ArchiMate 3.0 na prática

23 visualizações

Publicada em

Conheça as novas funcionalidades da linguagem ArchiMate 3.0, a linguagem de modelagem da arquitetura corporativa que mais cresce no mundo.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
23
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ArchiMate 3.0 na prática

  1. 1. ArchiMate® 3.0 na Prática Antonio Plais Analista de Negócios, Arquiteto de Decisões, Arquiteto Corporativo
  2. 2. Introdução ao ArchiMate Posicionando o ArchiMate Estrutura da linguagem Pontos altos da versão 3.0 Casos de uso práticos Planejamento Baseado em Capacidades Transformação Digital IoT-Internet das Coisas Manufatura Perguntas & Respostas Conteúdo 3
  3. 3. Modelos criam transparência Comunicam claramente e sem ambiguidade Modelos facilitam o alinhamento Coerência entre estratégia, arquitetura, desenho e realização Modelos orientam a tomada de decisões Realizar cálculos de custos, gerenciar portfólios, avaliar riscos Analisar dependências entre sistemas, processos, projetos Por Que Modelos? 4
  4. 4. Sair das imagens e apresentações “aleatórias” e sem precisão Comunicação clara Sem ambiguidade Coerência Consistência Visualizações Análises Por Que uma Nova Linguagem? 5
  5. 5. Como relacionar modelos de diferentes domínios da arquitetura? 6
  6. 6. Uma linguagem com conceitos para descrever arquiteturas Um framework para organizar estes conceitos Uma notação gráfica para estes conceitos Uma visão sobre visualizações para as diferentes partes interessadas Um padrão aberto mantido pelo The Open Group O Que o ArchiMate Fornece? 7
  7. 7. Posicionando o ArchiMate 8 Modelos de Estratégia Modelos de Arquitetura Modelos de desenho/ implementação Business Model Canvas Balanced Score Card Análise SWOT … Modelos ArchiMate Modelos BPMN Modelos UML Modelos DMN …
  8. 8. O ArchiMate® e o TOGAF® 9
  9. 9. 27% 21% 13% 7% 6% 5% 4% 1% 1% 1%1%0,5% 13% Government Finance Information technology Healthcare Retail Manufacturing Telecommunications Mining, oil & gas Media Logistics Utilities Energy Other Utilização do ArchiMate por Segmento da Indústria 10Pesquisa no grupo ArchiMate do LinkedIn, Junho de 2015 (n=199)
  10. 10. Demanda crescente pelo relacionamento entre a EA e a estratégia do negócio Inovações na tecnologia que misturam a TI e o mundo físico Utilização em novos domínios, e.g. manufatura, serviços de saúde, distribuição Melhorar a consistência e comprensibilidade Aumentar o alinhamento com outros padrões, principalmente o TOGAF Por Que uma Nova Versão do ArchiMate? 11
  11. 11. Estrutura do ArchiMate 12
  12. 12. Aspectos Principais do Framework 13 Estrutura Passiva Objeto ‘Que’ Compor- tamento Verbo ‘Como’ Estrutura Ativa Sujeito ‘Quem’
  13. 13. Camadas Principais do Framework 14 Aplicativos Tecnologia Negócio Estrutura Passiva Compor- tamento Estrutura Ativa Aspectos Camadas
  14. 14. Adicionando a Motivação 15 Aplicativos Tecnologia Negócio Estrutura Passiva Compor- tamento Estrutura Ativa Aspectos Camadas Motivação
  15. 15. Implementação & Migração Adicionando Implementação & Migração 16 Aspectos Aplicativos Tecnologia Negócio Estrutura Passiva Compor- tamento Estrutura Ativa Camadas Motivação
  16. 16. Estratégia Novo: Elementos da Estratégia 17 Implementação & Migração Aspectos Aplicativos Tecnologia Negócio Estrutura Passiva Compor- tamento Estrutura Ativa Camadas Motivação
  17. 17. Físico Estratégia Implementação & Migração Aspectos Aplicativos Tecnologia Negócio Estrutura Passiva Compor- tamento Estrutura Ativa Camadas Motivação Novo: Elementos Físicos 18
  18. 18. Pontos Altos da Nova Versão 19
  19. 19. Adição de conceitos para a modelagem de estratégia, planejamento baseado em capacidades e domínios relacionados Reconhecimento da crescente utilização da EA para o suporte à execução da estratégia Os novos conceitos estão alinhados com abordagens como TOGAF, BizBOK, BMM Vários artigos sobre o Planejamento Baseado em Capacidades com ArchiMate serão publicados em breve Novos Elementos da Estratégia 20
  20. 20. Estende a Camada de Tecnologia com elementos para a modelagem do mundo físico Manufatura, logística e outros ambientes físicos Ambientes altamente integrados E.g. para equipamentos controlados por computador ou a Internet das Coisas (IoT) Novos Elementos Físicos 21
  21. 21. Relacionamentos com Relacionamentos 22
  22. 22. Agrupamentos agora tem um relacionamento de agregação (ou composição) com o seu conteúdo, tornando-o muito mais útil Relacionamentos podem ser modelados de e para um agrupamento Agrupamento 23 =
  23. 23. Definições alinhadas dentro da linguagem e.g. todos os elementos de serviço têm agora definição similar Os elementos da Camada de Tecnologia foram renomeados de Infraestrutura para Tecnologia e.g. função de tecnologia (antes, função de infraestrutura) Elementos de processo, interação, colaboração e evento em todas as camadas Consistência 26
  24. 24. Planejamento Baseado em Capacidades 27
  25. 25. Novos conceitos importantes: Capacidade (Capability): O que você é capaz de fazer? Recurso (Resource): O que você precisa para isto? Resultado (Outcome): Que resultado você atinge? Curso de ação (Course of action): Como você chegará lá? Planejamento Baseado em Capacidades 28
  26. 26. Relacionando Estratégia e Capacidades à Arquitetura e Iniciativas de Mudança 29 Objetivos de Negócio Capacidades Platôs da Arquitetura Programas & Projetos Requisitos
  27. 27. Visão geral estruturada das capacidades de uma organização Útil como base para realçar informações específicas, e.g.: Importância estratégica Desempenho, custo, outros KPIs Recursos relacionados Planejamento, evolução Mapas de Capacidades 30
  28. 28. Mapa de Capacidades da ArchiSurance 31 Estratégico Operacional Suporte
  29. 29. Mapa de Capacidades da ArchiSurance 32 Abaixo da média Média Acima da média
  30. 30. Relevância estratégica Diferentes Mapas de Calor 33 Contribuição para metas Suporte de aplicativos
  31. 31. Avaliação de Capacidades 34 Análise e planejamento de capacidades usando um modelo ArchiMate e várias métricas
  32. 32. Uma Métrica é definida como uma especialização do conceito de motivador: um motivador que pode ser medido Métricas são associadas com elementos da arquitetura Métricas podem ser agregadas Métricas 35
  33. 33. Transformação Digital 36
  34. 34. Navegar desde os motivadores até os resultados desejados Definir cursos de ação para atingir estes resultados Determinar as capacidades necessárias para entregar isto Analisar os recursos requeridos por estas capacidades Modelagem da Estratégia 37
  35. 35. A ArchiSurance, uma empresa ArchiMate fictícia mas realista, opera sob circunstâncias desafiadoras: Taxas de juros extremamente baixas tornam difícil atender às suas obrigações financeiras A disrupção digital ameaça seu modelo de negócio e sua participação de mercado Análise Estratégica da ArchiSurance 38
  36. 36. Modelo de Análise Estratégica 39 Resultado Meta Avaliação Motivador
  37. 37. Estratégia de ‘Intimidade Digital com o Cliente’: Se relacionar mais intimamente com os clientes através das mídias sociais Usar dados externos para influenciar o prêmio dos seguros B2C: dados de dispositivos inteligentes, como: monitores de exercícios, caixas pretas em veículos, dispositivos de automação residencial B2B: Gerenciamento de frotas, de redes de energia, dispositivos RFID nas lojas, sensores prediais inteligentes Transformação Digital da ArchiSurance 40
  38. 38. Capacidades para a Nova Estratégia 41 ResultadoCurso de Ação Capacidade
  39. 39. Posicionando as Novas Capacidades 42
  40. 40. Posicionando as Novas Capacidades 43
  41. 41. Realização das Capacidades 44 Recurso Capacidade
  42. 42. Relacionando Ativos com Resultados 45 • Análise do Panorama de Aplicativos • Métricas relacionadas com resultados (custo, risco, …) • Rastreado através de toda a arquitetura
  43. 43. Internet das Coisas (IoT) 46
  44. 44. Conceitos físicos fortemente integrados com a Camada de Tecnologia Equipamento pode ser parte de Nó Material pode ser parte de Produto Processo, Função e Interação de Tecnologia para o comportamento conjunto de tecnologia física e de informação Assim, você pode modelar sistemas que combinam a TI e o mundo físico Internet das Coisas (IoT) Indústria 4.0 Integração de Conceitos Físicos 47
  45. 45. Fluxo de Dados da ArchiSurance 48 Processo de Aplicativos
  46. 46. Dados de Dispositivos Inteligentes 49 Equipamento Instalação Nó Função de Tecnologia Rede de Distribuição
  47. 47. Arquitetura de Microserviços para IoT 50
  48. 48. Manufatura 51
  49. 49. Usando os novos conceitos para o mundo físico Um caso de uso real de um cliente da BiZZdesign (com alguma simplificação…) • Também para integração com entre os mundos físico e da TI: Indústria 4.0 Modelando uma Siderúrgica 52
  50. 50. Processo de Fabricação de Aço 53 Processo de Tecnologia
  51. 51. Processo de Tecnologia Processo de Fabricação de Aço 54 Instalação
  52. 52. Processo de Fabricação de Aço 55 Material Processo de Tecnologia Instalação
  53. 53. Rede de Distribuição Processo de Fabricação de Aço 56 Produtos agora podem agregar elementos da estrutura passiva (objetos de negócio, objetos de dados, material)
  54. 54. Processo de Fabricação de Aço 57 Equipamento Software de Sistema Nó Nós podem integrar tanto equipamentos físicos como infraestrutura de TI (dispositivos, software de sistema)
  55. 55. Sumário e Conclusões 58
  56. 56. Modelagem da estratégia de negócio, onde a Arquitetura Corporativa está se tornando cada vez mais importante Modelagem do mundo físico, para suportar e.g. a Internet das Coisas, sistemas de saúde, manufatura, etc. Usabilidade e consistência melhoradas Desta forma, oferecendo um suporte ainda maior para lidar com a transformação digital e a mudança dos negócios! Resumindo o ArchiMate 3.0 59
  57. 57. The Open Group: www.opengroup.org/archimate Fórum de discussão no LinkedIn (>8000 membros!): ArchiMate Fórum de discussão no LinkedIn (em Português!): ArchiMate Brazil Webinares, blogs, e-books, histórias de usuário, software em www.bizzdesign.com & library.bizzdesign.com Guia Rápido do ArchiMate: tinyurl.com/ArchiMate30 Baixe esta apresentação: tinyurl.com/j3z92ez Mais Informações 60
  58. 58. 61 Antonio Plais +55 31 99279-0290 antonioplais@centus.com.br www.centus.com.br br.linkedin.com/in/antonioplais/pt

×