Boletim 7 Projeto Geração Mulher

206 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
206
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Boletim 7 Projeto Geração Mulher

  1. 1. Casa da Projeto Geração Mulher - Rocha Alfabetização, cidadania e oportunidades solidárias para geração de renda de ex-moradoras de rua. Informativo nº 7 De 16/01/2012 Boletim da parceria NESTA EDIÇÃO: Início dos encontros do Grupo de oportunidadesAndamento dasaulas de alfabetiza- 2 locais de desenvolvimento (Gol.D)ção em janeiroCapacitação do 2IBRAEMA para alfa-betização de adul- Em 2012 estamos com mílias. O Gol.d é uma meto- cidadania, comunitário etos em fevereiro novos desafios para as mu- dologia de mobilização soci- local. Tudo orientado porConheça mais uma 3 lheres que fazem parte do al, concessão de crédito e facilitadores da Visão Mun-de nossas alunas: projeto Geração Mulher e desenvolvimento de negó- dial, capacitados na metodo-Marinalva cios, que valoriza e potenci- para os demais moradores logia Gol.D. “Estamos comNova sala do Proje- 3 das Vilas São Francisco e aliza as capacidades locais já um grupo formado por 11to Geração Mulher Nossa Senhora de Fátima, existentes. A metodologia pessoas da comunidade, inclu-está ficando pronta do bairro do Cordeiro. prevê a realização de reuni- indo outras pessoas que nãoPrestando contas — 4 Um deles era iniciar um ões semanais durante as fazem parte do projeto dejaneiro de 2012 grupo de oportunidades quais são introduzidos te- alfabetização. Tem sido um solidárias de geração de mas como democracia, or- tempo de muita descontraçãoComo ajudar 4 renda, o que aconteceu em ganização social, igualdade e e aprendizado, principalmente 05 de fevereiro com a for- transparência. À medida que quando as pessoas descobrem mação de um Gol.D - Gru- o grupo vai amadurecendo, que possuem sonhos profissio- po de Oportunidades Lo- começam a ser discutidas nais que podem se tornar em cais de Desenvolvimento, questões básicas sobre realidade, como de serem Motivos de oração: em parceria com a Visão montagem de pequenos empreendedoras, montando Mundial, que tem como negócios e empreendedoris- seu próprio negócio. Estou - Pelas vidas das alu- objetivo reduzir o nível da mo. Antes da oferta de ser- muito feliz em poder acompa- nas e de suas famílias, pobreza através de gera- viços financeiros, é feito nhá-las neste novo tempo, para que barreiras ção de oportunidades e todo um processo de de- pois no início do Ministério sejam quebradas e aumento de renda das fa- senvolvimento humano e de AMMAR acompanhei muitas elas possam continuar delas nas ruas, dormindo nas sua caminhada. calçadas, mendigando e sendo humilhadas por muitos que - Pelas facilitadoras não lhe davam valor, porém do projeto de alfabe- hoje estão vivendo um tempo tização, para que novo, tempo do Reino de Deus estabelecido em suas vidas, continuem perseve- gerando oportunidades e rando na visão do transformação de mentes.” serviço; Relatou Levina Andrade, Capelã do Ministério AM- - Para que o Gol.D MAR, que tem apoiado Da- possa prosperar e ser nielle Cavalcanti, da Visão canal de transforma- Mundial, na facilitação deste ção de vidas; Gol.D. Que este grupo cresça e dê bons frutos! - Por todos os nossos parceiros financeiros , para que o Senhor os recompense! Divulgação do Gol.D feita por Danielle
  2. 2. Andamento das aulas de alfabetização em janeiro Olá parceiros do Geração Mulher! No mês de janeiro, devido ao recesso mereci- do das facilitadoras Elza Nunes e Fernanda Fonseca, ministrei aulas às segundas e sába- dos na turma de alfabetização, para que o ritmo de aulas não fosse perdido. Este foi um tempo de muito aprendizado para mim! A metodologia do IBRAEMA de alfabetização, todo baseado em associação de imagens, é realmente muito prático e simples, como de- monstrado na capacitação do IBRAEMA da qual participei no ano passado. Além da se- quência das atividades propostas nos livros de Leitura e Escrita básica, fizemos algumas Denise Lima durante aula em janeiro outras atividades divertidas, como apresenta- ção de músicas conhecidas para que elas identificassem as partes (sílabas) já estuda- das, criação de novas palavras com recortes de sílabas coloridas, entre outras. As alunas tem se desenvolvido bem, porém cada uma no seu ritmo, e é importante respeitar isto. Temos priorizado a revisão dos painéis até que as sílabas sejam realmente aprendidas, do contrário, as construções de pequenos textos e leituras ficam prejudicados, e este não é nosso objetivo. É provável que o proces- so leve mais de um ano, ou que passemos a realizar 3 aulas semanais, ao invés de 2. In- formaremos assim que tivermos novidades! Abraços a todos, As alunas Ana, Lia e Marinalva fazendo os Denise Lima exercícios Capacitação do IBRAEMA para alfabetização de adultos neste mês de fevereiro DEUS TEM UM LIVRO, PORTANTO ALMEJA QUE TODOS SAIBAM LER! QUAL O SEU COMPROMISSO COM ISTO? No dia 25/02, (sábado), o IBRAEMA estará ministrando um treinamento para facilitadores em Pau Amarelo. O método de alfabetização do Dia/Hora: 25/02/2012, às 9h30 IBRAEMA é o método utilizado no Local: Rua Árabe Unida, 327 - Pau Amarelo, Paulista. projeto Geração Mulher INSCRIÇÕES GRÁTIS! Mais informações: Danielle Cavalcanti 81- 8833 6356/3091 0699 www.ibraema.org.brPágina 2 P R O J E T O G E R AÇ Ã O M U L H E R - AL F A B E T I Z AÇ Ã O , C I DA D A N I A E O P O R T U NI D A D E S S O L I D ÁR I A S P A R A G E R AÇ Ã O D E R E N D A DE E X - MO R A DO R A S DE R U A .
  3. 3. I N F O R M A TI VO N º 7 Página 3Saiba um pouco mais sobre uma denossas alunas: MarinalvaNeste mês de fevereiro vamos apresentar a todos umade nossas melhores alunas, Marinalva da Costa Bar-ros, que tem 43 anos e mora na Vila Nossa Senhora deFátima, no bairro do Cordeiro, com suas filhas: os ado-lescentes Adriana e Bruna e as jovens Ana Lúcia e Rafae-la, que recentemente se tornou mãe. Marinalva é mãetambém da pequena Marília Beatriz, que mora com pa-rentes. A família vive da aposentadoria de Marinalva eRafaela trabalha numa associação próxima à vila. Todas asmeninas estudam e Marinalva tem se destacado no grupode alfabetização, tem um raciocínio rápido, já forma di-versas palavras sozinhas e consegue fazer as atividades deleituras de pequenos textos. Seu desempenho é tão bomque as facilitadoras tem que levar atividades extras para Marinalva (à direita) e sua filha Rafaelaela. Seu sonho é ter um comércio de alimentos não pere-cíveis, pois acha que tem talento com números para ad-ministrar o negócio. Com sua desenvoltura também comas palavras, cremos que Marinalva poderá sim conquistaro sonho de ser uma pequena empreendedora! Marinalvatem sido motivo de orgulho para nós, pois ela é a provaque estamos todos no caminho certo!Nova sala do Projeto Geração Mulher está ficando prontaComo divulgado no boletimpassado, em breve nos muda-remos para sala ao lado, devidoao custo mensal com a salaatual que é R$ 1.200,00(lembrando que negociamos osseis primeiros meses por R$500,00). A nova sala é do mes-mo proprietário e custará R$500,00. Estamos no aguardo dotérmino da reforma (pintura ealguns consertos) para quepossamos nos mudar, o quedeverá ocorrer após o períodode carnaval. A nova estrutura,apesar de menor do que a atu-al, possui salas com divisórias,o que possibilitará o início doatendimento psicológico aos As alunas Lia, Ana, Carmem e Marinalva,beneficiários do projeto e de- na sala atualmais pessoas das ComunidadesSão Francisco e Nossa Senhorade Fátima, do Cordeiro. Alémdisto, Levina Andrade irá iniciaro aconselhamento de criançase adolescentes através da BolsaVerde do Projeto Calçada.
  4. 4. Prestando contas - janeiro Organização de 2012 CASA DA ROCHA Mais uma vez, conseguimos cumprir com nossos compromis- sos financeiros. Agradecemos a Deus e a cada um dos nossos parceiros, bem como àqueles que tem contribuído com suas orações também. A SERVIÇO DO REINO DE Neste mês também recebemos doações de alimentos, o que DEUS reduziu nossos custos. Glória a Deus por tudo! Rua Dr. João Lacerda, 203 A, Cordeiro, Recife - PEApoio: Como ajudar  Com suas orações, pelas alunas, facilitadoras, parceiros que fi- nanciam o projeto e toda a equipe de trabalho;  Com doações mensais no valor de R$ 50,00 para pagamento dos custos fixos do projeto (aluguel da sala, luz, água, lanches, entre outros) ou com a doação de qualquer valor.  Como voluntários. Mais informações: Denise Lima 81 9174-8843 deniselima04@hotmail.com www.ministerioammar.com.br Gol.D em momento de descontração

×