SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 26
PANTANAL
TÓPICOS
• O Pantanal
• Fauna Pantaneira
• Flora Pantaneira
• Paisagens do Pantanal
• Clima
• Relevo
• Hidrografia
• Atividades Econômicas
O PANTANAL
O bioma Pantanal é a maior planície inundável do mundo.
Com uma área de cerca de 250 mil Km², o Pantanal estende-
se pela Bolívia, Paraguai e Brasil, sendo aproximadamente
62% no Brasil, nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do
Sul. Inserido na parte central da bacia hidrográfica do Alto
Paraguai, o Pantanal é influenciado pelo rio Paraguai e por
seus vários afluentes que alagam a região formando extensas
áreas alagadiças.
LOCALIZAÇÃO
FAUNA PANTANEIRA
A grande variedade do ecossistema brasileiro é responsável
pela elevada diversidade de plantas o que resulta também
numa grande variedade de animais. A fauna do Pantanal é
riquíssima em aves, mamíferos, peixes e insetos, algumas
espécies estão na lista de extinção como a ariranha, a arara
azul e o jabuti do cerrado e outras são raras. Entretanto
algumas como a capivara e o jacaré possuem uma grande
população.
Ariranha
Onça Pintada
Tuiuiú
FLORA PANTANEIRA
O Pantanal tem uma flora muito rica que é formada por
plantas vindas do Cerrado, da Amazônia (camalote e
Vitória régia), do Chaco e dos campos sul americanos, raras
são as exclusivas da região. A vegetação é variada
principalmente por causa da inundação e do solo. Durante
a seca que coincide com o inverno, os campos se tornam
amarelados. A vegetação do Pantanal não é homogênea e a
flora pode se diferenciar de acordo com a altitude.
Ipê
Angico
Carandá
PAISAGENS DO PANTANAL
• BAÍAS: lagoas temporárias ou permanentes de tamanho
variado, podendo apresentar muitas espécies de plantas
aquáticas emergentes, submersas, ou flutuantes.
• CORDILHEIRA: pequenas faixas de terreno não
inundável, com 1 a 3 metros acima do relevo adjacente,
com vegetação de cerrado, cerradão ou mata.
• CAMBRAZAL: mata inundável de cambará (Vochysia
divergens), árvore amazônica.
• CAMPOS: áreas inundáveis, com predominância de
gramíneas. É a formação vegetal mais importante do
Pantanal. Eventualmente são confundidos como um
resultado do desmatamento.
• CAPÃO: mancha de vegetação arbórea, de cerrado,
cerradão ou mata, formando verdadeiras ilhas nos
campos.
• CARANDAZAL: campos inundáveis e capões com
dominância de carandá (Copernicia alba), uma
palmeira do Chaco, com folhas em forma de leque,
parente da carnaúba do Nordeste, e com madeira
utilizada para cercas e construções.
• CORIXO: curso d´água de fluxo estacional, com calha
definida (leito abandonado de rio), geralmente com
mata ciliar.
• PARATUDAL: campo com árvores de paratudo
(Tabebuia aurea), que é um dos ipês-amarelos.
• SALINAS: distintas, são lagoas de água salobra, sem
cobertura de plantas aquáticas, mas com grande
densidade de algas - o que confere uma cor esverdeada à
água.
• VAZANTE: curso d´água temporário, amplo, sem calha
definida; no período seco geralmente é coberta por
gramíneas.
Refúgio Ecológico Caiman
Aquidauana - MS
CLIMA DO PANTANAL
• As estações de chuva e seca são bem definidas. O volume de
chuvas no verão é muito maior do que no inverno. Portanto, o
verão é uma estação chuvosa no Pantanal, enquanto a inverno é
seco.
• De abril a setembro (época mais seca do ano) as temperaturas
ficam amenas (calor fraco) durante o dia. Quando o Sol se põem
as temperaturas caem tornando as noites frias.
• De outubro a março (período mais quente e úmido do ano) as
temperaturas ficam elevadas e as chuvas fortes são frequentes.
• O índice pluviométrico do Pantanal é de 1.110 mm por ano.
• O clima é quente praticamente todo o ano, sendo que a
temperatura média anual é de 24ºC. No verão a temperatura
média é de 33ºC, enquanto no inverno fica em torno de 16º.
• A umidade relativa do ar fica em torno de 50% no inverno e
75% no verão.
• Na região do Pantanal, por estar situada na área central do
continente, não há maritimidade (influência da umidade
proveniente do mar). Porém, as massas de ar frias,
provenientes do Polo Sul, chegam ao Pantanal no inverno,
derrubando drasticamente a temperatura.
RELEVO
• A planície é o tipo de relevo predominante no Pantanal.
Quando a planície está alagada, no meio das águas podem ser
vistas elevações arenosas, com até seis metros de altura. Estas
elevações são conhecidas como cordilheiras.
• Cercando a planície existem alguns terrenos mais altos, como
chapadas, serras e maciços. O mais famoso maciço é o de
Urucum, em Mato Grosso.
Urucum
Corumbá - MS
HIDROGRAFIA
• Maior planície alagável do mundo: calcula-se que cerca de 180
milhões de litros de água entram na planície pantaneira por dia.
• As enchentes ocorrem nos meses de chuva. Nessa época o volume
dos rios que cortam a região aumenta. Com isso, as planícies
pantaneiras, que tem baixo declive, ou seja, são pouco inclinadas,
retém as águas que por elas passam. Como o solo das planícies é
pouco permeável, ele não consegue absorver todo o volume de
água, que acaba por inundar grandes áreas. E assim são
formadas lagoas, baías, pântanos e brejos que permanecem
ligados através dos cursos dos rios.
• Destacam-se como importantes rios da região o Cuiabá, o
São Lourenço, o Itiquira, o Correntes, o Aquidauana e o
Paraguai. Todos eles fazem parte da bacia hidrográfica do
Rio da Prata, que engloba grande parte do sudoeste
brasileiro.
MAPA DA HIDROGRAFIA
Rio Paraguai
Nascente: Mato Grosso
Foz: Rio Paraná
R
ATIVIDADES ECONÔMICAS
• Uma das principais atividades econômicas do Pantanal é a
pecuária. Nas regiões de planícies, cobertas por formação vegetal
de gramíneas (alimentação para o gado), estão estabelecidas
diversas fazendas de gado. Há também a atividade da pesca, uma
vez que é grande a quantidade de rios e de peixes na região
pantaneira.
• O turismo também tem se desenvolvido muito na região. Atraídos
pelas belezas do Pantanal, turistas brasileiros e estrangeiros tem
comparecido cada vez mais, gerando renda e empregos no
Pantanal. A região é muito bem servida em hotéis, pousadas e
outros serviços turísticos.
FIM !
Apresentado por : Ceber, Jeniffer, Mariana Roberti,
Juliano, Pedro e Thayene
Turma : 305

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Bioma da Caatinga - Completo
Bioma da Caatinga - CompletoBioma da Caatinga - Completo
Bioma da Caatinga - Completo
Bruno Djvan Ramos Barbosa
 
Brasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticosBrasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticos
Professor
 

Mais procurados (20)

Bioma: Cerrado
Bioma: CerradoBioma: Cerrado
Bioma: Cerrado
 
Nordeste
NordesteNordeste
Nordeste
 
Pantanal
PantanalPantanal
Pantanal
 
Mata dos Cocais
Mata dos CocaisMata dos Cocais
Mata dos Cocais
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
 
Bioma da Caatinga - Completo
Bioma da Caatinga - CompletoBioma da Caatinga - Completo
Bioma da Caatinga - Completo
 
Relevo
RelevoRelevo
Relevo
 
Slide Bioma Pampa
Slide Bioma PampaSlide Bioma Pampa
Slide Bioma Pampa
 
Brasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticosBrasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticos
 
Apresentação amazônia
Apresentação   amazôniaApresentação   amazônia
Apresentação amazônia
 
BIOMA: MATA ATLÂNTICA
BIOMA: MATA ATLÂNTICA BIOMA: MATA ATLÂNTICA
BIOMA: MATA ATLÂNTICA
 
Bioma Pantanal- T.EM31.pptx
Bioma Pantanal-  T.EM31.pptxBioma Pantanal-  T.EM31.pptx
Bioma Pantanal- T.EM31.pptx
 
Hidrografia do brasil
Hidrografia do brasilHidrografia do brasil
Hidrografia do brasil
 
Biomas do mundo
Biomas do mundoBiomas do mundo
Biomas do mundo
 
7º ano unidade 5 - Região Norte
7º ano   unidade 5 - Região Norte7º ano   unidade 5 - Região Norte
7º ano unidade 5 - Região Norte
 
PANTANAL
PANTANALPANTANAL
PANTANAL
 
Biomas Brasileiros
Biomas Brasileiros Biomas Brasileiros
Biomas Brasileiros
 
Região centro oeste
Região centro oesteRegião centro oeste
Região centro oeste
 
Bacias hidrográficas do Brasil
Bacias hidrográficas do BrasilBacias hidrográficas do Brasil
Bacias hidrográficas do Brasil
 
Problemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanosProblemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanos
 

Semelhante a APRESENTAÇÃO SOBRE O BIOMA PANTANAL

Aula dominios morfoclimaticos_do_brasil_16-05-2012_parte3
Aula dominios morfoclimaticos_do_brasil_16-05-2012_parte3Aula dominios morfoclimaticos_do_brasil_16-05-2012_parte3
Aula dominios morfoclimaticos_do_brasil_16-05-2012_parte3
Antonio Pessoa
 

Semelhante a APRESENTAÇÃO SOBRE O BIOMA PANTANAL (20)

Pantana L
Pantana LPantana L
Pantana L
 
Pantanal
PantanalPantanal
Pantanal
 
Pantanal 4.4
Pantanal 4.4Pantanal 4.4
Pantanal 4.4
 
Bacia do Parnaíba
Bacia do ParnaíbaBacia do Parnaíba
Bacia do Parnaíba
 
DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS BRASILEIROS - ENEM.pptx
DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS BRASILEIROS - ENEM.pptxDOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS BRASILEIROS - ENEM.pptx
DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS BRASILEIROS - ENEM.pptx
 
Aula dominios morfoclimaticos_do_brasil_16-05-2012_parte3
Aula dominios morfoclimaticos_do_brasil_16-05-2012_parte3Aula dominios morfoclimaticos_do_brasil_16-05-2012_parte3
Aula dominios morfoclimaticos_do_brasil_16-05-2012_parte3
 
Pantanal
Pantanal Pantanal
Pantanal
 
Bioma Pantanal - AO USAR COMO FONTE POR FAVOR CITAR NAS REFERÊNCIAS
Bioma Pantanal - AO USAR COMO FONTE POR FAVOR CITAR NAS REFERÊNCIASBioma Pantanal - AO USAR COMO FONTE POR FAVOR CITAR NAS REFERÊNCIAS
Bioma Pantanal - AO USAR COMO FONTE POR FAVOR CITAR NAS REFERÊNCIAS
 
Trabalho de (geografia) pantanal
Trabalho de (geografia) pantanalTrabalho de (geografia) pantanal
Trabalho de (geografia) pantanal
 
Regiao do pantanal_caderno_geoambiental
Regiao do pantanal_caderno_geoambientalRegiao do pantanal_caderno_geoambiental
Regiao do pantanal_caderno_geoambiental
 
Araucária
AraucáriaAraucária
Araucária
 
Hidrografia do brasil
Hidrografia do brasilHidrografia do brasil
Hidrografia do brasil
 
A Bacia Amazônica
 A Bacia Amazônica A Bacia Amazônica
A Bacia Amazônica
 
Bacias_hidrograficas. Água no mundo. Tipos de drenagens;
Bacias_hidrograficas. Água no mundo. Tipos de drenagens;Bacias_hidrograficas. Água no mundo. Tipos de drenagens;
Bacias_hidrograficas. Água no mundo. Tipos de drenagens;
 
Biodiversidade Biomas Brasileiros
Biodiversidade Biomas BrasileirosBiodiversidade Biomas Brasileiros
Biodiversidade Biomas Brasileiros
 
Aula 4: Bacias Hidrográficas Brasileiras
Aula 4: Bacias Hidrográficas Brasileiras  Aula 4: Bacias Hidrográficas Brasileiras
Aula 4: Bacias Hidrográficas Brasileiras
 
AULA APOSTILA 1 2A.ppt
AULA APOSTILA 1 2A.pptAULA APOSTILA 1 2A.ppt
AULA APOSTILA 1 2A.ppt
 
2 ano medio 2 bimestre modulo 38 a 40 2013
2 ano medio 2 bimestre modulo 38 a 40 20132 ano medio 2 bimestre modulo 38 a 40 2013
2 ano medio 2 bimestre modulo 38 a 40 2013
 
UE5 - 6S - EF - Biomas Brasilieros
UE5 - 6S - EF - Biomas BrasilierosUE5 - 6S - EF - Biomas Brasilieros
UE5 - 6S - EF - Biomas Brasilieros
 
UE5 - EF - 6º série - A Natureza do Território Brasileiro
UE5 - EF - 6º série - A Natureza do Território BrasileiroUE5 - EF - 6º série - A Natureza do Território Brasileiro
UE5 - EF - 6º série - A Natureza do Território Brasileiro
 

APRESENTAÇÃO SOBRE O BIOMA PANTANAL

  • 2. TÓPICOS • O Pantanal • Fauna Pantaneira • Flora Pantaneira • Paisagens do Pantanal • Clima • Relevo • Hidrografia • Atividades Econômicas
  • 3. O PANTANAL O bioma Pantanal é a maior planície inundável do mundo. Com uma área de cerca de 250 mil Km², o Pantanal estende- se pela Bolívia, Paraguai e Brasil, sendo aproximadamente 62% no Brasil, nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Inserido na parte central da bacia hidrográfica do Alto Paraguai, o Pantanal é influenciado pelo rio Paraguai e por seus vários afluentes que alagam a região formando extensas áreas alagadiças.
  • 5. FAUNA PANTANEIRA A grande variedade do ecossistema brasileiro é responsável pela elevada diversidade de plantas o que resulta também numa grande variedade de animais. A fauna do Pantanal é riquíssima em aves, mamíferos, peixes e insetos, algumas espécies estão na lista de extinção como a ariranha, a arara azul e o jabuti do cerrado e outras são raras. Entretanto algumas como a capivara e o jacaré possuem uma grande população.
  • 9. FLORA PANTANEIRA O Pantanal tem uma flora muito rica que é formada por plantas vindas do Cerrado, da Amazônia (camalote e Vitória régia), do Chaco e dos campos sul americanos, raras são as exclusivas da região. A vegetação é variada principalmente por causa da inundação e do solo. Durante a seca que coincide com o inverno, os campos se tornam amarelados. A vegetação do Pantanal não é homogênea e a flora pode se diferenciar de acordo com a altitude.
  • 10. Ipê
  • 13. PAISAGENS DO PANTANAL • BAÍAS: lagoas temporárias ou permanentes de tamanho variado, podendo apresentar muitas espécies de plantas aquáticas emergentes, submersas, ou flutuantes. • CORDILHEIRA: pequenas faixas de terreno não inundável, com 1 a 3 metros acima do relevo adjacente, com vegetação de cerrado, cerradão ou mata. • CAMBRAZAL: mata inundável de cambará (Vochysia divergens), árvore amazônica.
  • 14. • CAMPOS: áreas inundáveis, com predominância de gramíneas. É a formação vegetal mais importante do Pantanal. Eventualmente são confundidos como um resultado do desmatamento. • CAPÃO: mancha de vegetação arbórea, de cerrado, cerradão ou mata, formando verdadeiras ilhas nos campos. • CARANDAZAL: campos inundáveis e capões com dominância de carandá (Copernicia alba), uma palmeira do Chaco, com folhas em forma de leque, parente da carnaúba do Nordeste, e com madeira utilizada para cercas e construções.
  • 15. • CORIXO: curso d´água de fluxo estacional, com calha definida (leito abandonado de rio), geralmente com mata ciliar. • PARATUDAL: campo com árvores de paratudo (Tabebuia aurea), que é um dos ipês-amarelos. • SALINAS: distintas, são lagoas de água salobra, sem cobertura de plantas aquáticas, mas com grande densidade de algas - o que confere uma cor esverdeada à água. • VAZANTE: curso d´água temporário, amplo, sem calha definida; no período seco geralmente é coberta por gramíneas.
  • 17. CLIMA DO PANTANAL • As estações de chuva e seca são bem definidas. O volume de chuvas no verão é muito maior do que no inverno. Portanto, o verão é uma estação chuvosa no Pantanal, enquanto a inverno é seco. • De abril a setembro (época mais seca do ano) as temperaturas ficam amenas (calor fraco) durante o dia. Quando o Sol se põem as temperaturas caem tornando as noites frias. • De outubro a março (período mais quente e úmido do ano) as temperaturas ficam elevadas e as chuvas fortes são frequentes. • O índice pluviométrico do Pantanal é de 1.110 mm por ano.
  • 18. • O clima é quente praticamente todo o ano, sendo que a temperatura média anual é de 24ºC. No verão a temperatura média é de 33ºC, enquanto no inverno fica em torno de 16º. • A umidade relativa do ar fica em torno de 50% no inverno e 75% no verão. • Na região do Pantanal, por estar situada na área central do continente, não há maritimidade (influência da umidade proveniente do mar). Porém, as massas de ar frias, provenientes do Polo Sul, chegam ao Pantanal no inverno, derrubando drasticamente a temperatura.
  • 19. RELEVO • A planície é o tipo de relevo predominante no Pantanal. Quando a planície está alagada, no meio das águas podem ser vistas elevações arenosas, com até seis metros de altura. Estas elevações são conhecidas como cordilheiras. • Cercando a planície existem alguns terrenos mais altos, como chapadas, serras e maciços. O mais famoso maciço é o de Urucum, em Mato Grosso.
  • 21. HIDROGRAFIA • Maior planície alagável do mundo: calcula-se que cerca de 180 milhões de litros de água entram na planície pantaneira por dia. • As enchentes ocorrem nos meses de chuva. Nessa época o volume dos rios que cortam a região aumenta. Com isso, as planícies pantaneiras, que tem baixo declive, ou seja, são pouco inclinadas, retém as águas que por elas passam. Como o solo das planícies é pouco permeável, ele não consegue absorver todo o volume de água, que acaba por inundar grandes áreas. E assim são formadas lagoas, baías, pântanos e brejos que permanecem ligados através dos cursos dos rios.
  • 22. • Destacam-se como importantes rios da região o Cuiabá, o São Lourenço, o Itiquira, o Correntes, o Aquidauana e o Paraguai. Todos eles fazem parte da bacia hidrográfica do Rio da Prata, que engloba grande parte do sudoeste brasileiro.
  • 24. Rio Paraguai Nascente: Mato Grosso Foz: Rio Paraná R
  • 25. ATIVIDADES ECONÔMICAS • Uma das principais atividades econômicas do Pantanal é a pecuária. Nas regiões de planícies, cobertas por formação vegetal de gramíneas (alimentação para o gado), estão estabelecidas diversas fazendas de gado. Há também a atividade da pesca, uma vez que é grande a quantidade de rios e de peixes na região pantaneira. • O turismo também tem se desenvolvido muito na região. Atraídos pelas belezas do Pantanal, turistas brasileiros e estrangeiros tem comparecido cada vez mais, gerando renda e empregos no Pantanal. A região é muito bem servida em hotéis, pousadas e outros serviços turísticos.
  • 26. FIM ! Apresentado por : Ceber, Jeniffer, Mariana Roberti, Juliano, Pedro e Thayene Turma : 305