Fermento de amor (Consagração Secular)

456 visualizações

Publicada em

Fermento de amor (Consagração Secular)

Publicada em: Espiritual
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Fermento de amor (Consagração Secular)

  1. 1. Fermento de Amor Ano da Vida Consagrada
  2. 2. Desde o dia 30 de novembro a Igreja Católica celebra o Ano da Vida Consagrada, convocado pelo Papa Francisco, que vai até dia 2 de fevereiro de 2016. A iniciativa decorre nos 50 anos da publicação do decreto do Concílio Vaticano II sobre a Vida Consagrada, ‘Perfectae caritatis’, e foi explicada aos religiosos de todo o mundo pelo próprio Papa, através de uma carta apostólica publicada no dia 28 de novembro passado. “A Vida Consagrada não é muito falada. Nós falamos com crianças e elas não sabem o que é, quando na realidade a consagração é uma presença fundamental para a Igreja”, refere o padre Miguel Ribeiro, missionário espiritano de 37 anos, religioso desde 2006, numa entrevista à Agência Ecclesia. O Papa Francisco propôs que a Igreja Católica vivesse um tempo, até 2 de fevereiro de 2016, em que a ação dos consagrados, religiosos e leigos consagrados, estivesse no centro, dando testemunho, “com diferentes carismas e espiritualidades”, de um trabalho realizado em prol de “uma sociedade mais justa e fraterna”. Leiga consagrada, pelo Instituto Secular das Cooperadoras da Família, Elisabete Puga reconhece que o serviço realizado por pessoas que “mantêm a sua profissão e estão inseridas na sociedade, vivendo os conselhos evangélicos de pobreza, castidade e obediência” causa estranheza. Rosário Virgílio, presidente da CNISP (Conferência Nacional dos Institutos Seculares de Portugal), deseja que este ano “contribua para um maior conhecimento desta vocação”, a secularidade consagrada, e que se “deixe de identificar vida consagrada com a vida religiosa”.
  3. 3. Nessa linha dedicamos este espaço a essa vocação específica, a de uma leiga ou leigo consagrado, num Instituto Secular específico, uma vez que este tipo de vocação ainda não é conhecida na nossa sociedade. Aqueles que estão no mundo, mas não são do mundo...
  4. 4. Ilustrações © Maria Rosa Guerrini

×