SlideShare uma empresa Scribd logo
FRACIONAMENTO DA PRÁTICA
OU
PRÁTICA DO TODO E PRÁTICA
DAS PARTES
Objetivos da aula
Desenvolver no aluno a capacidade de:
1. Definir prática do todo e prática pelas
partes
2. Escolher a prática do todo ou pelas partes
de acordo com os conceitos de
complexidade e organização
3. Compreender os tipos de fracionamento
4. Saber quais habilidades podem ou não ser
fracionadas aplicar a transferência de
aprendizagem positiva
PRÁTICA DO TODO E POR PARTES
PRÁTICA DO TODO
EXECUTAR TENTATIVAS EM SEQUÊNCIA
DA HABILIDADE COMO UM TODO
EX: ABCDEF ABCDEF ABCDEF ABCDEF
PRÁTICA POR PARTES
EXECUTAR TENTATIVAS EM SEQUÊNCIA
DE PARTES DA HABILIDADE
EX: AAAA BBBB CCCC DDDD EEEE FFFF
PRÁTICA DO TODO E POR PARTES
ARGUMENTOS FAVORÁVEIS
PRÁTICA DO TODO
MELHOR PERCEPÇÃO DO TIMING DOS
COMPONENTES DA HABILIDADE
PRÁTICA DAS PARTES
REDUÇÃO DA COMPLEXIDADE DA HABILIDADE
FOCO DA ATENÇÃO EM ASPECTOS
ESPECÍFICOS DA HABILIDADE
COMO ESCOLHER: TODO X PARTES
NATUREZA DA HABILIDADE MOTORA
COMPONENTES ISOLADOS?
INTERAÇÃO ENTRE OS COMPONENTES?
AMBOS?
EX: CORTADA/ATAQUE DO VOLEIBOL: POSIÇÃO
DE EXPECTATIVA, PASSADAS, “CHAMADA”,
SALTO, GOLPE NA BOLA, FINALIZAÇÃO E
ATERRISSAGEM
COMO ESCOLHER: TODO X PARTES
COM BASE EM 2 CONCEITOS DE
NAYLOR & BRIGGS (1963):
COMPLEXIDADE - NÚMERO DE COMPONENTES
DA HABILIDADE MOTORA
ORGANIZAÇÃO - INTERAÇÃO ENTRE OS
COMPONENTES DA HABILIDADE MOTORA
COMPLEXIDADE
ALTA COMPLEXIDADE: MUITOS COMPONENTES
EXEMPLOS: ROTINAS DE GINÁSTICA/NADO
ARTÍSTICOS, CORTADA DO VOLEIBOL
BAIXA COMPLEXIDADE: POUCOS COMPONENTES
EXEMPLOS: SAQUE POR BAIXO, PRESSIONAR
UMA TECLA, ARREMESSAR UM DARDO DE SALÃO
ORGANIZAÇÃO
ALTA ORGANIZAÇÃO: RELAÇÃO DE
DEPENDÊNCIA ENTRE OS COMPONENTES
EXEMPLOS: SAQUE DO TÊNIS, BANDEJA DO
BASQUETEBOL
BAIXA ORGANIZAÇÃO: RELAÇÃO DE
INDEPENDÊNCIA ENTRE OS COMPONENTES
EXEMPLOS: ROTINAS DE DANÇA, ESCRITA COM
LETRA DE FORMA
DIAGRAMA DE SINGER
+ ORGANIZAÇÃO
- +
-
PARTES
COMPLEXIDADE
TODO TODO/PARTES
±
±
Singer (1980)
TIPOS DE FRACIONAMENTO
SEGMENTAÇÃO (PRÁTICA PURA DAS PARTES)
AAAA BBBB CCCC DDDD
ADIÇÃO (PRÁTICA POR PARTES
PROGRESSIVAS)
AA A-B A-B A-B A-B-C A-B-C A-B-C A-B-C-D A-B-C-D
COMBINAÇÃO
AA BB A-B A-B CC A-B-C A-B-C DD A-B-C-D A-B-C-D
SIMPLIFICAÇÃO
ALTERAR ALGUMA CARACTERÍSTICA DO
AMBIENTE PARA FACILITAR O DESEMPENHO
ESTUDO DE PUBLIO & TANI (1993)
EXPERIMENTO 1 – CRIANÇAS INEXPERIENTES
Cinco sequências de exercícios, durante 19
sessões de 30 minutos cada.
Partes por segmentação > partes por combinação
HABILIDADE SERIADA DA GINÁSTICA ARTÍSTICA
ESTUDO DE PUBLIO & TANI (1993)
EXPERIMENTO 2 – CRIANÇAS EXPERIENTES
Cinco sequências de exercícios, durante 10
sessões de 30 minutos cada
Partes por adição > todo
HABILIDADE SERIADA DA GINÁSTICA ARTÍSTICA
É DIFÍCIL DE ESCOLHER QUANDO...
A HABILIDADE É DE ALTA
COMPLEXIDADE E ORGANIZAÇÃO
EXEMPLO:
 SALTO COM VARA (SUGESTÃO: TODO)
 ATAQUE DO VOLEIBOL (SUGESTÃO:
TODO)
 NADO BORBOLETA (SUGESTÃO: TODO
E PARTES)
 BANDEJA DO BASQUETEBOL
(SUGESTÃO: TODO E PARTES)
EFETIVIDADE DA PRÁTICA DAS PARTES
Baixa Moderada Alta
Interação entre os componentes
Efetividade
da
prática
das
partes
Baixa
Moderada
Alta
SIMPLIFICAÇÃO
 REDUÇÃO DE DIFICULDADE
 MALABARISMO: NO INÍCIO, PRATICAR COM
MENOS BOLAS/BOLAS LEVES
 REDUÇÃO DE VELOCIDADE
 PASSOS DE DANÇA: NO INÍCIO, NÃO USAR
MÚSICA OU USAR MÚSICA EM VELOCIDADE
LENTA PARA APRENDIZAGEM
Conclusões da aula
1. Prática do todo é executar tentativas em sequência
da habilidade como um todo e prática por partes é
executar tentativas em sequência de partes da
habilidade
2. A escolha da prática do todo ou pelas partes deve
ser feita de acordo com o número de componentes
da habilidade (complexidade) e interação entre os
componentes da habilidade (organização)
3. O fracionamento da prática pode ser feito com a
segmentação), adição, combinação ou simplificação
4. Habilidades com baixa complexidade e alta
organização devem ser praticadas pelo todo e
habilidades com alta complexidade e baixa
organização devem ser praticadas pelas partes

Mais conteúdo relacionado

Mais de Cassio Meira Jr.

DifsInds2022.ppt
DifsInds2022.pptDifsInds2022.ppt
DifsInds2022.ppt
Cassio Meira Jr.
 
Fases_AprMot2022.ppt
Fases_AprMot2022.pptFases_AprMot2022.ppt
Fases_AprMot2022.ppt
Cassio Meira Jr.
 
Experts_2022.ppt
Experts_2022.pptExperts_2022.ppt
Experts_2022.ppt
Cassio Meira Jr.
 
Ciência Aberta / Desenvolvimento do pesquisador
Ciência Aberta / Desenvolvimento do pesquisadorCiência Aberta / Desenvolvimento do pesquisador
Ciência Aberta / Desenvolvimento do pesquisador
Cassio Meira Jr.
 
Busca em bases e portais de dados
Busca em bases e portais de dadosBusca em bases e portais de dados
Busca em bases e portais de dados
Cassio Meira Jr.
 
Etapas da Pesquisa Científica
Etapas da Pesquisa CientíficaEtapas da Pesquisa Científica
Etapas da Pesquisa Científica
Cassio Meira Jr.
 
Ética na pesquisa científica
Ética na pesquisa científicaÉtica na pesquisa científica
Ética na pesquisa científica
Cassio Meira Jr.
 
Pesquisa Qualitativa
Pesquisa QualitativaPesquisa Qualitativa
Pesquisa Qualitativa
Cassio Meira Jr.
 
Cronograma 2022.ppt
Cronograma 2022.pptCronograma 2022.ppt
Cronograma 2022.ppt
Cassio Meira Jr.
 
Introdução à metodologia da pesquisa científica
Introdução à metodologia da pesquisa científicaIntrodução à metodologia da pesquisa científica
Introdução à metodologia da pesquisa científica
Cassio Meira Jr.
 
Epistemologia
EpistemologiaEpistemologia
Epistemologia
Cassio Meira Jr.
 
Revisão Sistematica
Revisão SistematicaRevisão Sistematica
Revisão Sistematica
Cassio Meira Jr.
 
Programa de pós-graduação - diretrizes
Programa de pós-graduação - diretrizesPrograma de pós-graduação - diretrizes
Programa de pós-graduação - diretrizes
Cassio Meira Jr.
 
Pesquisa Experimental
Pesquisa ExperimentalPesquisa Experimental
Pesquisa Experimental
Cassio Meira Jr.
 
Pesquisa Analitica & Descritiva
Pesquisa Analitica & DescritivaPesquisa Analitica & Descritiva
Pesquisa Analitica & Descritiva
Cassio Meira Jr.
 
Desenvolvimento Motor - Introdução e conceitos básicos
Desenvolvimento Motor - Introdução e conceitos básicosDesenvolvimento Motor - Introdução e conceitos básicos
Desenvolvimento Motor - Introdução e conceitos básicos
Cassio Meira Jr.
 
Distribuição da prática (todo-partes)
Distribuição da prática (todo-partes)Distribuição da prática (todo-partes)
Distribuição da prática (todo-partes)
Cassio Meira Jr.
 
Variabilidade e estrutura de prática em Aprendizagem Motora
Variabilidade e estrutura de prática em Aprendizagem MotoraVariabilidade e estrutura de prática em Aprendizagem Motora
Variabilidade e estrutura de prática em Aprendizagem Motora
Cassio Meira Jr.
 
Foco de atenção em Aprendizagem Motora
Foco de atenção em Aprendizagem MotoraFoco de atenção em Aprendizagem Motora
Foco de atenção em Aprendizagem Motora
Cassio Meira Jr.
 
Feedback em Aprendizagem Motora
Feedback em Aprendizagem MotoraFeedback em Aprendizagem Motora
Feedback em Aprendizagem Motora
Cassio Meira Jr.
 

Mais de Cassio Meira Jr. (20)

DifsInds2022.ppt
DifsInds2022.pptDifsInds2022.ppt
DifsInds2022.ppt
 
Fases_AprMot2022.ppt
Fases_AprMot2022.pptFases_AprMot2022.ppt
Fases_AprMot2022.ppt
 
Experts_2022.ppt
Experts_2022.pptExperts_2022.ppt
Experts_2022.ppt
 
Ciência Aberta / Desenvolvimento do pesquisador
Ciência Aberta / Desenvolvimento do pesquisadorCiência Aberta / Desenvolvimento do pesquisador
Ciência Aberta / Desenvolvimento do pesquisador
 
Busca em bases e portais de dados
Busca em bases e portais de dadosBusca em bases e portais de dados
Busca em bases e portais de dados
 
Etapas da Pesquisa Científica
Etapas da Pesquisa CientíficaEtapas da Pesquisa Científica
Etapas da Pesquisa Científica
 
Ética na pesquisa científica
Ética na pesquisa científicaÉtica na pesquisa científica
Ética na pesquisa científica
 
Pesquisa Qualitativa
Pesquisa QualitativaPesquisa Qualitativa
Pesquisa Qualitativa
 
Cronograma 2022.ppt
Cronograma 2022.pptCronograma 2022.ppt
Cronograma 2022.ppt
 
Introdução à metodologia da pesquisa científica
Introdução à metodologia da pesquisa científicaIntrodução à metodologia da pesquisa científica
Introdução à metodologia da pesquisa científica
 
Epistemologia
EpistemologiaEpistemologia
Epistemologia
 
Revisão Sistematica
Revisão SistematicaRevisão Sistematica
Revisão Sistematica
 
Programa de pós-graduação - diretrizes
Programa de pós-graduação - diretrizesPrograma de pós-graduação - diretrizes
Programa de pós-graduação - diretrizes
 
Pesquisa Experimental
Pesquisa ExperimentalPesquisa Experimental
Pesquisa Experimental
 
Pesquisa Analitica & Descritiva
Pesquisa Analitica & DescritivaPesquisa Analitica & Descritiva
Pesquisa Analitica & Descritiva
 
Desenvolvimento Motor - Introdução e conceitos básicos
Desenvolvimento Motor - Introdução e conceitos básicosDesenvolvimento Motor - Introdução e conceitos básicos
Desenvolvimento Motor - Introdução e conceitos básicos
 
Distribuição da prática (todo-partes)
Distribuição da prática (todo-partes)Distribuição da prática (todo-partes)
Distribuição da prática (todo-partes)
 
Variabilidade e estrutura de prática em Aprendizagem Motora
Variabilidade e estrutura de prática em Aprendizagem MotoraVariabilidade e estrutura de prática em Aprendizagem Motora
Variabilidade e estrutura de prática em Aprendizagem Motora
 
Foco de atenção em Aprendizagem Motora
Foco de atenção em Aprendizagem MotoraFoco de atenção em Aprendizagem Motora
Foco de atenção em Aprendizagem Motora
 
Feedback em Aprendizagem Motora
Feedback em Aprendizagem MotoraFeedback em Aprendizagem Motora
Feedback em Aprendizagem Motora
 

Último

socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 mateasocialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
ILDISONRAFAELBARBOSA
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Mary Alvarenga
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Mary Alvarenga
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
Manuais Formação
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 

Último (20)

socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 mateasocialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 

Fracionamento_2022.ppt

  • 1. FRACIONAMENTO DA PRÁTICA OU PRÁTICA DO TODO E PRÁTICA DAS PARTES
  • 2. Objetivos da aula Desenvolver no aluno a capacidade de: 1. Definir prática do todo e prática pelas partes 2. Escolher a prática do todo ou pelas partes de acordo com os conceitos de complexidade e organização 3. Compreender os tipos de fracionamento 4. Saber quais habilidades podem ou não ser fracionadas aplicar a transferência de aprendizagem positiva
  • 3. PRÁTICA DO TODO E POR PARTES PRÁTICA DO TODO EXECUTAR TENTATIVAS EM SEQUÊNCIA DA HABILIDADE COMO UM TODO EX: ABCDEF ABCDEF ABCDEF ABCDEF PRÁTICA POR PARTES EXECUTAR TENTATIVAS EM SEQUÊNCIA DE PARTES DA HABILIDADE EX: AAAA BBBB CCCC DDDD EEEE FFFF
  • 4. PRÁTICA DO TODO E POR PARTES ARGUMENTOS FAVORÁVEIS PRÁTICA DO TODO MELHOR PERCEPÇÃO DO TIMING DOS COMPONENTES DA HABILIDADE PRÁTICA DAS PARTES REDUÇÃO DA COMPLEXIDADE DA HABILIDADE FOCO DA ATENÇÃO EM ASPECTOS ESPECÍFICOS DA HABILIDADE
  • 5. COMO ESCOLHER: TODO X PARTES NATUREZA DA HABILIDADE MOTORA COMPONENTES ISOLADOS? INTERAÇÃO ENTRE OS COMPONENTES? AMBOS? EX: CORTADA/ATAQUE DO VOLEIBOL: POSIÇÃO DE EXPECTATIVA, PASSADAS, “CHAMADA”, SALTO, GOLPE NA BOLA, FINALIZAÇÃO E ATERRISSAGEM
  • 6. COMO ESCOLHER: TODO X PARTES COM BASE EM 2 CONCEITOS DE NAYLOR & BRIGGS (1963): COMPLEXIDADE - NÚMERO DE COMPONENTES DA HABILIDADE MOTORA ORGANIZAÇÃO - INTERAÇÃO ENTRE OS COMPONENTES DA HABILIDADE MOTORA
  • 7. COMPLEXIDADE ALTA COMPLEXIDADE: MUITOS COMPONENTES EXEMPLOS: ROTINAS DE GINÁSTICA/NADO ARTÍSTICOS, CORTADA DO VOLEIBOL BAIXA COMPLEXIDADE: POUCOS COMPONENTES EXEMPLOS: SAQUE POR BAIXO, PRESSIONAR UMA TECLA, ARREMESSAR UM DARDO DE SALÃO
  • 8. ORGANIZAÇÃO ALTA ORGANIZAÇÃO: RELAÇÃO DE DEPENDÊNCIA ENTRE OS COMPONENTES EXEMPLOS: SAQUE DO TÊNIS, BANDEJA DO BASQUETEBOL BAIXA ORGANIZAÇÃO: RELAÇÃO DE INDEPENDÊNCIA ENTRE OS COMPONENTES EXEMPLOS: ROTINAS DE DANÇA, ESCRITA COM LETRA DE FORMA
  • 9. DIAGRAMA DE SINGER + ORGANIZAÇÃO - + - PARTES COMPLEXIDADE TODO TODO/PARTES ± ± Singer (1980)
  • 10. TIPOS DE FRACIONAMENTO SEGMENTAÇÃO (PRÁTICA PURA DAS PARTES) AAAA BBBB CCCC DDDD ADIÇÃO (PRÁTICA POR PARTES PROGRESSIVAS) AA A-B A-B A-B A-B-C A-B-C A-B-C A-B-C-D A-B-C-D COMBINAÇÃO AA BB A-B A-B CC A-B-C A-B-C DD A-B-C-D A-B-C-D SIMPLIFICAÇÃO ALTERAR ALGUMA CARACTERÍSTICA DO AMBIENTE PARA FACILITAR O DESEMPENHO
  • 11. ESTUDO DE PUBLIO & TANI (1993) EXPERIMENTO 1 – CRIANÇAS INEXPERIENTES Cinco sequências de exercícios, durante 19 sessões de 30 minutos cada. Partes por segmentação > partes por combinação HABILIDADE SERIADA DA GINÁSTICA ARTÍSTICA
  • 12. ESTUDO DE PUBLIO & TANI (1993) EXPERIMENTO 2 – CRIANÇAS EXPERIENTES Cinco sequências de exercícios, durante 10 sessões de 30 minutos cada Partes por adição > todo HABILIDADE SERIADA DA GINÁSTICA ARTÍSTICA
  • 13. É DIFÍCIL DE ESCOLHER QUANDO... A HABILIDADE É DE ALTA COMPLEXIDADE E ORGANIZAÇÃO EXEMPLO:  SALTO COM VARA (SUGESTÃO: TODO)  ATAQUE DO VOLEIBOL (SUGESTÃO: TODO)  NADO BORBOLETA (SUGESTÃO: TODO E PARTES)  BANDEJA DO BASQUETEBOL (SUGESTÃO: TODO E PARTES)
  • 14. EFETIVIDADE DA PRÁTICA DAS PARTES Baixa Moderada Alta Interação entre os componentes Efetividade da prática das partes Baixa Moderada Alta
  • 15. SIMPLIFICAÇÃO  REDUÇÃO DE DIFICULDADE  MALABARISMO: NO INÍCIO, PRATICAR COM MENOS BOLAS/BOLAS LEVES  REDUÇÃO DE VELOCIDADE  PASSOS DE DANÇA: NO INÍCIO, NÃO USAR MÚSICA OU USAR MÚSICA EM VELOCIDADE LENTA PARA APRENDIZAGEM
  • 16. Conclusões da aula 1. Prática do todo é executar tentativas em sequência da habilidade como um todo e prática por partes é executar tentativas em sequência de partes da habilidade 2. A escolha da prática do todo ou pelas partes deve ser feita de acordo com o número de componentes da habilidade (complexidade) e interação entre os componentes da habilidade (organização) 3. O fracionamento da prática pode ser feito com a segmentação), adição, combinação ou simplificação 4. Habilidades com baixa complexidade e alta organização devem ser praticadas pelo todo e habilidades com alta complexidade e baixa organização devem ser praticadas pelas partes