Encontro de Evangelizadores

3.086 visualizações

Publicada em

O Evangelizador de Espíritos

Publicada em: Educação
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.086
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
356
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
74
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Encontro de Evangelizadores

  1. 1. Encontro de Evangelizadores das Casas Espiritas de Sertãozinho. 18/03/2012Tema: O Evangelizador de Espíritos
  2. 2. Jesus nos apresentou a Pedagogia do Amor para atendermosa todos os Espíritos, despertando-os para uma nova realidade.Essa pedagogia é sustentada pela vibração dessemagnânimo Espírito, que através do seu magnetismocontinua atraindo todos os Espíritos compromissados comseu trabalho.E Jesus nos atrai de forma simples, como simples foi todo oseu trabalho, para que possamos nos transformar emEvangelizadores.
  3. 3. Como fui atraído para a Evangelização de Espíritos?
  4. 4. A Evangelização de Espíritos nos mostra uma oportunidadede auxiliar o próximo a vencer suas dificuldades,fortalecendo pensamento e a vontade. Esse método renova amaneira de encarar a vida, desvendando o Ser espiritual quesomos.O Evangelizador de Espíritos é um instrumento dessetrabalho que edifica no campo mental a verdade de formalógica e reflexiva. Trabalha com o pensamento, levando-o adescobrir seu verdadeiro compromisso com a causaabraçada.Passa a perceber que seu compromisso com a causa do Mestreestabeleceu-se desde o seu planejamento reencarnatório. Issolhe dá esperança para lutar, observando que seus sentimentosconclamam mudanças.
  5. 5. Como fui atraído para a Evangelização de Espíritos?
  6. 6. Evangelizador compromissado com a causa do Mestre:Mesmo carregando dificuldades, procura compreendê-las, de tal forma quesente alegria em auxiliar o outro a manter o equilíbrio.É um Ser com o pensamento voltado para o bem, de vontade firme, corajoso,disposto sempre ao estudo e a sua prática.Percebe que não é preciso ter qualidades excepcionais, mas é preciso se esforçarconstantemente para se aperfeiçoar.Não serve ao Mestre com o pensamento ligado à vaidade, as ilusões e aomaterialismo que entorpece a consciência do Espírito. Deixa de lado a arrogância,o privilégio para abraçar o verdadeiro propósito de servir.Estabelece um planejamento de suas atividades, estruturando conhecimento deforma a atender às necessidades do Espírito.
  7. 7. Propósitos do EvangelizadorDar-lhes a verdade ao Espírito, para que ele absorva, com inteligência, a função das Leisde Deus e os fundamentos maiores da vida para que o Espirito possa se encorajarperante a luta programada.Auxiliar o espírito a se perceber como tal, e oferecer-lhe, condições para que ele possareeducar tendências, hábitos, criando novos paradigmas que irá sustentá-lo comoEspírito.Dar ao Espírito o amparo necessário para que mergulhe em seus conflitos e possacompreendê-los, reeducando sua construção mental, seu pensamento e seussentimentos.Mostrar suas potencialidades, sua capacidade de vencer e as oportunidades decrescimento que a vida lhe oferece, para que estas transformem em expectativas parao Espírito, auxiliando-o a um novo comportamento e a fazer escolhas mais coerentescom seu planejamento reencarnatório.
  8. 8. Qual é o seu compromisso com a Evangelização de Espíritos? • Os espíritos compromissados com a Evangelização de Espíritos são caracterizados pelo esforço de Servir. • O compromisso se desdobra progressivamente. • O trabalho é coletivo e o compromisso é individual. O compromisso do espírito com a Evangelização de Espíritos é um estado de motivação íntima e está relacionado a espiritualização da existência. Compromisso em aprender e aplicar a pedagogia do amor, estabelecendo a partir dos seus sentimentos nobres um ambiente que sustente o trabalho.
  9. 9. O compromisso com o amor Para evangelizar o espírito é preciso abandonar definitivamente o julgamento, o preconceito e a condenação. Jesus não estabeleceu uma postura de igualdade para todos, Ele procurou atender as necessidades individuais, cada Espírito constrói suas experiências de forma diferente.“Cada ser é uma realidade especial, que necessita vivenciar suas própriasaspirações, muitas vezes equivocando-se para melhor compreender o caminhopor onde deve seguir. Em razão disso, a experiência é uma conquista pessoal,que cada qual aprende pelo próprio esforço, não raro, através de erros que sãocorrigidos e insucessos que se fazem ultrapassados pelo êxito.”Livro Adolescência e Vida – Divaldo Pereira Franco, ditado pelo EspíritoJoana de Angelis.
  10. 10. “ A cada um segundo suas obras”.
  11. 11. Compromisso com a verdadeVerdade que educa e transforma.O pensamento amparado e fortalecido pela verdade estrutura a fé, estabeleceuma postura condizente com os ensinamentos de Jesus.
  12. 12. Compromisso com o próximo e a caridadeA Evangelização de Espíritos não tem compromisso com as massas deEspíritos, mas sim, com a individualidade, com o espírito (seupensamento, sentimento, memória, consciência e livre arbítrio).O estímulo à caridade alavanca o processo educativo. Através dela,educamos nossos pensamentos, renovamos nossos sentimentos ereorganizamos a estrutura energética do espírito.
  13. 13. Compromisso com o conhecimentoA Evangelização de Espíritos não traz um novo conhecimento, ela traz amaneira de aplicar o conhecimento com vistas ao espírito. Esta pedagogiavem desenvolver no Ser a sensibilidade e a percepção das suasnecessidades espirituais.“Conhecimento não significa evangelização, mas não se evangeliza sem o conhecimento.”
  14. 14. Compromisso com o ato de servirPara servir é preciso uma construção interior, uma vontade vibrante,um desejo de doar, é mais do que doar um tempo a uma causa.“Eu não vim para ser servido, mas para servir”.
  15. 15. O trabalho que eu desenvolvo revela meu compromisso com Jesus?
  16. 16. O Evangelizador de Espíritos é o Ser compromissado com Jesus, na grandetarefa de renovar o pensamento do Espírito auxiliando-o a compreenderde forma racional, amorosa, quem ele verdadeiramente é.O Ser que assume o trabalho tem que estar primeiro com o pensamentovoltado para um querer. Esse querer deverá ser sustentado por umaatitude que será o reflexo do pensamento, da sua vontade. Surgirão entãoos frutos de uma postura que são frutos de um trabalho consciente. O milênio pede trabalhadores conscientes. Estamos em uma nova era. É necessário conhecer melhor o Espírito, perceber seu tempo, sua construção, valores, virtudes, assim como suas dificuldades.
  17. 17. Já estamos Evangelizando?Estamos a caminho...... a caminho de Jesus...O processo da evolução se desdobra para aqueles quemantêm seu pensamento dentro do conhecimento daverdade e procuram vivenciar a prática do amor e dacaridade. Nossos trabalhos devem estar alinhados aoprogresso do espírito e ao tempo de regeneração quese inicia.
  18. 18. BIBLIOGRAFIA“Evangelização de Espíritos - Alzira B F Amui e Luciano S Varanda-cap. XVII e XVIII”“O Que é Evangelização de Espíritos - Eurípedes Barsanulfo;médium: Alzira B F Amui - O Evangelizador de Espíritos.”“Prática Pedagógica na Evangelização - Walter Oliveira- pg. 50”“Princípios que Fundamentam a Educação do Espírito - Alzira B FAmui e Luciano S Varanda - pg.85”“Adolescência e Vida, Divaldo Pereira Franco, Ditado Pelo Espírito Joanna De Ângelis, Capitulo 5, pagina 35.

×