SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
Discriminação negativa
O tema escolhido foi a Discriminação negativa, por ser uma situação ainda
decorrente na nossa vida social. São visíveis os inúmeros tipos de discriminação
(racial, económica, religiosa, sexual e de género).
Procuramos desenvolver este tema pelo mais fundo da questão. Passamos
agora à descrição de cada ponto do nosso trabalho.
Discriminar é o ato de distinguir ou diferenciar. Nestes casos a tendencia é
para que alguém seja excluido de um determinado grupo de convivio social.
Geralmente estas pessoas não são aceites pelos restantes membros do grupo. São
atacadas e renegadas.
Este tipo de comportamento é habitualmente motivado por preconceitos
relacionados com o género, orientação sexual, o tipo de fé, a raça ou a etnia.
As vitimas que possuem caracteristicas diferentes da generalidade são
consideradas inferiores.
A discriminação pode ser direta ou indireta. A discriminação direta foca-se na
violencia fisica, enquanto que a violencia indireta se centra mais na agressão verbal
como ameaças ou insultos.
No caso da discriminação racial ou como é mais conhecido, o racismo, o
individuo é diferenciado por motivos biológicos. Estas diferenças levam a que estes
sejam colocados de parte por não corresponderem aos padrões e estereotipos da
sociedade. Esta exclusão traz naturais consequencias negativas para quem as sofre
como o acesso reduzido a oportunidades , menos cuidados de saúde, rendimentos
mais baixos, infimas oportunidades de emprego e claro, a exclusão social.
O rendimento pessoal de cada um é também motivo de discriminação. Este
tipo de discriminação consiste na valorização dos individuos tendo como ponto de
referencia o rendimento ou a sua posição nas classes sociais. Esta exclusão é
geralmente feita por quem valoriza a aparencia acima de tudo. Os individuos com
rendimentos mais baixos acabam por ser excluidos dos grupos sociais e acabam por
ter um acesso reduzido a bens, serviços e conhecimentos socialmente revelantes.
Outro tipo de discriminaçaõ é a religiosa. As vitimas veem a sua religião ser
desacreditada por individuos com outras crenças.
Como foi mencionado, uma determinada crença é desacreditada, isto é, inferiorizada
por individuos com outra crença. Isto leva a situações graves como perseguições ,
espancamentos, torturas e acima de tudo, a negação da liberdade.
A orientação sexual representa também um tipo de discriminação. Neste
caso, as pessoas com uma orientação que não a mais comum, são colocadas de
parte pela sociedade..Esta situação leva a que as vitimas não se assumam como
homosexuais por terem medo da humilhação.
Esta discriminação pode atingir niveis extremos como é o caso da
homofobia. Este termo representa o odio, o medo e o desprezo para com os
homosexuais.
Esta discriminação traz consequencias em varios aspetos da vida das vitimas tanto
a nivel social, como profissional, religioso e juridico
Tal como o racismo, também a discriminação de género se foca em
diferenças biológicas. Neste caso, pela diferença no sexo.
Esta discriminação também conhecida como sexismo defende que existe um
género superior, mais competente e importante que o outro.
Na maior parte dos casos, a vitima é a mulher. É vista como o sexo mais
fraco, ou seja, inferior ao homem. Este fenómeno está bastante ligado aos
estereotipos como por exemplo : o homem é melhor condutor que a mulher, os
trabalhos com maior necessidade fisica tem de ser feitos pelo homem, a mulher tem
como função as tarefas domésticas ea criação dos filhos, etc.
A violencia domestica é também comum no que toca a diferenciação por
géneros e a vitima pode ser tanto o homem como a mulher. Este tipo de violencia
pode surgir sob a forma de ameaças, agressões tanto fisicas como psicológicas,
abusos sexuais e assédio moral ou sexual.
Todos tem os mesmos direitos e todos tem os mesmos deveres.
Trabalho realizado por:
- Catarina Bordonhos nº4
- Eduardo Dinis nº8

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Discriminação
 Discriminação Discriminação
Discriminaçãokikatitic
 
1 globalização
1 globalização1 globalização
1 globalizaçãomanuela3016
 
Discriminação Sexual
Discriminação SexualDiscriminação Sexual
Discriminação SexualAndrea Sousa
 
Violência No Desporto
Violência No DesportoViolência No Desporto
Violência No DesportoSNM
 
A Construção do Social
A Construção do SocialA Construção do Social
A Construção do SocialJorge Barbosa
 
A Discriminação de Género
A Discriminação de GéneroA Discriminação de Género
A Discriminação de GéneroESAG
 
Power point estereótipos, preconceitos e discriminação.
Power point   estereótipos, preconceitos e discriminação.Power point   estereótipos, preconceitos e discriminação.
Power point estereótipos, preconceitos e discriminação.Vitor Manuel de Carvalho
 
Exemplos de discriminacao
Exemplos de discriminacaoExemplos de discriminacao
Exemplos de discriminacaoniize
 
Socialização e cultura - SOCIOLOGIA 12º ANO
Socialização e cultura - SOCIOLOGIA 12º ANOSocialização e cultura - SOCIOLOGIA 12º ANO
Socialização e cultura - SOCIOLOGIA 12º ANODrew Mello
 
Estereótipos, preconceitos e discriminação
Estereótipos, preconceitos e discriminaçãoEstereótipos, preconceitos e discriminação
Estereótipos, preconceitos e discriminaçãomafertoval
 
Sílabas Métricas
Sílabas MétricasSílabas Métricas
Sílabas Métricas713773
 
A Dopagem e os riscos de vida e saúde
A Dopagem e os riscos de vida e saúdeA Dopagem e os riscos de vida e saúde
A Dopagem e os riscos de vida e saúdeDiogo Silva
 
Orgulho e Preconceito de Jane Austen
Orgulho e Preconceito de Jane AustenOrgulho e Preconceito de Jane Austen
Orgulho e Preconceito de Jane AustenRita Silva
 
resumo 12º ano economia c 1º período
resumo 12º ano economia c 1º períodoresumo 12º ano economia c 1º período
resumo 12º ano economia c 1º períodoLia Treacy
 
Resumo economia c 2º periodo
Resumo economia c 2º periodoResumo economia c 2º periodo
Resumo economia c 2º periodoLia Treacy
 
Racismo e Discriminação
Racismo e DiscriminaçãoRacismo e Discriminação
Racismo e DiscriminaçãoGrupo3003
 
Fernando Pessoa - Fingimento Artístico/Poético
Fernando Pessoa - Fingimento Artístico/PoéticoFernando Pessoa - Fingimento Artístico/Poético
Fernando Pessoa - Fingimento Artístico/PoéticoAlexandra Canané
 

Mais procurados (20)

Discriminação
 Discriminação Discriminação
Discriminação
 
1 globalização
1 globalização1 globalização
1 globalização
 
Discriminação Sexual
Discriminação SexualDiscriminação Sexual
Discriminação Sexual
 
Violência No Desporto
Violência No DesportoViolência No Desporto
Violência No Desporto
 
A Construção do Social
A Construção do SocialA Construção do Social
A Construção do Social
 
A Discriminação de Género
A Discriminação de GéneroA Discriminação de Género
A Discriminação de Género
 
Power point estereótipos, preconceitos e discriminação.
Power point   estereótipos, preconceitos e discriminação.Power point   estereótipos, preconceitos e discriminação.
Power point estereótipos, preconceitos e discriminação.
 
Exemplos de discriminacao
Exemplos de discriminacaoExemplos de discriminacao
Exemplos de discriminacao
 
Socialização e cultura - SOCIOLOGIA 12º ANO
Socialização e cultura - SOCIOLOGIA 12º ANOSocialização e cultura - SOCIOLOGIA 12º ANO
Socialização e cultura - SOCIOLOGIA 12º ANO
 
Estereótipos, preconceitos e discriminação
Estereótipos, preconceitos e discriminaçãoEstereótipos, preconceitos e discriminação
Estereótipos, preconceitos e discriminação
 
Sílabas Métricas
Sílabas MétricasSílabas Métricas
Sílabas Métricas
 
A Dopagem e os riscos de vida e saúde
A Dopagem e os riscos de vida e saúdeA Dopagem e os riscos de vida e saúde
A Dopagem e os riscos de vida e saúde
 
Orgulho e Preconceito de Jane Austen
Orgulho e Preconceito de Jane AustenOrgulho e Preconceito de Jane Austen
Orgulho e Preconceito de Jane Austen
 
resumo 12º ano economia c 1º período
resumo 12º ano economia c 1º períodoresumo 12º ano economia c 1º período
resumo 12º ano economia c 1º período
 
Discriminação
DiscriminaçãoDiscriminação
Discriminação
 
Resumo economia c 2º periodo
Resumo economia c 2º periodoResumo economia c 2º periodo
Resumo economia c 2º periodo
 
Racismo e Discriminação
Racismo e DiscriminaçãoRacismo e Discriminação
Racismo e Discriminação
 
Pobreza
PobrezaPobreza
Pobreza
 
Fernando Pessoa - Fingimento Artístico/Poético
Fernando Pessoa - Fingimento Artístico/PoéticoFernando Pessoa - Fingimento Artístico/Poético
Fernando Pessoa - Fingimento Artístico/Poético
 
Doping
DopingDoping
Doping
 

Semelhante a Discriminação negativa: tipos e consequências

Preconceitos diante a Sociedade
Preconceitos diante a SociedadePreconceitos diante a Sociedade
Preconceitos diante a SociedadeSamara Luz
 
Trabalho Final de Economia C - A Discriminação Sexual
Trabalho Final de Economia C - A Discriminação SexualTrabalho Final de Economia C - A Discriminação Sexual
Trabalho Final de Economia C - A Discriminação Sexualafmm12g
 
Dignidade E Diversidade Sexual Humana
Dignidade E Diversidade Sexual HumanaDignidade E Diversidade Sexual Humana
Dignidade E Diversidade Sexual HumanaTarcio Oliveira
 
Pt recruit module 2 _ strategies to change mentalities - online
Pt recruit module 2 _ strategies to change mentalities - onlinePt recruit module 2 _ strategies to change mentalities - online
Pt recruit module 2 _ strategies to change mentalities - onlinecaniceconsulting
 
Discriminaçao trabalho
Discriminaçao trabalhoDiscriminaçao trabalho
Discriminaçao trabalhoGoncas Gonças
 
Isolamento Social
Isolamento SocialIsolamento Social
Isolamento Socialguest3bc9a9
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Aula 04 Adolescentes I Bullying um problema social I EBD 2017
Aula 04  Adolescentes I Bullying um problema social I EBD 2017 Aula 04  Adolescentes I Bullying um problema social I EBD 2017
Aula 04 Adolescentes I Bullying um problema social I EBD 2017 Denis de Pereira
 
Trabalho Final de Economia C - A Discriminação Sexual
Trabalho Final de Economia C - A Discriminação SexualTrabalho Final de Economia C - A Discriminação Sexual
Trabalho Final de Economia C - A Discriminação Sexualafmm12g
 
A intolerancia na sociadade actual
A intolerancia na sociadade actualA intolerancia na sociadade actual
A intolerancia na sociadade actualJoana Soares
 
Discriminação, por quê?
Discriminação, por quê?Discriminação, por quê?
Discriminação, por quê?André Terra
 
Direitos humanos capa[1][1]
Direitos humanos capa[1][1]Direitos humanos capa[1][1]
Direitos humanos capa[1][1]SofiasLoboKinnon
 
Racismo
RacismoRacismo
RacismoMiroko
 

Semelhante a Discriminação negativa: tipos e consequências (20)

O preconceito
O preconceitoO preconceito
O preconceito
 
Questões sociais
Questões sociaisQuestões sociais
Questões sociais
 
Preconceitos diante a Sociedade
Preconceitos diante a SociedadePreconceitos diante a Sociedade
Preconceitos diante a Sociedade
 
Trabalho Final de Economia C - A Discriminação Sexual
Trabalho Final de Economia C - A Discriminação SexualTrabalho Final de Economia C - A Discriminação Sexual
Trabalho Final de Economia C - A Discriminação Sexual
 
Preconceito
PreconceitoPreconceito
Preconceito
 
Dignidade E Diversidade Sexual Humana
Dignidade E Diversidade Sexual HumanaDignidade E Diversidade Sexual Humana
Dignidade E Diversidade Sexual Humana
 
Pt recruit module 2 _ strategies to change mentalities - online
Pt recruit module 2 _ strategies to change mentalities - onlinePt recruit module 2 _ strategies to change mentalities - online
Pt recruit module 2 _ strategies to change mentalities - online
 
Discriminaçao trabalho
Discriminaçao trabalhoDiscriminaçao trabalho
Discriminaçao trabalho
 
Isolamento Social
Isolamento SocialIsolamento Social
Isolamento Social
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Trabalho racismo
Trabalho racismoTrabalho racismo
Trabalho racismo
 
Aula 04 Adolescentes I Bullying um problema social I EBD 2017
Aula 04  Adolescentes I Bullying um problema social I EBD 2017 Aula 04  Adolescentes I Bullying um problema social I EBD 2017
Aula 04 Adolescentes I Bullying um problema social I EBD 2017
 
Trabalho Final de Economia C - A Discriminação Sexual
Trabalho Final de Economia C - A Discriminação SexualTrabalho Final de Economia C - A Discriminação Sexual
Trabalho Final de Economia C - A Discriminação Sexual
 
Quebrando o tabu
Quebrando o tabuQuebrando o tabu
Quebrando o tabu
 
A intolerancia na sociadade actual
A intolerancia na sociadade actualA intolerancia na sociadade actual
A intolerancia na sociadade actual
 
O que é etica
O que é eticaO que é etica
O que é etica
 
Discriminação, por quê?
Discriminação, por quê?Discriminação, por quê?
Discriminação, por quê?
 
Direitos humanos capa[1][1]
Direitos humanos capa[1][1]Direitos humanos capa[1][1]
Direitos humanos capa[1][1]
 
Racismo
RacismoRacismo
Racismo
 
Racismo
RacismoRacismo
Racismo
 

Último

Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadodanieligomes4
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 

Último (20)

Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 

Discriminação negativa: tipos e consequências

  • 1. Discriminação negativa O tema escolhido foi a Discriminação negativa, por ser uma situação ainda decorrente na nossa vida social. São visíveis os inúmeros tipos de discriminação (racial, económica, religiosa, sexual e de género). Procuramos desenvolver este tema pelo mais fundo da questão. Passamos agora à descrição de cada ponto do nosso trabalho. Discriminar é o ato de distinguir ou diferenciar. Nestes casos a tendencia é para que alguém seja excluido de um determinado grupo de convivio social. Geralmente estas pessoas não são aceites pelos restantes membros do grupo. São atacadas e renegadas. Este tipo de comportamento é habitualmente motivado por preconceitos relacionados com o género, orientação sexual, o tipo de fé, a raça ou a etnia. As vitimas que possuem caracteristicas diferentes da generalidade são consideradas inferiores. A discriminação pode ser direta ou indireta. A discriminação direta foca-se na violencia fisica, enquanto que a violencia indireta se centra mais na agressão verbal como ameaças ou insultos. No caso da discriminação racial ou como é mais conhecido, o racismo, o individuo é diferenciado por motivos biológicos. Estas diferenças levam a que estes sejam colocados de parte por não corresponderem aos padrões e estereotipos da sociedade. Esta exclusão traz naturais consequencias negativas para quem as sofre como o acesso reduzido a oportunidades , menos cuidados de saúde, rendimentos mais baixos, infimas oportunidades de emprego e claro, a exclusão social. O rendimento pessoal de cada um é também motivo de discriminação. Este tipo de discriminação consiste na valorização dos individuos tendo como ponto de referencia o rendimento ou a sua posição nas classes sociais. Esta exclusão é geralmente feita por quem valoriza a aparencia acima de tudo. Os individuos com rendimentos mais baixos acabam por ser excluidos dos grupos sociais e acabam por ter um acesso reduzido a bens, serviços e conhecimentos socialmente revelantes. Outro tipo de discriminaçaõ é a religiosa. As vitimas veem a sua religião ser desacreditada por individuos com outras crenças. Como foi mencionado, uma determinada crença é desacreditada, isto é, inferiorizada por individuos com outra crença. Isto leva a situações graves como perseguições , espancamentos, torturas e acima de tudo, a negação da liberdade. A orientação sexual representa também um tipo de discriminação. Neste caso, as pessoas com uma orientação que não a mais comum, são colocadas de parte pela sociedade..Esta situação leva a que as vitimas não se assumam como homosexuais por terem medo da humilhação. Esta discriminação pode atingir niveis extremos como é o caso da homofobia. Este termo representa o odio, o medo e o desprezo para com os homosexuais. Esta discriminação traz consequencias em varios aspetos da vida das vitimas tanto a nivel social, como profissional, religioso e juridico Tal como o racismo, também a discriminação de género se foca em diferenças biológicas. Neste caso, pela diferença no sexo.
  • 2. Esta discriminação também conhecida como sexismo defende que existe um género superior, mais competente e importante que o outro. Na maior parte dos casos, a vitima é a mulher. É vista como o sexo mais fraco, ou seja, inferior ao homem. Este fenómeno está bastante ligado aos estereotipos como por exemplo : o homem é melhor condutor que a mulher, os trabalhos com maior necessidade fisica tem de ser feitos pelo homem, a mulher tem como função as tarefas domésticas ea criação dos filhos, etc. A violencia domestica é também comum no que toca a diferenciação por géneros e a vitima pode ser tanto o homem como a mulher. Este tipo de violencia pode surgir sob a forma de ameaças, agressões tanto fisicas como psicológicas, abusos sexuais e assédio moral ou sexual. Todos tem os mesmos direitos e todos tem os mesmos deveres. Trabalho realizado por: - Catarina Bordonhos nº4 - Eduardo Dinis nº8