m                                BIOGRAFIA                  CELSO CORRÊA DE FREIT AS -CCF      CELSO CORRÊA DE FREITAS (CC...
Autor do Cordel: A PAIXÃO DE CRISTO EM CORDEL               FOTO do BANNER OFICIAL    Celso Corrêa de Freitas – CCF       ...
No começo eram as trevas...       “Aleluia, Aleluia, Aleluia                                  Peixe no prato e farinha na ...
III                                    V         Têm aqueles já com experiência          Eicha! Que lá está o Oswaldo    E...
VII                                        IX    No núcleo dos coreutas desponta    Izabel, Ana Paula, Angel , Lethicia e ...
XI                                            XIII     Ernesto, Marcos, Batta, Peter, Luciano,                O Sumo sacer...
XV                                     XVII        E no núcleo cinza dessa história         Quando na cruz ele nos salva  ...
XIX        Obrigado ao público presente         Que nos permitiu esta Glória      De sentirmos a magia dos aplausos       ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Paixão de cristo versão para projeção

1.394 visualizações

Publicada em

Cordel feito para homenagear o elenco da III Paixão de Cristo - Praia Grande/SP.

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.394
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.035
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Paixão de cristo versão para projeção

  1. 1. m BIOGRAFIA CELSO CORRÊA DE FREIT AS -CCF CELSO CORRÊA DE FREITAS (CCF), poeta e articulista, nasceu em Itaperuna (RJ), aos 26 de agosto de 1954. Presidente da CASA DO POETA BRASILEIRO DE PRAIA GRANDE (SP) (2007/2013). Membro da Academia Nacional de Letras do Portal do Poeta Brasileiro - Cadeira nº 38, atuando ativamente em outras entidades literárias sediadas no Brasil. Criador do OVERTRIP, uma nova forma de se fazer um poema. www.overtrip.blogspot.com Colaborador ativo nos jornais e demais meios de comunicação (Blogs e Sites). CCF em CORDEL Participante, prefaciante e organizador de antologias. Contatos: A PAIXÃO DE CRISTO celso.correadefreitas@gmail.com- CELSO CORRÊA DE FREITAS portalpoeticoccf@hotmail.com NOTA EXPLICATIVA Este Cordel foi inspirado na III Encenação da Paixão de Cristo, realizada em Praia Grande-SP nos dias 29 e 30/03/2013.Mmm E-BOOK P/ VEN DA DADOS TÉCNICOS DA OBRA
  2. 2. Autor do Cordel: A PAIXÃO DE CRISTO EM CORDEL FOTO do BANNER OFICIAL Celso Corrêa de Freitas – CCF DA III ENCENAÇÃO DA Capa/Diagramaçãoo: CCF PAIXÃO DE CRISTO DE PRAIA Revisão: Grupo Revisor da CPBPG (SP) Bernadete GRANDE-SP Casimiro Celso Lita Moniz Sonia Arte Final da capa : CCF Arte agregada no Cordel: Foto Capa: Por JAIRO MARQUES - 7 DE ABRIL DE 2012 II Encenação da Paixão de Cristo Um obrigado especial a todos que compreenderam a ideia deste Cordel e dele estão participando emprestando a ele seus nomes e seus talentos.M Pág 2 Pág 3
  3. 3. No começo eram as trevas... “Aleluia, Aleluia, Aleluia Peixe no prato e farinha na cuia” I Aleluia, Aleluia, Aleluia Vai começar a 3ª Encenação Novamente com o mago Petruccio No front da Direção. Ao lado dele presente Aquele que é um diretor tinhoso Que deixa o conteúdo mais Pompeu E o espetáculo menos pomposo. II Dando suporte aos dois Selma e Igor fazem a sua parte Duas forças dos nossos palcos Que doam de si para a Arte. Depois deles é hora do Elenco Um naipe variado de gente Talentos de todos os tipos Encarando esta missão de frente.m Pág 4 Pág 5
  4. 4. III V Têm aqueles já com experiência Eicha! Que lá está o Oswaldo E aqueles que chegaram há pouco de fora Bolando mais uma capa de revista Quem não ficou é que perdeu Logo logo teremos novidades E deve estar chorando agora. Brotando da cabeça desse artista. Mas não vamos falar dessas almas No seu papel de Herodes Vamos falar de quem para a cidade Regina Maura o conquista Conta através do teatro E como Herodíades lhe exige A saga da cristandade. A cabeça de João Batista. IV VI Andressa, minha nossa senhora! Para lhe ajudar tem a Kimberly Encontrou no palco o seu lugar Que se revela mortal É de fato muito boa... esta menina Encantando Oswaldo com sua Salomé Na arte de interpretar. E sua dança fatal. Paulo que de Paulo está Jorge perde então sua cabeça Parece um pinto no lixo De arauto do divino Cisca feliz pra todo lado, mas faz Mas no presente esse artista O seu personagem no capricho. Vai construindo o seu destino.m Pág 6 Pág 7
  5. 5. VII IX No núcleo dos coreutas desponta Izabel, Ana Paula, Angel , Lethicia e Dhayane César e sua sagrada família Beatriz, Bianca, Lorena e Vick com seu Crescendo no palco da vida instrumento Sempre distribuindo alegria. Jovens coreutas com a garra feminina Quem viu a pequena Dhafner Esbanjando beleza e talento. No colo de Nilda na Barca Layr, Nelza, Clenir, Azenil, Marilu e Elizabeth Agora se admira com ela Syllis, Nina, Liliane, Eliane e Cida Na Paixão fazendo fuzarca. Na magia de se viver para sempre Com vontade de abraçar a vida. VIII X Eis que surge John Lennon Para com ela interagir Tone Carniel, Sergio, Bruno, Osmário, Everton E Jesus quando menino e Dhafner e Leandro, Atuam sem deixar a chupeta cair. Herick, Francisco, Victor, Murilo, Fabiano e John Lennon é filho da Mariana José Cordeiro Que encarna a Madalena Homens que se alimentam do sonho Mas é cada um no seu quadrado De ser um artista brasileiro. Na representação da sua cena. Tem gente nova no elenco E eles chegam com toda a pinta Para se ter uma ideia Já beiram a casa dos trinta.M Pág 8 Pág 9
  6. 6. XI XIII Ernesto, Marcos, Batta, Peter, Luciano, O Sumo sacerdote possuía Neuton, Atilio e Fabiano dois Saduceus espiões Luiz, Neo, Sergio, Juliano, Adriano, Daniel, atentos aos passos do Nazareno Edmilson, Carlos e Paulo Simões e ardilosos nas suas informações Nomes que poderão estar presentes Wagner Nappo não omitindo nada Com certeza em futuras encenações. e Jeferson acrescentando algo mais E do lado estreante feminino Foram eles que apresentaram Valquiria, Aparecida, Cleide, Neusa e Nilsa o Judas a Caifás Ana Carolina, Mari, Elisalda e Regina Monteiro Todas se entregando de corpo e alma XIV À causa do teatro brasileiro. Bergamini, o novo Anais, Está sempre na cola de Caifás XII Até Jesus tinha ciência Do que essa dupla era capaz. E se no teatro os talentos fluem Caifás é de novo de CCF O que não dizer da melodia Que também atua como soldado Romano Existente no canto da Simone E que escreveu esse cordel para homenagear Um anjo semeando poesia. O elenco deste ano. E quando ele abre suas asas O som ecoa pela praça Levando quem escuta ao momento De puro estado de graçaM Pág 10 Pág 11
  7. 7. XV XVII E no núcleo cinza dessa história Quando na cruz ele nos salva Ricardo retoma o Judas dos conchavos Ele volta tranquilo para Itanhaém E leva os soldados até o Mestre Pois Nil em verdade é o cara Para o seu martírio nos cravos. A quem a gente quer bem. Driko com seu Diabo magistral O Diabo do Driko Não deixa Jesus sossegado Se estrepa na fita Monta um arranjo federal E se perde na razão Que leva Jesus a ser crucificado. De toda palavra bem dita. XVI XVIII Mas essa dupla dos infernos E assim termina este ato Não compartilha no final Levado ao nosso cidadão A verdadeira face dessa história Com muito carinho e respeito Que aponta para a vitória do bem sobre o Sendo ele Cristão ou não. mal. Obrigado PDA Pois Nil de Jesus é divino E sua equipe de gestores E no seu papel reluz E o sincero agradecimento Contra as forças dos demônios Desses humildes atores. Que irão pregá-lo na cruz.m Pág 12 Pág 13
  8. 8. XIX Obrigado ao público presente Que nos permitiu esta Glória De sentirmos a magia dos aplausos Ao final da nossa história. No ano que vem tem mais É só esperar e se inscrever Venha, junte-se a nós neste palco. Deixe o seu talento aparecer. Hermes Casimiro Dias, Editor Associado à Casa do Poeta Brasileiro de Praia Grande – SP Serviços de revisão, diagramação e edição de livros em geral, biografias, antologias, romances e registros legais (Direitos Autorais, ISBN e Ficha Catalográfica) Pequenas e médias tiragens – baixo custo Contato: hermes.casimiro.dias.editor@gmail.com (13) 3878-2913 e (13) 9127-5718 E ELES DISSERAM, HAJA TEATRO...M Pág 14 Pág 15

×