Os BRICS e a competitividade logística - Marcellus Fernandes Araújo

3.876 visualizações

Publicada em

Os BRICS compondo o quadro de competitividade logística necessita entendimento sobre seus atores, potenciais e políticas, considerando que o profissional de logística lida diretamente com fatores competitivos que influenciam em seu desempenho.

Despertar no aluno o interesse em conhecer com precisão os detalhes de seus parceiros/concorrentes globais, objetivando criar uma mentalidade competitiva e também de colaboração, demostrando a importância deste conteúdo para sua vida profissional.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Os BRICS e a competitividade logística - Marcellus Fernandes Araújo

  1. 1. Marcellus Fernandes Araújo Curso: Logística
  2. 2. Os BRICS e a competitividade Logística Conteúdo Definição • • • • O que representa a sigla BRICS Clube Político Autor da sigla BRIC Economia dominante em 2050 Estatísticas • Rankings econômicos e políticos Perspectivas • Produto Interno bruto Competitividade • Cidades do BRICS competidoras • Analogia da logística do Brasil no BRIC Críticas • Recursos naturais limitados? • China é uma aliança por si só Indicadores • Indicadores de Competitividade Desafios • Desafios Cidades-BRICS Marcellus Fernandes Araújo Curso: Logística
  3. 3. Os BRICS e a competitividade Logística Marcellus Fernandes Araújo 1.Definição 3. Perspectivas 5.Críticas 7.Desafios 2.Estatísticas 4.Competitividade 6.Indicadores Curso: Logística
  4. 4. Os BRICS e a competitividade Logística Marcellus Fernandes Araújo 1.Definição 3. Perspectivas 5.Críticas 7.Desafios 2.Estatísticas 4.Competitividade 6.Indicadores Curso: Logística
  5. 5. Os BRICS e a competitividade Logística Marcellus Fernandes Araújo 1.Definição 3. Perspectivas 5.Críticas 7.Desafios 2.Estatísticas 4.Competitividade 6.Indicadores Curso: Logística
  6. 6. Os BRICS e a competitividade Logística Marcellus Fernandes Araújo 1.Definição 3. Perspectivas 5.Críticas 7.Desafios 2.Estatísticas 4.Competitividade 6.Indicadores Curso: Logística
  7. 7. Os BRICS e a competitividade Logística Marcellus Fernandes Araújo 1.Definição 3. Perspectivas 5.Críticas 7.Desafios 2.Estatísticas 4.Competitividade 6.Indicadores Curso: Logística
  8. 8. Os BRICS e a competitividade Logística Marcellus Fernandes Araújo 1.Definição 3. Perspectivas 5.Críticas 7.Desafios 2.Estatísticas 4.Competitividade 6.Indicadores Curso: Logística
  9. 9. Os BRICS e a competitividade Logística 1.Definição 3. Perspectivas 5.Críticas 7.Desafios 2.Estatísticas 4.Competitividade 6.Indicadores  As cidades competem entre si em investimentos e poder político;  A competição envolve o ambiente contruido (Formas), as funções econômicas e os fluxos; Marcellus Fernandes Araújo Curso: Logística
  10. 10. Os BRICS e a competitividade Logística 1.Definição 3. Perspectivas 5.Críticas 7.Desafios 2.Estatísticas 4.Competitividade 6.Indicadores  60% das cargas nacionais transportadas pelas rodovias;  Perdem em competitividade e custo para as ferrovias. Marcellus Fernandes Araújo Curso: Logística
  11. 11. 1.Definição 3. Perspectivas 5.Críticas 7.Desafios 2.Estatísticas 4.Competitividade 6.Indicadores Os BRICS e a competitividade Logística Km de Rodovias Pavimentadas [VALOR] Brasil: 1,7 milhão km de rodovias, apenas uns 200 mil km pavimentados. (11%). 1,500,000 1,500,000 600,000 200,000 Brasil Marcellus Fernandes Araújo Russia Índia China EUA Curso: Logística
  12. 12. Os BRICS e a competitividade Logística 1.Definição 3. Perspectivas 5.Críticas 7.Desafios 2.Estatísticas 4.Competitividade 6.Indicadores Km de Ferrovias [VALOR] 77,000 EUA China Índia 63,000 Russia Brasil 87,000 30,000 Marcellus Fernandes Araújo Brasil cerca de 60% das mercadorias viajam de caminhão. Na Rússia, cerca de 80% das cargas viajam de trem. Mais barato, mais seguro. Curso: Logística
  13. 13. Os BRICS e a competitividade Logística 1.Definição 3. Perspectivas 5.Críticas 7.Desafios 2.Estatísticas 4.Competitividade 6.Indicadores Km Dutoviários 800,000 60,000 EUA China Índia 23,000 Russia Brasil 250,000 19,000 Marcellus Fernandes Araújo Curso: Logística
  14. 14. 1.Definição 3. Perspectivas 5.Críticas 7.Desafios 2.Estatísticas 4.Competitividade 6.Indicadores Os BRICS e a competitividade Logística Km de Hidrovias 110,000 102,000 41,000 15,000 14,000 Brasil Marcellus Fernandes Araújo Russia Índia China Curso: Logística EUA
  15. 15. Os BRICS e a competitividade Logística 1.Definição 3. Perspectivas 5.Críticas 7.Desafios 2.Estatísticas 4.Competitividade 6.Indicadores A principal crítica é a de que as projeções do BRIC são baseadas na suposição de que os recursos naturais são ilimitados e infinitamente disponíveis quando necessário. Marcellus Fernandes Araújo Curso: Logística
  16. 16. 1.Definição 3. Perspectivas 5.Críticas 7.Desafios 2.Estatísticas 4.Competitividade 6.Indicadores Os BRICS e a competitividade Logística  Têm poder de veto efetivo sobre as iniciativas do BRIC;  A única com as grandes reservas;  São o maior mercado potencial;  Os parceiros dos Estados Unidos no G2. O Deutsche Bank Research, afirmou em um relatório que "a China ofusca economicamente, financeiramente e politicamente, e continuará a ofuscar os outros BRICs." A instituição acrescentou que a economia da China é maior do que as três outras economias do BRIC (Brasil, Rússia e Índia) combinadas. Marcellus Fernandes Araújo Curso: Logística
  17. 17. Os BRICS e a competitividade Logística Marcellus Fernandes Araújo 1.Definição 3. Perspectivas 5.Críticas 7.Desafios 2.Estatísticas 4.Competitividade 6.Indicadores Curso: Logística
  18. 18. Os BRICS e a competitividade Logística Marcellus Fernandes Araújo 1.Definição 3. Perspectivas 5.Críticas 7.Desafios 2.Estatísticas 4.Competitividade 6.Indicadores Curso: Logística
  19. 19. Os BRICS e a competitividade Logística Marcellus Fernandes Araújo 1.Definição 3. Perspectivas 5.Críticas 7.Desafios 2.Estatísticas 4.Competitividade 6.Indicadores Curso: Logística
  20. 20. Os BRICS e a competitividade Logística 1.Definição 3. Perspectivas 5.Críticas 7.Desafios 2.Estatísticas 4.Competitividade 6.Indicadores  Focar o seu desenvolvimento não apenas em infraestrutura e arranhacéus, mas também em capital humano;  Melhorias na saúde pública, educação e qualidade de vida serão cruciais para as habilidades das cidades-BRICS em atrair capital estrangeiro e talentos para o futuro;  Enfrentar a poluição e violência Marcellus Fernandes Araújo Curso: Logística
  21. 21. Bibliografia: WIKEPEDIA: http://pt.wikipedia.org/wiki/BRICS http://pt.wikipedia.org/wiki/BRIC http://pt.wikipedia.org/wiki/Goldman_Sachs Carolina Vilela Figueiredo - Cidades-BRICS: Atores Globais Competitivos. Logística Descomplicada: http://www.logisticadescomplicada.com/logistica-brasileira-qual-nossa-situacao/ Marcellus Fernandes Araújo Curso: Logística

×