Cartões para construir histórias - Escrita criativa

49.532 visualizações

Publicada em

São 64 cartões, divididos em 8 grupos, que ajudam a construir histórias, desafiando as crianças com as opções que lhe são apresentadas.
Para durarem mais tempo os cartões podem ser plastificados.

Publicada em: Educação
16 comentários
148 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
49.532
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.575
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5.083
Comentários
16
Gostaram
148
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cartões para construir histórias - Escrita criativa

  1. 1. Cartões para construir histórias Escrita Criativa
  2. 2. Cartões para construir histórias São oito conjuntos de cartões e cada conjunto é constituído por doze cartões, adaptados dos cartões da Porto Editora; Cada aluno ou grupo de alunos deve receber aleatoriamente um cartão de cada cor; 1 – Início da história 2 – Personagem principal 3 – Local onde a história acontece 4 – Enredo – o que aconteceu 5- Novo local de desenvolvimento da história 6 – Personagem secundária 7 – Personagem secundária 8 – Final da história
  3. 3. Em tempos No tempo que os animais falavam… Há muito, muito tempo… Era uma vez… Certo dia… 1 11 1
  4. 4. Em tempos No tempo em que as galinhas tinham dentes… No tempo em que as bruxas andavam de vassoura… No tempo em que os caracóis não andavam com a casa às costas… No tempo das fadas… 1 11 1
  5. 5. Em tempos muito remotos Era uma vez Em tempos muito remotos… Antigamente… Em tempos que já lá vão… No tempo dos afonsinhos… 1 1 1 1
  6. 6. Em tempos muito remotos Era uma vez a fada o índio a menina a velhinha 2 2 2 2
  7. 7. Em tempos muito remotos Era uma vez o macaco malandro o bombeiro o leão medroso o Sr., Tomé 2 2 2 2
  8. 8. Em tempos muito remotos Era uma vez o astronauta o rei o boneco de neve o cão 2 2 2 2
  9. 9. Em tempos muito remotos Era uma vez no castelo na ilha num país distanteno deserto 3 3 3 3
  10. 10. Em tempos muito remotos Era uma vez no avião na praia nas nuvensno comboio 3 3 3 3
  11. 11. Em tempos muito remotos Era uma vez na montanha ao pé do rio no barcono foguetão 3 3 3 3
  12. 12. Em tempos muito remotos Era uma vez acendeu uma fogueira comeu uma maça perdeu um sapato encontrou uma boneca 4 4 4 4
  13. 13. Em tempos muito remotos Era uma vez comeu um cogumelo venenoso beijou um sapo encontrou o pai foi procurar a planta da cura 4 4 4 4
  14. 14. Em tempos muito remotos Era uma vez fez um bolo descobriu uma flor mágica encontrou um livro plantou 5 flores da amizade 4 4 4 4
  15. 15. Em tempos muito remotos Era uma vez na floresta encantada na Lua na cidade no circo 5 5 5 5
  16. 16. Em tempos muito remotos Era uma vez em casa no jardim na carruagem no cinema 5 5 5 5
  17. 17. Em tempos muito remotos Era uma vez no balão de ar quente no país da neve na aldeia dos brinquedos na árvore dos rebuçados 5 5 5 5
  18. 18. Em tempos muito remotos Era uma vez um duende um ursouma bruxa um gigante 6 6 6 6
  19. 19. Em tempos muito remotos Era uma vez uma aranha um monstrouma cobra um homem das cavernas 6 6 6 6
  20. 20. Em tempos muito remotos Era uma vez um rato um fantasmaum pirata um dragão 6 6 6 6
  21. 21. Em tempos muito remotos Era uma vez um palhaço um detetiveum mago um jogador de futebol 7 7 7 7
  22. 22. Em tempos muito remotos Era uma vez um porco um músicoos reis magos um nadador salvador 7 7 7 7
  23. 23. Em tempos muito remotos Era uma vez o Gato das Botas um políciaum menino o Pai Natal 7 7 7 7
  24. 24. Em tempos muito remotos Era uma vez Meio dito, meu feito, este conto saiu perfeito. Vitória, vitória acabou-se a história Acabou-se o que era doce. Oxalá que tudo lhes corra bem, e a nós também. 8 8 8 8
  25. 25. Em tempos muito remotos Era uma vez História contada, história acabada, estamos de abalada. Entrou por uma porta e saiu pela outra, quem quiser que conte outra... Assim se acaba este conto, como me contaram, assim eu o conto. E colori colorado, este conto está acabado. 8 8 8 8
  26. 26. Em tempos muito remotos Era uma vez Vamos embora, que amanhã há mais. Perlimpimpim, esta história chegou ao fim. E agora vamos embora, que está na hora de acabar a história. E foram felizes para sempre. 8 8 8 8

×