SlideShare uma empresa Scribd logo

03-gincana-01-saeb-desvendado.pptx

GINCANA

1 de 63
Baixar para ler offline
1
SaebDesvendado
GINCANA
Orientações
Gerais
- Cada equipe receberá 4 placas, cada uma
delas com uma letra (A,B, C e D);
- Ao comando do (a) professor (a), a equipe
terá até 2 minutos para discutir entre si,
silenciosamente, sobre qual alternativa está
indicando a correta;
- Quando aparecer o slide “Hora de verificar o
gabarito”, a equipe deverá levantar apenas
uma das placas (aquela que julga correta);
- No slide de correção, ganha pontos quem
estiver indicado conforme o gabarito oficial.
Observação: Cada questão corresponde a
um descritor da matriz de referência do Saeb.
VALEND
3
SAEB D3 – Leia o texto e responda à questão.
No trecho “... quando se
fartaram, resolveram matar o
sapo.”, a palavra em destaque
tem o mesmo sentido de:
a) preocuparam.
b) desanimaram.
c) saciaram.
d) zangaram.
01
Horadeverificarogabarito.
Preparemasplacas!
CORREÇÃO
No trecho “... quando se
fartaram, resolveram matar o
sapo.”, a palavra em destaque
tem o mesmo sentido de:
a) preocuparam.
b) desanimaram.
c) saciaram.
d) zangaram.
01
Próximapergunta!
SAEB D5 – Leia o texto abaixo.
O principal tema abordado
na propaganda é:
a) jogos esportivos.
b) preconceito social.
c) intolerância esportiva.
d) igualdade racial.
02
Horadeverificarogabarito.
Preparemasplacas!
O principal tema abordado
na propaganda é:
a) jogos esportivos.
b) preconceito social.
c) intolerância esportiva.
d) igualdade racial.
02
CORREÇÃO
Próximapergunta!
SAEB D8 – Leia o texto e resolva a questão.
O personagem do texto
ficou tremendo porque
a) as dunas eram muito
altas.
b) finalmente conseguiu
falar.
c) o mar é enorme e muito
lindo.
d) estava gaguejando
muito.
03
A função da arte
Diego não conhecia o mar. O pai, Santiago
Kovadloff, levou-o para que descobrisse o
mar. Viajaram para o Sul. Ele, o mar,
estava do outro lado das dunas altas,
esperando. Quando o menino e o pai enfim
alcançaram aquelas alturas de areia,
depois de muito caminhar, o mar estava na
frente de seus olhos. E foi tanta a
imensidão do mar, e tanto fulgor, que o
menino ficou mudo de beleza. E quando
finalmente conseguiu falar, tremendo,
gaguejando, pediu ao pai:
— Me ajuda a olhar!
Horadeverificarogabarito.
Preparemasplacas!
O personagem do texto
ficou tremendo porque
a) as dunas eram muito
altas.
b) finalmente conseguiu
falar.
c) o mar é enorme e muito
lindo.
d) estava gaguejando
muito.
03
CORREÇÃO
A função da arte
Diego não conhecia o mar. O pai, Santiago
Kovadloff, levou-o para que descobrisse o
mar. Viajaram para o Sul. Ele, o mar,
estava do outro lado das dunas altas,
esperando. Quando o menino e o pai enfim
alcançaram aquelas alturas de areia,
depois de muito caminhar, o mar estava na
frente de seus olhos. E foi tanta a
imensidão do mar, e tanto fulgor, que o
menino ficou mudo de beleza. E quando
finalmente conseguiu falar, tremendo,
gaguejando, pediu ao pai:
— Me ajuda a olhar!
Próximapergunta!
SAEB D4 – Leia a tirinha abaixo.
O que o gato pretende fazer
com a vara de pescar?
a) Brincar com o homem.
b) Dar um susto no homem.
c) Chamar seu dono para
pescar.
d) Pegar o peixe do prato.
04
Horadeverificarogabarito.
Preparemasplacas!
O que o gato pretende fazer
com a vara de pescar?
a) Brincar com o homem.
b) Dar um susto no homem.
c) Chamar seu dono para
pescar.
d) Pegar o peixe do prato.
04
CORREÇÃO
Próximapergunta!
SAEB D9 – Leia a tirinha abaixo.
A finalidade do texto é
a) provocar uma crítica.
b) narrar um fato cômico.
c) descrever um
acontecimento.
d) convencer o leitor.
05
Horadeverificarogabarito.
Preparemasplacas!
A finalidade do texto é
a) provocar uma crítica.
b) narrar um fato cômico.
c) descrever um
acontecimento.
d) convencer o leitor.
05
CORREÇÃO
Próximapergunta!
SAEB D14 – Observe a cena abaixo.
Nesta charge, o autor usou
três pontos de exclamação,
na fala do personagem, para
reforçar o sentimento de
a) afobação.
b) preocupação.
c) indignação.
d) tranquilidade.
06
Horadeverificarogabarito.
Preparemasplacas!
Nesta charge, o autor usou
três pontos de exclamação,
na fala do personagem, para
reforçar o sentimento de
a) afobação.
b) preocupação.
c) indignação.
d) tranquilidade.
06
CORREÇÃO
Próximapergunta!
SAEB D2 – Leia o texto.
No trecho “Elas viram brinquedo
dos bichanos.”, palavra “elas”
está substituindo
a) baratas.
b) formigas.
c) geladeiras.
d) iscas.
07
Casa formigueiro
Todas as noites, elas teimam em aparecer.
Já tentei de tudo para acabar com elas:
iscas, dedetização, mas as formigas
continuam firmes e fortes. Até parecem as
baratas do Zé que gostam mesmo de
inseticida. No caso das baratas, eu descobri
o melhor repelente: os gatos. Elas viram
brinquedo dos bichanos. Mas as formigas
são mesmo o nosso problema.
Antes de dormir, olho em cima da pia,
embaixo da geladeira... Mas elas são
espertas. Não dão nem um pio, não
aparecem, fingem que estão todas mortas.
É só apagar a luz que elas atacam, já fiz o
teste.
Horadeverificarogabarito.
Preparemasplacas!
No trecho “Elas viram brinquedo
dos bichanos.”, palavra “elas”
está substituindo
a) baratas.
b) formigas.
c) geladeiras.
d) iscas.
07
Casa formigueiro
Todas as noites, elas teimam em aparecer.
Já tentei de tudo para acabar com elas:
iscas, dedetização, mas as formigas
continuam firmes e fortes. Até parecem as
baratas do Zé que gostam mesmo de
inseticida. No caso das baratas, eu descobri
o melhor repelente: os gatos. Elas viram
brinquedo dos bichanos. Mas as formigas
são mesmo o nosso problema.
Antes de dormir, olho em cima da pia,
embaixo da geladeira... Mas elas são
espertas. Não dão nem um pio, não
aparecem, fingem que estão todas mortas.
É só apagar a luz que elas atacam, já fiz o
teste.
CORREÇÃO
Próximapergunta!
SAEB D6 – Leia o texto e resolva a questão.
O tema do texto é
a) poluição sonora.
b) mobilidade urbana.
c) poluição dos automóveis.
d) trânsito seguro.
08
Horadeverificarogabarito.
Preparemasplacas!
08
CORREÇÃO
O tema do texto é
a) poluição sonora.
b) mobilidade urbana.
c) poluição dos automóveis.
d) trânsito seguro.
Próximapergunta!
SAEB D7 – Leia o texto abaixo.
O conflito gerador que faz com que esta
fábula se desenvolva é
a) a ilusão do cão de ter visto outro cão
com um pedaço de carne maior que o
seu.
b) o lançamento do cão ferozmente
sobre a imagem que imaginava ser outro
cão.
c) o cruzamento de uma ponte sobre um
riacho.
d) a perda da carne levada pela
correnteza.
09
O Cachorro e o seu Reflexo
Um cachorro, que carregava na boca um pedaço de
carne, ao cruzar uma ponte sobre um riacho, de
repente, vê sua imagem refletida na água. Diante
disso, ele logo imagina que se trata de outro
cachorro, com um pedaço de carne maior que o
seu. Ele não pensa duas vezes, deixando cair no
riacho o pedaço que carrega, e ferozmente se
lançando sobre o animal refletido na água. Seu
objetivo é simples, tomar do outro, aquela porção de
carne que julga ter o dobro do tamanho da sua.
Agindo assim, ele acaba perdendo a ambos. Aquele
que tentou pegar na água, por se tratar de um
simples reflexo, e o seu próprio, uma vez que ao
largá-lo nas águas, a correnteza acaba por levar
para longe.
Horadeverificarogabarito.
Preparemasplacas!
O conflito gerador que faz com que esta
fábula se desenvolva é
a) a ilusão do cão de ter visto outro cão
com um pedaço de carne maior que o
seu.
b) o lançamento do cão ferozmente
sobre a imagem que imaginava ser outro
cão.
c) o cruzamento de uma ponte sobre um
riacho.
d) a perda da carne levada pela
correnteza.
09
O Cachorro e o seu Reflexo
Um cachorro, que carregava na boca um pedaço de
carne, ao cruzar uma ponte sobre um riacho, de
repente, vê sua imagem refletida na água. Diante
disso, ele logo imagina que se trata de outro
cachorro, com um pedaço de carne maior que o
seu. Ele não pensa duas vezes, deixando cair no
riacho o pedaço que carrega, e ferozmente se
lançando sobre o animal refletido na água. Seu
objetivo é simples, tomar do outro, aquela porção de
carne que julga ter o dobro do tamanho da sua.
Agindo assim, ele acaba perdendo a ambos. Aquele
que tentou pegar na água, por se tratar de um
simples reflexo, e o seu próprio, uma vez que ao
largá-lo nas águas, a correnteza acaba por levar
para longe.
CORREÇÃO
Próximapergunta!
SAEB D10 – Leia o texto e responda à questão.
O Texto foi escrito para
a) adultos.
b) estudantes.
c) médicos.
d) professores.
10
Quanto pesa sua mochila?
Você já parou para pensar quanto pesa sua
mochila? Então, aproveite e pare na farmácia do
caminho para pesá-la. O material escolar que
todos têm de levar para a escola diariamente
muitas vezes supera os cinco quilos.
Pode ser pouco para um adulto, mas certamente
mais do que muitas crianças poderiam carregar
sem comprometer sua coluna.
Agora, imagine todo esse peso colocado em
cima de suas costas. Ruim, né? E isso sem falar
que você, provavelmente, costuma levar todo o
peso da mochila em um ombro só, o que pode ser
mais prejudicial. A melhor forma de carregar a
mochila é bem apoiada nas costas e presa nos
dois ombros, pelas alças.
Horadeverificarogabarito.
Preparemasplacas!
O Texto foi escrito para
a) adultos.
b) estudantes.
c) médicos.
d) professores.
10
Quanto pesa sua mochila?
Você já parou para pensar quanto pesa sua
mochila? Então, aproveite e pare na farmácia do
caminho para pesá-la. O material escolar que
todos têm de levar para a escola diariamente
muitas vezes supera os cinco quilos.
Pode ser pouco para um adulto, mas certamente
mais do que muitas crianças poderiam carregar
sem comprometer sua coluna.
Agora, imagine todo esse peso colocado em
cima de suas costas. Ruim, né? E isso sem falar
que você, provavelmente, costuma levar todo o
peso da mochila em um ombro só, o que pode ser
mais prejudicial. A melhor forma de carregar a
mochila é bem apoiada nas costas e presa nos
dois ombros, pelas alças.
CORREÇÃO
Próximapergunta!
SAEB D1 – Leia o texto abaixo e responda.
O trecho acima revela que
os alunos do 5º ano
produziram e distribuíram:
a) Rótulo de embalagens.
b) Um folheto informativo.
c) Jornais com notícias .
d) Anúncios de alimentos.
11
“Os alunos do 5º ano
estão fazendo uma
campanha de alimentação
saudável. Eles produziram
e distribuíram um texto
com informações escritas
e desenhadas explicando
os pontos importantes da
campanha”.
Horadeverificarogabarito.
Preparemasplacas!
O trecho acima revela que os
alunos do 5º ano produziram
e distribuíram:
a) Rótulo de embalagens.
b) Um folheto informativo.
c) Jornais com notícias .
d) Anúncios de alimentos.
11
CORREÇÃO
“Os alunos do 5º ano
estão fazendo uma
campanha de alimentação
saudável. Eles produziram
e distribuíram um texto
com informações escritas
e desenhadas explicando
os pontos importantes da
campanha”.
Próximapergunta!
SAEB D13 – Leia o texto a seguir.
No texto, a ironia está no
fato de que as moças
a) se conheciam.
b) se cumprimentaram.
c) falaram ao mesmo tempo.
d) noivaram com o mesmo
rapaz.
12
AS DUAS NOIVAS
O ônibus parou e ela subiu. Ele se encolheu,
separando-se da outra, as mãos enfiadas entre
os joelhos e olhando para o lado – como se
adiantasse, já tinha sido visto. A noiva sorriu,
agradavelmente surpreendida:
Mas que coincidência!
E sentou-se a seu lado. Você ainda não viu nada
– pensou ele, sentindo-se perdido, ali entre as
duas. Queria sumir, evaporar-se no ar. Num
gesto meio vago, que se dirigia tanto a uma como
a outra, fez a apresentação com voz sumida:
—Esta é minha noiva...
—Muito prazer – disseram ambas.
Horadeverificarogabarito.
Preparemasplacas!
No texto, a ironia está no
fato de que as moças
a) se conheciam.
b) se cumprimentaram.
c) falaram ao mesmo tempo.
d) noivaram com o mesmo
rapaz.
12
AS DUAS NOIVAS
O ônibus parou e ela subiu. Ele se encolheu,
separando-se da outra, as mãos enfiadas entre
os joelhos e olhando para o lado – como se
adiantasse, já tinha sido visto. A noiva sorriu,
agradavelmente surpreendida:
Mas que coincidência!
E sentou-se a seu lado. Você ainda não viu nada
– pensou ele, sentindo-se perdido, ali entre as
duas. Queria sumir, evaporar-se no ar. Num
gesto meio vago, que se dirigia tanto a uma como
a outra, fez a apresentação com voz sumida:
—Esta é minha noiva...
—Muito prazer – disseram ambas.
CORREÇÃO
Próximapergunta!
SAEB D15 – Leia o texto a seguir.
Na comparação dos textos acima,
concluímos que o texto 1
a) é um classificado de jornal; o 2 é
um classificado poético.
b) descreve um fusca 1971; o 2
divulga um caminhão moderno.
c) anuncia um cavalo cor de vento; o 2
anuncia um fusca branco.
d) é estruturado em forma de versos;
o 2 apresenta a linguagem objetiva.
13
Horadeverificarogabarito.
Preparemasplacas!
Na comparação dos textos acima,
concluímos que o texto 1
a) é um classificado de jornal; o 2 é
um classificado poético.
b) descreve um fusca 1971; o 2
divulga um caminhão moderno.
c) anuncia um cavalo cor de vento; o 2
anuncia um fusca branco.
d) é estruturado em forma de versos;
o 2 apresenta a linguagem objetiva.
13
CORREÇÃO
Próximapergunta!
SAEB D12 – Leia o texto abaixo.
O trecho desse texto cuja palavra
grifada apresenta ideia de tempo é:
a) “Mas, se ele não tivesse dado o
início...”
b) “... num local mais seguro de
ataques estrangeiros ...”
c) “... quando ainda éramos colônia
de Portugal.”.
d) “... os planos de construção já
estavam em andamento.”.
14
E se... Brasília não tivesse sido construída?
A capital do Brasil seria o Rio de Janeiro, e isso
faria uma grande diferença para a história do país.
Brasília era um projeto antigo: a ideia de construir
uma capital no interior, num local mais seguro de
ataques estrangeiros e que ajudasse a garantir a
integração nacional, já vinha do Marquês de
Pombal, em 1751, quando ainda éramos colônia de
Portugal. Em 1823, o patriarca da Independência,
José Bonifácio, já chamava a futura cidade de
Brasília. Quando Juscelino Kubitschek foi eleito
presidente, os planos de construção já estavam em
andamento. Mas, se ele não tivesse dado o início
às obras, pode ser que a novidade nunca saísse do
papel. [...]
Horadeverificarogabarito.
Preparemasplacas!
14
CORREÇÃO
E se... Brasília não tivesse sido construída?
A capital do Brasil seria o Rio de Janeiro, e isso
faria uma grande diferença para a história do país.
Brasília era um projeto antigo: a ideia de construir
uma capital no interior, num local mais seguro de
ataques estrangeiros e que ajudasse a garantir a
integração nacional, já vinha do Marquês de
Pombal, em 1751, quando ainda éramos colônia de
Portugal. Em 1823, o patriarca da Independência,
José Bonifácio, já chamava a futura cidade de
Brasília. Quando Juscelino Kubitschek foi eleito
presidente, os planos de construção já estavam em
andamento. Mas, se ele não tivesse dado o início
às obras, pode ser que a novidade nunca saísse do
papel. [...]
O trecho desse texto cuja palavra
grifada apresenta ideia de tempo é:
a) “Mas, se ele não tivesse dado o
início...”
b) “... num local mais seguro de
ataques estrangeiros ...”
c) “... quando ainda éramos colônia
de Portugal.”
d) “... os planos de construção já
estavam em andamento.”
Próximapergunta!
SAEB D11 – Leia o texto e responda à questão.
No texto, há uma opinião do narrador
em
a) “Havia uma lâmpada que sempre
iluminava tudo em redor.”
b) “... um dia veio uma rajada de
vento e a sua chama se apagou...”
c) “... ela achava que era mais
poderosa do que o próprio sol...”
d) “Quando alguém veio reacendê-la,
disse...”
15
A LÂMPADA
Havia uma lâmpada que sempre iluminava
tudo em redor. Por isso, ela achava que era
mais poderosa do que o próprio sol. No
entanto, um dia veio uma rajada de vento e a
sua chama se apagou de imediato.
Quando alguém veio reacendê-la, disse:
"Não te gabes, oh lâmpada, que ninguém é
capaz de apagar a luz que vem dos astros".
Moral: Não devemos ficar dominados pelo
orgulho excessivo e esquecer que também
temos fraquezas.
Horadeverificarogabarito.
Preparemasplacas!
No texto, há uma opinião do narrador
em
a) “Havia uma lâmpada que sempre
iluminava tudo em redor.”
b) “... um dia veio uma rajada de
vento e a sua chama se apagou...”
c) “... ela achava que era mais
poderosa do que o próprio sol...”
d) “Quando alguém veio reacendê-la,
disse...”
15
A LÂMPADA
Havia uma lâmpada que sempre iluminava
tudo em redor. Por isso, ela achava que era
mais poderosa do que o próprio sol. No
entanto, um dia veio uma rajada de vento e a
sua chama se apagou de imediato.
Quando alguém veio reacendê-la, disse:
"Não te gabes, oh lâmpada, que ninguém é
capaz de apagar a luz que vem dos astros".
Moral: Não devemos ficar dominados pelo
orgulho excessivo e esquecer que também
temos fraquezas.
CORREÇÃO
Parabéns por
participar!

Recomendados

3º ano aval. diag. port.
3º ano aval. diag. port.3º ano aval. diag. port.
3º ano aval. diag. port.Cida Carvalho
 
atividade para casa 5 ano.pdf
atividade para casa 5 ano.pdfatividade para casa 5 ano.pdf
atividade para casa 5 ano.pdfSirleneMazotti2
 
Prova por-6 ef-tarde
Prova por-6 ef-tardeProva por-6 ef-tarde
Prova por-6 ef-tardeBreno Fostek
 
Simulado com descritores PROEB português 5º ano
Simulado com descritores PROEB português 5º anoSimulado com descritores PROEB português 5º ano
Simulado com descritores PROEB português 5º anoSilvânia Silveira
 
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01Cidinha Paulo
 
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01Nadege Lopes
 

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 03-gincana-01-saeb-desvendado.pptx

Descritores.pdf
Descritores.pdfDescritores.pdf
Descritores.pdfRitaMuniz9
 
Avaliação diagnóstica 6 ano com gabarito
Avaliação diagnóstica 6 ano com gabaritoAvaliação diagnóstica 6 ano com gabarito
Avaliação diagnóstica 6 ano com gabaritoVânia Porto
 
Atividades de recupera o final 7_ ano
Atividades de recupera  o final 7_ anoAtividades de recupera  o final 7_ ano
Atividades de recupera o final 7_ anoE.M.MACHADO DE ASSIS
 
Avaliação diagnóstica portugues 2016
Avaliação diagnóstica portugues 2016Avaliação diagnóstica portugues 2016
Avaliação diagnóstica portugues 2016Nilda Silva
 
1ª p.d 2014 (port. 5º ano)
1ª p.d   2014 (port. 5º ano)1ª p.d   2014 (port. 5º ano)
1ª p.d 2014 (port. 5º ano)Cidinha Paulo
 
1ª p.d 2014 (port. 5º ano)
1ª p.d   2014 (port. 5º ano)1ª p.d   2014 (port. 5º ano)
1ª p.d 2014 (port. 5º ano)Cidinha Paulo
 
5 ano slide.pptx
5 ano slide.pptx5 ano slide.pptx
5 ano slide.pptxFidelMatos1
 
Avaliacao diagnostica lp 7 ef
Avaliacao diagnostica lp 7 efAvaliacao diagnostica lp 7 ef
Avaliacao diagnostica lp 7 efMarcia Oliveira
 
Avaliação bimestral de lingua portuguesa 4º bimestre eliete 2012
Avaliação bimestral  de  lingua portuguesa  4º bimestre eliete 2012Avaliação bimestral  de  lingua portuguesa  4º bimestre eliete 2012
Avaliação bimestral de lingua portuguesa 4º bimestre eliete 2012Eliete Soares E Soares
 
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01Abgail Vital Duarte
 

Semelhante a 03-gincana-01-saeb-desvendado.pptx (20)

Descritores.pdf
Descritores.pdfDescritores.pdf
Descritores.pdf
 
POP IT DESCRITORES.pptx
POP IT DESCRITORES.pptxPOP IT DESCRITORES.pptx
POP IT DESCRITORES.pptx
 
Quiz prova brasil bloco i e ii
Quiz prova brasil bloco i e iiQuiz prova brasil bloco i e ii
Quiz prova brasil bloco i e ii
 
Português 5º ano.fase 2
Português 5º ano.fase 2Português 5º ano.fase 2
Português 5º ano.fase 2
 
Ativ. férias 1º ano
Ativ. férias 1º anoAtiv. férias 1º ano
Ativ. férias 1º ano
 
Avaliação diagnóstica 6 ano com gabarito
Avaliação diagnóstica 6 ano com gabaritoAvaliação diagnóstica 6 ano com gabarito
Avaliação diagnóstica 6 ano com gabarito
 
Simulado spaece 1º ano
Simulado spaece 1º anoSimulado spaece 1º ano
Simulado spaece 1º ano
 
Atividades de recupera o final 7_ ano
Atividades de recupera  o final 7_ anoAtividades de recupera  o final 7_ ano
Atividades de recupera o final 7_ ano
 
2 simulado 5º ano
2 simulado 5º ano2 simulado 5º ano
2 simulado 5º ano
 
Simulado de português 5ºano 2016
Simulado de português 5ºano 2016Simulado de português 5ºano 2016
Simulado de português 5ºano 2016
 
Simul.lp5ºano aluno
Simul.lp5ºano alunoSimul.lp5ºano aluno
Simul.lp5ºano aluno
 
SIMULADO 11_merged.pdf
SIMULADO 11_merged.pdfSIMULADO 11_merged.pdf
SIMULADO 11_merged.pdf
 
Avaliação diagnóstica portugues 2016
Avaliação diagnóstica portugues 2016Avaliação diagnóstica portugues 2016
Avaliação diagnóstica portugues 2016
 
9º ANO
9º ANO9º ANO
9º ANO
 
1ª p.d 2014 (port. 5º ano)
1ª p.d   2014 (port. 5º ano)1ª p.d   2014 (port. 5º ano)
1ª p.d 2014 (port. 5º ano)
 
1ª p.d 2014 (port. 5º ano)
1ª p.d   2014 (port. 5º ano)1ª p.d   2014 (port. 5º ano)
1ª p.d 2014 (port. 5º ano)
 
5 ano slide.pptx
5 ano slide.pptx5 ano slide.pptx
5 ano slide.pptx
 
Avaliacao diagnostica lp 7 ef
Avaliacao diagnostica lp 7 efAvaliacao diagnostica lp 7 ef
Avaliacao diagnostica lp 7 ef
 
Avaliação bimestral de lingua portuguesa 4º bimestre eliete 2012
Avaliação bimestral  de  lingua portuguesa  4º bimestre eliete 2012Avaliação bimestral  de  lingua portuguesa  4º bimestre eliete 2012
Avaliação bimestral de lingua portuguesa 4º bimestre eliete 2012
 
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
 

Mais de CeledirLacerdadeMelo1

07-gincana-04-conexao-de-sentidos.pptx
07-gincana-04-conexao-de-sentidos.pptx07-gincana-04-conexao-de-sentidos.pptx
07-gincana-04-conexao-de-sentidos.pptxCeledirLacerdadeMelo1
 
09-gincana-06-finalidade-dos-textos.pptx
09-gincana-06-finalidade-dos-textos.pptx09-gincana-06-finalidade-dos-textos.pptx
09-gincana-06-finalidade-dos-textos.pptxCeledirLacerdadeMelo1
 
24-gincana-12-quem-sabe-fica-em-pe.pdf
24-gincana-12-quem-sabe-fica-em-pe.pdf24-gincana-12-quem-sabe-fica-em-pe.pdf
24-gincana-12-quem-sabe-fica-em-pe.pdfCeledirLacerdadeMelo1
 
investigacao_e_pesquisa_6o_e_7o_anos.pdf
investigacao_e_pesquisa_6o_e_7o_anos.pdfinvestigacao_e_pesquisa_6o_e_7o_anos.pdf
investigacao_e_pesquisa_6o_e_7o_anos.pdfCeledirLacerdadeMelo1
 
Pos Midias - Mat Imp Gen Text - MIOLO (4).pdf
Pos Midias - Mat Imp Gen Text - MIOLO (4).pdfPos Midias - Mat Imp Gen Text - MIOLO (4).pdf
Pos Midias - Mat Imp Gen Text - MIOLO (4).pdfCeledirLacerdadeMelo1
 

Mais de CeledirLacerdadeMelo1 (6)

07-gincana-04-conexao-de-sentidos.pptx
07-gincana-04-conexao-de-sentidos.pptx07-gincana-04-conexao-de-sentidos.pptx
07-gincana-04-conexao-de-sentidos.pptx
 
09-gincana-06-finalidade-dos-textos.pptx
09-gincana-06-finalidade-dos-textos.pptx09-gincana-06-finalidade-dos-textos.pptx
09-gincana-06-finalidade-dos-textos.pptx
 
24-gincana-12-quem-sabe-fica-em-pe.pdf
24-gincana-12-quem-sabe-fica-em-pe.pdf24-gincana-12-quem-sabe-fica-em-pe.pdf
24-gincana-12-quem-sabe-fica-em-pe.pdf
 
08-gincana-05-generos-textuais.pptx
08-gincana-05-generos-textuais.pptx08-gincana-05-generos-textuais.pptx
08-gincana-05-generos-textuais.pptx
 
investigacao_e_pesquisa_6o_e_7o_anos.pdf
investigacao_e_pesquisa_6o_e_7o_anos.pdfinvestigacao_e_pesquisa_6o_e_7o_anos.pdf
investigacao_e_pesquisa_6o_e_7o_anos.pdf
 
Pos Midias - Mat Imp Gen Text - MIOLO (4).pdf
Pos Midias - Mat Imp Gen Text - MIOLO (4).pdfPos Midias - Mat Imp Gen Text - MIOLO (4).pdf
Pos Midias - Mat Imp Gen Text - MIOLO (4).pdf
 

Último

Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Mary Alvarenga
 
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...Prime Assessoria
 
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...excellenceeducaciona
 
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Prime Assessoria
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da MulherMary Alvarenga
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...excellenceeducaciona
 
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...Prime Assessoria
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIACONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIAHenrique Pontes
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...apoioacademicoead
 
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...excellenceeducaciona
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...apoioacademicoead
 
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptxAndreia Silva
 
1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...
1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...
1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
 
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
 
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
 
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIACONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
 
Namorar não és ser don .
Namorar não és ser don                  .Namorar não és ser don                  .
Namorar não és ser don .
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
 
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
 
1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...
1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...
1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...
 

03-gincana-01-saeb-desvendado.pptx

  • 2. Orientações Gerais - Cada equipe receberá 4 placas, cada uma delas com uma letra (A,B, C e D); - Ao comando do (a) professor (a), a equipe terá até 2 minutos para discutir entre si, silenciosamente, sobre qual alternativa está indicando a correta; - Quando aparecer o slide “Hora de verificar o gabarito”, a equipe deverá levantar apenas uma das placas (aquela que julga correta); - No slide de correção, ganha pontos quem estiver indicado conforme o gabarito oficial. Observação: Cada questão corresponde a um descritor da matriz de referência do Saeb.
  • 4. SAEB D3 – Leia o texto e responda à questão. No trecho “... quando se fartaram, resolveram matar o sapo.”, a palavra em destaque tem o mesmo sentido de: a) preocuparam. b) desanimaram. c) saciaram. d) zangaram. 01
  • 6. CORREÇÃO No trecho “... quando se fartaram, resolveram matar o sapo.”, a palavra em destaque tem o mesmo sentido de: a) preocuparam. b) desanimaram. c) saciaram. d) zangaram. 01
  • 8. SAEB D5 – Leia o texto abaixo. O principal tema abordado na propaganda é: a) jogos esportivos. b) preconceito social. c) intolerância esportiva. d) igualdade racial. 02
  • 10. O principal tema abordado na propaganda é: a) jogos esportivos. b) preconceito social. c) intolerância esportiva. d) igualdade racial. 02 CORREÇÃO
  • 12. SAEB D8 – Leia o texto e resolva a questão. O personagem do texto ficou tremendo porque a) as dunas eram muito altas. b) finalmente conseguiu falar. c) o mar é enorme e muito lindo. d) estava gaguejando muito. 03 A função da arte Diego não conhecia o mar. O pai, Santiago Kovadloff, levou-o para que descobrisse o mar. Viajaram para o Sul. Ele, o mar, estava do outro lado das dunas altas, esperando. Quando o menino e o pai enfim alcançaram aquelas alturas de areia, depois de muito caminhar, o mar estava na frente de seus olhos. E foi tanta a imensidão do mar, e tanto fulgor, que o menino ficou mudo de beleza. E quando finalmente conseguiu falar, tremendo, gaguejando, pediu ao pai: — Me ajuda a olhar!
  • 14. O personagem do texto ficou tremendo porque a) as dunas eram muito altas. b) finalmente conseguiu falar. c) o mar é enorme e muito lindo. d) estava gaguejando muito. 03 CORREÇÃO A função da arte Diego não conhecia o mar. O pai, Santiago Kovadloff, levou-o para que descobrisse o mar. Viajaram para o Sul. Ele, o mar, estava do outro lado das dunas altas, esperando. Quando o menino e o pai enfim alcançaram aquelas alturas de areia, depois de muito caminhar, o mar estava na frente de seus olhos. E foi tanta a imensidão do mar, e tanto fulgor, que o menino ficou mudo de beleza. E quando finalmente conseguiu falar, tremendo, gaguejando, pediu ao pai: — Me ajuda a olhar!
  • 16. SAEB D4 – Leia a tirinha abaixo. O que o gato pretende fazer com a vara de pescar? a) Brincar com o homem. b) Dar um susto no homem. c) Chamar seu dono para pescar. d) Pegar o peixe do prato. 04
  • 18. O que o gato pretende fazer com a vara de pescar? a) Brincar com o homem. b) Dar um susto no homem. c) Chamar seu dono para pescar. d) Pegar o peixe do prato. 04 CORREÇÃO
  • 20. SAEB D9 – Leia a tirinha abaixo. A finalidade do texto é a) provocar uma crítica. b) narrar um fato cômico. c) descrever um acontecimento. d) convencer o leitor. 05
  • 22. A finalidade do texto é a) provocar uma crítica. b) narrar um fato cômico. c) descrever um acontecimento. d) convencer o leitor. 05 CORREÇÃO
  • 24. SAEB D14 – Observe a cena abaixo. Nesta charge, o autor usou três pontos de exclamação, na fala do personagem, para reforçar o sentimento de a) afobação. b) preocupação. c) indignação. d) tranquilidade. 06
  • 26. Nesta charge, o autor usou três pontos de exclamação, na fala do personagem, para reforçar o sentimento de a) afobação. b) preocupação. c) indignação. d) tranquilidade. 06 CORREÇÃO
  • 28. SAEB D2 – Leia o texto. No trecho “Elas viram brinquedo dos bichanos.”, palavra “elas” está substituindo a) baratas. b) formigas. c) geladeiras. d) iscas. 07 Casa formigueiro Todas as noites, elas teimam em aparecer. Já tentei de tudo para acabar com elas: iscas, dedetização, mas as formigas continuam firmes e fortes. Até parecem as baratas do Zé que gostam mesmo de inseticida. No caso das baratas, eu descobri o melhor repelente: os gatos. Elas viram brinquedo dos bichanos. Mas as formigas são mesmo o nosso problema. Antes de dormir, olho em cima da pia, embaixo da geladeira... Mas elas são espertas. Não dão nem um pio, não aparecem, fingem que estão todas mortas. É só apagar a luz que elas atacam, já fiz o teste.
  • 30. No trecho “Elas viram brinquedo dos bichanos.”, palavra “elas” está substituindo a) baratas. b) formigas. c) geladeiras. d) iscas. 07 Casa formigueiro Todas as noites, elas teimam em aparecer. Já tentei de tudo para acabar com elas: iscas, dedetização, mas as formigas continuam firmes e fortes. Até parecem as baratas do Zé que gostam mesmo de inseticida. No caso das baratas, eu descobri o melhor repelente: os gatos. Elas viram brinquedo dos bichanos. Mas as formigas são mesmo o nosso problema. Antes de dormir, olho em cima da pia, embaixo da geladeira... Mas elas são espertas. Não dão nem um pio, não aparecem, fingem que estão todas mortas. É só apagar a luz que elas atacam, já fiz o teste. CORREÇÃO
  • 32. SAEB D6 – Leia o texto e resolva a questão. O tema do texto é a) poluição sonora. b) mobilidade urbana. c) poluição dos automóveis. d) trânsito seguro. 08
  • 34. 08 CORREÇÃO O tema do texto é a) poluição sonora. b) mobilidade urbana. c) poluição dos automóveis. d) trânsito seguro.
  • 36. SAEB D7 – Leia o texto abaixo. O conflito gerador que faz com que esta fábula se desenvolva é a) a ilusão do cão de ter visto outro cão com um pedaço de carne maior que o seu. b) o lançamento do cão ferozmente sobre a imagem que imaginava ser outro cão. c) o cruzamento de uma ponte sobre um riacho. d) a perda da carne levada pela correnteza. 09 O Cachorro e o seu Reflexo Um cachorro, que carregava na boca um pedaço de carne, ao cruzar uma ponte sobre um riacho, de repente, vê sua imagem refletida na água. Diante disso, ele logo imagina que se trata de outro cachorro, com um pedaço de carne maior que o seu. Ele não pensa duas vezes, deixando cair no riacho o pedaço que carrega, e ferozmente se lançando sobre o animal refletido na água. Seu objetivo é simples, tomar do outro, aquela porção de carne que julga ter o dobro do tamanho da sua. Agindo assim, ele acaba perdendo a ambos. Aquele que tentou pegar na água, por se tratar de um simples reflexo, e o seu próprio, uma vez que ao largá-lo nas águas, a correnteza acaba por levar para longe.
  • 38. O conflito gerador que faz com que esta fábula se desenvolva é a) a ilusão do cão de ter visto outro cão com um pedaço de carne maior que o seu. b) o lançamento do cão ferozmente sobre a imagem que imaginava ser outro cão. c) o cruzamento de uma ponte sobre um riacho. d) a perda da carne levada pela correnteza. 09 O Cachorro e o seu Reflexo Um cachorro, que carregava na boca um pedaço de carne, ao cruzar uma ponte sobre um riacho, de repente, vê sua imagem refletida na água. Diante disso, ele logo imagina que se trata de outro cachorro, com um pedaço de carne maior que o seu. Ele não pensa duas vezes, deixando cair no riacho o pedaço que carrega, e ferozmente se lançando sobre o animal refletido na água. Seu objetivo é simples, tomar do outro, aquela porção de carne que julga ter o dobro do tamanho da sua. Agindo assim, ele acaba perdendo a ambos. Aquele que tentou pegar na água, por se tratar de um simples reflexo, e o seu próprio, uma vez que ao largá-lo nas águas, a correnteza acaba por levar para longe. CORREÇÃO
  • 40. SAEB D10 – Leia o texto e responda à questão. O Texto foi escrito para a) adultos. b) estudantes. c) médicos. d) professores. 10 Quanto pesa sua mochila? Você já parou para pensar quanto pesa sua mochila? Então, aproveite e pare na farmácia do caminho para pesá-la. O material escolar que todos têm de levar para a escola diariamente muitas vezes supera os cinco quilos. Pode ser pouco para um adulto, mas certamente mais do que muitas crianças poderiam carregar sem comprometer sua coluna. Agora, imagine todo esse peso colocado em cima de suas costas. Ruim, né? E isso sem falar que você, provavelmente, costuma levar todo o peso da mochila em um ombro só, o que pode ser mais prejudicial. A melhor forma de carregar a mochila é bem apoiada nas costas e presa nos dois ombros, pelas alças.
  • 42. O Texto foi escrito para a) adultos. b) estudantes. c) médicos. d) professores. 10 Quanto pesa sua mochila? Você já parou para pensar quanto pesa sua mochila? Então, aproveite e pare na farmácia do caminho para pesá-la. O material escolar que todos têm de levar para a escola diariamente muitas vezes supera os cinco quilos. Pode ser pouco para um adulto, mas certamente mais do que muitas crianças poderiam carregar sem comprometer sua coluna. Agora, imagine todo esse peso colocado em cima de suas costas. Ruim, né? E isso sem falar que você, provavelmente, costuma levar todo o peso da mochila em um ombro só, o que pode ser mais prejudicial. A melhor forma de carregar a mochila é bem apoiada nas costas e presa nos dois ombros, pelas alças. CORREÇÃO
  • 44. SAEB D1 – Leia o texto abaixo e responda. O trecho acima revela que os alunos do 5º ano produziram e distribuíram: a) Rótulo de embalagens. b) Um folheto informativo. c) Jornais com notícias . d) Anúncios de alimentos. 11 “Os alunos do 5º ano estão fazendo uma campanha de alimentação saudável. Eles produziram e distribuíram um texto com informações escritas e desenhadas explicando os pontos importantes da campanha”.
  • 46. O trecho acima revela que os alunos do 5º ano produziram e distribuíram: a) Rótulo de embalagens. b) Um folheto informativo. c) Jornais com notícias . d) Anúncios de alimentos. 11 CORREÇÃO “Os alunos do 5º ano estão fazendo uma campanha de alimentação saudável. Eles produziram e distribuíram um texto com informações escritas e desenhadas explicando os pontos importantes da campanha”.
  • 48. SAEB D13 – Leia o texto a seguir. No texto, a ironia está no fato de que as moças a) se conheciam. b) se cumprimentaram. c) falaram ao mesmo tempo. d) noivaram com o mesmo rapaz. 12 AS DUAS NOIVAS O ônibus parou e ela subiu. Ele se encolheu, separando-se da outra, as mãos enfiadas entre os joelhos e olhando para o lado – como se adiantasse, já tinha sido visto. A noiva sorriu, agradavelmente surpreendida: Mas que coincidência! E sentou-se a seu lado. Você ainda não viu nada – pensou ele, sentindo-se perdido, ali entre as duas. Queria sumir, evaporar-se no ar. Num gesto meio vago, que se dirigia tanto a uma como a outra, fez a apresentação com voz sumida: —Esta é minha noiva... —Muito prazer – disseram ambas.
  • 50. No texto, a ironia está no fato de que as moças a) se conheciam. b) se cumprimentaram. c) falaram ao mesmo tempo. d) noivaram com o mesmo rapaz. 12 AS DUAS NOIVAS O ônibus parou e ela subiu. Ele se encolheu, separando-se da outra, as mãos enfiadas entre os joelhos e olhando para o lado – como se adiantasse, já tinha sido visto. A noiva sorriu, agradavelmente surpreendida: Mas que coincidência! E sentou-se a seu lado. Você ainda não viu nada – pensou ele, sentindo-se perdido, ali entre as duas. Queria sumir, evaporar-se no ar. Num gesto meio vago, que se dirigia tanto a uma como a outra, fez a apresentação com voz sumida: —Esta é minha noiva... —Muito prazer – disseram ambas. CORREÇÃO
  • 52. SAEB D15 – Leia o texto a seguir. Na comparação dos textos acima, concluímos que o texto 1 a) é um classificado de jornal; o 2 é um classificado poético. b) descreve um fusca 1971; o 2 divulga um caminhão moderno. c) anuncia um cavalo cor de vento; o 2 anuncia um fusca branco. d) é estruturado em forma de versos; o 2 apresenta a linguagem objetiva. 13
  • 54. Na comparação dos textos acima, concluímos que o texto 1 a) é um classificado de jornal; o 2 é um classificado poético. b) descreve um fusca 1971; o 2 divulga um caminhão moderno. c) anuncia um cavalo cor de vento; o 2 anuncia um fusca branco. d) é estruturado em forma de versos; o 2 apresenta a linguagem objetiva. 13 CORREÇÃO
  • 56. SAEB D12 – Leia o texto abaixo. O trecho desse texto cuja palavra grifada apresenta ideia de tempo é: a) “Mas, se ele não tivesse dado o início...” b) “... num local mais seguro de ataques estrangeiros ...” c) “... quando ainda éramos colônia de Portugal.”. d) “... os planos de construção já estavam em andamento.”. 14 E se... Brasília não tivesse sido construída? A capital do Brasil seria o Rio de Janeiro, e isso faria uma grande diferença para a história do país. Brasília era um projeto antigo: a ideia de construir uma capital no interior, num local mais seguro de ataques estrangeiros e que ajudasse a garantir a integração nacional, já vinha do Marquês de Pombal, em 1751, quando ainda éramos colônia de Portugal. Em 1823, o patriarca da Independência, José Bonifácio, já chamava a futura cidade de Brasília. Quando Juscelino Kubitschek foi eleito presidente, os planos de construção já estavam em andamento. Mas, se ele não tivesse dado o início às obras, pode ser que a novidade nunca saísse do papel. [...]
  • 58. 14 CORREÇÃO E se... Brasília não tivesse sido construída? A capital do Brasil seria o Rio de Janeiro, e isso faria uma grande diferença para a história do país. Brasília era um projeto antigo: a ideia de construir uma capital no interior, num local mais seguro de ataques estrangeiros e que ajudasse a garantir a integração nacional, já vinha do Marquês de Pombal, em 1751, quando ainda éramos colônia de Portugal. Em 1823, o patriarca da Independência, José Bonifácio, já chamava a futura cidade de Brasília. Quando Juscelino Kubitschek foi eleito presidente, os planos de construção já estavam em andamento. Mas, se ele não tivesse dado o início às obras, pode ser que a novidade nunca saísse do papel. [...] O trecho desse texto cuja palavra grifada apresenta ideia de tempo é: a) “Mas, se ele não tivesse dado o início...” b) “... num local mais seguro de ataques estrangeiros ...” c) “... quando ainda éramos colônia de Portugal.” d) “... os planos de construção já estavam em andamento.”
  • 60. SAEB D11 – Leia o texto e responda à questão. No texto, há uma opinião do narrador em a) “Havia uma lâmpada que sempre iluminava tudo em redor.” b) “... um dia veio uma rajada de vento e a sua chama se apagou...” c) “... ela achava que era mais poderosa do que o próprio sol...” d) “Quando alguém veio reacendê-la, disse...” 15 A LÂMPADA Havia uma lâmpada que sempre iluminava tudo em redor. Por isso, ela achava que era mais poderosa do que o próprio sol. No entanto, um dia veio uma rajada de vento e a sua chama se apagou de imediato. Quando alguém veio reacendê-la, disse: "Não te gabes, oh lâmpada, que ninguém é capaz de apagar a luz que vem dos astros". Moral: Não devemos ficar dominados pelo orgulho excessivo e esquecer que também temos fraquezas.
  • 62. No texto, há uma opinião do narrador em a) “Havia uma lâmpada que sempre iluminava tudo em redor.” b) “... um dia veio uma rajada de vento e a sua chama se apagou...” c) “... ela achava que era mais poderosa do que o próprio sol...” d) “Quando alguém veio reacendê-la, disse...” 15 A LÂMPADA Havia uma lâmpada que sempre iluminava tudo em redor. Por isso, ela achava que era mais poderosa do que o próprio sol. No entanto, um dia veio uma rajada de vento e a sua chama se apagou de imediato. Quando alguém veio reacendê-la, disse: "Não te gabes, oh lâmpada, que ninguém é capaz de apagar a luz que vem dos astros". Moral: Não devemos ficar dominados pelo orgulho excessivo e esquecer que também temos fraquezas. CORREÇÃO