O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Frei Luís de Sousa.pptx

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 12 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Mais recentes (20)

Anúncio

Frei Luís de Sousa.pptx

  1. 1. Prof. Celeste Gregório Lopes - Grupo 300 1
  2. 2. Prof. Celeste Gregório Lopes - Grupo 300 2 A Memória ao Conservatório Real Apresentação As fontes Ideário romântico Classificação tipológica
  3. 3. Prof. Celeste Gregório Lopes - Grupo 300 3 Apresentação Lisboa, 6 de Maio de 1843 – Conferência de apresentação de Frei Luís de Sousa aos membros do Conservatório Real de Lisboa As fontes – a inspiração Comédia Famosa – autor desconhecido, representação vista na Póvoa do Varzim Memória Histórica e Crítica de Frei Luís de Sousa – D. Alexandre Lobo, Bispo de Viseu Vida de Frei Luís de Sousa – Frei António da Encarnação O Cativo de Fez - António Joaquim da Silva Abranches
  4. 4. Prof. Celeste Gregório Lopes - Grupo 300 4 Classificação tipológica Tragédia (conteúdo) • Número reduzido de personagens • Dignidade: • - humana • - social • Elementos trágicos: • - Destino - ananké • - Desafio –hybris • - Sofrimento -pathos • - Conflito -agón • - Ponto Culminante -clímax • - Reconhecimento - anagnórisis • - Vozes -coro • - Indícios -omina •- Catástrofe - katastrophé Drama (forma) Prosa Três atos Ausência de unidade - tempo - espaço
  5. 5. Prof. Celeste Gregório Lopes - Grupo 300 5 O ideário romântico Nacionalismo Idealismo patriótico Sensibilidade Sentimentalismo Atração pela morte Superstição Visionarismo Sebastianismo Cristianismo dulcificador Amoralismo Autobiografismo Didatismo
  6. 6. Prof. Celeste Gregório Lopes - Grupo 300 6 Externa Interna Três atos: I – 12 cenas Exposição II – 15 cenas Conflito III – 12 cenas Desenlace A ESTRUTURA
  7. 7. Prof. Celeste Gregório Lopes - Grupo 300 7 PERSONAGENS D. Madalena Maria D. Manuel de Sousa Coutinho Telmo Frei Jorge Romeiro
  8. 8. Prof. Celeste Gregório Lopes - Grupo 300 8 TEMPO Da representação – Século XIX – 1843 Representado – Século XVI – 1599 (27 de Julho a 5 de Agosto) Aludido – Século XVI – 1578 (4 de Agosto) …1585…
  9. 9. Prof. Celeste Gregório Lopes - Grupo 300 9 ESPAÇO Geográfico – Almada 1. Palácio de D. Manuel de Sousa Coutinho 2. Palácio de D. João de Portugal 3. (Parte baixa do palácio 2.) Capela de Nossa Senhora da Piedade
  10. 10. Prof. Celeste Gregório Lopes - Grupo 300 10 Início Redução progressiva Fim Exposição Conflito Desenlace Relação Tempo / Espaço / Ação
  11. 11. Prof. Celeste Gregório Lopes - Grupo 300 11 Simbolismos – a mensagem Os omina (a presença ostensiva do destino inexorável): - as leituras - os objetos - o espaço - o tempo O sebastianismo - o passado como pretexto para a espera e a inação As personagens - símbolo de um Portugal: …velho – D. João de Portugal …novo – D. Manuel de Sousa Coutinho
  12. 12. Prof. Celeste Gregório Lopes - Grupo 300 12 Síntesee In SILVA, Lília e MAGALHÃES, Olga (2007). Guia de Estudo – Português – 11ºAno. Porto: Porto Editora.

×