Teatro Paixão - Partilha do texto utilizado

3.476 visualizações

Publicada em

Teatro Paixão - Partilha do texto utilizado

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Teatro Paixão - Partilha do texto utilizado

  1. 1. Teatro 2013 Semana SantaCENA IN: O povo de Israel vivia uma situação difícil. Os romanos eram poderosos edominavam o país. O povo lembrava com saudades do tempo em que tinham reis.Deus tinha prometido ao povo de Israel um salvador e eles esperavam que osalvador fosse um rei grande, poderoso, que iria expulsar os romanos de Israel efortalecer o povo contra todos os inimigos.N: As lembranças dos tempos de Davi eram fortes no povo. Foi na época de Davique o povo de Israel teve sua identidade definida conquistou a sua terra e liberdade.N: O povo viu os milagres de Jesus, que era descendente de Davi e começou aachar que ele era o salvador esperado.N: Ao aproximar-se a festa da Páscoa, Jesus foi a Jerusalém. Ele como todo opovo judeu comemorava nesta festa a libertação do povo que vivia como escravono Egito, libertados por Moisés e a aliança feita no monte Sinai, quando Deus deuao povo Os dez Mandamentos.N: Ao chegar a Jerusalém, o povo que já ouvira falar muito de Jesus, sai as ruaspara aclamá-lo, como nos conta o evangelista Mt (21, 80).Dança das crianças do Vinde Pequeninos com os ramos e panos para ser o tapeteCanto Hosana filho de Davi. Entra Jesus e no final do canto, passa pelo tapete esai.Cena IICadeiras, mesa, jarro e bacia. Na cadeira de Jesus a toalha.N: Antes da festa da Páscoa, Jesus já sabia que tinha chegado sua hora. A hora depassar deste mundo para o Pai (Jo 13, 1) e pede aos apóstolos que preparem umasala para que juntos comemorem a Páscoa.A comemoração da Páscoa era feita com uma ceia, para recordar aquela ceia rápidaque o povo de Moisés fizeram antes de sair do Egito.
  2. 2. Entra Jesus .Duas pessoas vão entregando a Jesus os alimentos.N: O cordeiro recorda que Deus, no Egito, passou diante das casas dos hebreus,poupando as suas famílias, cujas portas estavam marcadas com o sangue docordeiro.O pão ázimo, isto é, pão sem fermento, é comido porque a partida repentina doEgito não permitiu a preparação do pão com fermento.As verduras amargas recordavam a amargura da escravidão no Egito e erammolhadas em água e vinagre.O vinho também era servido na ceia.Cena IIIN. Jesus recebeu com carinho seus apóstolos.Conforme a apresentação os apóstolos cumprimentam Jesus e sentam-se a mesa.N. André era discípulo de João Batista e foi o primeiro a reconhecer Jesus como osalvador e a segui-lo.Simão muito querido de Jesus recebeu o nome (apelido) de Pedro Simão e Andréque eram irmãos e pescadores no mar da Galiléia.João, o discípulo amado, foi o único dos apóstolos a ficar com Jesus na hora da suamorte.Tiago, era sócio de Pedro nos barcos de pesca.Felipe foi convidado por Jesus para juntar-se ao grupo a caminho da Galileia.Felipe chamou Natanael que duvidou de que algo de bom poderia vir de Nazaré.Ficou conhecido como Bartolomeu.Outro escolhido foi Mateus, um cobrador de impostos, malvisto por causa da suaprofissão.
  3. 3. Também se juntou a eles Simão do partido dos Zelotes, gente revolucionária quequeria resolver pela luta armada os problemas da Palestina.Judas Iscariotes que era o tesoureiro do grupo.Havia também outro Tiago, que ás vezes a bíblia chama de irmão de Jesus, porquesua mãe era parente de Maria. Também o calado Tadeu e o desconfiado Tomé, que custou a acreditar naressurreição de Jesus.Cena IVJesus vai fazendo o que sugere a narrativa.N: Estando todos à mesa, Jesus tira o manto, pega uma toalha e amarra na cintura.Coloca água na bacia e começa a lavar os pés dos discípulos, enxugando com atoalha que tinha na cintura.os discípulos se olham não entendendo o que se passa.N: quando vai lavar o de Pedro ele não deixa.Pedro.- Senhor tu vais lavar meus pés?Jesus- Você agora não sabe o que estou fazendo, ficará sabendo mais tarde.Pedro- Tu não vais lavar meus pés nunca.Jesus- Se eu não lavar seus pés, você não terá parte comigo...Pedro- Senhor, então podes lavar não só os meus pés, mais até as mãos e a cabeça.Música sobre lava-pés 1. Jesus erguendo-se da ceia Vossos pés hoje lavei Jarro e bacia tomou /: Lavai os pés uns dos outros Lavou os pés dos discípulos Eis a lição que vos dei.:/ Este exemplo nos deixou Aos pés de Pedro inclinou-se 3. Eis como irão reconhecer-vos Ò Mestre, não por quem és? Como discípulos meus /: Não terás parte comigo Se vos ameis uns aos outros Se não lavar os teus pés.:/ Disse Jesus para os seus 2. És o Senhor, tu és o Mestre Dou-vos novo mandamento Os meus pés não lavarás Deixo ao partir nova lei O que ora faço não sabes /: Que vos ameis uns aos outros Mas depois compreenderás Se eu vosso Mestre e Senhor Assim como eu vos amei.:/
  4. 4. N. Depois de lavar os pés dos discípulos, Jesus veste o manto e pergunta:Jesus- Vocês compreenderam o que eu acabei de fazer? Eu lhes dei um exemplo,vocês devem fazer a mesma coisa que eu fiz. Eu garanto a vocês: o servo não émaior do que o seu senhor, nem o mensageiro é maior do que aquele que o enviou.Desejei muito comer com vocês esta ceia Pascal, antes de sofrer.N: Jesus pega o pão e agradeceJesus- Tomem isso e comam ...Isto é o meu corpo que é dado por vocês.Parte o pão e dá aos discípulos que seguram e não comemN: A seguir toma o cálice com vinho mostra aos discípulos.Jesus Este cálice é a nova aliança em meu sangue que é derrubado em favor devós. Fazei isso em memória de mim.- Musica sobre a eucaristia, passa-se o cálice por todos.Jesus- Eu conheço aqueles que escolhi, mas é preciso que se cumpra o que estáescrito nas escrituras. Aquele que come o pão comigo é o primeiro a me trair!N. Desconcertados os discípulos olham uns para os outros, pois não sabiam dequem Jesus falava.Jesus olha para Judas e falaJesus- O que você pretende fazer faça logo.Judas levanta e sai (Jo, 13,27)Jesus- Filhinhos, vou ficar com vocês só mais um pouco, para onde vou vocês nãopodem ir. Eu dou para vocês um novo mandamento: amem uns aos outros, assimcomo eu vos amei.Pedro: senhor para onde vais?Jesus: Para onde vou você não poderá seguir-me( todos ficam triste)Jesus: Não fique perturbando o coração de vocês, acreditem em Deus e em Mim.
  5. 5. Eu deixo para vocês a paz, eu lhes dou a minha paz, não fiquem com medo, vamossair.N: Jesus o mais inocente dos homens, assumiu inteiramente a condição humana etambém o sofrimento.Foi traído por Judas, preso e condenado a morte de cruz. Contemplemos a Paixãode Cristo fazendo o percurso da via sacra ,desde o tribunal de Pilatos até oCalvário.Após cada anuncio das estações inclinemos as nossas cabeças.fariseus, dr da lei, sacerdotePilatos,2 Soldados e JesusN2: 1ª estação: Jesus é condenado à morteN1: inclinemos as nossas cabeças.Nós vos adoramos, ó Cristo, e vos bendizemos.Todas as catequistas : Porque pela vossa santa cruz remistes o mundo.N2:as autoridades religiosas judaicas, dr da lei, os fariseus e os sacerdotesreuniram-se e decidiram condenar Jesus porque se apresentava como filho de Deus.N1:Prenderam Jesus no horto das Oliveiras e depois o julgaram e O levaram diantedo imperador romano, Poncio Pilatos.N2: Poncio Pilatos, primeiro duvida, mas depois condena Jesus à morte de cruz.Sai o dr da lei, os fariseus e os sacerdotes, Pilatos.Permanece Jesus e 2 soldadosTerceiro soldado entrega a cruz na beira do palco, um soldado coloca a coroa deespinhos.Soldados andam atrás de Jesus e batem nele.N2: 2ª Estação Jesus carrega a sua cruz
  6. 6. N1:: Nós vos adoramos, ó Cristo, e vos bendizemos.Todos catequistas: Porque pela vossa santa cruz remistes o mundo.N2: Jesus recebe sobre seus ombros a cruz e se dirige ao monte Calvário ouGólgota, onde será crucificado.N1: a morte na cruz era um castigo muito cruel reservado aos ladrões e aos que selevantavam contra o poder romano.L :3ª estação Jesus cai pela primeira vezN1:Nós vos adoramos, ó Cristo, e vos bendizemos.Todos: Porque pela vossa santa cruz remistes o mundo.N2: Jesus caminha cansado e abatido sob o peso da cruz. Seu corpo está coberto desangue, suas forças esmorecem, e ele cai.N1:Com chicotes, os soldados o forçam a se levantar e continuar o caminho para oCalvário.Maria, mulheres que choram Gr 1N2: 4ª Estação Jesus se encontra com sua mãeN1:Nós vos adoramos, ó Cristo, e vos bendizemos.Todas catequistas : Porque pela vossa santa cruz remistes o mundo.N2: Mãe e filho se encontram e se abraçam em meio à dor. Eles tudo partilham, atéa cruz, até o fim.N1:As mulheres que seguiam Jesus também estão presentes neste momento dedor.Podemos contar sempre com Maria, ela é o caminho seguro para chegar a Jesus.Maria e as mulheres andam atrás de Jesus.Simão de CireneN2: 5ª Estação Simão ajuda Jesus a carregar a sua cruzN1:Nós vos adoramos, ó Cristo, e vos bendizemos.
  7. 7. Todos Catequistas : Porque pela vossa santa cruz remistes o mundo.N2: Enquanto levavam Jesus para ser crucificado, Simão de Cirene, que voltava docampo, foi obrigado a carregar a cruz para que Jesus não desfalecesse pelocaminho, pois tinha de permanecer vivo até a crucifixão.Permanecem todas as personagens em cena.Verônica com o tecido.L: 6ª Estação Verônica enxuga o rosto de JesusN1:Nós vos adoramos, ó Cristo, e vos bendizemos.Todos catequistas : Porque pela vossa santa cruz remistes o mundo.N2: Uma mulher que assistia à passagem de Jesus se comove ao ver a cena e decidelimpar a face do condenado tingida de sangue. M: No pano usado por Verônicaficou gravado o rosto de Jesus.Canto Verônica- AlineL: 7ª Estação Jesus cai pela segunda vezN1:Nós vos adoramos, ó Cristo, e vos bendizemos.Todos catequistas : Porque pela vossa santa cruz remistes o mundo.N2: Jesus sabia do fim que o esperava. Seu espírito estava preparado, mas seucorpo estava esgotado e abatido.N1:Por isso, caminhava com dificuldade e pela segunda vez cai sob a cruz.As 3 mulheres se aproximam chorando ( 2º grupo)N2: 8ª Estação Jesus consola as mulheres de JerusalémN1: Nós vos adoramos, ó Cristo, e vos bendizemos.Todos catequistas: Porque pela vossa santa cruz remistes o mundo.
  8. 8. N2: Já estavam próximos do monte Calvário. Jesus, abatido pela dor e vendo suasforças esgotadas, ainda tem ânimo para consolar as mulheres que, chorando,lamentavam o sofrimento dele.Jesus: Filhas de Jerusalém, não choreis por mim. Chorais antes por vós mesmas epor vossos filhos.Mulheres se juntam ao grupo que segue Jesus.Um dos soldados oferece cuia p/ Jesus.L: 9ª Estação Jesus cai pela terceira vezN1:Nós vos adoramos, ó Cristo, e vos bendizemos.Todos os catequistas: Porque pela vossa santa cruz remistes o mundo.N2: Jesus já não suporta o cansaço e a dor, por isso cai pela terceira vez sob o pesoda cruz.N1:Quiseram dar-lhe vinho misturado com fel para aliviar a dor, mas ele não quisbeber.Sai todas as mulheres e Simão.Permanece Jesus e os guardasL:10ª Estação Jesus é despojado de suas vestesN1:Nós vos adoramos, ó Cristo, e vos bendizemos.Todos: Porque pela vossa santa cruz remistes o mundo.N2: Os soldados tomaram as roupas de Jesus e fizeram um sorteio, para ver a parteque cabia a cada um.N1:Assim se cumpre a profecia: “Repartiram entre si minhas vestes e lançaramsorte sobre a minha túnica”.Soldados tiram par ou impar,um fica com a túnica e outro com o manto.Se 2 soldados e retornam com os dois ladrões com as cruzes.
  9. 9. N2: 11ª estação: Jesus é pregado na cruzN1: Nós vos adoramos, ó Cristo, e vos bendizemos.Todos: Porque pela vossa santa cruz remistes o mundo.N2: Jesus é crucificado. São cravados pregos de ferro que lhe rasgam a carne,dilacerando mãos e pés.N1: A cruz é erguida, Jesus fica suspenso entre o céu e a terra. Agora é o fim, eleestá definitivamente condenado.Fumaça e raios.Maria , João e as mulheres. N2: 12ª Estação: Jesus morre na cruzN1:Nós vos adoramos, ó Cristo, e vos bendizemos.Todos: Porque pela vossa santa cruz remistes o mundo.N2: Junto a cruz estão algumas mulheres Maria e João o discípulo que Jesusamava. Jesus diz a Maria e João:Jesus: Mulher, eis aí teu filho. Filho, eis aí a tua mãe.N1:Depois de longa agonia, Jesus lança seu último grito do alto da cruz:Jesus: “Pai, em tuas mãos entrego o meu espírito”.N1:Em seguida, inclinou a cabeça e entregou o espírito a Deus.Fumaça/ diminui a iluminação.MulheresJosé de Arimatéia com tecidoN2: 13ª Estação: Jesus é descido da cruz
  10. 10. N1:Nós vos adoramos, ó Cristo, e vos bendizemos.Todos: Porque pela vossa santa cruz remistes o mundo.N2: Às vésperas do sábado, José de Arimateia foi a Pilatos e pediu o corpo deJesus.N1:José comprou um lençol de linho desceu o corpo da cruz e o enrolou no lençol.Maria, sua mãe, recebeu-o em seus braços.Mais fumaça e raiosSoldados tiram os ladrões, Maria fica com Jesus no colo. Os demais aoredor.N2: 14ª Jesus é sepultadoN1:Nós vos adoramos, ó Cristo, e vos bendizemos.Todos: Porque pela vossa santa cruz remistes o mundo.N2: Depois de envolvê-lo num lençol, José de Arimateia colocou o corpo de Jesusnum túmulo escavado na rocha, onde ninguém ainda tinha sido sepultado, e rolouuma grande pedra para fechar a entrada do túmulo.Todos pegam Jesus e saem./ fumaçaMaria e as mulheres com flores.N2: 15ª Estação. A ressurreição de JesusN1:Nós vos adoramos, ó Cristo, e vos bendizemos.Todos: Porque pela vossa santa cruz remistes o mundo.N2: No Domingo de madrugada, as mulheres foram ao túmulo e viram que estavavazio.N1:Dois homens com vestes claras e brilhantes lhes perguntaram:F: “Por que procuram entre os mortos quem está vivo? Ele não está aqui,ressuscitou”.
  11. 11. Mulheres se alegram/ ascendem às luzes. N1:Senhor Jesus, terminamos o percurso da via-sacra, onde meditamos e rezamossobre as principais dificuldades que enfrentastes no caminho até o Calvário.N2: Sobre vossa cruz resplandece a luz da esperança, que não nos permite voltaratrás.N1:A vossa cruz se torne para nós sinal de vitória. Ajudai-nos a abraçá-la comamor para que possamos vislumbrar o brilho da vossa ressurreição. Vós que viveise reinais para sempre.Todos: Amém.dança. Ressuscitou Católica Shalom Novo dia surgiu O Senhor nosso Deus e o povo que andava nas trevas viu que merece o louvor, todo nosso amor uma intensa luz, teu clarão É o Rei que venceu, ao Cordeiro tua glória... a resplandecer, a vitória, o poder, honra e glória (2x) Novo povo a trilhar Ressuscitou, ressuscitou um caminho aberto por tuas mãos Um só povo, um só corpo, um só canto pra Teu louvor Obra nova enfim Tua Igreja, tua esposa celebrar o Teu amor já podemos ver, nova criação Soberano, Majestoso, Glorioso, Vencedor Somos nós este povo alcançado por tua luz fruto da tua obra na cruz Todos juntos, povo em festa (Refrão) num banquete que não findará. Dulcileyhttp://www.cot.org.br/igreja/via-sacra.php

×