistura de cores
para obtenção da
transparência para o objeto.
Natureza Morta – Paul
Cezanne
Análise:
Uso de objetos em formas geométricas;Ausência
de perspectiva;Visualização dos objetos em
várias dimensões; Objetos clássicos: garrafa,
violão e fruteira; Planaridade da obra; Distorção
das imagens.
Natureza Morta –
Pablo Picasso
Análise:
Essa obra faz parte da fase do cubismo analítico; E
apresenta um violino; algumas letras que são vistas
como colagem; uso de cores claras e escuras; Partes
geométricas espalhadas misturando-se e dando a
impressão de três dimensões.
Violino e Jarro –
Georges Braque
Análise:
A forma geométrica está
presente em toda obra, a
construção das personagens
apresenta formas
arredondadas e aspecto
robótico; Fragmentação dos
objetos, formas de cubos,
cilindros e tubos;
Planaridade da tela, não há
ponto de fuga na obra;
Abandono da forma icônica,
as personagens não possui
formas humanas.
AsTrês Mulheres –
Fernand Léger
Cubismo no Brasil
 Após a Semana de Arte Moderna de 1922 o
movimento cubista chegou no Brasil.
 Muitos pintores brasileiros foram influenciados
pelo movimento apesar de nenhum ser
totalmente cubista.
 Tais como:Tarsila do Amaral,Victor Brecheret ,
Anita Malfatti e Di Cavalcanti.
Abaporu -Tarsila do
Amaral
Caipirinha -Tarsila do
Amaral
Samba - Di Cavalcanti
Cinco Moças de
Guaratinguetá - Di Cavalcanti
Referências
 http://www.grupoescolar.com/pesquisa/historia-do-cubismo.html
 http://www.infoescola.com/artes/cubismo/
 http://www.suapesquisa.com/artesliteratura/cubismo/
 http://pointdaarte.webnode.com.br/news/a-historia-do-cubismo1/
 http://taislc.blogspot.com.br/2011/08/cubismo.html
 http://pt.slideshare.net/carlosvieira/cubismo-15682462
 http://pt.wahooart.com/@@/5ZKDK5-Pablo-Picasso-Tr%C3%AAs-m%C3%BAsicos
 http://amigonerd.net/sociais-aplicadas/comunicacao/cubismo-analise-de-obras
 http://pt.scribd.com/doc/60085299/Cubismo-No-Brasil
 http://www.suapesquisa.com/artesliteratura/cubismo/artistas_cubistas.htm
Conclusão:
 O cubismo teve inicio em Paris entre 1907 e 1914.
 Seu marco inicial foi As Senhoritas de Avignon- Pablo Picasso.
 Teve duas fases: 1ª Analítica marcada pela exagerada
fragmentação dos objetos em planos superpostos, com figuras
de difícil compreensão. 2ª Sintética marcada pelo uso de
colagens e figuras novamente reconhecíveis.
 Seus principais pintores foram: Pablo Picasso, Paul Cézanne e
Georges Braque .
 Suas principais características são a fragmentação da obra,
representação dos objetos em formas geométricas, uso de
poucas cores como: ocre, preto cinza, alguns tons de
marrom e vermelho, não é utilizada a perspectiva.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Happening
HappeningHappening
Happening
bahuam
 
A arte da fotografia
A arte da fotografiaA arte da fotografia
A arte da fotografia
Ana Beatriz Cargnin
 
Arte cinética
Arte cinéticaArte cinética
Arte cinética
Karoline Oliveira
 
História da arte no Brasil
História da arte no BrasilHistória da arte no Brasil
História da arte no Brasil
Centro Educacional Cuca Fresca
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
pagodes
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
Paulo Fonseca
 
Pop art
Pop artPop art
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e SurrealismoCubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo
Jorge Almeida
 
História da Arte - Cubismo
História da Arte - CubismoHistória da Arte - Cubismo
História da Arte - Cubismo
Tiago Toledo Jr.
 
Grafite
GrafiteGrafite
Evolução da fotografia artes- patrícia- 9ºano pdfpdf
Evolução da fotografia artes- patrícia- 9ºano pdfpdfEvolução da fotografia artes- patrícia- 9ºano pdfpdf
Evolução da fotografia artes- patrícia- 9ºano pdfpdf
Janete Garcia de Freitas
 
Cubismo
CubismoCubismo
Arte urbana
Arte urbana Arte urbana
Arte urbana
Turmasthera
 
Arte abstrata
Arte abstrataArte abstrata
Arte abstrata
Ana Barreiros
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
Michele Pó
 
Representação do negro nas artes plásticas
Representação do negro nas artes plásticasRepresentação do negro nas artes plásticas
Representação do negro nas artes plásticas
CEF16
 
Cubismo
CubismoCubismo
Evolução do Cinema
Evolução do CinemaEvolução do Cinema
Evolução do Cinema
Michele Pó
 
Impressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismo
Impressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismoImpressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismo
Impressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismo
Carlos Pinheiro
 
Expressionismo Abstrato
Expressionismo AbstratoExpressionismo Abstrato
Expressionismo Abstrato
Andrea Dressler
 

Mais procurados (20)

Happening
HappeningHappening
Happening
 
A arte da fotografia
A arte da fotografiaA arte da fotografia
A arte da fotografia
 
Arte cinética
Arte cinéticaArte cinética
Arte cinética
 
História da arte no Brasil
História da arte no BrasilHistória da arte no Brasil
História da arte no Brasil
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Pop art
Pop artPop art
Pop art
 
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e SurrealismoCubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo
 
História da Arte - Cubismo
História da Arte - CubismoHistória da Arte - Cubismo
História da Arte - Cubismo
 
Grafite
GrafiteGrafite
Grafite
 
Evolução da fotografia artes- patrícia- 9ºano pdfpdf
Evolução da fotografia artes- patrícia- 9ºano pdfpdfEvolução da fotografia artes- patrícia- 9ºano pdfpdf
Evolução da fotografia artes- patrícia- 9ºano pdfpdf
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Arte urbana
Arte urbana Arte urbana
Arte urbana
 
Arte abstrata
Arte abstrataArte abstrata
Arte abstrata
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Representação do negro nas artes plásticas
Representação do negro nas artes plásticasRepresentação do negro nas artes plásticas
Representação do negro nas artes plásticas
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Evolução do Cinema
Evolução do CinemaEvolução do Cinema
Evolução do Cinema
 
Impressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismo
Impressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismoImpressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismo
Impressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismo
 
Expressionismo Abstrato
Expressionismo AbstratoExpressionismo Abstrato
Expressionismo Abstrato
 

Destaque

Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
Michele Pó
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
Jubiz
 
História da arte - Arte Moderna
História da arte  - Arte ModernaHistória da arte  - Arte Moderna
História da arte - Arte Moderna
Lú Carvalho
 
Seminário: Vanguarda em Ação
Seminário: Vanguarda em AçãoSeminário: Vanguarda em Ação
Seminário: Vanguarda em Ação
Vitor Morais
 
Governo dos militares seminário
Governo dos militares seminárioGoverno dos militares seminário
Governo dos militares seminário
Fernanda Scaramboni
 
Pablo picasso e o cubismo
Pablo picasso e o cubismoPablo picasso e o cubismo
Pablo picasso e o cubismo
Meire Falco
 
Principais Movimentos Artísticos do Séc. XX
Principais Movimentos Artísticos do Séc. XXPrincipais Movimentos Artísticos do Séc. XX
Principais Movimentos Artísticos do Séc. XX
Cinthya Nascimento
 
Vanguardas Europeias - I Modernismo
Vanguardas Europeias - I ModernismoVanguardas Europeias - I Modernismo
Vanguardas Europeias - I Modernismo
Carlos Vieira
 
Pablo Picasso e o Cubismo.
Pablo Picasso e o Cubismo.Pablo Picasso e o Cubismo.
Pablo Picasso e o Cubismo.
Roger Pimentel
 

Destaque (9)

Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
História da arte - Arte Moderna
História da arte  - Arte ModernaHistória da arte  - Arte Moderna
História da arte - Arte Moderna
 
Seminário: Vanguarda em Ação
Seminário: Vanguarda em AçãoSeminário: Vanguarda em Ação
Seminário: Vanguarda em Ação
 
Governo dos militares seminário
Governo dos militares seminárioGoverno dos militares seminário
Governo dos militares seminário
 
Pablo picasso e o cubismo
Pablo picasso e o cubismoPablo picasso e o cubismo
Pablo picasso e o cubismo
 
Principais Movimentos Artísticos do Séc. XX
Principais Movimentos Artísticos do Séc. XXPrincipais Movimentos Artísticos do Séc. XX
Principais Movimentos Artísticos do Séc. XX
 
Vanguardas Europeias - I Modernismo
Vanguardas Europeias - I ModernismoVanguardas Europeias - I Modernismo
Vanguardas Europeias - I Modernismo
 
Pablo Picasso e o Cubismo.
Pablo Picasso e o Cubismo.Pablo Picasso e o Cubismo.
Pablo Picasso e o Cubismo.
 

Semelhante a Seminário sobre o cubismo

SLIDE 6º ANO - 14 a 18-08-2023.pptx
SLIDE 6º ANO - 14 a 18-08-2023.pptxSLIDE 6º ANO - 14 a 18-08-2023.pptx
SLIDE 6º ANO - 14 a 18-08-2023.pptx
carlospimentel98
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
Anacrislinda
 
Cubismo
CubismoCubismo
Slide De Cubismo
Slide De CubismoSlide De Cubismo
Slide De Cubismo
babelisa
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo !
Cubismo ! Cubismo !
Cubismo !
Laguat
 
13. VANGUARDAS EUROPEIAS - EDIÇÃO 2020.pptx
13. VANGUARDAS EUROPEIAS - EDIÇÃO 2020.pptx13. VANGUARDAS EUROPEIAS - EDIÇÃO 2020.pptx
13. VANGUARDAS EUROPEIAS - EDIÇÃO 2020.pptx
Roseli Gomes Martins
 
Hd 2016.1 aula 6_influências das vanguardas europeias - cubismo
Hd 2016.1 aula 6_influências das vanguardas europeias - cubismoHd 2016.1 aula 6_influências das vanguardas europeias - cubismo
Hd 2016.1 aula 6_influências das vanguardas europeias - cubismo
Ticianne Darin
 
Trabalho imprimir
Trabalho imprimirTrabalho imprimir
Trabalho imprimir
José Emílio
 
[HA2012] 06 - Cubismo
[HA2012] 06 - Cubismo[HA2012] 06 - Cubismo
[HA2012] 06 - Cubismo
Eduardo Novais
 
Cubismo ii
Cubismo iiCubismo ii
Cubismo ii
Alaor
 
Introdução ao movimento cubista_compressed.pdf
Introdução ao movimento cubista_compressed.pdfIntrodução ao movimento cubista_compressed.pdf
Introdução ao movimento cubista_compressed.pdf
ThaisVasconcelos44
 
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e SurrealismoCubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo
Jorge Almeida
 
Abstracionismo Cubismo.pdf 1
Abstracionismo  Cubismo.pdf                       1Abstracionismo  Cubismo.pdf                       1
Abstracionismo Cubismo.pdf 1
MATHEUSMURIPAIXAO
 
2C26_Cubismo_Museu Lasar Segall_2011
2C26_Cubismo_Museu Lasar Segall_20112C26_Cubismo_Museu Lasar Segall_2011
2C26_Cubismo_Museu Lasar Segall_2011
www.historiadasartes.com
 
Ismos europeus
Ismos europeusIsmos europeus
2C14_Cubismo_Museu Lasar Segall_2011
2C14_Cubismo_Museu Lasar Segall_20112C14_Cubismo_Museu Lasar Segall_2011
2C14_Cubismo_Museu Lasar Segall_2011
www.historiadasartes.com
 
CUBISMO
CUBISMOCUBISMO
Cubismofinalg2
Cubismofinalg2Cubismofinalg2
Cubismofinalg2
carolineborba
 
História da Arte: Arte moderna - do Impressionismo ao Surrealismo
História da Arte: Arte moderna - do Impressionismo ao SurrealismoHistória da Arte: Arte moderna - do Impressionismo ao Surrealismo
História da Arte: Arte moderna - do Impressionismo ao Surrealismo
Raphael Lanzillotte
 

Semelhante a Seminário sobre o cubismo (20)

SLIDE 6º ANO - 14 a 18-08-2023.pptx
SLIDE 6º ANO - 14 a 18-08-2023.pptxSLIDE 6º ANO - 14 a 18-08-2023.pptx
SLIDE 6º ANO - 14 a 18-08-2023.pptx
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Slide De Cubismo
Slide De CubismoSlide De Cubismo
Slide De Cubismo
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Cubismo !
Cubismo ! Cubismo !
Cubismo !
 
13. VANGUARDAS EUROPEIAS - EDIÇÃO 2020.pptx
13. VANGUARDAS EUROPEIAS - EDIÇÃO 2020.pptx13. VANGUARDAS EUROPEIAS - EDIÇÃO 2020.pptx
13. VANGUARDAS EUROPEIAS - EDIÇÃO 2020.pptx
 
Hd 2016.1 aula 6_influências das vanguardas europeias - cubismo
Hd 2016.1 aula 6_influências das vanguardas europeias - cubismoHd 2016.1 aula 6_influências das vanguardas europeias - cubismo
Hd 2016.1 aula 6_influências das vanguardas europeias - cubismo
 
Trabalho imprimir
Trabalho imprimirTrabalho imprimir
Trabalho imprimir
 
[HA2012] 06 - Cubismo
[HA2012] 06 - Cubismo[HA2012] 06 - Cubismo
[HA2012] 06 - Cubismo
 
Cubismo ii
Cubismo iiCubismo ii
Cubismo ii
 
Introdução ao movimento cubista_compressed.pdf
Introdução ao movimento cubista_compressed.pdfIntrodução ao movimento cubista_compressed.pdf
Introdução ao movimento cubista_compressed.pdf
 
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e SurrealismoCubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo
 
Abstracionismo Cubismo.pdf 1
Abstracionismo  Cubismo.pdf                       1Abstracionismo  Cubismo.pdf                       1
Abstracionismo Cubismo.pdf 1
 
2C26_Cubismo_Museu Lasar Segall_2011
2C26_Cubismo_Museu Lasar Segall_20112C26_Cubismo_Museu Lasar Segall_2011
2C26_Cubismo_Museu Lasar Segall_2011
 
Ismos europeus
Ismos europeusIsmos europeus
Ismos europeus
 
2C14_Cubismo_Museu Lasar Segall_2011
2C14_Cubismo_Museu Lasar Segall_20112C14_Cubismo_Museu Lasar Segall_2011
2C14_Cubismo_Museu Lasar Segall_2011
 
CUBISMO
CUBISMOCUBISMO
CUBISMO
 
Cubismofinalg2
Cubismofinalg2Cubismofinalg2
Cubismofinalg2
 
História da Arte: Arte moderna - do Impressionismo ao Surrealismo
História da Arte: Arte moderna - do Impressionismo ao SurrealismoHistória da Arte: Arte moderna - do Impressionismo ao Surrealismo
História da Arte: Arte moderna - do Impressionismo ao Surrealismo
 

Último

Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
sesiomzezao
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
EsterGabriiela1
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 

Último (20)

Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 

Seminário sobre o cubismo

  • 2. História do cubismo.  Ocorreu entre 1907 e 1914, (século XX) começou em Paris e rompeu com a perspectiva de perfeição adotada no Renascimento.  Desvinculando-se da semelhança com a natureza por meio da decomposição da figura em pequenos detalhes, em planos que são estudados em si mesmos não na visão total. Desta forma, um objeto pode ser observado de diferentes pontos de vista. as formas observadas na natureza são retratadas de forma simplificada, em cilindros, cubos ou esferas, por isso o nome cubismo.
  • 3. Nesta obra, Picasso retratou a nudez feminina de uma forma inusitada, onde as formas reais, naturalmente arredondadas, deram espaço a figuras geométricas perfeitamente trabalhadas. As Senhoritas de Avignon- Pablo Picasso. O marco inicial do cubismo ocorreu em Paris, em 1907.
  • 4. Fase Analítica (1909). Poucas cores, variando entre o ocre, preto cinza, alguns tons de marrom e vermelho. Efeito tridimensional e distorção da realidade. O uso da fragmentação dos objetos em planos seguidos e superpostos, que gera figuras de difícil compreensão. Fase Sintética (1911). A obra deixa de representar o real, mas procura-se tornar as figuras novamente reconhecíveis. Uso da colagem na tela de: letras, palavras, números, vidros, metais, pedaços de madeiras e até objetos inteiros. O objeto já produzia a sombra (mistura da pintura com a escultura).
  • 5. Cubismo Analítico- Georges Braque-Violino e Cântaro-1910. Cubismo sintético - Pablo Picasso - OsTrês Músicos - 1921.
  • 6. Característicasdocubismo:  O cubismo demonstra os objetos como são representados no nosso pensamento. Um pintor cubista retrata o que existe de forma diferente do que nós vemos. O cubismo tem três características principais:  1ª Demonstra os objetos escolhidos em cubos.  2ª Descreve a natureza morta com poucas cores fazendo contraste o claro e o escuro com sombra muito carregadas.  3ª Não é utilizada a perspectiva, os desenhos dominados por figuras geométricas são sobrepostos.
  • 7. Pintores cubistas.  Pablo Picasso (pintor, escultor e desenhista espanhol)  Paul Cézanne (pintor francês)  Marcel Duchamp (escultor e pintor francês)  Georges Braque (escultor e pintor francês)  Juan Gris (pintor e escultor espanhol)  Kazimir Malevich (pintor soviético)  Fernand Léger (pintor e desenhista francês)  Umberto Boccioni (pintor e escultor italiano)  Diego Rivera (pintor mexicano)
  • 9. Análise: Há predominância das cores quentes;Vermelho, Laranja, Amarelo. Das cores frias; Azul, Cinza, Marrom,Verde. Não há perspectiva. Presença das formas geométricas. Há mistura de cores, representação do volume colorido sobre superfícies planas. Tema: a mesa, fruteira, as maças arrumadas propositalmente sobre a toalha; Mistura de cores para obtenção da transparência para o objeto. Natureza Morta – Paul Cezanne
  • 10. Análise: Uso de objetos em formas geométricas;Ausência de perspectiva;Visualização dos objetos em várias dimensões; Objetos clássicos: garrafa, violão e fruteira; Planaridade da obra; Distorção das imagens. Natureza Morta – Pablo Picasso
  • 11. Análise: Essa obra faz parte da fase do cubismo analítico; E apresenta um violino; algumas letras que são vistas como colagem; uso de cores claras e escuras; Partes geométricas espalhadas misturando-se e dando a impressão de três dimensões. Violino e Jarro – Georges Braque
  • 12. Análise: A forma geométrica está presente em toda obra, a construção das personagens apresenta formas arredondadas e aspecto robótico; Fragmentação dos objetos, formas de cubos, cilindros e tubos; Planaridade da tela, não há ponto de fuga na obra; Abandono da forma icônica, as personagens não possui formas humanas. AsTrês Mulheres – Fernand Léger
  • 13. Cubismo no Brasil  Após a Semana de Arte Moderna de 1922 o movimento cubista chegou no Brasil.  Muitos pintores brasileiros foram influenciados pelo movimento apesar de nenhum ser totalmente cubista.  Tais como:Tarsila do Amaral,Victor Brecheret , Anita Malfatti e Di Cavalcanti.
  • 15. Samba - Di Cavalcanti Cinco Moças de Guaratinguetá - Di Cavalcanti
  • 16. Referências  http://www.grupoescolar.com/pesquisa/historia-do-cubismo.html  http://www.infoescola.com/artes/cubismo/  http://www.suapesquisa.com/artesliteratura/cubismo/  http://pointdaarte.webnode.com.br/news/a-historia-do-cubismo1/  http://taislc.blogspot.com.br/2011/08/cubismo.html  http://pt.slideshare.net/carlosvieira/cubismo-15682462  http://pt.wahooart.com/@@/5ZKDK5-Pablo-Picasso-Tr%C3%AAs-m%C3%BAsicos  http://amigonerd.net/sociais-aplicadas/comunicacao/cubismo-analise-de-obras  http://pt.scribd.com/doc/60085299/Cubismo-No-Brasil  http://www.suapesquisa.com/artesliteratura/cubismo/artistas_cubistas.htm
  • 17. Conclusão:  O cubismo teve inicio em Paris entre 1907 e 1914.  Seu marco inicial foi As Senhoritas de Avignon- Pablo Picasso.  Teve duas fases: 1ª Analítica marcada pela exagerada fragmentação dos objetos em planos superpostos, com figuras de difícil compreensão. 2ª Sintética marcada pelo uso de colagens e figuras novamente reconhecíveis.  Seus principais pintores foram: Pablo Picasso, Paul Cézanne e Georges Braque .  Suas principais características são a fragmentação da obra, representação dos objetos em formas geométricas, uso de poucas cores como: ocre, preto cinza, alguns tons de marrom e vermelho, não é utilizada a perspectiva.